História "If time were to stop" - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 22
Palavras 866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura 🖤

Capítulo 1 - Expectativas...


Fanfic / Fanfiction "If time were to stop" - Capítulo 1 - Expectativas...

11, jul2018 Ontem

O que eu realmente sou? Foi isso que eu pensei a aula inteira e pra quem não sabe eu estudo o dia todo, é, eu sei, puta merda. Eu estudo em um colégio integral, muitas pessoas dizem: “- Nossa que legal, deve ser um máximo, estudar lá.”  

Bem… em questão de ensino é ótimo, agora em relação a comida posso dizer que não é aquilo que eu esperava quando entrei, e é claro há também pessoas escrotas em todo lugar, não tem como evitar isso ou tem ? Seria super interessante se eu pudesse evitar esse tipo de gente mas infelizmente a vida não quis assim.

Mas o foco não é esse, na aula não aconteceu lá grande coisa eu e minha amiga Medson ficamos falando sobre nossos contatinhos na verdade quem mais falou fui eu, eu estava pensando ou imaginando como seria encontrar Henrique pessoalmente, já que eu havia o “conhecido” pela internet mesmo ele morando na mesma cidade que eu, nunca o vi, mesmo pq eu nem saia de casa. Pq ? Ora aqui vão alguns motivos:

1° Eu adoro ficar em casa apesar de gostar de sair.

2° Minha mãe complica um pouco as coisas pra mim.

3° Em relação a sair com garotos ou onde tem garotos eu entro em pânico, sim eu não sou inocente sei das coisas melhor que ninguém é você verá isso, mas… devido a traumas do passado eu não consigo ter contato com garotos tipo que eu não tenha intimidade.

Ela me explicou como talvez iria acontecer e tals.. mas esse é exatamente meu problema eu crio expectativas de mais nas pessoas, e elas sempre me decepcionam.


Tive a aula normal, eram 17:00 bateu o sinal e fui indo pra casa de a pé com Felipe, moreno claro de olhos quase pretos, cabelos escuros lisos, uma pinta acima dos lábios e um estilo apesar do uniforme invejável e as gurias, Maya, Sófia, Juliana. Maya  tem olhos verdes e sardas no rosto como uma obra MT bem feita, cabelos curtos acima do ombro e ondulados num tom de castanho claro misturado com outras cores puxado para um ruivo, já que ela pintou o cabelo diversas vezes. Já Sófia era morena, de cabelos ondulados castanho claro com  uma mecha caramelo na frente, e olhos escuros, usando aparelho. E Juliana, de óculos de armação preta e branca, olhos castanhos claros, loira pois pintou o cabelo estilo Californiana, sempre com um relógio no pulso, e também assim como Sófia usa aparelho.


Estávamos descendo o morro quando vi meu ex crush na frente de nós, e é óbvio que vcs sabem que eles gritaram o nome dele fizeram uma fiasqueira e pro azar de Juliana seu crush tmb estava passando. Kkk

Cheguei em casa tomei meu banho e mandei mensagem para Henrique o convidando para sair segunda feira. Recebi sua mensagem ás 17:43.

Henrique: blá blá não vou poder ….

E aí está, você espera demais das pessoas, parabéns Aurora, bancando a trouxa de novo.

Fiquei super chateada mas não sabia exatamente se era por causa dele ou porque a gente discutiu ou se foi por me sentir a pessoa em que todo mundo quer como “amiguinha virtual” e isso me faz pensar oq há de errado comigo, talvez eu mereça isso. Talvez seja a TPM maldita TPM, pq tem que mexer com meus hormônios ? Me fazer ficar tão fraca, logo eu que sou fria, e sei MT bem aguentar qualquer coisa, pq esta vida já me ensinou como as pessoas são e oque elas se tornam.

Fui para frente do espelho e comecei a falar sozinha comigo mesma ou talvez com meus próprios demônios, me xinguei muito mas não parecia ser eu pq minha pupila aumentava quase toda e derrepente diminuía e fica um pontinho preto minúsculo em meu olho verde e eu sequer me mexia e falava coisas tão absurdas de mim mesma que qualquer um se sentiria mal. “Olhos cortantes” pensei e numa espécie de estalo tomei conta de meus pensamentos, tendo meu momento de loucura xingando meu próprio “demônio” dizendo a mim mesma que não tinha medo é que isso não ia me controlar.

( Demônio quero dizer que todos nós temos um dentro de si, são esses pensamentos de vez emquando ou quase sempre que consomem sua mente dizendo para agir de forma errada, mas que se você notar bem ele é muito pior que isso, já olharam dentro dos seus olhos por intermináveis minutos e tiveram medo de si mesmo, dizem que através do espelho você vê o reflexo de sua alma e junto a ela seus maiores medos)

Enfim depois disso limpei a casa pra minha mãe, e fui estudar para prova de inglês, aí minha mãe chegou meu padrasto também.

E agr deitada em minha cama escrevendo meu “diário”, já que aqui temos horário para dormir que são 21:30 deitada na cama se não sem celular.

Sei que vocês não sabem como eu sou então vou me descrever, tenho pele clara e algumas sardas ao redor das maçãs do rosto e no nariz, tenho cabelos ondulados castanho escuro, olhos verdes que mudam de cor varia o dia. Sou baixinha tipo 1,60 já que estou quase completando 15 anos. Agora boa noite 🖤



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...