1. Spirit Fanfics >
  2. Ilha do paraíso >
  3. Gosta de alguém é assim

História Ilha do paraíso - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - Gosta de alguém é assim


No capítulo anterior

" Mata o ban.... mata o ban... talvez...

- Então você é a guerreira mais forte daqui? Impressionante. - Ban dizia enquanto ele e a Diane caminhavam juntos. - a última vez que lutei foi com o um idiota que se achava o maioral. - deu de ombros, sem se importar com o assunto.

- Você mostra de todas as qualidades de líder... hum - Diane avalia ele de cima abaixo. - se continua assim as mulheres vão querer que fique. [...]


-.... eu sou... o primeiro amor da vida da Diane? - falei soando meio que uma pergunta para as duas, que se encararam por um estante e depois me soltaram. - Obrigado! - agradeci andando até o Ban. [...]

- E tem mesmo! - sorriu de volta para não provocar muito e ele se alegrou. - mas o King tem mais...!

- O que? - perguntei sem muito a entender, mas só agora me toquei... onde foi para o King? - o que ele tem haver com isso? 

Ban apenas riu. 

- Você não gosta dele? "




No capítulo de hoje...


Pov's Diane

O que Ban falou pra mim me deixou confusa, de certa forma me deixou curiosa. E mesmo que pergunte ele não iria responder, tá na cara quando o sorriso dele aumento três vezes.

- Vai lá... - última coisa que disse ao sair de meu lado, me deixando com os meus pensamentos.

Sair dela e fui a procura de King. No início pensei em andar em direção a cabana, na qual divido com ele, mas dei meia volta e fui para a praia onde o encontrei na areia pela primeira vez. Me sentei e fiquei olhando as estrelas com bastante anteção.

- Desde que esse nome chegou... tudo tá tão diferente. - falei para mim mesma, estou sozinha de qualquer forma ninguém vai ouvir. -... minha melhor amiga querendo ser mãe, eu sentindo coisas estranhas e... - parei pensando no que mais havia mudado. - eu mudei.



Pov's Autora( Pela primeira vez... CHEGUEI!!!)


Enquanto Diane olhava as estrelas aos poucos ele se aproximava com muita ansiedade.

- Eu queria fugir, para não encara uma traição... - foi o que Harlequin disse ao se senta ao lado de Diane. - levei minha irmã junta como obrigação, não por vontade. - Não olhou diretamente pra ela, que não parava de olhar ele.

-.... - queria dizer algo, mas não conseguiu.

- Mas quem diria! Eu me deixei levar... - a voz do Harlequin se tornou rouca, que faz com que Diane sinta um clara frio. - Eu... - virando o rosto dela fazendo ela encara seus olhos. - Eu...

" O que está acontecendo!? " a cabeça de Diane repeti isso centenas de vezes. Seu coração batia em ritmo acelerado. Seus olhos foram para a boca do King. Isso era tão confuso para ela, mas por algum motivo sabia muito bem o que queria.

- Eu me... - Harlequin para de falar ao ser interrompido por um beijo repentino da Diane.

" Meninas me perdoe... vou quebra meu voto... " Diane pensou durante o beijo, sentindo os braços de King rodearem sua cintura.


Ilha dos homens

Pov's Elaine


- ENTÃO? - gritei para o alto onde estava dos homens que podei como observadores. - ALGUMA NOVIDADE?

Nenhum dos dos responder, ao invés disso conseguir ouvir muito bem o riso de satisfação e pervertido deles. Mas o que diabos aconteceu com os homens dessa ilha! Tudo ficando doido!

- Senhorita.... - Alguém me chama atrás das costas com olhos evitando contado visual. - É que... - seus olhos foram somente para a ilha das mulheres. -Tem duas pessoas se comenta na praia...

- O QUÊ!?



Ilha das mulheres...

Pov's King


- O QUÊ!?


- Ouviu isso? - perguntei enquanto Diane deu um tenho para respirar direito. - pareceu a Elai-

Diane me interrompe voltando a me beijar com vontade e eu perco novamente a minha cabeça.

Antes era somente com a boca fechada, mas quando sua boca abre eu aproveito um pouco a situação assim como ela. Nossas línguas se cruzam e eu começo a saborear aquele "guerra" por território. Não me importo com quem ganha ou perder, só me importo em perde esse momento.

- King... - foi a gota d'água quando eu a ouvir chamando por mim. Mais eu queria ser chamado certo.

- Me chame de Harlequin... - disse meu nome verdadeiro, embora eu não fosse muito fã dele. - a noite inteira. - a fez se deitar na areia que me olhar com algum brilho no olhar.


-.... Harlequin.


Me chama por esse nome eu não aguento!

Voltei a beijá-la começando a tirar um pouco a sua roupa de cima. Me surpreendi quando ela me parou segurando firme minha mão.

- Não.... aqui não.



Ilha dos homens...


Pov's Elaine

Que não seja o Ban. Que não seja o Ban. Que não seja o Ban. Que não seja o Ban. Que não seja o Ban. Que não seja o Ban. Que não seja o Ban. Que não seja o Ban. Que não seja o Ban, pelo amor da minha Santa Calumila!

- Senhorita... veja. - peguei a mão de um dos meus servos após terminar de subir as escadas do alto. - quer mesmo vê? - essa é a pergunta que mais temo.

Não respondi. Só peguei o binóculo que fizemos e olhei para os lados. Nada. Talvez tenha se enganado. Antes de para, vejo uma garota arrastando meu irmão King para algum lugar longe da praia.

-... Eu não vi nada fora do comum.



Ilha das mulheres....

Pov's Autora


Ambos cause chegam caindo no chão de tão intenso foi o beijo repentino do Harlequin que gruda Diane ainda mais a ele, com seus braços amarrado a sua cintura. Ele sorrir entre esse beijo, sentindo um pequeno desconforto na calça.

E Diane sentia um enorme formigamento no meio das pernas. Era bom, ao mesmo tempo como se fosse um encomodo muito grande. Mas não tanto como a do Harlequin.

E ela começou a sentir essa elevação a cutuca seu cilindro.

- Harlequin... - o chamou desprendendo seu corpo do dela o fazendo deitar na cama dela com ela em cima. - dói? - perguntou podando um de seus dedos em cima.

-... sim. - afirmou Harlequin que gemeu ao sentir o dedo da Diane sobre seu amigo.

Começando a tirar o sinto com calma, bem devagar. Deixa Harlequin cada vez mais ansioso e nervoso. Não era sua primeira vez mais sabia que era a da Diane, já que tinha o voto de castidade que as guerreira fazem.

- Eu vou... - ao tira o cinto abriu o zíper da calça e viu a cueca box que o King usava. Essa era o mesma roupas que ele usava desde que entrou no navio. -...... alivia isso pra você, mas será minha primeira vez fazendo algo assim.

Ao tirar a cueca da frente pode o ver. Não era muito grosso, mais era bastante longo mesmo sendo assim.




Continua....



Notas Finais


No próximo capítulo... que tal um hentai? Ou seja lá o que for acontecer!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...