História Idfc - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Jack & Jack, MC Livinho
Personagens Jack Gilinsky, Jack Johnson, MC Livinho, Personagens Originais
Tags Mc Pedrinho
Visualizações 14
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Turubom meninas?? Cheguei povão

Capítulo 2 - We gonna change


Fanfic / Fanfiction Idfc - Capítulo 2 - We gonna change

Entrei no carro determinada a mudar tudo na minha vida e isso incluia minhas camisetas de super heróis e moletons que nenhum garoto ou garota achava graça. O bom de ter dinheiro é poder entrar em várias lojas e poder levar tudo que eu quero sem ter que depender de mãe falando que vai comprar na volta -que nunca acontece -, comprei roupas mais coladas e com decotes, nada que fugisse de quem eu sou mas realçando quem eu queria ser, ainda coisas de super heróis porém agr mais sensuais. Comprei tudo que achei interessante, chega de all star e camisetas com calça jeans agr eu ia usar as roupas q sempre quis e nunca tive coragem, que sempre quis e minha mãe não deixava. Decidi ser a garota que eu era por dentro e não tinha coragem de mostrar pro mundo. E esse era meu plano, ser só quem eu quisesse ser sem medo de todos me julgarem, sem tentar ser invisível por ser mais fácil do que enfrentar críticas, agora eu iria fazer literalmente tudo que desse na telha e ia começar mudando meu visual. Depois de comprar muitas roupas pra mim e pras meninas fomos numa farmácia comprar tinta de cabelo, já que era pra mudar vamos mudar com força, cada uma escolheu uma cor e combinamos de chamar nossa cabeleireira particular em casa no dia seguinte pra ajudar na pintura, já que somos três incompetentes na arte de pintar qualquer coisa. Depois de lá fomos pro carro já que não tínhamos mais mão pra carregar as coisas e se eu estourasse meu cartão meu pai ia me matar - apesar da minha "mesada" ser grande eu gasto mt em comida e coisas de séries o que me tornava ainda mais lerdona, não acho que fazer qualquer uma dessas coisas é ruim, se ser lerdona te faz feliz, ótimo! Mas se só te deixa sozinha e infeliz como eu é melhor mudar- enquanto eu dirigia avistei uma promoção de skol beats em um posto, não sou de beber mas admito que é só pq não tenho muita oportunidade pq eu acho bem gostosinho, decidi comprar varias pra encher a cara e o  meu frigobar, e foi isso que eu fiz, desci do carro peguei várias geladas e uns packs quentes e fui pagar

Chegando em casa cada uma foi pro seu quarto largar suas coisas e depois foram pro meu, coloquei as várias skols beats no frigobar e só abri três, uma pra cada e uma de cada cor 

- pelo amor de Deus não contem pros nossos pais - elas riram e concordaram virando suas latinhas - podíamos chamar o Mat pra cá né? - perguntei inocentemente sabendo que a Nath ia surtar por ter uma crush no meu único amigo 

- até poderiamos mas ele deve estar nessa festa idiota - disse a Gabi me lembrando que eu era excluída mas ele nem tanto 

- mas ele pode vir dps q acabar a festa, aaaa vamo lá, já são meia noite! - eu disse tentando me convencer que ele viria se eu ligasse mas tudo que recebi de incentivo delas foi um olhar de pena como se estivesse escrito troxa em letras maiúsculas na minha testa. Vocês acham que eu desisti? Nunquinha, peguei meu telefone e apertei no número dele, enquanto discava eu levantei e me afastei delas indo até a janela esperando pra ver ss ele ia atender

 

            *Ligação on*

Matheus: alô? 

Eu: oláááá

Matheus: eae Bis, tudo tranquilo? 

Eu:  tudo tranquilo como um esquilo mas me fala onde você tá? 

Matheus: ah tô na frente de uma casa onde tem festa hoje mas ela tá um porre entao tamo procurando algo melhor pra fazer porq...

Eu: Estamos? Quem tá aí contigo?

Matheus: Uns meninos da nossa escola que eu conheci hoje, eles são picas hahahaha 

EU: se não for muita gente cês bem podiam vir aqui pra casa né? 

Matheus: Caralho Gabrielle, que ideia boa, a gente leva umas bebidas, joga uns jogos, come umas paradas ia ser melhor que essa merda de festa, pera que eu vou ver com eles...

Eu: okok vou ficar te esperando então ein porra 

Matheus: tá geral contando contigo pra noite ser boa ein 

Eu: não fala assim que eu me sinto uma profissional do sexo ein

Matheus: vai que você é e ainda não descobriu ein 

Eu: KKKKKK cala boca Matheus vem logo e não toca a campainha pra não acordar meus pais 

Matheus: o Jack já chamou o táxi, relaxa 

Eu: tô esperando tu beijoooos

Matheus: tô indo honey, tchau 

            *Ligação off* 

Virei pras meninas e avisei que ele viria com amigos e mais bebida e logo elas se animaram e arrumaram o meu quarto comigo que era onde nós íamos ficar pra ser mais confortável e menos barulhento já que meu quarto era o único que ficava no terceiro andar junto com o salão de jogos e a sala de filmes. Espero muito que essa noite seja boa, na vdd que se foda, eu vou fazer valer apena pra mim quem não gostou que vá embora e deixe a bebida, sabe pq? 

Pq eu não sou obrigada a nada

 


Notas Finais


Espero que já esteja melhorando kkkkk sugestões?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...