História I'm a Dreamer - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Anime, Bts, Colegia L, Dreamer, Kpop, Mangá, Revelaçoes
Visualizações 5
Palavras 1.684
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Depois de 84 anos, capítulo novo!

Capítulo 17 - Eu sei cozinhar


Fanfic / Fanfiction I'm a Dreamer - Capítulo 17 - Eu sei cozinhar

As aulas até o intervalo passaram praticamente se arrastando. Não prestei atenção em quase nenhuma. Minha cabeça ficou tão dispersa com a discursão com o Luan que nem consegui pensar nas músicas que tinha que entregar para a treinadora hoje. Quando o sinal tocou corri em direção a mesa que a galera estava sentada.
-Preciso de 2 músicas pra apresentar na competição de ginástica.
-Você vai competir?- Lu perguntou entusiasmada.
-Vou.- Falei e ela me abraçou.
-Ai, parabéns amigaaaaa.
-Vocês não apresentam aquelas músicas clássicas que são só o nan nan nan?- Leo perguntou abrindo um pacote de Ruffles. Resisti a tentação de pegar.
-A maioria sim porque é mais fácil criar coreografias. Apresentar músicas com letras é um desafio a mais e da uma grande vantagem pra gente. E tira essa Ruffles de perto de mim pelo amor de deus.
-O que você vai fazer?- Fran perguntou pegando uma batata de Leo.
-Dois conjuntos com as meninas e dois solos, um de fita e um de mão livre. Já escolhemos as músicas dos conjuntos, mas eu estou muito indecisa com as dos solos.
-Você pensou em alguma coisa?- Nath perguntou. Luan a olhou e revirou os olhos.
-Eu pensei em algumas mas a maioria não combina com as grupais.
-Em quais você pensou?- Fran perguntou. Não deu tempo de responder e vimos Fernando e uma garota morena com longos cabelos castanhos se aproximando.
-Bom dia galera, essa é a Rachel, ela estuda comigo, com a Fran e com a Nath. Ela é nova na escola, então ela sentar com a gente, beleza?
-Oi Rachel.- falamos todos em unissolo.
-Oi gente.- Ela falou com uma voz fofa.
-Então, do que vocês estavam falando?- Fernando perguntou sentando.
-Estávamos ajudando a Lara a escolher as músicas pra apresentação de ginástica dela.- Lua falou.
-Então, eu anotei essas na aula de história, mas a maioria não ia combinar com as do conjunto.
Entreguei uma folha pequena azul a Lua onde tinha escrito:

MUSICAS PARA APRESENTAÇÃO: Fita: -Smooth Criminal (Michael Jackson) -Black Or White (Michael Jaclson) -Baby One More Time (Britney Spears) -Despacito (Justin Bieber version) -Bad Liar (Selena Gomez) Mão livre: -Don’t Stop Believing (Journey) -Chandelier (SIA) -Cheeleader (OMI) -Too Much (Spice Girls) -We Will Rock You (Queen) Todos analisavam a música e faziam comentários sobre cada uma até que Chris apareceu com uma salada de frutas e um pastel na mão. Ele estendeu a salada em minha direção e eu a peguei. -Obrigada. Ele sentou ao meu lado. -O que estão discutindo. -As músicas da minha apresentação. -Porque você não pede a opinião do seu namoradinho Lara? Afinal, ultimamente você só pede a ajuda dele.- Luan falou me olhando. No mesmo momento vi Christian ficar vermelho como um tomate. -Luan, na boa, qual a tua? A Lara nunca falou nada da gente, pelo contrário, ela super nos apoia, porque tu ta fazendo isso com ela. O Titã nunca fez nada contigo. Na real, o que ta acontecendo?- Nath falou o olhando. Ele não respondeu e apenas se levantou e saiu da mesa. Me levantei pra ir atrás dele. -Deixa ele Lara, você conhece seu irmão, vocês só vão discutir mais. É só esperar e ele vai esquecer. Sentei e encostei minha cabeça no ombro do Chris que afagou meu cabelo e deu um beijo no topo da minha cabeça. -Então, acho que você deveria fazer Black or White. Era a música preferida do seu pai, sua mãe iria adorar.- Fê falou e eu sorri. -E eu voto em fazer Chandelier. Sério, tu é a cara da garotinha do clipe, põe uma roupa bege e vai ficar idêntico.- Fran falou e todos caímos na risada. -Eu tô rindo mas é verdade.- Leo falou e continuamos a conversar. Logo o sinal tocou e nos dirigimos a quadra pra aula de educação física. Fui com a Lu para o vestiário e trocamos de roupa. Chegamos na quadra e nos juntamos ao resto da turma. Teve jogo de futebol de meninas contra meninos e por motivos de eu e Lua sermos as únicas meninas a jogar, os meninos acabaram ganhando. Depois da aula corri pro ponto de ônibus pra chegar mais cedo no treino e, novamente, sair mais cedo. O ônibus não demorou muito a chegar e pouco tempo depois eu já estava no ginásio. Tomei um banho, coloquei uma roupa adequada. Almocei e logo comecei o treino. Me alonguei, coloquei as músicas que tinha escolhido numa caixinha de som e posicionei o celular para gravar alguns passos que ficassem bons. Peguei minha fita e comecei a fazer alguns passos. Ao fim de 1 hora de treino parei para tomar uma água. A treinadora veio até a sala que eu estava treinando. -Boa tarde, Lara. -Boa tarde. -Então, decidiu as músicas. -Sim, mas queria sua opinião pra uma delas. -Quais foram? -Pra fita eu escolhi Black or White do Michael Jackson, que além de combinar com o tema do conjunto seria uma homenagem pro meu pai. Mas a segunda é bem diferente de tudo que a gente pensou. Seria Chandelier, da Sia. -Ah, eu adorei, da pra trabalhar muita coisa com essa música. Eu também iria sugerir uma mais contemporânea. -Qual seria sua sugestão? -Despacito. Mas verei com uma das outras meninas, se precisarem de alguma sugestão darei ela. -Se nenhuma quiser, posso usar ela caso vá pra próxima etapa. -Então guarde ela, tenho certeza que você irá. Então, o que você tava ensaiando? Quero dar uma olhada. Pus a música, peguei a fita e mostrei alguns passos que já tinha preparado. -Muito bom, garota. Muito bom mesmo. Trabalhe mais a parte dos lançamentos e, se eu fosse você, colocava uma pirueta dupla, você é muito boa nisso. -Ok, vou anotar isso. -Não esqueça que amanha terá treino do conjunto. -Ok. -Já pode ir se quiser. -Eu tive umas ideias agora, vou tentar encaixar elas e vou. Duas horas depois eu já tinha uma coreografia quase finalizada, com alguns ajustes e mais alguns passos ela já estaria feita. Tomei outro banho, estava bastante cansada, esse treino foi bastante cansativo. Troquei de roupa, peguei minhas coisas e fui novamente pra casa de Christian. Chegando lá, toquei a campainha e ele a abriu enquanto falava no telefone. -Sí, papá, estaré allí.
-Boa noite. –Falei baixo para não atrapalhar a ligação, ele respondeu com um sorriso largo. -Está casi todo listo, faltan llegar pocos muebles, pero lo que llegó ya está en el dormitorio.- Ele fez um sinal para que eu o seguisse até o quarto. -Es bien tarde, pero puedo salir un poco más temprano y me quedo esperando allí. ¿Usted y la mamá vendrán también?- Fui tirando o material da mochila. -Ok, voy a ver si una amiga me puede acompañar, aprovecho para presentar las dos. Besos, mande recuerdos a mamá.- Ele desligou e me olhou. -Quem era?- Perguntei curiosa. -Meu pai. Ele e minha mãe virão no sábado pra deixar minha irmã. -Ela vai morar com você? -É, eu tô com um pouco de receio, sabe? De não conseguir cuidar dela direito. -Você é uma pessoa boa, ela vai gostar de morar contigo. -Então, eu queria saber se você pode ir receber eles comigo. Eu queria que ela conhecesse logo alguém daqui pra se sentir mais a vontade. -De boa. -Então, vamos começar com os estudos? -Então né, fazer o que?
             Estudamos tudo que faltava e, quando terminamos, o relógio marcava exatamente 20h. -Então, quer comer alguma coisa? -O que você teria a me oferecer? -Tem um resto de salada do almoço e eu posso fazer alguma coisa pra complementar. - Ele falou se levantando e me guiando até a cozinha. -Pelo amor de deus, me diz que você não sabe cozinhar. -Eu sei cozinhar. - Falou parando. O olhei com indignação e me encostei no portal que dava acesso a cozinha. -Me diz como você ainda tá solteiro. -Fiquei esperando por você.- Ele falou e se aproximou de mim. Quando nossas bocas já estavam a poucos milímetros de distância ouço meu celular tocando em meu bolso. -Alô? Oi mãe. Eu tô na casa do Christian estudando física, já estou indo pra casa. Sim, acho que ele pode me acompanhar.- Falei e o olhei, ele respondeu com um sorriso.- Ok, já vou indo, beijos. -Sua mãe conseguiu ser mais empata que seu irmão. -Ele tem a quem puxar, mas, onde estávamos mesmo?- Ele sorriu e me puxou pra um beijo meigo e apaixonante que se sessou pouco tempo depois com selinhos. -Vem, vamos, eu tenho uma coisa pra te mostrar.
             Ele pegou chaves, peguei minha mochila e descemos pelo elevador. Ele me guiou pela parte de baixo do condomínio até uma garagem que tinha um carro branco daqueles sem teto que sempre aparecem em filmes americanos. -Meu pai não queria que a princesinha dele ficasse andando de moto quando chegasse no Brasil, então, ele mandou o carro dele pra cá. -Uou. Mas e sua moto? -Ainda está comigo, mas eu ainda não andei nesse carro, queria que alguém especial desse a primeira volta comigo e como você é a pessoa que eu estou mais próximo aqui no Brasil, não teria companhia melhor.- Sorri e ele abriu a porta do carro pra mim entrando pelo outro lado logo após. Paramos em um drive- thru no caminho e comemos antes de, finalmente, ele parar em frente a minha casa. -Então, acho que vou entrar antes do meu irmão começar com um showzinho.- Mal terminei de falar e Luan abriu a porta da frente com cara de raiva. -Entra Lara.- Ele gritou na porta. -Tchau.- Chris falou e sorriu pra mim. -Tchau.- Respondi e dei um beijo em sua bochecha, saindo do carro e entrando em casa.
             Passei pelo meu irmão sem falar nada. Fui até a cozinha, dei um oi pra mamãe e pro Fernando e subi. Tomei um banho, troquei de roupa e, enquanto penteava o cabelo recebi uma mensagem do Chris.
“Cris: Boa sorte na prova de amanhã, você vai se sair bem.          Beijos, boa noite”
Respondi apenas com um emogi de coração. Depois disso, apenas me deitei e dormi.


Notas Finais


O capítulo foi maior pra compensar a demora ;)
Espero que gostem
Se gostarem comentem e favoritem <3
(REPOSTANDO O CAPÍTULO POIS O OUTRO TINHA DADO PROBLEMA)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...