História If U Love Me, Let Me Know (Yoongi) - Capítulo 15


Escrita por:

Visualizações 50
Palavras 1.363
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Um erro


Acordei com o meu celular apitando e tremendo de tanta mensagem que eu estava recebendo. 

Com a visão ainda turva desbloqueei o celular para ver quem me enchia de mensagens. 

 

 

 

Jungkookie:Vic 

Jungkookie:Vic

Jungkookie:Vc tá acordada?

Jungkookie:Vicccc

Jungkookie:Acorda

Jungkookie:Oi?

Jungkookie:Vic

Jungkookie:Ah, deu vista!Bom dia!

 

 

— Jungkook, são 9 da manhã, oq vc quer?

 

 

A campainha tocou no segundo em que eu enviei a mensagem e logo em seguida recebo uma nova. 

 

 

 

Jungkookie:Abra a porta sff :)))

 

 

 

Me levantei confusa e fui até a porta de entrada, espreitei pelo o olho mágico e vi Jungkook lá fora esperando. 

 

Abri a porta.  

 

 

– Bom dia! – ele me abordou com um sorriso enorme. 

 

 

– Ah, bom dia, entre. – falei estreitando os olhos e saindo da frente da porta. 

 

 

– Hum, sua casa cheira bem. – ele olhou em volta, o sol já iluminava a sala, mas pouco. 

 

– Obrigado. – ficámos em silêncio por um pouco, ele me olhava, comecei a ficar desconfortável, foi aí que me apercebi que estava apenas usando como pijama uma camisola antiga de Yoongi. 

 

 

– Interessante seu pijama. – ele desviou o olhar envergonhado. 

 

 

– Não olhe! – puxei a camisola para baixo, cobrindo os joelhos. 

 

 

– Não estou! – replicou virando de costas por completo. 

 

 

– E-Eu vou me vestir... – fui apressada para o meu quarto vestir-me. 

 

 

Deixei a porta um pouco aberta caso ele falasse algo. 

 

 

 

– Você já não devia estar acordada? – perguntou. 

 

 

– Uhum, provavelmente não ouvi o despertador. – respondi num tom alto para ele ouvir. 

 

 

– Ah, então eu te salvei de um atraso. – ouvi ele dando uma risada. 

 

 

– Talvez. – ri junto. – E você?Nao devia já estar no trabalho?

 

 

Fui até a sala, com os meus ténis na mão e me sentei num sofá os calçando. 

 

 

– Sim. – respondeu e em seguida escutei o estômago dele roncar, olhei para ele séria. – Não me julgue, saí mais cedo porque achava que você já tinha ido já embora trabalhar, mas acho que ambos vamos chegar atrasados. 

 

 

– É capaz. – falei me calçando ao mesmo tempo. – Sendo assim vamos comer, também to morrendo de fome. 

 

 

Fomos juntos até a cozinha e rapidamente juntos fizemos um café da manhã simples mas com um ótimo aspeto. 

 

 

– Porque é que você veio aqui? – perguntei curiosa colocando café na minha chávena. 

 

 

– Soube que esteve com Yoongi ontem, então achei que sei lá, quisesse falar. – ele deu de ombros. 

 

 

– Ah... –  era muito querido da parte dele fazer isso por mim,  eu realmente precisava de falar com alguém sobre ontem à noite, tinha sido maravilhoso mas confuso e assustador ao  mesmo tempo. – Obrigado. 

 

 

Ele sorriu comendo. 

 

 

 

(...)

 

 

 

Jungkook chamou alguém da empresa para nós vir buscar, e quando chegámos na empresa fomos de passo apressado nos encontrar com os meninos, já estávamos 15 minutos atrasados. 

 

Os meninos estavam todos no estúdio de gravação, provavelmente gravando algumas das suas musicas mas em outros beats. 

 

 

Jungkook foi nos bicos dos pés para dentro da salinha à prova de som. 

 

 

Eu me sentei numa cadeira que havia ali em silêncio e fiquei mexendo no celular. 

 

 

Não demorou muito até mais uma vez me sentir observada, era Yoongi, mais uma vez me fitando pelo canto do olho, e assim que levantei o olhar, para variar ele desviou. 

 

 

Ficámos ali mais algumas horas, talvez apenas uma, que pareceu 5, ouvir sempre os meninos a cantar as mesmas canções me cansava, e pude ver que para eles também cansava, Jungkook começava a falhar um pouco a voz, comecei a me preocupar, Yoongi já não estava concentrado, e Namjoon já estava farto. 

 

 

– Moço, talvez seja melhor agora fazer uma pausa? – sugeri, pude ver que até o técnico já estava cansado de ouvir sempre a mesma coisa. 

 

 

Ele pensou em silêncio e depois se chegou à frente carregando num botão e falou para o microfone que transmitia as indicações aos cantores que estavam naquela sala à prova de som. 

 

 

– Vamos fazer uma pausa, daqui a uma hora quero vocês aqui de novo. – para mais ninguém falar com ele, colocou os fones e começou a trabalhar e a rever as gravações anteriores. 

 

 

Todos eles saíram da salinha tossindo e bebendo água, Jungkook foi na frente saindo logo primeiro, nem me dando a hipótese de lhe falar, ao sair da sala vi que Yoongi me esperava um pouco mais à frente. 

 

 

– Oi.  – Yoongi falou quando cheguei perto dele. 

 

 

– Olá. – respondi seca, eu queria ter falado com Jungkook, ele parecia triste por não ter conseguido dar o seu melhor. 

 

 

– Tudo bem?

 

 

– Yoongi, se você vai se desculpar de novo, esqueça, tá desculpado. – falei parando, ele me olhou neutro. 

 

 

– Não era isso, eu queria te perguntar algo. – a voz dele estava rouca de tantas tentativas de gravação, isso era sexy...argh!Esquece ele Victória!

 

 

– Yoongi, não acha que andamos a falar  demais?

 

 

– O que você quer dizer com isso? –e olhou confuso. – Que não devíamos falar?Ou que você não quer falar?

 

 

– Não é isso... – me arrependi, me expressei da maneira errada. – É que você antes me ignorava, e agora de repente...

 

 

– Apenas achei que estava sendo infantil e não era algo mau voltarmos a falar, porquê?Voce não quer falar comigo? – ele parecia chateado, ou magoado, nunca consegui diferencia bem esses dois sentimentos nele. 

 

 

– Não é isso, eu est- — quando olhei, Yoongi avançava apressado, como se quisesse ir para longe. – Yoongi? – fui atras dele, estava me ignorando. – Yoongi! – ele parou e se virou, inspirei fundo e juntei paciência de novo. — O que é que você queria me perguntar?

 

 

Ele suspirou e cedeu. 

 

 

– Você veio com o Jungkook? – perguntou sério olhando bem nos meus olhos. 

 

 

 

– Sim, ele veio na minha casa e fomos juntos depois. – respondi constrangida, porque é que ele queria saber isso?

 

 

– Porquê? – perguntou, desta vez sem me olhar. 

 

 

– Porque é que você quer saber isso?Ta sentindo ciúmes?Falta?Voce fez muita merda, sabe?Agor-

 

 

– Não Victória!Qual saudade?!Nada disso mano! – Yoongi estava chateado e eu agora estava magoada ao ouvir que ele não sentia saudade de mim, saudade de nós, e eu a trouxa, sentia todo o dia. 

 

 

– Uau!Realmente!100% verdade. – tentei me convencer do contrário, e que ele estava sim mentido. 

 

 

– Exato!

 

 

– Então porque queria saber o porquê de Jun-

 

 

 

– Para ele não cometer o mesmo erro que eu! – senti que ele disse isso de cabeça quente, mas mesmo assim partiu o meu coração em 1000 pedaços, apenas fiz silêncio, porque se falasse derramava um milhão de lagrima, e eu nunca mais, nem pensar, mostraria meu lado fraco a ele. 

 

 

No silêncio ouvi Yoongi a bufar de raiva olhando pro chão com as mãos apoiadas na cintura, quando de apercebeu do silêncio olhou para mim. 

 

 

– Eu...fui um erro? – perguntei com a voz fraca. – Um erro Yoongi?!Um erro que te amou mais que tudo!Um erro que daria tudo por ti!Um erro que amava cada defeito seu!Um erro que você fodeu!... – falei num tom alto, quase gritando. – Mas sempre um erro...

 

 

Não esperei Yoongi responder, fui embora logo de passo apressado e batendo com o meu ombro no dele de propósito, ele não tentou me impedir dizendo para eu esperar, isso para mim apenas demonstrava que ele não se arrependia de nada que havia dito antes. 

 

 

Já não pretendia nem voltar para a sala de descanso junto do resto, mal suportava a ideia de estar no meu prédio que Yoongi, quanto mais na mesma sala. 

 

Mas ao passar pela porta da sala de descanso quase correndo, quase com lágrimas nos olhos, Jungkook apareceu de repente, e como viu que eu não ia parar estendeu o braço e num piscar de olhos senti meu corpo indo contra o dele e senti os seus braços me envolvendo. 

 

 

– O que aconteceu? – Jungkook sussurrou no meu ouvido quando viu que eu queria sair do seu abraço. 

 

 

– Nada. – me afastei sem olhar para ele, escutei passos. 

 

Olhei para o lado e Yoongi apareceu no fundo do corredor, tinha vindo a correr, parecia preocupado, mas tudo mudou quando olhou para mim, começou a andar e a expressão de preocupação ficou neutra, virei logo o olhar. 

 

 

– Hyung, o que aconteceu? – Jungkook repetiu preocupado, Yoongi ignorou, mas quando estava a passar por nós, Jungkook largou o único braço que me segurava e segurou agora o de Yoongi. – Ah!Hyung!O que aconteceu?!

 

 

– Não sei. – ele respondeu despreocupado e soltou-se de Jungkook violentamente e entrou na sala batendo a porta em seguida.

 

 

 

Filho da puta...


Notas Finais


Arrependimentos das últimas semanas:ter ido numa festa de top quando estava ventando pra caralho e muito frio.


Agora to constipada :') afff


Entao é assim, tá na altura de vos apresentar JunVic, uns irão gostar, outros não, espero que tenham gostado do cap, pq minha imaginação não tava colaborandk ultimamente.


?Hummmm comassim Yoongi, tu é bipolar?

Tipo assim, sinto que a minhas fase dos últimos meses de estarem sempre deprimida irá mudar em breve, ou talvez piorar, depende, eu depois conto mais para vcs

Ahh e to trabalhando em Mais de duas fics, mas não se preocupem, esta será a prioritária, e só iria postar alguma delas quando estiverem completas e perfeitas lsksks mas Mini spoiler, uma é do Kook e outra do Jin


Perguntinha:Vc é sensível?Deixa alguém te deixar embaixo facilmente?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...