História If - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias R5
Personagens Personagens Originais
Tags Ross Lynch
Visualizações 80
Palavras 1.051
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, ando com esta história a algum tempo na cabeça e queria passa la para o "papel" por assim dizer, por favor agradeço todas as opiniões e espero que gostem🦄🦄🦄

Capítulo 1 - Dream


29 de Setembro, 6h35

POV  Violet

Estava perdida no meio da floresta numa  escuridão imensa ,não se via o caminho nem forma de sair ,ia ficar ali de certeza.Como fui ali parar? Será que estava sozinha? Eram tantas as perguntas na minha cabeça, não me sentia segura, o frio passava por entre a minha pele e e ressecava-me os lábios, a roupa que trazia no corpo estava ensopada e o medo apoderava-se de mim.

Pensava que tudo estava perdido, até que vi uma luz ao fundo, uns olhos castanhos-esverdeados miravam-me como quem estivesse a oferecer ajuda. Caminhei em frente, em direção ao calor e a pessoa virou-se fazendo esvoaçar a longa cabeleira loira. Corri,tentei apanhá-la mas ela fugia e afastava-se cada vez mais, e com ela o calor e toda a segurança que senti quando encarei aqueles olhos, escaparam-se-me por entre os dedos.
 

Acordei de repente, o suor escorria-me pelo rosto e o ar pesava, a única luz que entrava no quarto vinha de lá de fora e passava por entre as brechas dos cortinados que estavam corridos. Com as mãos procurei o telefone por entre os cobertores, onde o deixei na noite anterior, e acendi a tela, a luz era demasiado brilhante e demorei alguns segundos para me habituar a ela, eram 6h35 da manhã , o despertador ia tocar não tardava por isso o melhor que tinha a fazer era levantar-me da cama.

Dirigi-me à casa de banho que tinha no quarto, despi a roupa que estava colada ao corpo e coloquei-me dentro do chuveiro, senti a água gelada percorrer o meu corpo sendo que esta não demorou a aquecer ,oferecendo-me uma sensação relaxante.
O que se estava a passar ?Era a terceira noite consecutiva em que aqueles olhos me atormentavam o sono, porquê agora? Após tanto tempo desde o que se passou?
Estes pensamentos abandonaram a minha mente quando ouvi o telefone tocar, uma mensagem.
Saí do banho e enrolei-me na toalha, penteei os cabelos molhados e dirigi me para o quarto. Sentei-me na cama e peguei no telefone para ver quem fora a alma que me mandara mensagem tão cedo de manhã.

MeganPreciso que venhas mais cedo, depois explico!!

Respondi com um "Ok"  e vesti-me rapidamente,  Megan nunca chegava mais cedo à escola por isso devia ser algo importante. Vesti uma T-shirt preta onde se lia a palavra "be" em letras brancas, umas calças de ganga e as minhas converse brancas. Desci as escadas em direção à cozinha ,tomei o pequeno-almoço e depois de escovar os dentes fui para a escola.

[...]

Deparei me com o portão preto da escola e dirigi-me aos cacifos onde acreditava que Megan estaria. Ao longe consegui avistar a sua mochila azul e os cabelos presos num rabo de cavalo perfeitamente desarranjado.
 

-Então, o que há de tão importante que te fez vir para a escola mais cedo?- disse aproximando-me dela.

-Isto!- ela apontou para um cartaz que se encontrava exposto no grande vidro em frente - Vai haver um concurso de fotografia na escola e eu quero escolher os melhores sítios para tirar as fotos antes que alguém tenha as mesmas ideias.
 

-Ok, mas o que é que eu tenho haver com isso?

-Preciso de companhia senão isto vai ser grande seca.- a morena riu-se enquanto coçava a parte de trás do pescoço.

Ri-me com ela, Megan sempre fora uma pessoa dotada para as artes, era algo que eu sempre apreciei muito nela. Ela era a minha melhor amiga faz algum tempo, uma das únicas pessoas em quem eu confiava realmente, e era bom ter alguém em quem confiar.Rondamos a escola por algum tempo até que tocasse para dentro.

[...]

 Fora uma manhã calma , uma quarta-feira como todas as outras, só tinha mais uma aula e depois iria para casa, tinha a tarde livre. Entrei na sala e fui procurando com os olhos o meu lugar, sentei-me na segunda carteira da fila encostada à porta de saída, honestamente o melhor lugar da sala, estava suficientemente à frente para prestar atenção mas afastada o suficiente da secretária do professor para que este não notasse muito a minha presença. A sala foi enchendo à medida que o tempo passava e o barulho aumentava. Nas mesas detrás ,onde se concentrava o barulho,  viam-se dois rapazes sentados nas mesas e um grupo de raparigas em volta deles todos conversando e rindo provavelmente sobre o último jogo de futebol em que a equipa da nossa escola havia ganho por uma grande vantagem.

O professor chegou e o silêncio foi-se acumulando aos poucos. A aula foi decorrendo como o normal, tão normal como pode ser uma aula de Inglês até que o professor pigarreou de forma a capturar a atenção dos seus alunos.

-Atenção, agora que faltam cerca de 20 minutos para a aula terminar tenho um trabalho de grupo que vou distribuir. Como devem ter reparado, nos cartazes espalhados pela escola está neste momento a decorrer um concurso de fotografia então decidi inspirar-me nele para este trabalho. Quero que ,em pares, tirem uma fotografia ou escolham uma de outro artista e façam uma apresentação oral sobre ela, quero que exprimam a vossa opinião sincera e sejam críticos.

-O professor sabe que não somos fotógrafos profissionais não sabe?- uma das raparigas que estava sentada no grupo falou chamando a atenção de todos.

-Sim Mrs. Stammer eu sei, mas duvido que isso seja um problema para a menina visto que ainda à pouco a vi mostrar ás suas amigas o smartphone de ultima geração que recebeu e como a qualidade da câmara ia ser ótima para as suas fotos do Instagram.

A sala encheu-se de risos enquanto Lila Stammer se encolhia na cadeira.

-Achei por bem ser eu a fazer os pares visto que poderia haver confusões.- Mr. Hinks disse levantando a sobrancelha.

Ouviram-se murmúrios de pessoas a queixarem se da decisão do professor, eu própria tinha medo de ficar com alguém que não gostasse, mas a decisão estava feita e não havia nada a fazer. O professor começou então a dizer os pares e conseguia-se ouvir alguns "Yes's" por entre algumas queixas.

-Violet e Ross...- Parei de ouvir imediatamente, eu Violet Clearwater ia ter que ficar com ele? Olhei de relance para trás e vi o loiro desviar o olhar para um dos seus amigos. 

 

 

 


Notas Finais


E foi isto, não sei se está bom mas espero que gostem!!!
Queria apenas deixar umas pequenas informações
A história passa se na Califórnia, e o futebol a que eu me referi trata se portanto de futebol americano
Deixem abaixo nos comentários o que acharam e obg até a próxima!!!!!🦄🦄🦄🦄🦄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...