1. Spirit Fanfics >
  2. Idas e vindas do amor - Girafa >
  3. Epílogo

História Idas e vindas do amor - Girafa - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura pessoal, muito obrigada por me acompanharem até aqui e fazerem parte de tudo isso.

Capítulo 26 - Epílogo


Epílogo

Algum tempo depois… Rafaella e Gizelly estavam comemorando mais um ano de casadas, escolheram as ilhas Maldivas. Estavam namorando a algum tempo dentro da piscina de borda infinita do resort onde estavam hospedadas a paisagem dava para o mar uma das mais belas que elas já haviam contemplado durante todas as suas vidas. 

-Amor aquele dia do hospital… Aconteceu alguma coisa estranha né?_Perguntou Rafaella beijando o ombro de Gizelly. 

-Oh amor... Esquece isso vai, vamos curtir um momento entre eu e você, você e eu... Maldivas an!?_Disse Gizelly beijando a bochecha da esposa e descendo os beijos para seu ombro.

-Eu senti um trem estranho Gi, como se algo tivesse acabado de ser tirado de mim, parecia que você tinha ido embora de verdade._Confessou Rafaella fazendo Gizelly arquear a sobrancelha. 

-Tipo o que? Por exemplo._Perguntou a advogada curiosa. 

-Como se tivessem arrancado você dentro de mim._Disse Rafaella beijado a pontinha do nariz de Gizelly. 

-Quem sabe um dia eu possa te contar… Mas eu vivi uma aventura muito louca pra voltar para a terra quase implorei para voltar, por você e pela minha mãe, ainda não sei se foi coisa da minha cabeça ou se foi real._Disse Gizelly com seu sorriso de canto de boca que deixava Rafaella encantada. 

Naquela tarde Rafaella e Gizelly fazeram amor em todos os cantos possíveis, na piscina, no quarto, na sala e cozinha. Fizeram nas pedras da praia, olhando o sol se pôr. Não havia limites para que elas se amassem. Estavam casadas um tempo considerável e o amor entre elas nunca havia diminuído, principalmente com a chegada de Gabriel que fez com que elas ficassem ainda mais unidas.

-Eu te amo tanto, meu amor._Admitiu Rafaella beijando o queixo de Gizelly. 

-Eu não sei colocar em palavras o quanto eu amo você, nosso filho… A nossa família Rafinha. Quem diria né? Era só eu e você desde o início né Rafinha?_Disse Gizelly com a sua voz rouca ao pé do ouvido de Rafaella.

-Sim amor._Disse a loira beijando o queixo de Gizelly. 

No apartamento onde estavam hospedadas Gizelly pegou o celular para ligar, discou o número de Manu que atendeu sem muita demora.

-É aí titchela… Como está o clima de romance por aí?_Perguntou Manu com uma pitada de sarcasmo. 

-Muito bom obrigada (risos), mas liguei para saber de vocês… Gabriel ta se comportando direitinho?_Perguntou Gizelly preocupada com o filho de dois anos. 

-Ele é um anjinho, Nicolas não para de me pedir um irmão igual o Gabriel (risos)._Disse Manu assistindo a cena mais fofa Nicolas abraçando Gabriel enquanto assistiam desenho juntos. 

-Meu filho é um amor mesmo… Manu qualquer coisa me liga._Disse Gizelly agradecendo sua amiga por cuidado do afilhado. 

-Amor é a Manu?_Perguntou Rafaella sentando-se no colo de Gizelly. 

-Sim, ela mesmo._Respondeu Gizelly. 

-Oi amiga! Como estão as coisas?_Perguntou Rafaella pegando o celular da mão de Gizelly que deu de ombros. 

-Graças a Deus tudo bem, nada como tá em Maldivas né, mas tudo ótimo._Disse Manu com seu jeito brincalhão. 

-Ta bom… Manda um beijo pro Gabi… Diz que eu amo ele._Disse Rafaella desligando o celular após se despedir de Manu. 

-Amor… 

-Humm…

-Sabe… Eu queria tentar uma coisa hoje…

-O que você quer Rafaella?_Perguntou Gizelly arqueando a sobrancelha.

-Queria você me fodendo com um brinquedo que eu trouxe._Disse Rafaella com a voz mais sexy que conseguiu.

-Rafa, Rafa…

-Vem aqui amor..._Rafaella guiou Gizelly para o quarto e mostrou a cinta que tinha comprado para a esposa. 

-Tu quer que eu use esse negócios Rafa?_Perguntou Gizelly após dado uma bugada na cabeça.

-Uhum… Se você quiser é claro._Disse Rafaella beijando o queixo de Gizelly. 

-E como coloca isso?_Perguntou Gizelly um pouco perdida. 

-Vem eu te ajudo…

-Pras safadezas tu é boa né... SAFADAAA (risos)…

Rafaella logo colocou a cinta em Gizelly que achou o máximo a sensação de poder foder a esposa com o brinquedo. 

A loira pegou um gel lubrificante que estava em cima da mesinha da ao lado da cama e sorria para Gizelly. 

-Rindo né safada…

-Cê tá gostosa com esse trem…

-Tu já vai ver o trem entrando em você...

-Uiiii… (riso)…

Após Gizelly deitar Rafaella na cama começou a beijar o pescoço da esposa, mordendo e deixando beijos lentos e quentes, sugava a pele macia de Rafaella vez ou outra proferindo alguns xingamentos. 

Rafaella estava de olho fechados e gemia baixinho a cada movimento da esposa em seu corpo, Gizelly beijou a barriga chapada e sequinha de Rafaella de modo que deixou a intimidade da loira pegando fogo, desceu os beijos até chegar onde queria onde passou um bom tempo chupando e brincando com o clitóris de Rafaella que já estava eufórica.

-Caralho Rafaella você é muito gostosa...

-Me fode Gizelly…

-Eita porra...

Gizelly mordia os lábios com a sensação do tesão subindo dos pés a cabeça, queria muito fuder a loira até não sentir mais forças em seu corpo, pegou o gel lubrificante despejou pela intimidade de Rafaella passando o dedo indicador nela estimulando a entrada da esposa.

-Cê quer assim? 

-Quero você todinha em mim amor… Rápido...

-Hummm gosto disso…

Gizelly penetrou Rafaella com o brinquedo fazendo movimentos de vai e vem num ritmo mais lento, fazendo Rafaella revirar os olhos e puxar a esposa pela bunda trazendo-a mais para perto, os lábios de Gizelly brincavam com os de Rafaella em um beijo de morder e chupar os lábios da outra. Gizelly aumentava o ritmo conforme os gemidos de Rafaella iam aumentando.

-Caralho mulher… Cê geme tão gosto…

-Aí amor…

-Geme gostoso pra mim Rafinha… 

-Porra Gizelly…_Rafaella gritou assim que a esposa aumentou o ritmo e a constância das estocadas deixando-a perto de gozar. 

-Não para não... Continua…

-Quem disse que eu quero parar? Gostosa pra caralho…

Gizelly metia sem conseguir controlar a vontade de foder a esposa, os lábios de Rafaella estavam entre seus dentes numa tentativa de segurar os gemidos fazendo Gizelly aumentar ainda mais o ritmo pra ouvir os gemidos de prazer da loira.

-Caralho amor...

-Assim tá gostoso?

-Porra Gizelly…

Rafaella chegou ao ápice sentindo seu corpo se contorcer por inteiro, logo os beijos com Gizelly ficaram intensos e sentiu as paredes de sua intimidade sugar o brinquedo que Gizelly usava, ficaram se beijando ate que a advogada tirou o brinquedo deixando Rafaella sem ar após a transa. 

-Eu não sei como… Mas cada vez mais eu te amo um absurdo a mais mulher. O que cê faz comigo?_Perguntou Gizelly olhando nos olhos verdes hipnotizantes de Rafaella. 

-Eu não sei, só sei que eu te quero mais e mais… A cada dia que passa._Disse Rafaella beijando os lábios rosados de Gizelly. 

A advogada tirou o brinquedo e deitou ao lado de Rafaella que puxou a esposa para mais perto deitando sua cabeça no peito de Gizelly. Ficaram assim por um bom tempo, até que Rafaella sugeriu tomarem um banho juntas e assim fizeram, voltando pra cama Gizelly colocou um filme romântico pediu uma pizza e uma boa garrafa de vinho passando o restante da noite namorando e trocando carícias. 

-Eu te amo._Disse Rafaella. 

-Eu também te amo._Disse Gizelly beijando a ponta do nariz da esposa. 

Rafaella voltou a deitar a cabeça no peito de sua esposa e adormeceu, sabendo que quando acordasse encontraria a pessoa mais especial e linda acordada esperando por ela, para juntas serem felizes um dia de cada vez, derrubando barreiras e enfrentando leões, mas tudo isso valia a pena. Porque ao lado de Gizelly construíram uma linda e sólida família, onde os três viviam muito felizes e coberto de amor.

Os dias de romances tiveram a mesma pegada, o casal saia para participar de uma exploração turística pela cidade e quando voltavam ia até a praia pegavam um sol, conversavam com os cidadãos locais, coisa de Gizelly que era muito comunicativa. 

Rafaella fazia algumas comprar para quando voltasse para o Brasil. Presentes para todas as suas amigas e um super especial o de Gabriel. Hoje era o último dia delas em Maldivas o que fez aquele dia ser super especial, Gizelly estava muito romântica naquela tarde. 

-Ei bebê, o que você tá comprando?_Perguntou a advogada abraçando sua esposa por trás. 

-Só alguns presentinhos para as meninas e nosso filho._Disse Rafaella pagando a moça da loja. 

-Queria um date especial hoje com você, quer jantar comigo na praia?_Perguntou Gizelly beijando o pescoço longo e cheiroso da esposa. 

-Claro! Hoje você pode tudo vida._Brincou Rafaella entregando as sacolas com presentes para sua esposa.

Chegando no resort Gizelly ligou para o atendimento ao cliente e pediu que reservassem uma mesa especial a beira mar para dois e com velas. Pratos típicos da ilha e uma boa garrafa de vinho, Gizelly esbanjava sem pena. Ela gostava de mimar Rafaella com as melhores coisas que o dinheiro poderia comprar, mas não para impressionar a esposa, mas de certa forma demonstrar o quanto Rafaella era importante e a modelo fazia exatamente igual. 

Por isso o casal pegou o apelido de Sra. e Sra. Smith. Rafaella estava deitada com seu Mac aberto lendo uma oferta de trabalho novo enquanto Gizelly foi para o banheiro tomar um banho. A modelo viu que a morena estava demorando no banho e foi atrás para saber se tudo estava bem. 

-Xenteee pensei que ia demorar mais._Disse Gizelly puxando a esposa pela cintura e a encostando no batente da pia do banheiro. 

-Eita! Você e seus joguinhos mulher._Disse Rafaella mordendo o lábio de Gizelly. 

As duas tomavam banho enquanto trocavam carícias e beijos intensos, quando terminaram o serviço que Gizelly havia pedido estava feito, a morena pediu que Rafaella colocasse a melhor roupa e que acompanhasse ela para um date especial para a despedida daquele lugar maravilhoso. 

Quando chegaram ao lugar reservado e puderam contemplar a lua cheia e tão próxima a elas, o som das águas baterem nas rochas, a mesa bem posta com velas e toda decorada com um feeling bem romântico. 

-Que lindo amor._Disse Rafaella beijando os lábios de Gizelly. 

-Se vocês quiserem posso tirar uma foto._Disse o guia se prontificando. 

-Aí por favor._Disse Rafaella entregando o celular para o rapaz que tirou algumas fotos. 

-Muito obrigado, já pode ir._Disse Gizelly simpática dispensando o rapaz.

Rafaella estava encantada com tudo aquilo o jantar, a esposa maravilhosa que ela tinha do lado, aquela vista fantástica de um lugar que com certeza não sairia nunca mais de sua memória. 

A modelo sorriu consigo mesma enquanto ouvia as piadas bobas de Gizelly, quem diria que a advogada do seu ex-marido iria fazê-la tão feliz? Essas idas e vindas do amor era impressionante e Rafaella agradeceu ao destino por esse encontro ou reencontro de almas que teve com Gizelly Bicalho. 

-Um brinde a vida._Disse Rafaella animada com o sorriso mais lindo que Gizelly já havia visto. 

-Um brinde ao amor._Disse Gizelly beijando a mão da amada e brindando.

 

 

Fim Real…


Notas Finais


Então fico feliz que a história foi bem aceita por vocês, que tenham se divertido lendo. Vocês são pessoas maravilhosas, foi um prazer escrever para todas vocês.
Florence xoxo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...