História Idiot Neighbor - Imagine Jun (Seventeen) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Personagens Originais, Wen Junhui "JUN"
Tags Imagine Jun, Imagine Seventeen, Jun, Seventeen, Wen Junhui
Visualizações 783
Palavras 655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOOOOOOOOI
ESTAVAM COM SAUDADES?
Aqui estou eu, com mais um cap :)
Desculpa a demora pra postar gente <3
Ah e, só queria falar, que dia 7 foi meu aniversário!!!!
Sou mais velha agora :)
Fiquei muito triste por que quase NINGUÉM lembrou
Mas de boas
Boa leitura <3

Capítulo 20 - Tombos...


Fanfic / Fanfiction Idiot Neighbor - Imagine Jun (Seventeen) - Capítulo 20 - Tombos...

A aula acabou de terminar, glória a Deus!

-Hyeon dormiu de novo – falou Minhyuk

-Aigoo, acorda ele dessa vez? Tenho que ir embora com Jun, por que se eu for sozinha é provável que eu me perca. – falei

-Tudo bem – sorriu – Tchau (S/n)! – me abraçou

-Tchau Oppa – sai da sala

Ta, agora cadê aquele menino?

Procurei ele pela escola toda, mas nada.

-Procurando o Junhui (S/n)? – ouvi uma voz conhecida atrás de mim.

-Sim, viu ele Sohyun? – me virei

-Ele mandou avisar que já foi, falou que precisava resolver umas coisas.

Suspiro

-Okay...tchau Sohyun. – beijo ela na bochecha

 

 

(..)

Como eu tinha falado: me perdi.

 

Mas, eu acabei encontrando minha linda vizinha (aquela que falou que eu e o Junhui éramos um casal bonito, credo) e ela me levou até o começo da minha rua, abençoada seja a vizinha.

Pego meu celular e vejo a hora, eu passei 30 minutos tentando encontrar minha casa. Junhui deve estar preocupado, ou não.

Avisto uma pessoa andando no outro lado da rua de skate, to me imaginando andando nesse negócio, provavelmente eu iria quebrar minhas duas pernas e o pescoço.

Mas agora olhando melhor, eu conheço essa pessoa de algum lugar...

Epa.

Conheço mesmo.

É O CARA DO MERCADO!!

Ai meu Deus, oque eu faço? Junhui não está aqui, também não tem ninguém na rua. Fudeo

Fiz oque uma pessoa não normal faria, comecei a correr.

Estou até me sentindo o Jungkook no ISAC.

Finalmente cheguei em casa.

-JUNHUI ABRE ESSE PORTA PELO O AMOR DE DEUS, EU VOU MORRER – Bati, mas nada aconteceu – WEENN JUNHUIIIIII

Me apoiei na porta.

-Junhui!!! Aish... – a porta abriu do nada.

Então, lembra que eu me apoiei? E como a porta abriu do nada, adivinha oque aconteceu? Eu cai.

Até ai tudo bem, já to acostumada. Masss, quem abriu a porta? Junhui. E oque aconteceu? Isso mesmo, cai bem em cima dele.

Nossos rostos estavam próximos, muito próximos, próximos demais. Nossos olhos estavam arregalados, e nossas bochechas coradas. Não consigo pensar em nada nesse momento, só: (S/n), por que você foi nascer tão burra desse jeito?

-Han...- piscou várias vezes – pode sair de cima de mim?

-Que? – falo sem piscar.

-Você, ta em cima de mim, e eu não consigo respirar...

Voltei aos meus sentidos.

Me levantei com pressa. Engoli seco.

-Desculpa – olhei pro chão.

-Tudo bem. – sorriu sem graça.

Vi que a porta ainda estava aberta.

-MEU DEUS, fecha essa porta agora!

-Oque? – me olhou confuso.

-A porta, feche ela!

Ele andou devagar até a porta e a fechou.

-Oque aconteceu? Estava gritando que nem louca pra eu abrir a porta aquela hora, agora ficou assustada quando viu que ela estava aberta...

Suspirei.

-Lembra do garoto que segurou meu pulso no mercado? Então, ele tava andando de skate no outro lado da rua. Ai e-

-É OQUE? ELE FEZ ALGUMA COISA COM VOCÊ? Aquele cretino não aprendeu a lição depois daquela surra? Isso não vai ficar assim...

-Não, ele não fez nada, calma. Eu sai correndo antes que ele me visse.

Suspirou alíviado.

-Fez bem (S/n), mas se ele aparecer de novo, me avisa ok?

Assenti.

Comecei a rir.

-Que foi?

-Ta preocupado comigo?

-Estou.

O olhei.

-Claro que estou. Querendo ou não, você é minha amiga, me preocupo com meus amigos. Então, se alguém tentar fazer alguma coisa de ruim com você, corra pra mim entendeu?

Corei.

-Entendi. – falei baixo.

-Tem comida na geladeira. Eu vou subir.

 

 

 

 

 

-AAAAAAAAAAAAAH – afastei o celular do ouvido

-Sohyun!

-Ele falou isso mesmo? Ai, eu shippo.

-Menos Sohyun bem menos. Você e a Maria se parecem tanto...

-Quem?

-Você não conhece. – Vi Jun saindo do quarto – Sohyun, vamos conversar em português, Junhui está perto.

-Quando vão se casar?

-Que?

-Vou ser madrinha tá?

-É cada coisa que eu sou obrigada a ouvir.

Vi Jun me olhando.

-Que foi?

-Ta fazendo macumba de novo...

Revirei os olhos.

-Tchau Sohyun, nos falamos depois.

-Tchau (S/n) <3

 

 

 

 

 

                                                                                 Continua...

 

 

 

 

 

                                                                                             

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


AAAAAH QUE FOFIN <3
Coloquei coisa fofinha porque essa fic está precisando de mais amor <3
Espero que tenham gostado e até o próximo cap <3


Beijos com Yoongi <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...