História I'll Be Good - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Tags Thiam
Visualizações 24
Palavras 3.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


refiz o capitulo e ta bem melhor

Capítulo 3 - Capitulo 3


Theo pov's On 

Já dentro de meu carro soco o volante com força. Filho de uma quenga mal comida. Depois de pegar meu café decido dar um volta pela cidade e chego na praia de Beacon Hills, depois de um tempo finalmente acho um lugar e começo a olhar para as ondas. Nunca havia tido uma oportunidade de vir a praia tanto antes quanto depois dos Dreams Doctors. Depois de um bom tempo olhando as ondas decido para numa floricultura, depois da floricultura sigo para o cemiterio, talvez se eu visitar Tara talvez ela pare de me atormentar e descanse em paz. Já no cemiterio sigo até o tumulo de Tara. Tara Raeken. "Filha, amiga e irmã amada"

Theo: Oi Mana - Deixo as flores em sua sepultura me sentando no chão - Sinto muito ter feito isso com você, sinto muito mesmo. Naquela época eu era inguênuo, inocente não sabia da maldade do mundo. Hoje me arrependo de tudo, não só de ter te matado mas tambem com o que fiz com Scott, Stiles, Malia, Lydia, Kira, Mason, Corey, Hayden, Tracy, Josh...Liam. Todos - Minha visão começa a ficar embaça por causa das lágrimas e deixo elas rolarem livremente por meu rosto - Sabe...Eu adoraria que você estivesse viva sabe. Ai eu meio que saberia o que fazer no quesito gostar. O problema é que eu gosto do Liam que é Beta do Scott, eu gosto tanto do Liam, Tara. acho que você saberia muito bem o que eu deveria fazer - Cada vez que eu limpava meu rosto mais lágrimas caiam - E o pior, ninguém confia em mim. O Liam só cuida de mim por eu ser responsabilidade dele. O Nolan, o Gabe e o Alec mesmo sabendo do que eu fiz ainda continuam sendo meus amigos...Mas Scott, Stiles e os outros. Não, aqueles lá não suportam nem meu cheiro. Eu queria tanto não ter deixado você se afogar no lago, nunca ter matado e feridos varias pessoas. Se eu nunca tivesse confiado neles você ainda estaria viva enchendo meu saco e me fazendo rir nos piores momentos de minha vida fudida. Oh Tara eu sinto muito! – Me deixo levar pelo momento e solto todas as lágrimas acumuladas por todos esses anos junto com varios "Sinto Muito, Tara". Depois de muito tempo limpo meus olhos e tento me recompor - Bom... eu tenho que ir Tara, infelizmente. Mas eu prometo vir semana que vem e na proxima, e na proxima, e na proxima, eu prometo vir aqui de agora em diante, faça chuva ou faça sol, eu venho e quem sabe eu traga Liam aqui para te conhecer 

Me levanto do chão limpando minha calça e volto para meu carro, já em meu carro limpo o resto de minhas lágrimas mas elas não paravam até que decido desistir e deixo elas rolarem, me deito no banco e deixo elas sairem junto com meus soluços. Depois de um bom tempo passo na mesma floricultura e compro um unica flor, seguindo para o lago. Estaciono meu carro e sigo apé até o lago, deixando minha mente vagar por algumas lembraças. Como de quando havia conhecido Scott e Stiles na reserva, aquilo havia sido muito patetico e esquisito demais, até que chego lago. Me encosto na ponte e deixo minha mente vagar mais um pouco até que deixo a flor cair no lago como havia feito quando vim aqui na minha volta para Beacon Hills e me lembro de como conheci Liam 

Theo: Te Amo, Mana - Saio da ponte e sigo o caminho que havia feito aquele dia, o dia em que havia conhecido o amor da minha vida, ando lentamente fazendo o percurso e começo a lembrar de como eu, Scott e Stiles eramos idiotas até chegar em meu carro 

No mesmo vejo as horas. 12:37. Ainda to no lucro. Saindo da reserva penso aonde posso comprar meu almoço e refletir em como eu posso mostrar que eu realmente mudei, até que avisto a delegacia. Noah e Parrish. Bom...Dizem que para conquistar homem tem que conquistar ele pela estomago, bom eu vou reconquistar eles pelo estomago. Passo na primeira lanchonete que avisto e compro nosso almoço, passo num posto enchendo o tanque e acabo me atinando a olhar as horas. 13:04. Depois de encher o tanque me dirigo até a delegacia, no que eu entro na delegacia Parrish me aborta na mesma hora 

Parrish: O que faz aqui?

Theo: Oi pra você tambem Parrish, trouxe o almoço 

Parrish: Não quero nada que venha de você

Theo: Olha, eu só quero que as pessoas me aceitem novamente tá. Se não quiser, foda-se. Toma o seu. - Empurro o lache de Parrish junto com o mesmo logo entrando na sala de Tio Noah assustando o mesmo - E aqui o seu

Noah: Theo o que-

Theo: Seu almoço. Já que eu tentei ser o "Theo legal" - Faço aspas com os dedos e olho diretamente para Parrish - Mas vocês só vem o Theo frio, insensivel, impiedoso, falsiane e sem coração. Vocês só sabem julgar o livro pela capa, não vem que por trás disso tudo tem uma pessoa totalmente quebrada, arrenpendida, machucada, um ser humano que errou muito feio e que se arrepende de tudo que fez, de todas as pessoas que machucou e matou - Pego o que é meu me afastando até a porta - Façam bom proveito 

Saio o mais rapido da delegacia seguindo novamente para a reserva, acho uma estrada de chão e sigo por lá até parar no que havia sobrado da mansão Hale, me sento na parte de trás do carro e começo a beliscar meu almoço até que o carro balança, olho e vejo Peter se sentando do outro lado do carro, não dou muito bola assim como o mesmo continuo beliscando meu almoço até que a fome, o que eu acho ser, voltar. Depois de um tempo termino meu almoço e Peter cotinuava ali apenas me olhando

Theo: Oi...

Peter: O que faz aqui?

Theo: Sei lá

Peter: Tem haver com o Scott e os outros?

Theo: Tá tão obvio?

Peter: Tá 

Theo: Sei lá eu apenas vim pra cá, desculpa invadir sua propriedade 

Peter: Não tem com o que se preocupar, quer vir da uma volta?

Theo: Claro. Havia dito para aquele projeto de beta raivoso que não havia horario para eu voltar 

Peter me ajuda a descer e começamos andar pela floresta, para nós o assunto era uma coisa que não acabava até que decido pedir para Peter me ensinar a me transformar em lobo novamente. Depois que voltei de inferno não conseguia mais me transformar em lobo, ficamos muito tempo treinando e nada, até que quando eu estava pensando em desistir finalmente havia me transformado, quando volto ao normal esqueço que estou sem minhas roupas e abraço Peter do mesmo jeito

Theo: Obrigado, Peter

Peter: Não a de quer, agora vamos vista suas roupas. Vou te levar para seu carro – Diz o Hale mais velho vermelho e envergonhado. Aww que fofo.

Theo: Tá - Me visto e começamos a andar novamente pela floresta até meu carro - Bom...Eu vou indo

Peter: Toma. Quando quiser treinar ou um ombro amigo, só ligar – Diz me entregando seu número de telefone. De todos os Hale’s ele é o único que me vê como um ser humano

Theo: Ok, tchau Peter

Peter: Nós vemos, Theo 

Entro no carro dando meia volta e voltando para a estrada, por algum milagre de Deus decido fazer compras. Começo a andar por todas as lojas do Shopping e começo a comprar bastante coisa não só pra mim, mas para o Pack e pelo o que eu vi parece que tinha gente nova, eu havia ouvido um pouco da conversa parece que seu nome era Isaac e que ele foi o primeiro beta do Derek. Bom...Quanto mais gente melhor né. Depois de comprar bastante coisa decido parar para comer, ninguem aqui é ferro ok? Depois de comer, guardo as comprar no carro e me dirigo ao um bar. Hoje eu vou dar PT...Ou melhor tentar né. A musica alta me deixa mais animado, eu nunca havia enchido a cara no sentido literal da coisa chego no balcão e peço três doses da bebida mais forte que ele tem, levo algum tempo pra me acostumar com o gosto mais aos poucos eu vou bebendo mais e mais, gente o bom de ser sobrenatural é que não fica bebado. Quando decido dar uma pausa, uma garota baixinha, cheia de tatuagens e piercings senta ao meu lado 

- Três doses do mesmo que ele  - A garota usava uma regata preta do Guns 'n' Roses, uma calça cheia de rasgos e all-stars preto surrado junto de uma bandana preta em forma de laço nos cabelos azuis desbotados que estavam num coque meio mal feito mas forte, a cara dela estava pessima. 

Theo: Que cara de enterro 

- To quase fazendo o meu 

Theo: Tem lugar pra mais um?

- Gostei. Prazer Max O’Connor

Theo: Theo Raeken

Max: Então, a sua cara de enterro tem nome ou motivo mesmo - Diz virando as três doses uma atrás da outra - Mais três pra mim e pra ele 

Theo: Nome e sobrenome - Viro mais três doses junto dela - Mais oito doses. E o seu?

Max: Acho que estamos no mesmo barco. Otavio Pimentel e o seu? Oito doses pra mim tambem 

Theo: Liam Dunbar - Vou virando dose atrás de dose acabando com as oitas - Mais oito pra mim tambem – Digo virando as outras oito doses com ela

Max: Acho que encher a cara não vai resolver 

Theo: Ser um ser sobrenatural as vezes é horrivel 

Max: Concordo

Theo: Oi? Você? Um ser sobrenatural? Ta de sacanagem?

Max: Não. - A menor me mostra seus. Eram totalmente diferente de todos os seres sobrenaturais que já havia visto nos meus anos de Quimera. Eram Roxo-Esverdeados com uns leves toque de vermelho - WereFoxy e Banshee

Theo: Lobisomen e Coiote 

Max: Você é um quimera? Triplica essas oitos doses para nos dois

Theo: Como você sabe?

Max: A namorada da melhor amiga do beta da minha melhor amiga é um.

Theo: Deixa eu adivinhar, você gosta do Beta da sua melhor amiga?

Max: Tu é vidente? - Vamos virando aquele triplo de oito doses uma por uma, gente como eu queria pode ficar bebado - Como você sabe?

Theo: Agora é oficial estamos no mesmo barco 

Max: Ok. Depois dessas 24 doses eu preciso dançar, vamos?

Theo: Agora, mesmo

Dançamos, bebemos. Fizemos tudo que tinha direito, até que um rapaz apostou com a gente que não iriamos conseguir fazer um piramede de copos vazios e obvio que ele ficou no chinelo e disse que ia pagar todas as nossas doses desde que haviamos chegado. Quando nos cansamos de dançar voltamos a beber e falar sobre nos dois, até um rapaz bem alto, cabelos castanhos avermelhados feitos num coque meio solto mais firme e olhos chocolates abraçar a menor 

Max: Falando no diabo - Gente, esse era o garoto que ela me falou? Que desperdicio 

Otavio: Ok. Vocês dois já beberam de mais e já são quase três da madrugada, vamos?

Theo: Eu quero ficar mais

Max: Eu tambem, eu gostei muito do Theo 

Otavio: Não. Vocês já beberam demais, vamos prometi pra Gih que cuidaria de você. Vamos? 

Max: Tá

Theo: Você baixinha vai no meu carro 

Max: Obvio. Toma - Ela joga as chaves do que deve ser seu carro para o maior - E cuida bem do meu Bebê - O carro de Max era identico ao de Stiles, a unica diferença era placa. Já dentro de meu carro novamente começamos a conversar sobre varias coisas

Theo: Como isso tudo aconteceu com você

Max: Bom, eu e minha melhor amiga fomos ate a reserva atrás da outra parte do corpo pra irmã do Ian. Quando meu pai acabou pegando minha melhor amiga e eu segui pela reserva, até que um bando de cervos me atropelaram fazendo eu jogar minha bombinha longe, quando liguei meu celular comecei a procurar minha bombinha e BUM! Achei a outra metade do corpo, acabei me assustando e cai rolando por um morrinho e encontrei Luke o tio de Ian, só que naquela a gente não sabia de nada, ele acabou me mordendo e eu soltei um grito de Banshee em vez de rugir. Com o tempo fomos descobrindo mais e mais do mundo sobrentural, nisso minha melhor amiga havia sido transformada em lobisomen Beta e logo depois se transformou numa Alfa, descobri que a garota que eu gostava era uma Banshee e que eu era filha de Banshee com a Raposa do Deserto do Mexico, uma meia irmã que é uma WerePanther e que meu avô é um caçador assim como toda a familia de minha irmã

Theo: Uau! Bom, eu fui transformado em lobisomem, mas eu ja era paciente dos Dreams Doctors e eles decidiram me transformar junto com um coiote. Depois de anos voltei para Beacon Hills, afim de matar meu antigo melhor amigo e fazer Quimeras e foi o que eu fiz. Fiz um quiemra de Kanima, Camaleão, uma de eletrecidade (Sorry gente eu não sei o que o Josh era) e uma de Lobisomen. Ai eu mandei a Lydia para a Eichen House, fiz o Liam se voltar contra o Scott, tentei matar o Scott, matei a Tracy e o Josh e quando pensei em matar aquele Pack, a Kira me mandou pro inferno. Depois fui resucitado pelo Liam que precisava de mim na Caçada Selvagem, ainda por cima salvei ele e ainda ajudei eles sobre a Guerra dos caçadores. E não recebo nada em troca 

Max: Bom...A namorada dele havia planejado tudo isso...

Theo: Do Otavio? 

Max: Sim. Ai eu matei ela por ter me mandado pra Eichen House, fiz ele se voltar contra a Gih, tentei matar minha melhor amiga. Fiquei com o Pack daquela vadia, depois matei dois deles absorvnedo seus poderes e quando tentei matar o Pack da Gih, o namorado dela me manda pro inferno e depois aquele puto me ressucita para ajudar eles com um Pack de raposas que minha Abuela havia feito pronta para me matar junto de meu pai. Ainda apanhei quase morri e ele não confia em mim, salvei ele de se matar varias vezes e me arrisquei por ele e não recebo nada em troca 

Theo: Mas vocês dois chegaram a ter algo? - Que essa menina é eu numa outra versão eu concordo mais bem diferente 

Max: Sim, nada muito serio. Mas sei lá, acho que foi tipo meu primeiro relacionamento que durou mais tempo. Tive algo com Ian mas depois que minha melhor amiga morrer e voltar Lobisomen decidi ficar e ajudar ela, enquanto ele havia ficado no Meximo com um Pack que tinha lá.Depois teve a Emilly, ela era prima do Ian aquilo havia me chocado pra caralho, ficamos por um bom tempo até eu atirar nela quando tentei pegar as garras que abisorviam os poderes. Depois teve a Karen, ex do Otavio. Isso mesmo eu peguei aquela lambisgoia, mas ai quando ela me mandou para e Eichen House e quase me matou quando sai de lá, decidi entrar em ação. Eu havia matado aquela vagabunda com minhas proprias mãos, depois rolou aquilo tudo.Depois teve a Amy ficamos apenas no que posso dizer a fase do Nogtisune, mas depois da morte...Do...Do...Do Alex, ela decidiu se mudar para Alemanha. E por fim tem o panaca lá atrás, mas nós dois somos entre tapas e beijos

Theo: Ai fode - Continuamos conversando até chegarmos - Quer entrar?

Max: Uns minutos não faz mal né? 

Theo: Vamos - Continuamos conversando e quando entramos vimos todo o Pack bem acomodados - Não sabia que era reunião de familia? Ah espera, eu nunca fui da familia 

Liam: Sabe que horas são? 

Theo: Sabe que eu não me importo?

Max: Ok, Ok. Tá entregue

Theo: Você fica nanica

Liam: Quem é a vadia? 

Max: Vadia é o Theo

Theo: Se fuder 

Max: Falei mentira?

Nolan: Não 

Theo: Não piora 

Liam: Agora, responde quem é ela?

Max: Prazer, Max O'Connor sei lá o que do Theo 

Scott: O que você é?

Max: WereFoxy e Banshee

Lydia: Isso é possivel?

Max: Não só possivel, como esta bem na sua frente. Eu tenho que ir, o outro deve tar tendo um treco no meu amado bebê 

Theo: Tchau, Nanica - Eu comecei a sentir um afeto grande por Max em apenas algumas horas. Ela tambem tinha passado por quase tudo que eu passei, dou um abraço na menor e um beijo em seus cabelos - Se cuida

Max: O mesmo - A menor deposita um beijo em minha testa e vai embora 

Liam: Aonde você foi? 

Theo: Na puta que te pariu - Subo para o quarto de Liam e começo a me despir e boto uma blusa qualquer dele me jogando na cama e apagando 

Theo Pov's Off

Liam Pov's On

Liam: Que raiva!

Isaac: Sabe, eu acho que ela não vai querer atrapalhar nada 

Liam: O Theo é sempre do jeito dele. Que odio!

Corey: Daqui a pouco você vai quebrar algo

Liam: Posso quebar o carro dele?

Stiles: Pode 

Derek: Stiles! Não ouse, Liam 

Liam: Ah mais agora aquela Quimera vai ouvir de mim - Subo correndo até meu quarto - Theo o q- O menor se encontrava de bruços dormindo profundamente abraçando meu travesseiro, na mesma hora toda raiva e odio por ele sumiram que nem vapor. Desço novamente me sentando ao lado de Isaac, que me olha com aquele olhar como quem disse "Você não conseguiu né?" - Ele tava dormindo OK? Ele anda tendo problemas para dormir 

Isaac: OK. Vamos voltar a assitir 

Em certo horario do dia decidimos maratonar alguma serie, já estavamos na terceira serie e não iamos parar tão cedo. Eu sei que aquela raposa não vai tentar algo com Theo, eu havia notado em seu dedo anelar esquerdo um anel, mas eu tenho é medo de Theo não querer mais minha ajuda depois de hoje e sim daquela raposa. Ah mas comigo não, nem que seja a ultima coisa que eu faça 

Liam Pov's Off

Max Pov's On 

Otavio: Você ta querendo me trocar? - Diz assim que estacio o carro na casa onde todo o Pack estava

Max: Talvez - Digo mechendo no anel que ele havia me dado - Ou só quero sair um pouco sabe 

Otavio: Se quise-se realmente me trocar, não usaria mais o anel - Diz saindo do carro, ele quer o anel de volta? Foi isso que eu entendi? Ele quer o anel pra dar para aquela lagartixa gigante?

Max: Como é? - Saio furiosa do carro puxando ele - Você quer o anel de volta é isso?

Otavio: Sim, eu quero. Vou dar pra outra pessoa - Babaca! Jogo a merda do anel em seu peito furiosa 

Max: Toma essa merda! E o dia que aquela lagartixa gigante te largar por outro não venha atrás de mim, já fui seu ombro amigo  demais arranja outro, babaca - Tinha mais o colar, simples mas que havia tido um valor, tiro ele largando ele não chão - Eu Te Odeio - Deixo as primeiras lágrimas cairem e volto pro Jeep, saio em direção a praia da cidade. As ondas eram uma coisa que me acalmavam, desligo o Jeep e sento em cima dele a vista era ainda mais bonita a Lua Cheia e o mar. Isso sim era beleza, até que outro Jeep igual ao meu e mais uns outros carros param ao lado do meu. O Pack McCall que beleza, sintam a ironia. Isso não vai prestar, anotem o que eu digo. Só espero que eles finjam que eu não estou aqui 

Max Pov's Off 


Notas Finais


amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...