História Identidade - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter, The Bling Ring
Personagens Hermione Granger, Ronald Weasley
Tags Romione
Visualizações 127
Palavras 693
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Podemos tentar


Fanfic / Fanfiction Identidade - Capítulo 8 - Podemos tentar

Rony sem pensar muito bem atirou numa roda de trás do carro que Hermione estava, fazendo o carro capotar.

Parecia que diminuira os batimentos cardíacos de Rony enquanto via o carro capotar – o que eu fiz? – se perguntava.

Rony vira o carro capotar pelo menos oito vezes antes de parar. Quando ele parou correu rapidamente até Hermione, que saia do carro com dificuldade.

-Hermione? Você esta bem?

-Estou, acho que estou – disse não se aguentando em pé sendo apoiada por Rony, que a ajudava a andar.

Rony olhou para Jonny desacordado.

-Será que ele esta morto?

-Não sei...

Rony olhou para Hermione.

-Sua cabeça esta sangrando – disse Rony preocupado – vou leva-la para o hospital...

-Não..você precisa ir para San Francisco.

-San Francisco pode esperar. Você esta machucada.

Enquanto Rony olhava o médico dar pontos no começo da testa de Hermione, contemplava o quanto a menina era bonita.

O médico dissera que Hermione não teve nenhum ferimento grave, teve apenas um corte na testa que levara três pontos, o tornozelo enfaixado e os braços um pouco arranhados.

Rony e Hermione já estava no carro andando pelas ruas fazia 15 minutos. Rony parou em frente a um hotel.

-O que esta fazendo?

-Você não está em condições de viajar – disse Rony abrindo a porta para ajuda-la sair – espere aqui no hotel. Vou buscar seus remédios.

Hermione esperava Rony no quarto do hotel, que dessa vez havia duas camas.

Ela ainda estava fraca por conta do impacto da sua cabeça com painel do carro. Ficou sentada na cama olhando para baixo por longos minutos.

Rony entrara no quarto e Hermione saltou de susto.

-Sou eu – disse Rony entregando os remédios e uma garrafa de água para a menina – vou fazer uma ligação, se quiser tomar banho fique a vontade.

Hermione concordou com a cabeça e foi para o banheiro.

-Harry?

-Rony? Onde você esta? Você não da notícias a horas...

-Desculpa, houve um imprevisto. Talvez demore um pouco mais para eu voltar.

-Por que?

-Hermione meio que foi sequestrada...

-Quem é Hermione?

-A mulher que roubou minha identidade...

-Ata, continue...

-Bom, eu segui o cara que a sequestrou e fiz o carro capotar...

-O que??! – perguntou Harry abismado.

- Quando eu chegar em casa, prometo explicar tudo.

-Ta bom, estamos com saudades. Principalmente Thiago...

-Eu sei, volto logo. Tchau, cara.

-Tchau.

Rony ficou esperando Hermione sair do banheiro por quase meia hora, estava ficando preocupado.

Quando Hermione sai encontrou os olhos azuis de Rony, e sorriu mas o ruivo não retribuiu.

Ele a contemplava, Hermione usava uma calça moletom cinza e uma regata azul, ela estava linda aos olhos dele.

-Aquele cara era o Jonny?

-Era sim...

-Por que ele esta atrás de você.

-Não quero falar sobre isso.

-mas Você precisa. Hermione, meu irmão mais velho é delegado da Polícia de San Francisco, ele pode fazer algo.

-Não é tão fácil – disse Hermione sentando numa poltrona que havia no quarto. – Ninguém nunca consegue pegar Jonny.

-Podemos tentar.

Hermione mordeu os lábios e encarou Rony.

-Ele é perigoso...

-Eu Não me importo...

-Mas eu me importo! Você não o conhece...

-Então me fale sobre ele. Por que ele esta atrás de você? Hermione, se Você deve a ele eu posso dar um jeito.

-Por que você se importa tanto com isso? – perguntou Hermione com desprezo.

Rony não respondeu, se levantou e foi até o banheiro.

Tomaria um banho, não entendia o por quê da menina ser tão grossa e fria as vezes. Estavam se dando bem, ele estava apaixonado por ela, só queria protege-la. Mas parecia que Hermione tinha uma barreira em volta dela, que impedia qualquer um de fazer parte da vida dela.

Hermione continuou sentada na poltrona, imaginando o quão grossa foi com o ruivo, ele era perfeito, e talvez só queria protege-la, ou talvez não...Ela estava se iludindo, não podia estar apaixonada por ele.

Rony saiu do banheiro e perguntou a Hermione o que ela queria jantar.

-O que Você pedir ta bom – disse Hermione sem encara-lo.

Rony nada mais disse, comeu e deitou-se na cama, estava cansado. Precisava dormir. Hermione mesmo na outra cama, ficou olhando Rony dormir até pegar no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...