História I'll float too. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias It: A Coisa
Visualizações 23
Palavras 509
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Terror e Horror, Yuri (Lésbica)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Should i be scared?


Fanfic / Fanfiction I'll float too. - Capítulo 4 - Should i be scared?

Eu diria que...mesmo quando o vi em seus últimos segundos de vida, não consegui sentir a tão esperada raiva de quem aquilo fez.

Exausta e um tanto confusa com toda aquela situação, deixei a sala onde vi Delrick saír e deitei-me na pequena cama do meu quarto, a qual era muito pequena para duas pessoas porém Casey era a que menos se importava.

Estava frio, não me dei ao trabalho de nem mesmo trocar as roupas, apenas deitei e adormeci com os olhos dela fixos em mim, e assim acordei no dia seguinte, afinal ela não precisa dormir...eu acho.

-Marilyn, onde você vai? -perguntou Casey me vendo levantar.

-Apenas tomar um banho. -respondi e então segui até o banheiro, que ficava na porta ao lado.

Eu esperava de alguma forma, que Aimisuki aparecesse e me tirasse aquelas dúvidas que tanto me pressionavam. Só saber o que a "Casey" realmente queria já era suficientemente bom, mas parece que continuei sem saber até o "quase final" desta história.

...E as duas hipóteses que considerei pude confirmar.

-Não gosto de ser deixada sozinha. -disse Casey adentrando o cômodo.

Sim, para ela isso provavelmente não fazia diferença alguma, mas eu permanecia constrangida por estar nua mergulhada na água.

-M-Me desculpe, não irei demorar muito. -disse tentando com que a mesma entendesse e então saísse, porém ela fez exatamente o contrário. Ela fechou a porta, despiu-se enquanto eu mantia meus olhos nas espumas intactas da superfície daquela água parada e então juntou-se a mim na banheira, que não era muito extensa.

Justamente quando eu não poderia mais fazer as perguntas que atormentavam minha mente, Aimisuki apareceu apenas para rir da situação onde eu me encontrava.

Um silêncio perturbador tomava o local, Casey permanecia com seus olhos fixos nos meus enquanto seus cabelos ruivos flutuavam na água que já esfriava.

-Marilyn... -ela disse baixo enquanto se aproximava, seus olhos clareavam anunciando meu provável fim.

Me encolhi no canto da banheira, por algum motivo eu não conseguia reagir, apenas permaneci intacta, hipnotizada em seus olhos dourados.

-O que foi, hm? O que achou que eu iria fazer? -ela perguntou, me olhando de cima.

-E-Eu...

-Você se entregaria assim mesmo, huh? Você, que matou cinco pessoas em menos de trinta minutos, me deixaria fazer isto tão facilmente? -ela dizia enquanto tinha meu rosto em suas mãos geladas.

Aquilo me fez corar.

-...Fazer o que, Casey? -perguntei fingindo não entender.

-Hehe... -ela se afastou, voltando para o seu lugar.

Poucos minutos depois, saí e me vesti rapidamente. Eram quase duas horas da tarde e Delrick não havia dado sinal de vida. Não era como no mundo real, onde eu poderia ligar para ele e perguntar como o mesmo está, também não era como se eu pudesse saír para procura-lo, já que a polícia não esqueceria os cinco assassinatos ocorridos ontem no parque...eu realmente não podia fazer nada a não ser esperar algo acontecer, e neste tempo ser vítima das brincadeiras da Casey, que um dia acabarão junto com a minha frágil vida...ou não.


Notas Finais


então, k


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...