História Ice cream kiss - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Loona
Personagens HaSeul, Kim Lip
Tags Haseul, Kim Lip, Lipseul, Loona
Visualizações 57
Palavras 3.614
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi lipseul nation, voltei com mais uma oneshot pra vocês!!! A oneshot tá muito fofinha e eu espero que vocês gostem.
Qualquer erro conserto assim que der, eu não revisei.
Boa leitura!!!

Capítulo 1 - Capítulo único.


     A tão esperada noite. 

     Hoje era a noite que Haseul finalmente sairia com Jungeun. Sua crush da faculdade. A loira mais linda e sexy do mundo inteiro. Na concepção da Jo, claro. 

    A morena ainda não acreditava que Kim havia aceitado seu convite. Um parque de diversões estava na cidade e Haseul aproveitou a oportunidade para convida-la para sair.

    A Jo estava tão ansiosa que não conseguia nem respirar direito. Estava contando os minutos para ver Jungeun. Queria muito vê-la mas mesmo assim sentia tanto medo. 

    Estava assustada porquê não sabia como devia agir. Elas não tinham tanta intimidade, não sabia se Jungeun tinha encarado aquilo como um encontro mesmo ou só uma saída entre amigas. 

    E Jungeun era tão linda. Haseul ficava meio abobalhada perto da mesma e às vezes acabava falando algo que não devia ou pensava alto. 

    Haseul era muito boba por Jungeun. 

    E tinha noção disso. 

 

    A Jo passou um bom tempo tentando escolher a roupa ideal, mas acabou colocando algo bem casual. Ela optou por jeans, uma camiseta que havia comprado recentemente e os seus tão inseparáveis tênis pretos. 

    Fez uma maquiagem leve, não queria parecer preocupada com a sua aparência, nem nada assim. E mesmo que se preocupasse muito por dentro, não faria tanta diferença, Jungeun já a tinha visto bem acabada na faculdade depois de uma noite de farra. 

    Sentia suas pernas tremerem enquanto dirigia sua moto até o centro da cidade. Se ela causasse um acidente, a culpa seria totalmente de Kim Jungeun. 

    Chegou antes da loira e sentou em um dos bancos perto da entrada do parque. Mexia suas pernas sem parar, odiava ser ansiosa. Cada segundo de espera era uma tortura para Haseul. 

     Olhava por todos os lados mas nada de Jungeun... Talvez ela tenha desistido. 

     Não havia. 

       - que susto Jungeun! - deu um pulo quando sentiu mãos em suas costas e virou dando de cara com a loira. 

       - desculpa. - sorri indo para a frente da morena que já estava de pé. 

       - você... você tá bonita. - Haseul elogia meio corada, observando a saia jeans curta, a blusa preta de mangas e o gorro fofo que a loira usava. 

       - obrigada! - sorri sem graça olhando pros pés por um momento - você também está, gostei da camiseta! 

       - obrigada. - sorri corada.

    - então, tem alguma coisa em especial que você queira fazer hoje? - a mais alta pergunta enquanto elas começam a caminhar entrando no parque. 

     "beijar você." - Haseul pensa. 

      - hum, acho que nada em especial... - dá de ombros - você? - pergunta. 

    - gosto da roda gigante, podemos ir depois? - pergunta e Haseul assenti balançando a cabeça com pressa - e quero um sorvete! 

     Jungeun parecia uma criança com os olhos brilhando procurando algum carrinho de sorvete. A Jo sorria abobalhada a observando. 

    Haseul tentava não dar mole mas parecia impossível esconder o quanto ela gostava da Kim. 

   - como num parque grande desse não tem sorvete? - a loira pergunta irritada fazendo um biquinho nos lábios. 

    - vamos achar, não se preocupa Eun. - Haseul para de falar quando percebe que a chamou por um apelido - eu posso te chamar de Eun? - pergunta receosa. 

    Nunca havia chamado Jungeun por um apelido. Não queria forçar intimidade. 

    - claro que sim. - sorri - e de que posso te chamar? você tem um apelido? - pergunta sorridente. 

   - tenho... é Seul. 

   - posso te chamar de Seullie? é fofo. 

     A Kim diz a olhando enquanto mantinha um sorriso no rosto e Haseul sorri assentindo com cabeça. Seullie era mesmo um apelido fofo. Ela gostou. 

 

    Continuaram caminhando lado a lado enquanto conversavam sobre assuntos aleatórios. Os braços delas se encostavam algumas vezes fazendo a morena se arrepiar. 

   - estudamos juntas a mais de um ano e nunca saímos juntas. - Jungeun comenta. 

   - pois é, eu queria ter convidado antes mas... - Haseul para no meio da frase. Não podia simplesmente falar sobre o seu enorme crush pro Jungeun. 

     - porque não convidou? 

     - eu não sei... acho que fiquei receosa. - a Jo ajeita o cabelo pela enésima vez naquela noite. Ela estava tão nervosa e fazia isso quando estava nervosa. 

   - ah por que? eu sou tão amigável. - a loira fala de forma brincalhona. 

   - eu sei que sim... mas nunca conversamos tanto. - dá de ombros. 

   - e você é bem tímida. - Jungeun a olha de lado. A morena estava corada. 

   - é... eu queria ter te chamado antes mas pensei que seria estranho ter um encontro sem conversar um pouco antes. 

     Haseul acaba falando tudo de forma bem rápida e como sempre, tinha falado mais do que deveria.

   - então, isso é mesmo um encontro? - Jungeun pergunta com um sorriso, depois morde os lábios sem perceber e a outra assente envergonhada. 

    - eu tava em dúvida sobre isso... você não foi muito específica quando me convidou. - explica. 

     - me desculpe. - sopra. 

    - pelo que? - pergunta - fica tranquila, eu queria sair com você e eu esperava que fosse mesmo um encontro. 

    Jungeun também foi zoada pela sua própria língua. Falou demais, não queria admitir tão rápido que se sentia atraída por Haseul. 

    - você o que? - Haseul a olha sorridente. 

   - não vou repetir isso! - ri cobrindo o rosto vermelho, tinha ficado envergonhada pela primeira vez na noite. 

 

     Engajaram um outro assunto sobre a faculdade depois disso, estavam perto do início dos trabalhos de fim de semestre. O curso era bem puxado. 

    Haviam se sentado em um banco em frente ao carrossel, bebiam uma cerveja enquanto observavam as crianças se divertirem. 

    - você ja conseguiu fazer o resumo? - a Jo pergunta. 

    - felizmente sim... e você Seullie? 

     O coraçãozinho de Haseul acelerou por ouvir Jungeun a chamar pelo apelido.

     - oh, metade... eu estava com a mente ocupada essa semana. - a mais baixa explica. 

     - entendo... com o que exatamente? - Jungeun estava curiosa sobre a morena.

     - é... - morde os lábios.

     - não pode me dizer? - a loira pergunta. 

     - até posso mas seria estranho. 

   - não tem que ser... hoje estamos nos conhecendo melhor né? - a Kim sorri encarando a outra. 

    - okay... eu tava ansiosa pra hoje.

    - wow! não achei que fosse por isso. 

     Jungeun tinha ficado realmente surpresa. Claro que ela tinha quase certeza do interesse de Haseul em si. Do contrário ela não a convidaria pra sair mas não achava que era algo tão importante assim para a Jo. 

    - eu nunca convido ninguém pra sair. - Haseul dá de ombros mas tremia em nervosismo por estar falando disso com a Kim.

     - mas me convidou. 

     - sim. 

     A morena baixa o olhar pros próprios pés. Jungeun toca em seu queixo a fazendo erguer a cabeça e coloca alguns fios de cabelo que tinham caído na frente dos seus olhos atrás de sua orelha. 

     Haseul cora e a olha nos olhos por uns segundos, antes de sorrir de lado baixando seu olhar novamente. Ficava ainda mais tímida perto da loira. 

   - saudade de andar nisso. - Jungeun aponta pro carrossel. Achou melhor focar em uma coisa que não fossem os olhos intensos de Haseul. 

   - era divertido. - sorri - a gente cresce rápido né? 

   - é... ser criança era bom mas eu to gostando muito da minha vida agora. 

    A loira fala voltando a olhar pro rosto delicado da mais baixa. Haseul ficava mais bonita a cada minuto. Jungeun estava apaixonada por seus olhos. 

   - ah é? - Haseul pergunta num tom divertido. 

   - é. - a loira sussurra e sorri. 

     Haseul sente seu coração acelerar. Não queria mas não conseguia controlar seus sentimentos. Jungeun mexia demais com ela. 

 

    - vamos jogar esse? - perguntou apontando prum jogo de basquete. Tinha inventado apenas uma desculpa para sair dali, estava nervosa sentada ao lado da loira de lábios carnudos. 

    - vamos. 

     Colocam uma ficha começando a tentar acertar as bolas na cesta. Jungeun era muito boa e acertava quase todas. Já Haseul não tinha conseguido acertar nenhuma ainda. 

    Sentia suas mãos trêmulas e era culpa da Kim. O leve toque de seus braços estava a deixando inquieta. 

    - você é tão ruim nisso. - Jungeun ri. 

   - não me zoa, eu to tentando! - Haseul bufa. Estava mesmo tentando mas sua coordenação motora era péssima.

    - deixa eu te ajudar! 

    Jungeun diz puxando a morena para o meio do brinquedo e se colocando atrás dela segurando em sua cintura. 

      Haseul parou de respirar. As mãos da loira eram tão firmes ali.

   "Puta merda." a mais baixa pensou. 

 

    Jungeun a ajudou a mirar na cesta segurando por cima das mãos da menor. A morena sente a respiração da outra em sua nuca e se arrepia. 

      - agora. - a Kim sussurra. 

   - cesta! - Haseul comemora incrédula e Jungeun abraça por trás colocando a cabeça em seu ombro. 

     - parabéns! - a loira ri inerve ao momento mas quando percebe o que estava fazendo, solta a outra meio sem graça. 

   - vamos na montanha russa? - Jungeun pergunta aleatoriamente ao ver o brinquedo a poucos metros dali. 

   - agora! - Haseul aproveita a oportunidade para segurar a mão da loira a puxando até lá. 

 

     Saíram do brinquedo meio zonzas, se apoiando uma na outra entre risadas. Haseul sempre se perdia no sorriso da loira, ela era tão adorável.

     - eu preciso sentar. - a morena senta sentindo tudo girar e a outra faz o mesmo. 

      - estamos velhas. 

      - pra isso talvez. - gargalham. 

    - que outras coisas você tá pensando, aí? - Jungeun pergunta de forma maliciosa. A morena tinha usado um tom sugestivo também.  

    - eu? nada. - a Jo finge inocência mas cora logo em seguida. Não conseguia disfarçar. 

     - to brincando. - a loira ri - agora fiquei com calor!

     Jungeun puxa as mangas e amarra a camiseta, deixando sua barriga toda a mostra. A Jo não sabia pra onde olhar, estava corada. A Kim era tão gostosa. Céus! 

    - eu também... - Haseul se abana com as mãos. Sentia calor até no meio de duas pernas agora.

     - olha! um carrinho de sorvete! - Jungeun diz animada se levantando. 

    - na hora certa! - a morena sorri e elas correm até lá. 

   - queremos duas casquinhas... mista? - a Kim pergunta olhando para a morena. 

    - sim... e eu pago! - pega o dinheiro em sua carteira. 

    - obrigada Seullie. - sorri.

    Pegam as casquinhas e voltam para o banco, onde estavam sentadas. 

    - oh... está tão gostoso. - a loira suspirou lambendo o sorvete. 

     "Kim Jungeun por favor... você vai me matar desse jeito. " - a Jo pensa. 

 

    Haseul se sentia atordoada. Jungeun era incrivelmente sexy até tomando sorvete. A mais baixa não conseguia desviar o olhar.

        Sentia como se estivesse chapada quando estava perto de Jungeun. 

          O sorvete desceu pelo queixo da loira e a outra só sentia vontade de lambê-lo. A Kim lambe mais uma vez o sorvete e tudo parecia estar em câmera lenta para Haseul. 

     - você não vai comer? - a loira chama sua atenção a fazendo a olhar nos olhos. 

     - eu to comendo! - cora e come um pouco do sorvete. 

   - tá delicioso! - suspira fechando os olhos por uns segundos. 

     - tá mesmo. - Haseul concorda enquanto a observa de lado. 

     - ai merda!  

      Jungeun sem querer derruba um pouco de sorvete e entra em sua camiseta, descendo entre os seus seios. A Jo faz menção de ajudar mas para quando nota onde havia sujado. 

     - quer ajuda? - pergunta apontando discretamente pra mão da loira, na intenção de segurar o sorvete dela para a mesma conseguir se limpar. 

     - você quer colocar as mãos nos meus peitos Jo? - a Kim pergunta num tom sugestivo enquanto ria. 

     - o que? eu...  - Haseul fala envergonhada tentando se explicar. 

     - brincadeira. - a interrompe rindo - mas...acho que não seria ruim. - morde os lábios carnudos. 

       Jungeun fala de forma maliciosa e a morena cora dos pés a cabeça. A Kim estava mesmo flertando com ela? 

    - o gato comeu sua língua Seullie? - a loira pergunta batendo seus ombros de leve. 

    - não... - ri olhando pro sorvete, estava evitando o olhar da loira. 

     - você se sujou. 

     - onde? - a mais baixa pergunta em confusão.  

     - aqui. 

       A loira sussurra se aproximando do rosto de Haseul que fecha os olhos. Jungeun lambe a bochecha da outra bem próximo ao canto de sua boca e ri de nervoso. 

    A Kim sentia seu corpo tremer em ansiedade. Agora também queria beija-la mas não tinha conseguido na primeira investida. 

      A Jo sente seu coração bater a mil. Abre os olhos corada. A mais nova estava brincando com ela? O que tava acontecendo ali?

      Haseul encarava o chão, estava muito nervosa para olhá-la. Já Jungeun não tirava os olhos da mesma. Seus lábios estavam melados de sorvete e a loira sentia tanta vontade de beija-los.

   - Seullie? - chama sua atenção. 

   - hum. - Haseul a olha ansiosa. 

   - ainda tem sorvete no seu rosto. 

     A Kim sussurra e lentamente coloca sua mão na nuca da mais baixa a puxando pra perto. Fecha os olhos enquanto sente sua respiração se misturar com a de Haseul. 

     - me ajuda com isso. - sussurra entregue aos toques da outra. 

     Seus lábios se tocam causando arrepios. Um roçar tão delicioso que a morena esquece de respirar. 

       Jungeun beija Haseul. Lábios gelados e doces. Haseul arfa ao sentir os lábios da loira sugarem os seus. Limpando o sorvete que estava ali. A mais velha dá passagem para a língua da Kim invadir a sua boca. 

      A Jo suspira com o arranhar em sua nuca. O beijo tinha gosto de sorvete. Tão delicioso. Haseul solta sua casquinha no chão e coloca mais uma mão na cintura da loira, a puxando pra mais perto. As línguas se moviam no ritmo da Kim. 

     A cada segundo o corpo de Haseul se arrepiava de forma mais intensa. 

     O ar falta. Haseul puxa o lábio inferior de Jungeun com os dentes a fazendo arfar. Elas separam suas bocas por poucos segundos para iniciarem mais um beijo. Mais rápido. Com mais vontade.

       A Jo puxa Jungeun para o seu colo sem separar seus lábios. Não queria soltá-la. Separa seus lábios dos lábios grossinhos da loira só para mudar a posição de sua cabeça. 

     A língua gelada da Kim em sua boca parecia irreal. Haseul não conseguia acreditar que estava mesmo beijando aquela mulher. 

 

      Mas é claro que algum desastre ia acontecer. Haseul era o tipo de pessoa azarada. A morena sente algo gelado em suas costas e separa seus lábios abruptamente.

     - o que foi? - Jungeun pergunta confusa com os lábios inchados e o batom borrado.

   - eu acho que você derrubou sorvete em mim. - gargalha. 

     - oh não! - Jungeun a vira para ver suas costas e tem vários pingos de sorvete na camiseta branca da outra. A loira não tinha largado seu sorvete até o momento.  

     - tá tudo sujo! 

     - melhor eu ir ao banheiro lavar. - se levanta. 

   - eu vou com você. - Jungeun levanta a acompanhando. - me desculpa! 

       - tá tudo bem, juro. - sorri para a loira que se acalma. 

       Depois de poucos passos Jungeun sente a mão da outra segurar a sua de forma lenta. Haseul estava tímida, então não a olhou nos olhos enquanto entrelaçava seus dedos. 

       Mas sorria assim como a Kim. 

 

     Entraram no banheiro ainda de mãos dadas e a loira observou Haseul tirar a camiseta ficando apenas de sutiã a molhando um pouco e esfregando para tirar a mancha de sorvete. 

    A Kim se sentia inquieta. Sentia tanto calor no momento. Não sabia que se sentiria assim no primeiro encontro com Haseul. Sempre a achou bonita realmente mas ela ficava mais atraente a cada minuto que passavam juntas.

    Se aproximou da outra parando atrás dela. Haseul a olhou pelo espelho e corou pelo olhar intenso da outra. A Kim tocou levemente na cintura da mais baixa com uma das mãos, fazendo um leve carinho. 

      - tem um pouco de sorvete aqui também. 

    Jungeun apontou para as suas costas. Devia ter passado um pouco de sorvete pelo tecido da camiseta. 

      - sério? vou limpar. - Haseul tentou olhar por cima do ombro. 

    - deixa que eu limpo. - sussurra no ouvido da outra e depois beija suas costas, vários selares molhados. 

    Haseul foi pega de surpresa. Ficou em choque por segundos mas depois começou a soltar alguns suspiros baixos e a apreciar tudo de olhos fechados.

    Quase não tinha sorvete ali. Jungeun só queria beijar o corpo da morena. Só isso. 

    - oh! - Haseul geme ao sentir uma mordidinha em sua orelha. A loira prendia o corpo da menor em seus braços.

    - você é tão bonita. - Jungeun sussurra respirando na nuca da Jo. 

    - Eun...para - a morena sussurra como em uma súplica, quando sente os lábios da Kim descerem por toda a extensão do seu pescoço. 

    Se continuassem assim, Haseul ia acabar empurrando a loira para dentro de uma das cabines. 

     - me desculpe.  

       A Kim a solta parando ao seu lado ofegante e corada. Não sabia porquê não conseguia controlar suas próprias ações. Elas estavam num banheiro público, alguém poderia entrar a qualquer momento. 

   A Jo observa a loira envergonhada e sorri se aproximando da mesma lhe dando um selinho. Cora instantaneamente pelo que tinha feito e Jungeun sorri boba por uns segundos. O que a baixinha ali estava causando nela? 

    - é melhor você se vestir. - a mais alta diz desviando o olhar do corpo da morena. 

    - estou te deixando desconfortável? 

    - está me deixando com vontade de te agarrar. - morde os lábios.

    - Jungeun! - a repreende constrangida. 

    - que? é a verdade. - ri. 

     O sorriso de Jungeun era tão bonito. Seus dentes eram tão perfeitinhos e alinhados. Haseul amava vê-la sorrir.

    - você é muito boba. - a mais baixa bate no ombro da outra rindo e a mesma abraça seu corpo. 

    - é melhor sairmos daqui... 

   Jungeun fala já roçando seus lábios nos lábios da morena. Iam acabar começando a se beijar de novo e já havia uma pessoa no banheiro, em uma das cabines.

    - é... - a Jo sussurra atordoada pelo alisar em sua barriga ainda despida - você queria ir na roda gigante, né? - pergunta se soltando lentamente da outra e vestindo a camiseta que estava um pouco molhada. 

    - quero sim...

 

      Caminharam até a roda gigante mantendo a conversa. Tinha ficado tão fácil conversarem. Se entendiam tão bem. Jungeun tomou a iniciativa de segurar a mão de Haseul novamente e não a soltou mais. 

    - é tão alto! - a morena olhou pra cima assim que chegaram na frente da roda gigante. 

    - você tem medo de altura? - a Kim pergunta preocupada. 

    - só um pouquinho. 

    - eu não vou te soltar. - Jungeun aperta mais a mão da outra tentando passar confiança. 

    - o-obrigada! - a Jo se repreende mentalmente por gaguejar. Estava nervosa por ficar num espaço minúsculo junto com Jungeun. 

     Entram em uma das cabines e em poucos segundos já estavam bem no alto. Ainda com seus dedos entrelaçados. 

     Haseul fazia um carinho discreto na mão da loira. Gostava tanto de Jungeun. Depois dessa noite passou a sentir ainda mais coisas por ela. 

    - a vista é tão bonita! 

     Haseul fala olhando para o parque e depois para a loira ao seu lado. Não sabia qual era a vista mais linda. 

    - é incrível! - Jungeun sorri animada. Seus olhinhos brilhavam  - você tem medo de altura a muito tempo? - pergunta. 

    - não é medo realmente, eu só fico meio receosa e aí evito. - explica. 

    - entendi... mas você tá bem? 

    - to ótima. - sorri. 

    - o que foi? 

     A mais alta pergunta confusa ao notar o olhar da morena sobre ela.  

    - tudo bem se eu te beijar agora?    

      Haseul nem pensou antes de falar. Estava tão imersa em seus sentimentos. Só queria sentir os lábios carnudos da loira nos seus mais uma vez.

   Jungeun assentiu encarando seus olhos e se aproximou da outra que a puxou pelo pescoço. Selaram seus lábios num beijo intenso. Arfaram quando suas línguas se encontraram. Quentes. 

     Os movimentos eram lentos. A Jo controlava o beijo e a loira segurava na camisa da outra a mantendo próxima. Se beijaram até o ar acabar e iniciaram mais um beijo.

    E outro e outro. 

   Só pararam de beijar quando o moço da roda gigante chamou a atenção delas com uma tosse. O brinquedo já havia parado e elas não haviam notado.

    - que vergonha! - Haseul andava com as mãos nas bochechas tentando ficar menos vermelha. 

    - eu nunca mais venho nessa roda gigante! - a loira gargalha sendo acompanhada pela Jo. 

 

    Andaram até a saída do parque conversando entre risadas e pararam frente a frente. Ansiosas. Já era tarde, o parque já estava começando a fechar. 

    Precisavam mesmo se despedir? Queriam que a noite durasse mais. 

      - você quer ir pra minha casa? - Jungeun simplesmente pergunta. Direta.

              - o que? 

      A morena não tinha acreditado no que tinha escutado. Parecia uma brincadeira de sua mente. 

        - eu fui muito rápida? - a loira ri sem graça colocando o cabelo atrás da orelha. 

            - foi... - sorri - mas eu quero muito ir. 

       Haseul toca delicadamente no rosto de Jungeun, que fecha os olhos encostando seus narizes e sussurra as seguintes palavras. 

        - vamos comprar mais sorvete antes? 


Notas Finais


🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...