História Identidade - Romione - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter, The Bling Ring
Personagens Hermione Granger, Ronald Weasley
Tags Romione
Visualizações 146
Palavras 685
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Ligação


Fanfic / Fanfiction Identidade - Romione - Capítulo 12 - Ligação

Já havia passado uma semana desde que Rony entrara no quarto de hotel e encontra-lo vazio, sem Hermione.

Deixou algumas lágrimas caírem por não ter encontrado as coisas da menina.

Estava morando com sua mãe, não voltaria para seu apartamento tão cedo, se sentia vazio e sozinho.

Seria mais um jantar de família, descia as escadas desanimado. Sentia falta de Hermione – Por que ela fez isso? – se perguntava.

Quando chegou na sala, seu sobrinho Thiago e sua sobrinha Victória correram para abraça-lo. Rony logo sorriu, amava seus sobrinhos.

Todos já haviam percebido que Rony não estava bem, e também sabiam o por quê.

-Eu convenci meu superior de que você pagasse apenas uma fiança. – disse o irmão mais velho de Rony se aproximado dele, que estava olhando pela janela.

-Obrigado, Gui.

-Rony...aquele Tal de Jonny desapareceu do mapa.

Rony olhou seu irmão preocupado.

-Você sabe se Hermione teve contato com ele antes de sumir?

-Está querendo dizer que ele pode ter a ver com isso?

-Estou...

-Gui, não brinque com isso.

-Não estou, irmão. – Vendo que Rony não diria nada, comentou – Harry mostrou uma foto dela pra família toda, todos a acharam bonita...

-Ela é perfeita.

Gui sorriu para o irmão.

-Se Jonny tiver algo com isso eu o mato – disse Rony.

O celular de Rony começou a tocar.

-Alô?

- Rony Weasley?

-Sim, é ele...

-Olá, é o Jonny.

-Jonny?! – Rony exclamou, Gui o olhou surpresa. – Onde está Hermione?

Nesse momento todos que estavam na sala olhavam para Rony ansiosos com a exaltação do rapaz.

-Hermione está bem...

-ONDE ELA ESTÁ?

-Calma, meu rapaz. Você quer ela de volta, é?

-O que você quer?

-Quero que seu irmão, policial, limpe minha ficha na delegacia....e também 200 mil dólares.

-Jonny, não! Você prometeu – ouviu Hermione falar no outro lado do telefone.

-CALADA! – gritou Jonny.

-Hermione! Deixa eu falar com ela...

-NÃO! Você tem 36 horas para me dar o dinheiro...

-Darei o que você quer, mas deixe eu falar com ela.

Jonny riu e desligou o celular.

-Você prometeu que não iria mais pedir dinheiro...

-Mudei de idéia.

-Você é um cínico!

-OLHA COMO VOCÊ FALA COMIGO! – disse pegando Hermione pelo braço e jogando no chão.

Hermione se encontrava roxa, sempre que alterava a voz com Jonny, ou levava um tapa ou ficava sem comida. Ela não sabia onde estava, ficava presa em um quarto que nem janela tinha.

-Desculpa – disse Jonny se agachado para abraçar Hermione.

Hermione com a sua agilidade para pegar coisas sem que ninguém percebesse, conseguiu pegar o celular do bolso de Rony.

Esperou Jonny sair do quarto e ligou para Rony.

-Jonny? – era Rony.

- Rony...

-Hermione! – todos na sala olhavam surpresos para Rony -Onde você está?

-Rony, por favor – sussurrada Hermione – Não faça o que Jonny estar pedindo...

-Mas, Hermione...

-Rony, Não! Ele vai matar você. – chorava Hermione.

-Eu não me importo!

-Mas eu me importo, Weasley!

-Me fale onde você está....

-Eu não sei...

Jonny mais uma vez entrara no quarto e tomara o celular da mão de Hermione.

-VAGABUNDA! – gritou Jonny desligando o celular.

-NÃO! HERMIONE – Rony gritava em vão, já se encontrava em meio a lágrimas.

Gina e Molly o abraçou.

-Onde ela está? – perguntou Gui.

-Ela não sabe – disse Rony ainda abraçado a mãe e a irmã.

-Ele quer dinheiro? – perguntou Harry.

-200 mil dólares...

-Mas é muito dinheiro – disse Fred.

-Eu tenho...

-Mas, cara... – ia começar Jorge.

-Vou salva-la – disse Rony Se soltando ser Molly e Gina – rastreie ela uma vez, posso fazer de novo...

-O que ela disse? – perguntou Gina.

-Para eu não fazer o que ele ta pedindo, que ele vai me matar...

-Ai meu Deus – disse Molly com a mão no peito sendo aparada por sua nora, Fler, esposa de Gui.

-O que está acontecendo? – perguntou Victória descendo as escadas.

-Nada – disse Fler -suma para a sala de jogos e fique com Thiago.

-Vamos dar um jeito nisso – disse Gui a Rony – Vou convocar uma equipe.

-Ele me deu 36 horas - disse Rony.

-A gente consegue - disse Harry colocando a mão no ombro do amigo.

-Estamos com você - disse Gina.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...