História Ilha dos Mitos - Jogos Infernais - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Demonios, Homicido, Horror, Inferno, Lendas, Misticismo, Psicopatia, Spirit, Suspense, Terror, Tortura, Transtorno, Usuários, Yaoi
Visualizações 31
Palavras 1.866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem vindos ao meu lado mau, senhoras e senhores! MUAHAHAHAHAHA

Ta, enfim, encheram meu saco para fazer uma fanfic de terror que contasse com a a presença de amigos meus do Spirit (não precisam saber quem é, até porque não pedi permissão pra isso)

E aqui estã

Acho que será estranhamente satisfatório matá-los...ura

Boa leit

Capítulo 1 - Os escolhidos.


Fanfic / Fanfiction Ilha dos Mitos - Jogos Infernais - Capítulo 1 - Os escolhidos.

 

 

“Finalmente eu consegui… Agora não há mais volta!”

 

 

 

A partir de agora, o destino das pobres almas miseráveis de 13 jovens está em jogo.

 

Era exatamente 02:00 da madrugada. E quando todos já haviam repousado suas cabeças em seus devidos travesseiros e adormecido, acontece…

 

 

Não sabiam o porquê de estarem ali. Porque justamente eles? O que eles fizeram de errado? Qual foi o critério de escolha? E o mais importante… Onde exatamente estavam?

Não se sabe como, nem quanto tempo havia levado para o sequestrador (ou os sequestradores) transferir eles até aquela ilha misteriosa e extremamente bizarra! Só sabiam que, em pleno 2018, se houvesse um lugar como aquele no mapa, com certeza alguns deles já teriam ouvido falar… Mas não era tão simples e normal assim…

Parecia surreal, em um piscar de olhos poderia se dizer que era uma ilha normal, mas bastava-se olhar ao redor que já era perceptível o ar diferente, o silêncio ensurdecedor, a flora morta mesmo aparentando ser belamente tropical... e o que mais assustou a todos quando viram…

 

A ilha era rodeada por águas vermelhas como sangue.

 

 

A escolha desses jovens foi extremamente aleatória, tendo ali somente dois que conheciam um ao outro. E os escolhidos eram:

 

Carla, de 20 anos, tem pele morena e cabelos morenos cacheados, olhos pretos e um sorriso que cativa qualquer um. É o tipo de pessoa que não gosta de ficar sozinha, é tímida e por isso prefere mais ouvir do que falar. Carla é uma mulher sábia, e sabe analisar a situação que a cerca, a menos que o desespero ou o ciúmes do seu namorado, Gabriel, tome conta dela. É corajosa também, mas não gosta da ideia de liderança.

 

Danillo, ou Danny (como prefere ser chamado), tem 18 anos, pele clara, cabelos castanhos ondulados e olhos claros em uma mistura de castanho e verde. Ele possuí baixa estima, sente-se sozinho mesmo em grupo e fica calado por boa parte do tempo, só abre a boca se for necessário. É o típico medroso que não sabe decidir nada, e prefere que outros tomem a decisão em momentos importantes. Porém, se dispõe a fazer o necessário quando corre risco...

 

Gabriel é namorado de Carla, sendo os únicos que se conhecem na ilha. Ele tem 19 anos e possui cabelos longos loiro escuro e olhos castanhos claros. Mesmo sendo baixo para a sua idade e também alguém que acabou de sair de uma depressão, ele não tem medo de muita coisa, e adora fazer piadas fora de hora. Digamos que ele tem um comportamento suspeito, mas adora ajudar as pessoas em tudo! Mas não é uma boa ideia tentar irritá-lo…

 

Hanna tem 17 anos, cabelos lisos pretos e olhos azuis. Costuma ser uma garota preguiçosa e desleixada, e é mais sincera que o comum, por isso não tem receio de falar o que pensa. É alegre por boa parte do tempo e gosta de descontrair, mesmo quando não é a hora certa. Teme e sente-se insegura em meio a desconhecidos, mas isso não impede ela de querer mandar em tudo. Não faça drama perto dela…

 

Ítalo tem 19 anos, cabelos claros e lisos, olhos verde marinho e um corpo de dar inveja. Ele é seguro de si, narcisista e bem sincero. Não gosta de esconder nada, por isso fala sem pensar e não gosta que tirem a sua razão. É homossexual assumido, e diz ser compromissado, mas não faz questão de desviar o olhar quando vê um homem que o atrai. Ele é bom em tomar decisões, e ama fazer os outros rirem. Por ser egocêntrico, ele pensa duas vezes ao ajudar alguém em risco, já que a vida dele o importa mais…

 

Juliano tem 23 anos, sendo o mais velho dos escolhidos. Ele possui cabelos castanhos na altura do queixo e usa lentes brancas nos olhos, já que tem olhos raros de cor lilás. Ele não gosta de machucar ninguém, mas age sem pensar, sendo explosivo, frio e de certa forma, agressivo quando o ignoram. Pode o confundir com um gótico pela sua maneira de se vestir. É misterioso e não gosta de falar de si, já que possui segredos…

 

Manuella, ou Manu (só para os íntimos), tem 16 anos, e é a mais nova de todos. Ela tem cabelos pretos longos e olhos da mesma cor. Dificilmente ela confia em alguém, e é fria e arrogante, sem se preocupar com o fato de alguém correr perigo ou não. Apesar da frieza e de parecer forte, tudo não passa de um jeito que ela achou para se proteger do mundo. No fundo ela é boa e adora ser tratada bem. Ela adora ler sobre coisas sobrenaturais, e mal sabe que isso a dá uma vantagem nessa ilha…

 

Maria Eduarda, ou Duda, tem 17 anos, cabelos ruivos e olhos verdes. Ela é bem quieta, mas responde tudo que a questionam. Ela gosta de fazer amigos, e aparenta ser bem simpática e tranquila. Ela esconde um pouco a sua inteligência, e usa só em momentos precisos. Não é difícil se aproximar dela, mas o que ninguém sabe, é que também não é muito seguro, pois, mesmo te conhecendo, ela nem raciocina em momentos de perigo, e por isso faz qualquer coisa para salvar a própria pele…

 

Maria Júlia, ou Maju, tem 18 anos, cabelos castanhos, longos e cacheados, e olhos da mesma cor. Ela com certeza é a mais carismática dali, é romântica, engraçada, mas é dramática às vezes. Ela adora descontrair, cantar e falar bastante. Sabe resolver seus próprios problemas mas também oferece ajuda a quem precisa. Ela gosta bastante de viver, mas se gostar ainda mais de alguém, e pudesse se entregar para salvar essa pessoa do perigo, ela se entregava…

 

Milou tem 18 anos, cabelos castanhos com mechas loiras e olhos castanhos claros. Apesar da idade, ela é bem imatura, porém é tímida. Ela gosta de brincar às vezes e é bastante curiosa. Mesmo sendo baixinha e gostando de ajudar no que pode, ela não é muito corajosa, e por isso não gosta de entrar em situações de risco. Pena que seja tarde demais…

 

Mônica tem 17 anos, cabelo moreno com pontas azuis e olhos castanhos. Ela usa óculos, adora ouvir e dar conselhos, porém é impaciente e claramente bipolar. Extrovertida e introvertida ao mesmo tempo, ela gosta de fazer piadas em momentos ruins para aliviar a própria tensão. É bem calculista e sabe analisar bem a situação em que está antes de tomar qualquer decisão, e apesar de fazer amizades fácil, ela não se arriscaria tão fácil por alguém…

 

Richard tem 19 anos, cabelo preto bem cortado e olhos cor de mel. Ele é meio isolado, gosta de ficar na dele, mas os amigos que ele faz, ele leva para a vida toda. É engraçado, mas não gosta de ser contrariado sobre seus gostos musicais e outros. Odeia injustiças, e internamente sofre por problemas consigo mesmo, não tem muita auto estima, mas é uma ótima pessoa, pelo menos é o que o que aparenta…

 

Sofia tem 17 anos, cabelo loiro e liso, olhos azuis e vive com um headphone, onde sempre ouve músicas. Sofia é do tipo nerd, que lê vários livros e adora ficção científica e tudo que envolva super heróis. Apesar de inteligente e sábia, ela não suporta nada que tenha ligação com o sobrenatural, é medrosa, não come qualquer coisa, mas também é bem competitiva. Tem um emocional instável, e se colocada em perigo, provavelmente ela arrastaria alguém com ela…

 

 

13 jovens, 13 propósitos, 13 covas, 13 ligações.

 

 

QUE OS JOGOS COMECEM!

 

 

 

O clima não estava nada agradável. Todos os 13 estavam desesperados, não estavam em suas casas, mas sim jogados sobre uma areia gelada e não conseguiam se mover direito. Os movimentos voltavam aos poucos em cada um. Então Ítalo, indignado com aquele lugar estranho e toda aquela água vermelha em volta da tal ilha, começou a gritar…

 

- Ítalo - MAS QUE PORRA TA ACONTECENDO AQUI? QUE ILHA É ESSA? COMO EU VIM PARAR AQUI? - ele andava em círculos cambaleando de um lado para o outro.

 

- Manu - Acho que ninguém aqui vai saber te responder… Por que aparentemente estamos NA MESMA SITUAÇÃO! - respondeu rude. E estavam em uma ilha, todos acordaram na areia, desnorteados… era óbvio que ninguém daria a resposta certeira para aquelas perguntas.

 

- Gabriel - Aí caralho… Que dor no pescoço! Será que aqui tem algum resort com plano de massagem? - todos olharam para ele - Calma aí galera, tô só aliviando a barra pô! - começou a rir, mas sozinho. Foi então que ao ouvir a voz dele, Carla, que estava um pouco distante, correu até a direção de onde vinha a única voz familiar ali.

 

- Carla - AMOOOOR! - ela o abraçou de surpresa - Ufa… pensei que estava sozinha aqui! Eu tô com medo! Quero ir embora…

 

- Mônica - Primeiramente, ninguém está sozinho aqui, acho que somos mais de 10… Podemos nos ajudar e dar um jeito de sairmos daqui o mais rápido possível… E segundo, porque aparentemente só vocês dois se conhecem aqui?

 

Não foi a intenção, mas um silêncio tomou conta de todos, e começaram a desconfiar daquela coincidência. Afinal, se ninguém ali nunca viu os outros, porque Gabriel e Carla se conheciam, e ainda eram namorados?

 

- Gabriel - Ei! - ele se levantou - Estamos todos na mesma merda, tá legal? Não vem desconfiar da gente não! - falou alterando o tom de voz - Eu também não sei o porquê de estar aqui!!! E o que garante que somos os únicos que nos conhecemos?

 

- Richard - CALEM A BOCA! - todos voltaram a atenção para ele - Por enquanto não vamos julgar ninguém! Se alguém mais aqui se conhece, pode se manifestar agora? - todos se olharam, mas ninguém disse nada, eram estranhos uns para os outros.

 

- Hanna - Ai como vocês são chatos… - disse se espreguiçando - Não estão vendo que esses aí - apontou para o casal - São cúmplices? Tirando eles, é cada um por si e ponto final! - se levantou e começou a andar pela areia.

 

- Maju - Gente, acho que estamos começando da maneira errada… - agora ela recebeu o foco - Olhem essa água do demônio! - apontou para o mar que estava vermelho - Isso é sangue! Só pode ser sangue! E se for, estamos completamente ferrados! - suspirou - E acredito que sendo “cada um por si”, não vamos muito longe. Não vivos…

 

- Duda - Não sei quem ela é, mas acho que ela tem razão… - todos pensaram por um instante.

 

- Ítalo - Alguém que começar a se apresentar então? Não? Ok, acabou o tempo. Eu me apresento! - disse rápido, não esperando a resposta - Eu sou o Ítalo, e tenho 19 anos…

 

Todos ali se apresentaram, menos Manuella e Juliano, que não simpatizaram com ninguém ali naquele momento.

Foi então que todos começaram a sentir uma forte dor de cabeça e um sentimento de enjôo. De repente, uma voz começa a falar dentro da cabeça de todos…

 

 

- ??? - Olá, garotos e garotas, sejam bem vindos ao começo do fim...


Notas Finais


Se ficou uma merda me perdoem, não sou um Stephen Spielberg...

Qualquer coisa me falem que eu nem perco tempo continuando.

Sim, eu to na fic, é eu mesmo e minha esposa @ladyarrozdoce31

Beijo venenoso do Gabisinho e até o próximo capitulo...
Se houver.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...