História Ilha das Almas - Capítulo 10


Escrita por:

Visualizações 5
Palavras 1.308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Grace Green


Fanfic / Fanfiction Ilha das Almas - Capítulo 10 - Grace Green

Eu ainda não consigo acreditar que finalmente vou sair em uma missão , eu estou tão feliz que poderia distribuir abraços gratis por todo o acampamento. Mas não vou fazer isso porque quero ser levada a sério. 

Mas eu tenho sorte , minha mãe fala comigo regularmente ela está sempre me observando e vigiando, é uma coisa que eu sinto , e que quase nenhum semideus sente, às vezes quando estou para dormir eu sinto um vento gélido passando pelo meu corpo e uma voz do horizonte dizendo “bons sonhos” eu sei que ela cuida de mim. 

Sabe, ser filho dos deuses grandes nem sempre é bom , e pra entender isso é só olhar o logan e a cindy filhos de Zeus , os dois são super controladores e misteriosos , é por isso que eu adoro ser filha da deusa do arco-íris . Você provavelmente também iria gostar .

Eu fui convocada para a equipe aquática , com o Brandon o Kaleu e a Lucy , o barco saiu 6 horas depois do carro. 

Quando encontrei com Brandon na baia entendi a dimensão dessa missão , o barco é incrível, branco e amadeirado , grande porém compacto, nada que vá chamar muita atenção mas bom o suficiente pra seguir toda a viagem , o material é resistente o que vai nos proteger de possíveis ataques.

Todos já estavam prontos para embarcar , a Lucy parecia nervosa e muito fixada no Kaleu, achei graça porque claramente ela estava dando em cima dele mas ele parecia muito atento a missão. Brandon examinava um mapa cuidadosamente ,atento as coordenadas. Nós embarcamos assim que o sky disse para seguimos viajem. 

Do barco eu consegui ver toda a costa de long Island ficando menor até quase desaparecer . Depois de duas horas naquele barco eu comecei a ficar enjoada , e tonta , o barco  balançava e meu estômago também, não sou acostumada a andar neles .

– você está bem ?- perguntou Kaleu me oferecendo água e uma pequena balinha que tanto poderia ser um chiclete como uma pílula, assenti , mesmo tendo certeza que a minha aparência dizia o contrário. Senti o olhar de Lucy me fuzilando e ela provavelmente pensando “ por que não fingi um enjoo?”. 

Kaleu realmente parece filho de poseidon, com o cabelo ruivo que constrasta lindamente com o tom azulado da água , e ele é uma boa pessoa , olhei seus olhos e ele comprimiu o lábio.

Desde que cheguei ao acampamento com 11 anos sempre fui apaixonada pelo Matthew apesar de ele ser apaixonado pela Kate e nunca reparar em mim, perceberam como é complicado ? Nunca consigo manter uma conversa com ele principalmente se for amorosa porque sei que ele vai estar pensando na Kate. E eles vão estar na mesma equipe e não há nada que eu possa fazer quanto a isso.

 

Cindy Becker 

 

Eu passei toda a minha vida nas sombras, e eu não sou filha de Hades ou coisa do tipo, sinto às vezes , que seria mais fácil se fosse. Todos sabem quem é Cindy Becker mas todos. Sentem medo de Cindy Becker . Porque eu sou tão assustadora que as pessoas geralmente não gostam de ficar perto de mim e a razão de eu ser assustadora é que eu perdi o medo , se Gaia me engolir eu não vou gritar , porque o silêncio eterno é melhor do que a multidão em minha mente. Eu não tenho medo e isso me fez fria porque eu verdadeiramente não me importo muito. 

E eu tenho poderes sabe? Eu consigo fazer coisas , eu posso fazer você se sentir muito mal  apenas tocando você , ou apenas olhando em seus olhos, porque o meu raio é interior , meus olhos cintilam eletricidade e às vezes eu mal consigo controlar então me desculpa pelos  blecautes não foi minha intenção. Eu não sou uma pessoa ruim , não sou como logan, eu so estou existindo na terra , sobrevivendo é assim que eu vou vivendo, eu quase não falo então não me pergunte , e manter uma conversa de 3 minutos comigo é a mesma coisa que enfiar 100 alfinetes em meus olhos então não tente. Não sou como o resto dos seres humanos. 

Eu fui convocada para a missão aérea com logan , Kate e Matthew. Kate é legal mas eu consigo ver através dela e ela é frágil como uma folha , ela tenta mas desmorona fácil , Matthew é só bobo , é impossível não perceber o quanto ele gosta dela , quero dizer é impossível pra mim não perceber porque não sei se ela sabe e tem o logan que é uma das criaturas desprezíveis desse planeta. 

Nós não podemos ver o lado bom em todo mundo, isso foi o que eu aprendi. Nem sempre é bom tentar acertar alguém no coração porque nem todo mundo tem isso, algumas pessoas são ocas ,o logan é uma dessas pessoas ,  não dá pra apelar para a humanidade dele , ele não tem isso. 

Sobre o Argo , bom ele é incrível , é feito de um puro metal reluzente , o que significa que vai ser bem difícil nos derrubar,  com velas altas , imaginei que filho de hefesto teria projetado tudo aquilo . O argo saiu 3 horas depois do barco . 

Logan pilotava ele na maior parte do tempo e Kate o dava suporte , pensei em me oferecer também mas fiquei com medo de pensarem que eu iria derrubar o argo então deixei pra lá. Lá pelas 23:00 Kate disse para logan ir dormir, que ela continuava o trajeto, ele assentiu e se retirou . Mais ou menos as 01:00 eu escutei a Kate e o Matthew conversando. 

– ei … ham … tem uma coisa que eu queria perguntar … por que me chamou para a missão?– ela suspirou

– porque achei que devia , e depois de escutar a profecia tive certeza –

– você acha que algum verso da profecia é sobre mim ?– Kate assentiu com à cabeça 

– você se lembra da primeira vez que nos vimos ?– ela perguntou 

– um pouco –

– SKY me contou essa história centenas de vezes , ele disse que você tinha uns três anos , e vivia na ilha de calypso, quando você chegou parecia um turista e não um semideus , tinha a pele bronzeada e marca de óculos , e usava camisa havaiana – a essa altura os dois já estava rindo – ele me contou que você ficou desmaiado durante horas pouco depois de chegar aqui , talvez por conta de toda a névoa , pode ter sido demais pra uma criança. Mas quando você acordou, na enfermaria eu estava lá com o sr D , você sussurrou algumas palavras e voltou a dormir. Então eu segurei sua mão e disse para o Sr D “ Dionísio , acho que ele morreu” e ele achou graça de mim … tipo quem acha graça de uma criança ?– dava pra escutar o som da risada de Matthew em alto e bom som. 

– deve ter sido bem engraçado –

– eu era só uma menininha – então ela se rendeu e começou a rir também 

– Kate … por que você gosta dele ?– atentei meus ouvidos nessa hora e ouve um leve silêncio até ela dizer 

–ele entende … como é sentir o peso do planeta nos ombros … eu sei que ele parece um pouco cruel mas … ele é humano , e ele construiu uma enorme armadura em sua própria volta … é  difícil achar o verdadeiro logan mas ele ainda está lá … eu sei que está – assim que ela acabou de falar reparei em logan e conclui que adormecido ele parecia realmente inofensivo mas não consegui inaginar ele sem toda a crueldade , não consigo imaginar um logan que chore. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...