História Identity V - Que tal uma Aposta? (Mercenic) - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 6
Palavras 888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


O-oi é... Então, não comam o meu cú por ter sumido por todo esse tempo, cada um precisa de seu tempo certo?

E... Eu decidi escrever uma historinha do Meu "novo " OTP por assim dizer, Naib e Tracy são personagens do Jogo Mobile/PC "Identity V" Poucos Shippam eles dois (Eu sou do contra ai eu shippo né porque eu gosto de ser diferente, zoas eles foram meus Primeiros Mains)

Faz um tempo que não escrevo então... Devo estar meio enferrujada...

Espero que quem Jogue o jogo não se sinta ofendido por eu não estar fazendo nenhum Ship homossexual ou não estar fazendo o seu OTP ai... MAS.... É que eu adoro esses dois é tanto que eu desenho muito eles dois, rsrs, bom aproveitem a leitura, qualquer pergunta que tiverem é só fazer

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Apostando com um estranho


Tracy On :

Era dia de passear com as garotas, bem , não era minha vez de escolher, então Margaretha nos levou em uma festa, claro não gostei da escolha, porém não falaram nada quando escolhi....

Era a festa de uma amiga dela chamada Martha, eu realmente não me senti a vontade, haviam pessoas bêbadas por todos os lugares, o cheiro me deixava enjoada, me retirei da sala e me encostei na varanda.

-Mais uma noite entediante....- Suspirei emburrada mexendo em uma braçadeira que estava no chão aberta.

- Boa Noite.... Sabia que isso é falta de educação? - Um homem de capuz verde disse se aproximando, me assustei e devolvi o objeto.

-P-perdão,eu vi aberta no chão e.... Pensei em consertar....

-....Tudo bem....eu estou a um tempo tentando...

- A Engrenagem está danificada,tem que substitui-lá por uma nova....E falta um pouco de WD também.

-..... Você já mexeu numa dessas?

-N-não...mas eu sou Mecânica....

- Entendo....- Concordou me encarando sério, aquele homem havia um jeito meio estranho....

-V-você está se divertindo?

-Não. Sinto que todos me encaram a todo momento....tenho raiva disso..... Mas e você? Gosta de Festas?

- Não muito....prefiro ficar no meu canto.... As pessoas são cruéis....

-....Você fala de um jeito inocente....- Estreitou os olhos e estendeu a mão - Naib Subedar, É uma satisfação conhecê-la....

- T-tracy Reznik, Prazer em conhecê-lo também...- Olhei seu braço e pescoço vi algumas cicatrizes,levantei sua manga ele grunhiu e franziu as sobrancelhas. - D-desculpa!! E-eu... achei estranho....

- Espero que entenda, meu trabalho não é muito seguro

- Oh, você traba-

-Tracy!!Vamos indo! A Margaretha bateu a cabeça enquanto dançava na mesa, vamos levar ela pra casa!! - Fiona disse me puxando pela gola com força me arrastando até o carro. O Rapaz me olhou sério e se despediu com a mão, me despedi de volta.

Eu fiquei curiosa sobre o que ele faz, qual trabalho deixaria alguém com tantos ferimentos?

~Quebra de tempo~

Eu sai de casa cedo, estava frio então fui na padaria comer um bolo, andando na rua encontrei o homem de boca costurada, me aproximei lentamente e cobri seus olhos.

- Adivinha quem é?

- ... Eu não gosto de Adivinhações Reznik... - Ele virou com a cara fechada - Bom dia

-B-bom dia Naib. - Disse corada, ele suspirou e me encarou.- E-eu estava indo na padaria...q-quer vir comigo?

-....Eu não sei Tracy...Eu estou meio ocupado....

-Vamos!!Eu pago o café !!! - O puxei pela mão e sorri, ele segurou minha mão com força e virou o rosto me seguindo, não estava muito cheia, então acho que poderiamos ter uma conversa mais confortável.

- E então? Você é daqui?

- Oh, não, eu sou Alemã pra ser exata... E você?

-... Indiano ...Me mudei a pouco tempo, tenho meus motivos - Suspirou, e tomou um gole de seu café, dei uma garfada no bolo e ofereci, ele recusou algumas vezes, mas eu continuei insistindo então ele aceitou.

- O que acha? Não é bom?

- Sim.... É saboroso.... - Ele me encarou um pouco e limpou os lábios. - Eu não gosto muito de fazer amizades... Entenda...

- ... Q-Que tal uma aposta?

- Uma aposta? Qual? - Ele mostrou certo interesse,

- Bom... Você vai ter que ser meu amigo, se eu conseguir a sua confiança, você vai me contar com o que você trabalha e porque veio pra cá

- E se você não conseguir? - Perguntou girando o copo

- Eu conserto seu carro e modifico ele o quanto você quiser... De graça... - Ele franziu o cenho me encarando

- Só isso?

- E você não vai precisar ser meu amigo

- Se você puder consertar meus braceletes também...

- Tudo bem... Eu tenho dois meses , certo? - Ele estava tão confiante de que iria ganhar?

- Vamos dificultar? Você tem um mês - Começei a suar frio, se ele ganhasse eu iria sair no prejuízo, engoli em seco e apertei o garfo - Vai dar pra trás?

- Não... Só estou pensando, um mês e meio - Não preciso de tanto tempo assim, só preciso descobrir os pontos fracos dele.

- Feito. - Estendeu a mão, apertei a mão dele começando a aposta, o que eu fiz? - Onde fica sua oficina?

- A alguns quarteirões daqui... É fácil identificar pelo nome

- Ah sim, então obviamente a sua Oficina é a Reznik, eu realmente tenho que ir, quando eu terminar meus afazeres... Talvez eu passe lá, quero ver se seu serviço é de qualidade - Ele me provocou, franzi o cenho e comecei a estralar os dedos... 

- Eu fecho às 20:00 ...Caso não esteja blefando...

- Eu não blefo - O rapaz tinha um olhar confiante, porém frio, isso me assustava um pouco - Tenha um ótimo dia... Tracy

- Você também... - Droga... Fiona ficará uma fera comigo... Tenho que ir trabalhar... Já estou atrasada! Deixei o resto do meu bolo na mesa e fui para o Trabalho, chegando lá, Fiona me encarava sorridente

-  Parece que aproveitou o café dessa vez não é? 

- N-não... Eu só estava conversando com uma pessoa

- Nossa o assunto deveria ser muito bom, Qual era ? - Cruzou os braços, eu estava tão ferrada

- Eu fiz uma aposta que envolve consertos totalmente gratuitos... 

- VOCÊ  O QUE?? - Ela gritou indignada

Continua...


Notas Finais


Ah, você já chegou aqui? E ai? O que achou? Chato, Legal ou Clichê?

Se tiver alguma crítica construtiva pode falar nos Comentários não tenha vergonha ou medo de falar sua opinião, irei respeitar, só não xingue okay?

(Uau eu pareço bem mais educada e séria que o normal certo? Haha, não se preocupem, minha zoeira está pior que a antiga, se eu tiver tempo e vontade eu até continuo a fanfic do Ow)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...