1. Spirit Fanfics >
  2. Ilha Edward >
  3. Capítulo 46

História Ilha Edward - Capítulo 46


Escrita por:


Notas do Autor


"cidades da ilha Edward" aqui está o mapa com as cidades da ilha, apenas duas foram descoberta, ainda tem mais 3 para descobrir (ou para os gamers, desbloquear)

Capítulo 46 - Capítulo 46


Fanfic / Fanfiction Ilha Edward - Capítulo 46 - Capítulo 46

Enquanto isso com o Lucas chegando em casa

Lucas: cheguei. cadê o Matias?

Marília: o Matias foi para o centro

Lucas: centro?

Marília: o centro é uma cidade, ela fica no meio da ilha

!! Lucas descobre cidade nova "Centro" !!

Marília: ele disse que iria dar um presente a você e para a Anne, disse que seria muito útil

Lucas: SÉRIO!? tô muito curioso agora

Marília: e também eu espero que não seja muito caro, precisamos economizar

Lucas: se faltar dinheiro aqui, pode deixar que eu resolvo, consegui dinheiro é comigo (disse o Lucas orgulhoso)

Marília: não se preocupe Lucas, está tudo sob controle

Então anne aparece na cena

Anne: olá

Lucas: oi Anne, onde vai?

Anne: eu vou brincar com a Diana

Lucas: ok

Anne: adeus

Então a Anne caminha até o bosque Edward, que fica do lado de sua casa, Anne caminha pelo bosque, com muitas árvores, então Anne acaba achando um espaço um pouco amplo, e a Anne ver uma raposa

Anne: uma raposa, eu vou brincar com ela (disse Anne contente por ter achado uma raposa)

Então a Anne se aproxima da raposa, a raposa não se assusta nem nada, ela não tava nem aí pra Anne, ela estava sentada sentindo uma brisa

Anne: oi, eu posso sentar com você?

A raposa olha para a Anne, mas a ignora

Anne: tudo bem, eu vou sentar aqui

Anne senta no chão devagar, muito perto da raposa, a Anne fica completamente surpresa, a raposa não reagiu nem nada, apenas ficou sentada numa boa

Anne: sabe... Eu nunca fiquei tão perto de uma raposa antes, você parece legal, você parece bem esperta, vou te chamar de raposa sábia, ou sábia raposa, posso te chama de laranjinha

Então a raposa olhou para a Anne com um sombrancelha levantada

Anne: oh você não gostou do nome

A raposa contínuo olhando para a Anne

Anne: o que você acha de... Félix

Então a raposa parou de olhar para a Anne, e contínuo aproveitando a brisa, a brisa estavam balançando as seus ouvidos, e faziam as tranças de Anne voarem

Anne: o meu sonho era ter um bicho se estimação, e colocar o nome dele de Félix, você não quer ser meu bicho de estimação?

Então novamente a raposa olha para a Anne, se levanta, e vai embora

Anne: ESPERA!!! NOS PODEMOS SER AMIGOS ENTÃO

a raposa para, olha para a Anne, e vai embora correndo

Anne: EI ESPERA!!

então a Anne corre atrás da raposa

No meio de tanta árvore, anne acaba perdendo a raposa

Anne: cadê ela? FÉÉÉLIX FÉÉÉLIX

Isso chamou a atenção de dois membros do tigres, e ele aparecem para a anne

Garoto1: olha só, o que uma garota como você tá fazendo aqui sozinha?

Anne: quem são vocês?

Garoto2: hehehe, nós somos membros do Tigres, o maior clã dessa ilha

Anne: {essa não! O clã dos tigres, a Diana me falou sobre eles, eles são malvados} eu já vou indo, adeus

Então um garoto puxa o braço da Anne

Garoto1: pra onde você vai? Você é solteira? Por que você não me dar um beijinho (disse o garoto fazendo bico)

Anne: ME LARGA!!

Então a Anne dá um soco no ombro do garoto que a segurou e tentou a beijar a força

Garoto: olha só, ela quer brigar, esse soco não fez nem cócegas em min

Anne estava assustada

Anne: NÃO SE APROXIMEM (Disse Anne com posição de briga)

Garoto2: a patético

Então o garoto empurrou a Anne, e a Anne cai no chão

Garotos: hahahahahahaha

Anne: por favor, parem com isso

Garoto1: vamos dar uma lição nela

Garoto2: beleza!

Anne: não por favor, eu não fiz nada (disse a Anne desesperada)

Quando do nada a raposa Félix avançou pra cima de uns dos garotos

Garoto1: ah!!?? O que é isso!?

Então a raposa vai para o chão, e começa a rosnar para os garotos

Garoto2: eita cara!!! uma raposa selvagem, VAMOS CORRER

Então os dois covard... Quer dizer... os dois garotos Garotos correram muito. Anne se levanta

Anne: Félix? Você... Você salvou a minha vida? (Disse Anne sorrindo para a raposa)

Então a raposa olha para a Anne, e depois vai embora

Anne: adeus Félix! Até outro dia

Então a raposa parou, olhou para a Anne, E SORRIU! E depois correu e sumiu da vista da Anne

Anne: a raposa... A raposa... Sorriu pra min!!! (Disse a Anne, completamente surpresa, e alegre)

Anne não teve um dia bom, começou com o Kaio insultando ela, depois o Professor Felipe a humilhando, depois perdendo uma corrida, depois ficou de castigo, e ainda foi vítima das maldades do clã do tigres, mas Anne arrumou um amigo, e não era um amigo comum. Depois disso a Diana aparece

Diana: Anne? O que aconteceu? Eu ouvi os gritos e...

Anne: tudo bem Diana, foi apenas dois membros dos tigres, mas eles saíram correndo

Diana: você tá bem?

Anne: sim, eu acho. Por que não vamos pra sua casa?

Diana: pra minha casa? Mas o Gilberto tá lá

Anne: o Gilberto Brás? (Então a Anne fica com cara de zangada)

Diana: sim o Gilberto

Anne: o que ele tá fazendo na sua casa?

Diana: ele ficou machucado Anne, ele foi ver o meu pai

Anne: é muito grave? (Disse Anne um pouco preocupada)

Diana: eu não sei, mas mas a cabeça dele tava ferida

Anne sentiu culpa, ela estava se perguntando se o que ela fez foi nessesario

Anne: Diana, eu acho que eu devo desculpa ao Gilberto

Diana: sério Anne? Então vamos logo enquanto ele tá lá em casa!!! (Disse Diana empolgada)

Enquanto isso com o Gilberto, na casa da diana...

Gilberto: doutor Robson?

Róbson: Gilberto!!! Que surpresa! O que aconteceu?? (Disse o Robson contente com a presença do Gilberto)

Gilberto: sabe... Eu tive uns pequenos cortes na cabeça

Róbson: ok deixa eu dar uma olhada nisso

Gilberto: olha Róbson é tudo que eu tenho (disse o Gilberto tirando o dinheiro do bolso)

Róbson: não Gilberto, hoje não precisa me pagar, lembra daquele favor que você me fez?

Gilberto: sério? Muito gentil da sua parte

Entao o Róbson ficou observando os ferimentos do Gilberto

Róbson: MAY!!

May: sim papai?

Róbson: por favor pegue aquele remédio de machucados, aquele marrom com a letra y-o-n-f

May: tudo bem!

Gilberto: isso vai doer?

Robson: só um pouco, mas é para o seu bem

Então a may chega com o remédio

Gilberto: é pra eu beber isso?

Robson: não eu só vou passar um pouco na sua cabeça, só vai doer um pouco, é suportável

Então o Robson passa um pouco do remédio na cabeça do Gilberto

Gilberto: AAIIIIII!! MAIS ISSO DOI PRA CARAMBA! (Disse o Gilberto, com muita dor)

Robson: nossa, isso não é o remédio, é o perfume da eliza, O MAY! MAY

May: sim?

Robson: isso não é o remédio

May: sério?

Gilberto: tudo bem Robson, não precisa ficar zangada com ela

Robson: não Gilberto. May você tem que ser mais responsável, sorte minha que a consulta é de graça

Gilberto: EI!

Robson: com licença Gilberto eu vou pegar o perfume... Digo... o remédio

Gilberto: hum! Esse Robson...

2 minutos depois

Robson: ontem a Beatriz veio no meu consultório

Gilberto: Beatriz... Mas aquela mulher...

Então para o azar do Gilberto (e você vai entender o por que) Anne entra na sala

Gilberto: ela é a pessoa mais horrível que eu já conheci, ela é toda suja, não se veste bem, e o cabelo... E ainda é rude, anda mau vestida, e ninguém suporta ela. Anne? O que tá fazendo aqui?

Anne ficou furiosa! Ela achou que o Gilberto estava falando dela

Anne: GGRRRRRRRR

Então a Anne saiu correndo

Gilberto: EI ANNE ESPERA! mas o que deu nela dessa vez?

Contínua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...