1. Spirit Fanfics >
  2. Ice Cream - Yuri e Victor. >
  3. Capítulo único - Ice Cream.

História Ice Cream - Yuri e Victor. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi¡

Escrevi essa one shot logo depois de assistir Yuri on ice, assistam, vale muito a pena! ❤

Espero que gostem, boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo único - Ice Cream.


Victor abriu os olhos lentamente e sorriu com a visão à sua frente. Yuri estava com os olhos fechados e respirando calmamente enquanto dormia. O mais velho passou a ponta dos dedos pelo rosto do outro, vendo o quanto ele parecia angelical e vulnerável daquela forma.

– Está me observando dormir novamente, Victor?

O de cabelos platinados se assustou lentamente e corou rindo baixo. Victor sabia muito bem controlar suas reações e emoções, ele sempre foi famoso desde cedo e era acostumado com elogios, na verdade ele nasceu para ser admirado. No entanto, ele se pegava ficando corado com facilidade quando estava perto do outro.

– Claro que estou, adoro admirar você assim. – Ele sussurrou baixinho antes de segurar o rosto do mais novo e o beijar lentamente.

– Ew, o que eu já disse sobre beijos matinais? – Yuri fez uma careta e se levantou.

– Certo, sem beijos matinais. – Victor fez uma careta, fazendo o outro rir baixinho.

– Vou apenas escovar os dentes e te darei quantos beijos quiser.

---

Victor estava terminando de escovar os próprios dentes quando chegou na cozinha e deu de cara com Yuri chupando um picolé.

– Você sabe que isso é terrível para a sua dieta e sabe que tem que se manter em forma, não é? – Victor disse suspirando. Era muito difícil manter Yuri em uma dieta regrada e ele realmente precisava de um corpo forte e saudável para as competições.

– Ah... Estamos de férias, qual é? Eu terminei em primeiro lugar na competição passada... –Yuri disse com a boca cheia e o sorvete escorrendo um pouco pelos seus lábios.

Victor ponderou um pouco e assentiu, afinal, não queria privar o outro de forma tão cruel e foi até a cozinha pensando em preparar algo saudável.

O mais velho jurou que tentou se concentrar em preparar uma refeição decente, mas o barulho que Yuri fazia de sucção estava o tirando do sério.

– Você está fazendo de propósito, não está? – Victor suspirou se virando.

– Ahn? – Yuri disse baixo. – Está falando sobre quebrar a dieta? Bom eu juro que...– O de cabelos pretos foi impedido pelos lábios famintos de Victor contra os seus.

Depois de um tempo beijando o outro, Victor se afastou lentamente passando a língua pelos lábios.

Ele levou o picolé que já estava chegando no final até os próprio lábios sugando devagar enquanto olhava para Yuri e observou o outro corar fortemente.

– Eu tive uma idéia. – O mais velho sussurrou quando terminou.

– Q-Qual? – Yuri sussurrou e se bateu mentalmente quando gaguejou.

– Você pode me esperar no quarto, sim?

Yuri assentiu e se levantou tentando não tropeçar nos próprios pés e ir para o quarto o mais rápido possível.

---

Yuri se sentia tão quente, o olhar que Victor o deu enquanto estava com o sorvete na boca o fez ficar tão sensível e tão necessitado.

– Estou aqui. – Victor entrou no quarto sorrindo e com um picolé de morango na mão, ele colocou o mesmo que ainda estava com embalagem em cima da escrivaninha, deixando Yuri meio confuso.

O de cabelos platinados passou a ponta de um dos seus dedos nos lábios do namorado e em seguida se aproximou o beijando com calma, mas com intensidade.

Yuri levou as mãos aos cabelos de Victor os puxando de leve, enquanto sentia a língua do outro explorando sua boca de uma forma extremamente prazerosa.

– Você vai... Hum... Me contar a sua ideia? – Yuri disse baixinho enquanto puxava a camisa do outro para retirá-la.

– Posso mostrar para você... – Victor ajudou o outro a tirar sua roupa e depois tirou a própria. O mesmo abriu a embalagem do picolé e o levou até os lábios de Yuri.

– E a minha dieta? – Ele sussurrou com um pouco de dificuldade.

– Eu como seu treinador, permito isso. – Victor sorriu genuinamente.

Yuri também teria sorrido, se sua boca não estivesse ocupada.

O mais velho abriu a gaveta da escrivaninha tirando um pote de lubrificante e uma camisinha. Ele molhou dois de seus dedos no gel e os introduziu um por um no outro lentamente.

– Hum... – Yuri quase se engasgou com as investidas. Estava tão acostumado com a sensação dos dedos do namorado, que quase não o machucava mais.

– Quando eu... Eu vi você chupando esse picolé, eu pensei qual séria a sensação de ver você sugando ele devagar enquanto eu te fodo, ver você engasgando nele enquanto eu estou dentro de você. – Victor sussurrou, não tirando o olhar de Yuri nem por um momento.

Yuri arregalou os olhos e sentiu suas bochechas ficarem estupidamente quentes.

Quando sentiu que o outro estava pronto, Victor colocou a camisinha e um pouco de lubrificante em si mesmo, antes de penetrar o mais novo lentamente.

Yuri fechou os olhos em deleite, uma mão segurando o sorvete e a outra apertando o lençol de maneira leve.

– Ei... Olhe para mim. – Victor sussurrou e se empurrou por inteiro sentindo Yuri abrir os olhos e soltar um gemido abafado, quando o outro encostou em seu lugar mais sensível.

– É aqui, não é? – Victor sorriu malicioso e fez o mesmo movimento. – Eu sei que é.

Yuri assentiu freneticamente fechando mais as pernas ao redor do outro.

O mais velho aumentou o ritmo das estocadas e Yuri estava uma bagunça, ele apertava o lençol com força e seu rosto estava lambuzado com o sorvete que estava derretendo em sua boca.

– Porra... Tão perto... – Victor sussurrou e se debruçou sob yuri enquanto o fodia.

Yuri sugava o picolé como se isso fosse ajudar a aliviar o prazer que estava sentindo e quase chorou quando o namorado passou a língua pelo seu queixo limpando um resquício de sorvete dali.

– Por favor... Eu preciso... – Yuri disse suplicante.

– Goza para mim, por favor, eu não vou parar até sentir, até saber que você gozou pa⅚ra mim. – Victor sussurrou no ouvido do outro enquanto arfava e aquilo foi demais para a sanidade de Yuri que sentiu o orgasmo o atingindo com força e vindo em jatos sobre sua barriga e a de Victor.

Ao ver aquela cena em sua frente, o de cabelos claros suspirou e aumentou os movimentos até que seu próprio orgasmo chegasse.

---

Os dois se deitaram exaustos um do lado do outro enquanto respiravam pesadamente.

– Isso... Isso foi bom. – Yuri riu ofegante. Muito bom.

Victor também sorriu verdadeiramente.

– Talvez eu devesse comprar mais sorvete nas nossas férias.

– Humm... Eu acho uma ótima ideia. – O de cabelos escuros subiu em cima do outro em um movimento rápido e sorriu.

– Mas da próxima vez quem foder, sou eu.

Victor sorriu.

– Mal posso esperar.

---

Fim


Notas Finais


Me perdoem por qualquer erro e por favor comentem (eu adoro ler comentários) ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...