História I would die for you - Destiel - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Crowley, Dean Winchester, Meg Masters, Personagens Originais, Sam Winchester
Tags Bottom Castiel, Bottom! Dean, Destiel, Romance, Supernatural, Top Dean, Top! Castiel
Visualizações 332
Palavras 552
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiie!!
Essa é minha primeira fic então espero que gostem.
Me desculpem caso tiver com algum erro.
Boa leitura!!

Capítulo 1 - 1 - O Começo


Sam estava à procura da marca de Caim, era pesquisa por toda parte: internet, livros, arquivos antigos no bunker e nada de progressão. Eram tantas dúvidas e teorias e aflições por não achar nada que ele praticamente perdeu a noção da hora.

- nossa! São três horas da manhã! - Sam exala espantado ao ver a hora. - Acho que eu não preciso mais temer os espíritos, não é? - Sam zomba sarcástico.

- essa piada deveria ter graça?

Sam leva um susto resultando em deixar o livro cair.

- Cass, que susto cara!

- uuh... Desculpe. Só vim ver se você estava bem.

- bom, tirando o ataque cardíaco... Eu tô legal.

- conseguiu achar alguma coisa da marca?

- não. Nada.

- bom, não vamos desistir, vamos continuar procurando!

- é mas agora preciso fazer uma pausa porque já são três da manhã.

- ótimo. Vou ver como o Dean está.

- ele já deve estar dormindo mas... Vai lá!

- tá legal.

- boa noite, amigo!

Dean estava pesquisando sobre os casos enquanto se afundava em bebida alcoólica e comia hambúrguer. Às pálpebras foram pesando, pesando, pesando... Até que ele adormeceu.

- droga, Cass! - Dean acorda assustado e bravo.

- desculpa, te acordar.

- não, tudo bem. - Dean responde com um sorriso amarelo.

- eu só queria saber se você estava bem.

- Cass, você não precisa se preocupar comigo! - Dean fala se levantando da cama.

- eu não sei... Essa marca de Caim que pode te transformar em uma coisa que você não quer a qualquer hora. Eu só quero ter certeza que estou tomando os devido cuidados.

- olha, francamente já não basta o Sam bancando de babá agora você?! Eu também sou um humano e preciso ficar sozinho às vezes.

- mas, Dean... - Cass indaga se levantando da cama.

- não, Cass! Daqui a pouco você e o Sam vão acabar me enlouquecendo.

- Nós só queremos proteger você! - Cass fala se aproximando dele.

- Cass, já falamos sobre isso... - Dean indaga se encostando na escrivaninha de seu quarto.

- espaço pessoal, né? - Cass pergunta friamente o fuzilando com os olhos.

- u-uh... - Dean gagueja em esperança de sair alguma palavra coerente de sua boca.

- hmm... - Cass resmunga com um olhar apreensivo. - Tô começando a achar que eu deveria ter apagado sua memória.

- como é?

- Dean, você não se lembra do purgatório?

- lembro.

- não se lembra de nós dois lá?

- sim. Nós dois e o Ben.

- é mais depois ficamos só nós dois... sozinhos.

- Cass, por acaso tô com cara de museu, pra ficar relembrando o passado?  

- até um museu é mais detalhado que você! Meu pai, se arrependimento matasse eu pelo menos não estaria aqui pra te ver desse jeito.

- desse jeito como?

- eu não sei, Dean. Você é um buraco negro de emoções e dúvidas.

- como assim? Do que você tá falando?

- você sabe que é verdade.

- Cass... Aonde você tá querendo chegar? - Dean pergunta apreensivo.

- no qual hipócrita você é com seus sentimentos.

- quer saber? Eu estou cansado e essa conversa acaba aqui.

- do que você sempre foge e por quê?

- Cass, some daqui!! 


Notas Finais


Gostaram sim ou não?
Bom, comentem o que acharam e se devo continuar. E favorita se gostou *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...