1. Spirit Fanfics >
  2. Ilusões do coração - Yaoi (Hot) >
  3. As vezes é difícil saber o significado de um adeus

História Ilusões do coração - Yaoi (Hot) - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Notas: Cara, o que posso dizer? Eu...estou feliz por ter terminado essa fic (eu já escrevi o último episódio), mesmo que esse seja o penúltimo capítulo, eu estou realmente feliz por ter conseguido chegar até aqui... Arigato a todos. Todos os dias eu me preocupava e ficava pensando nas desaventuras do Nanmin e do Eivan, saber que isso acabou me deixa meio triste e feliz por ter vivido tudo isso ao lado de vocês...todos vocês que chegaram até aqui e que leram, choraram, riram, sentiram raiva e sorriam com as cenas fofas...vou sentir saudades das pessoas pistolas por algum personagem. Só isso mesmo, Obrigada.

Capítulo 26 - As vezes é difícil saber o significado de um adeus


Fanfic / Fanfiction Ilusões do coração - Yaoi (Hot) - Capítulo 26 - As vezes é difícil saber o significado de um adeus

(Ilusões do coração)
Capítulo 24 "As vezes é difícil saber o significado de um adeus..."

Muitas vezes eu tive que dizer adeus as pessoas que eu amava.... Diante disso, eu tive medo de ser abandonado novamente, não aguentaria dizer mais um adeus denovo. Queria dizer que sinto muito, queria ter aproveitado mais com você e ter dito que eu te amava. Ainda sinto culpa pelo Kizame mas eu preciso resolver meus problema antes que eles me consumam.

16/04/2025 13:50 da tarde.

- Eivan...- desviei o olhar, ninguém além do Kizame havia me feito sentir assim...Eivan deixava meu corpo quente e nem conseguia falar, estava me sentido um Idiota por estar tão envergonhado. - ...E-eu...- Virei meu rosto para o lado encarando o chão. - ( Eu travei..? Por que não consigo dizer nada? Numa hora dessas eu saberia o que fazer...odeio não estar no controle.) .... - fiquei sem dizer nada.

- .. Não precisa dizer nada, eu te entendo. - Eivan falou com um sorrisinho e se virou para sair do quarto. - ? - Segurei seu casaco, olhando para o chão.

- Eivan...fique comigo, eu não quero ficar sozinho..por favor. - falei enquanto apertava cada vez mais forte seu casaco. - merda.. você me deixou sem jeito....idiota. - levantei meu rosto e o encarei nos olhos.

- Nanmin, não precisa responder meus sentiment- interrompi Eivan.

- Cala boca...Termine aquilo que começou.. - Me joguei em seus braços e terminei de beija lo, ficamos contra a parede do lado da porta de entrada continuamos aquele beijo tenso.

[...]

18/08/2022 10:30 da manhã.

Ainda lembro de quando conheci o Kizame, depois que minha madrasta havia morrido por minha culpa, eu acabei faltando no colégio e raramente saia com meus amigos, por conta disso acabei repetindo um ano...todos os meus amigos haviam se formado e seguindo seus sonhos, arranjando namoradas ou entrando numa faculdade... Apenas queria que tudo fosse perfeito, queria estar numa faculdade, eu queria ter alguém para amar, por que eu não posso ter tudo isso também?

Estava na sala de aula, não tinha muitos amigos, depois  que tive que refazer o segundo ano do ensino médio eu acabei me afastando de todos. Lá estava eu, sozinho sentado numa mesa no fundo da classe com a cabeça abaixada.

- Tem alguém sentado aqui? - Um cara de cabelos claros e olhos negros pergunta para mim enquanto sorri.

- ....- apenas o ignorei e virei meu rosto.

- Você parece ser meio quieto. Me chamo Kizame Sea-ah, e você? - ele se sentou numa cadeira do meu lado e sorriu.

- ....- apenas dei um suspiro e revirei os olhos. - ( O que ele quer?)

- Tudo bem então. - Ele sorriu e ficou prestando atenção na aula.

-.... - fiquei o admirando, dando uma olhadinha de canto. - (Ele é bonito...) - fiquei o encarando sem perceber.

Kizame apenas me olhou e sorriu, acabei ficando envergonhado e virei o rosto.

Nk: isso também é chamado de Gay panic.
[...]

Logo após a aula eu sai da classe para ir comer alguma coisa na cantina.

- Hey! - ouvi uma voz de um cara vindo atrás de mim.

- ? - virei meu rosto olhando para ele.

- Sou eu o Kizame, da aula de mais cedo. - ele apoiou sua mão no meu ombro com um sorriso.

- hum... O que você quer? - dei de ombros com um olhar nada agradável.

- E que eu cheguei no colégio faz pouco tempo, poderia me apresentar o colégio? - aquele cara me parecia gentil.

- .... Por que não pede para outra pessoa te ajudar? - desviei o olhar com aquela cara de peixe morto.

- Sei lá, você parece legal. - Ele riu.

- Legal?...- Aquelas palavras me tocaram de um jeito que me fizeram ficar sem palavras. Desviei o olhar...

[...]

Enquanto andávamos pelo colégio percebi que aquele tal de Kizame estava bem animado, ele ficava sorrindo para mim e conversava bastante comigo, sentia falta de falar com alguém.

- Poxa, que colégio lega! - Ele sorriu. - Você ainda não me disse seu nome. - Ele falou enquanto olhava para os lados.

- Nanmin...- falei olhando para baixo.

Bem....acho que ele me fez feliz mas já está na hora de esquecer e seguir em frente. Eu entendo você não ter aguentado, eu fui horrível com você, no começo eu estava apenas te usando, todas as vezes que ficava  com alguém você nem ligava por que sabia que eu não seria apenas seu.., mas quando ficamos juntos eu não havia conseguido largar meu hábito.... estava te machucando, sinto muito.

16/04/2025 14:09 da tarde.

Enquanto eu e Eivan nós beijávamos eu passava minhas mãos entre seu corpo, isso estava indo muito além de um beijo... talvez algum a mais? Enquanto escutava sua respiração ofegante, sua expressão estava diferente, eu gosto do Eivan, eu gosto dele...E-eu..gosto do Eivan?...

- Nanmin?...- ele falou com sua voz suave enquanto me olhava meio surpreso.

- O-o que foi? - abri meus olhos depois daquele beijo. - E-eivan...-  algumas lágrimas escorriam de meu rosto, eu a limpava com minhas mãos, era tão vergonhoso.... - E-eu não posso.... não quero te perder também! - sai correndo.

-...... Nanmin.- Eivan falou enquanto via eu sair do quarto.

[...]

Acabei indo até o galpão, Kaminari apareceu e pulou no meu colo, minhas lágrimas continuavam a cair constantemente.

- Meow...- Kaminari miou enquanto lambia minha mão.

- Você é tão fofo...- esfreguei meus olhos e consegui sorrir.

- .... Você está bem. - Eivan foi andando até mim, ele parecia meio ofegante, deveria ter corrido atrás de mim.

Apenas suspirei e acenei com a cabeça abaixada. - Me desculpe...e que você é tão legal comigo e também...um dos meus melhores amigos....Puff, no começo a gente se odiava e agora estamos assim é confuso. - desviei o olhar com um sorrisinho meio torto.

- Está tudo bem. - Eivan se sentou do meu lado. - não precisa dizer nada...apenas queria dizer que eu gosto de você antes de eu ir embora. - Ele desviou o olhar.

Desviei o olhar e logo coloquei minhas mãos em seus bolsos.

- O que está fazendo?...- Eivan ficou meio envergonhado tentando entender o que eu estava fazendo.

- Me dê os seus cigarros, cadê eles? - fiquei revirando seu bolso até pegar um maço. - estou estressado...- olhei para o lado.

- Me dê isso, não vou deixar você fumar.- Eivan me encara e tira o cigarro das minhas mãos.

Apertei minhas mãos na minha calça e dei um suspiro - .... Só queria entender o que você esconde de mim... Se gosta mesmo de mim você me contaria o por que você não quer que eu fique com o Eri?... - desviei o olhar enquanto fazia carinho entre as orelhas de Kaminari. - Eu cansei de segredos...

-....- Eivan deu um suspiro - tudo bem... Eu falo.

26/07/2016 13:40 da tarde. Alemanha

Na época eu era apenas um adolescente de 16 anos, não ligava muito para as coisas, eu era idiota e apenas pensava em mim mesmo. Eu morava na Alemanha e estudava num colégio que ficava numa cidade grande da Alemanha, nessa época eu namorava com um cara....mas o Eri fez questão de foder com tudo.

Estava andando pelos corredores enquanto segurava minha câmera que havia ganhado. -  ainda não entendi o por que aquela idiota da Alex me deu uma câmera. - fiquei pensando alto.

- Falando sozinho Dillan? - Myun-lan apareceu sorrindo. - Oh, que legal, na onde ganhou essa câmera? - ele sorriu enquanto me encarava com um sorriso.

- Minha irmã me deu de presente, não sei por que. - falei  enquanto olhava para ele.

- Deve ser por que você tem um fogo no rabo de ficar tirando foto de tudo usando o celular..  Dillan para de tirar foto minha enquanto falo com você...hehehe. - Myun-lan falou olhando feio para mim.

- Só estava testando, mas essa foto ficou muito boa. - falei rindo. - a única coisa que ficou feia foi seu rosto mas se eu usar Photoshop ou-

- .... Idiota. -  Myun-lan falou me dando um selinho. - agora vamos para aula, ou o sensei Eri vai acabar com a gente hahaha. - Ele riu.

- aham. - apenas concordei com um sorrisinho.

Exatamente, Eri era meu professor no ensino médio, eu e Myun-lan não sabíamos muito a dele mas estava tudo bem...isso foi o que eu achava. As vezes encontrava Myun-lan e Eri conversando pelos os cantos dos corredores, na maioria das vezes sentia que Myun-lan estava se sentindo muito desconfortável enquanto falava com ele. No começo eu nem ligava tanto, mas algum estava errado.

27/07/2016 13:40 da tarde. Alemanha

Estava caminhando para encontrar Myun-lan mas ele não apareceu. - ( na onde aquele idiota foi se meter?) - Fui até sua classe mas não o vi. Estava andando até ouvir alguma coisa vindo da sala 2B. Suspirei e peguei na maçaneta da porta, assim que abri e dei uns passos para entrar. - Myun-l-....- parei de falar assim que vi aquela cena. O que posso dizer? Bem, acho que foi assim que minha vida mudou completamente. Descobri que Myun-lan estava com Eri apenas para conseguir algumas notas extras, assim que tentei falar com Myun-lan descobri que ele havia fugido para outro país.

[...]

Nanmin me olhou sentindo muita culpa. - E o que aconteceu?... - ele apoiou sua cabeça no meu ombro.

- Aparti dai eu acabei quebrando a perna do Eri e me mudei pro Japão pra ter minha vingança... - desvie o olhar. - eu era um idiota mesmo.

- É, isso explica o por que vocês não se gostam. - Nanmin revirou os olhos.

01/08/2016 14:40 da tarde. Alemanha

Estava subindo as escadas para tentar conversar com Myun-lan, mas ele havia sumido e estava faltando nas aulas. Acabei esbarrando em Eri.

- ....Seu imbecil! - o joguei contra a parede.

Eri inclinou a cabeça e colocou a mão na bochecha e logo começou a rir. - Puff...hahhahaa. pobre Dillan... Sinto muito por você mas não me interess- acabei dando um soco no rosto dele. Eri colocou a mão no nariz que estava sangrando. - Puf....- ele ri. - Tão bonitinho.

- ....Eu vou transformar sua vida num inferno, vou falar do seu caso com Myun-lan para o conselho. - Falei segurando seu pulso o pressionando cada vez mais.

- Dillan, eu já estava de saída mesmo, na próxima semana irei dar aula em outro lugar. - ele riu enquanto tentava tirar seu pulso das minhas mãos.

- Tudo bem...- o larguei, Eri estava descendo aquelas escadas indo até sua classe...mas não sei o que deu em mim e acabei o empurrando... As escadas eram longas e a escola estava totalmente vazia, enquanto só ouvi os barulhos dele caindo apenas sai andando como se nada tivesse acontecido...acabei sendo expulso daquele colégio e tentava ligar para Myun-lan mas ele não respondia.

[...]

- ....Por que não me disse isto antes!? Mas...ainda não entendi o por que ficaria bravo ou te odiaria por isso?. - falei olhando bravo para ele.

- Quem dera essa fosse a história completa...tudo começou a dar errado na época que te conheci.. - Eivan suspirou.

- Me conheceu?...Ah! Quando eu era lesado...que vergonha...pode fingir que nunca me viu naquela época? - Nanmin falou envergonhado.

- Puff, você parecia uma garotinha, Princesa. - falei rindo.

- ....Porra Eivan, achei que esse apelido havia morrido. - Nanmin falou enquanto me encarava.

- Nunca...

[...]

Havia ido para o Japão para encontrar Myun-lan e ter minha vingança idiota...acabei envolvendo pessoas que nem estavam na história e poderia ter matado alguém naquele festival... Quase fui preso, mas por conta do tiro que levei no rosto acabei ficando 4 anos tratando isso.... Acabei machucando minha irmã e pessoas que nem conhecia... Mas eu mudei, não sou mais aquele idiota como antes, aprendi com meus erros que ficaram estampados no meu rosto...Desculpa por ter sido tão babaca com você naquela época.

- Mas eu nem cheguei a falar com você...espera, Ah! Eivan, você tinha pisado nos meus desenhos...mas isso não é motivo para sentir raiva de você, eu também mudei.

Algum dia do ano de 2019 12:30 da tarde.

Estava andando segurando meus desenhos com um sorriso, Finalmenteeee iria mostrar eles para o senpai... Acabei esbarrando em um cara ruivo e alto.

- A-ah... Desculpa...- quando ia recolher meus desenhos o cara simplesmente deixou seu milk shake cair em cima.

- Oh, foi mal. - Ele riu e saiu andando.

- Snif..... - comecei a segurar o choro enquanto recolhia meus desenhos que não haviam sido molhados.
[...]
Estava preste a me encontrar com o Senpai mas vi ele falando com aquele mesmo cara ruivo de antes.

- A-ah, senpai?.... - falei sorrindo enquanto segurava meu caderno de desenhos com as mãos trêmulas.

- Ó Tampinha vai pegar um café pra mim? Vai garota. - Ele me encarou com aquela cara assustadora e fui correndo pegar um café.

[...]

- É, você apareceu nos meus pesadelos por um bom tempo...Mas o que importa é que você mudou e.. Você é uma pessoa incrível, se não fosse por você acho que nem teria me divertido tanto nessa universidade, talvez no começo a gente não se entendia, mas eu conheci você de verdade. - dei um sorriso e fui chegando perto e acabei o abraçando. - Por favor não vai embora... Nem sei o que vou fazer sem você comigo. 

- E-eu...Iria matar alguém naquele festival! Mas percebi que o problema era eu então fiz a maior merda da minha vida...eu tentei me matar por uma pessoa que nem ligava para mim...eu iria matar ele...e D-depois....E-eu desisti...eu ainda me sinto péssimo por isso, queria não ter sido tão idiota! As vezes eu queria ter morrido...- Eivan começou a entrar em pânico.

Apenas peguei em sua mão e acabamos ficando em silêncio. - Não se preocupe...eu também fiz coisas horríveis no passado. Está tudo bem. - Kaminari deitou no colo de Eivan e dormiu fechando seus olhos e mexendo sua calda para os lados. - Eivan...Se não fosse você, o Kaminari talvez estivesse na rua ou nem teria amigos, provavelmente ele seria desconfiado de todos em sua volta, e eu..hehehe, eu consegui seguir em frente...eu consegui gostar de alguém, gostar de verdade...se não fosse você eu provavelmente estaria dando pra qualquer um que aparecesse...Eu deixei de ser egoísta... eu te amo...- falei com um sorrisinho enquanto olhava para o lado.

- ..... - Eivan apenas me abraçou enquanto, sentia suas lágrimas molhando meu pescoço.

16/04/2025 14:30 da tarde. Chan-he°on

Estava no terraço com minha câmera vendo que meu plano com o Eivan deu certo. - Estou feliz por você...

- O que está falando? - Ae-chan apareceu atrás de mim. - ah, é o Eivan né? Então...deu tudo certo? - Ae-chan falou com um sorrisinho amargo.

- Sim...Fico feliz que ele fez o que eu disse. - falei sorrindo enquanto olhava para eles através do terraço. - Vamos Ae, vamos deixar os dois sozinhos. - segurei minha câmera e fui andando.

- Parabéns, uniu aqueles dois...no começo eu não achava o Eivan muito agradável, ele era tão frio e idiota com o Nanmin, achava que ele merecia alguém melhor mas sei que ele está feliz. - Ae-chan falou sorrindo.

- É, o Eivan é alguém legal.. - sorri e fui embora do terraço, Ae foi logo atrás.

- Ah, fome, que tal a gente tomar alguma coisa? - Ae, falou sorrindo.

- Claro! Podemos comer naquele restaurante que serve aqueles bolinhos em forma de gato.

Continua...

 


Notas Finais


Bem...chegamos ao final, o último capítulo saíram dia 24/07/2020. Não fique triste! Tenho algumas novidades.
1 - vai ter 3 ou mais capítulos mostrando algumas situações engraçadas, ou algumas coisas inéditas! Dica: 👰🤰🐈 (o que será isso?? Aposto alguém adivinhar kkk)

2 - Não desanime! Se você ficar com saudades do Nanmin e do Eivanzin vocês podem ler https://www.spiritfanfiction.com/historia/obcecado-por-um-cara--yaoi-hot-18875132
(Conta o que exatamente aconteceu no Japão, e o por que o Eivan quis se matar e mostra o Nanmin na versão lesado tentando ficar com o Senpai.)

3 - está entendiado? E quer algum muito quente e picante? Cenas pesadas e muita comédia e drama misturado? Ha ha ha, tenho a fic perfeita: https://www.spiritfanfiction.com/historia/primeira-classe--yaoi-hot-19092607
( É sobre um cantor que tem fobia de pessoas e um mangaká que vê yaoi em tudo). Até agora só tem um piloto, mas acho que você vai gostar!

Boa semana a todos e até mês que vem!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...