História Identidade - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter, The Bling Ring
Personagens Hermione Granger, Ronald Weasley
Tags Romione
Visualizações 72
Palavras 920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Áudios


Fanfic / Fanfiction Identidade - Capítulo 5 - Áudios

-Como assim não tem quarto com duas camas de solteiro? – perguntava Rony inconformado.

-Sinto muito, senhor. – falava a recepcionista.

-Sabe o que é...– começou Hermione – Meu marido... – disse tocando no braço do Rony – se esqueceu do nosso aniversário de casamento, e estou fazendo greve. Acontece que ele não consegue se controlar quando dividimos a mesma cama, e no final ele acaba indo se divertir sozinho no banheiro. - terminou Hermione, claro que ela não ia deixar a oportunidade de constranger Rony passar.

-O que? – perguntou Rony vermelho de vergonha, sem acreditar que a menina inventara uma coisa dessas.

-Não queria te expor, meu amor. Mas...

-Sinto muito mesmo – disse a recepcionista rindo da situação - Mas só temos quarto com camas de casal.

Rony ficou pensando em alugar dois quartos, tinha medo de Hermione fugir.

-Tudo bem, ficamos com um quarto – disse Rony.

-Você pode ir, eu vou no bar que fica aqui em frente.

-Não, você não vai.

-Vou sim – disse Hermione saindo do hotel.

Rony ficou olhando pela porta, não sabia se ia atrás dela ou se ia para o quarto. Terminou de resolver as coisas do quarto que ficariam e foi para o bar.

Hermione queria apenas beber um pouco. Até...

-Você vem sempre aqui?

-Essa é tão antiga..

O Homem riu.

-Sou Córmaco McLeggen – disse sentando perto da menina – Você é..?

Hermione o encarou.

-Não vou falar meu nome.

-tudo bem...você esta sozinha?

-Digamos que estou...

-Uma moça tão bonita sozinha em um bar?

Hermione riu, viu Rony na entrada do bar. Olhou para Córmaco e começou se aproximar do garoto. Córmaco já estava de olhos fechados e com a boca entreaberta. Sem que ele percebesse, ela pegou a carteira do seu bolso e se levantou sem beija-lo.

Córmaco ficou com cara de tacho com a atitude da menina. Viu ela se aproximando de um ruivo.

-Vi o que Você fez – disse Rony.

-Quer uma pizza?

-Devolva a carteira para aquele homem.

-Não. – disse Hermione já saindo do bar.

-Aquele cara precisa das coisas que estão nessa carteira.

-Ele é rico.. viu o relógio de 5 mil dólares que ele usava?

-E dai?

-Qual é Weasley? Isso nem se compara com o que ele faria comigo.

-Como assim?

-Não estava na cara? Ele queria me levar pra cama! E no outro dia eu acordaria e ele nem estaria ao meu lado.

Rony tentou argumentar alguma coisa.

-Vai querer pizza ou não? – perguntou Hermione parando na pizzaria da esquina.

-Pode ser. – disse Rony abrindo a porta para ela entrar.

Eles não trocaram uma palavra até a pizza chegar, estavam quase terminando quando Rony se pronunciou.

-Vai me falar seu nome verdadeiro, Granger?

-Por que quer tanto saber?

-Porque é importante.

-Para me entregar a policia?

-Er...- começou sem saber o que dizer.

Hermione riu debochada.

-Também não vai me dizer quem era o cara do apartamento?

-Não.

-Posso fazer uma pergunta?

-Você já fez varias...

-Por que faz essas coisas?

-Porque eu gosto.

-Não pode ser verdade.

-Mas é a verdade. Terminou? – perguntou apontando para o prato do ruivo.

-Terminei.

-Então vamos.

Ele observava a menina pagar a conta, nem percebeu quando a menina se aproximou.

-O que está olhando? -perguntou Hermione fazendo Rony acordar de seus devaneios

-Nada – disse saindo da pizzaria – vamos para o Hotel.

Rony estava no banheiro se preparando para dormir quando começou a pensar em como ela era bonita. Tratou de se livrar desses pensamentos.

Hermione estava sentada na cama, parecia desconfortável. Viu Rony com uma camiseta do Batman.

-Você é muito nerd mesmo.

-Como assim?

-Quantos Anos você tem?

-26.

-Um homem formado, com uma camiseta do Batman.

-Pare de falar um pouco- disse Rony colocando almofadas no meio da cama.

-O que esta fazendo?

-É para não correr o risco de você ne atacar no meio da noite.

-Que babaca.

Rony riu.

-Você pareceu desconfortável em dividirmos a mesma cama, pensei que assim você se sentiria melhor.

-Obrigada...

Foi a única coisa que Hermione conseguiu dizer, nunca conhecera um cara cavalheiro como Rony.

Eram três horas da madrugada, Rony dormia pesado. Hermione não conseguia dormir. Começou se perguntar o que estava fazendo.

Ela iria ser entregue a polícia e não estava fazendo nada para impedir.

E foi com esses pensamentos, que pegou a chave do carro de Rony e foi até o estacionamento.

Entrou no carro, não sabia exatamente o que estava fazendo, e então o celular do ruivo começou a vibrar.

Ela o pegou e viu que eram áudios. Apertou para ouvi-los.

“Filho, volte logo para casa. Estou preocupada” – era a mãe de Rony.

Havia outros áudio como:

“Oi titio, estou com saudades. Hoje era o dia que você me pagava no futebol” – era um menino que tinha pelo menos 5 anos.

"Oi irmão, volte logo. Estão todos com saudade" - era uma moça.

"Oi, tio. Meu pai disse que você esta viajando a negócios. Mas Você vem para o meu aniversário de 8 ano, não vem?" - era uma garotinba.

"Cara, é o Gui. Pedi para a mamãe não contar para Victória o que você realmente está fazendo nessa viagem, ela quer você no aniversário dela, é daqui 5 dias. Estamos preocupados. Dê notícias." 

Hermione encheu os olhos de lágrimas, não podia deixar Rony. Ele estava longe de pessoas que ele amava, e de pessoas que o amava por culpa dela.

Ela devia isso a ele. E assim voltou para o quarto do hotel. Ficou olhando ele dormir por longos minutos. O que estava acontecendo com ela? - perguntava para si mesmo. E então pegou no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...