História I'm Angel of death - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags Romance
Visualizações 10
Palavras 2.770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sorry pela demora 😶

Capítulo 6 - An almost real drean!


Fanfic / Fanfiction I'm Angel of death - Capítulo 6 - An almost real drean!

An almost real drean..

Depois de ler a mensagem do castiel nao consegui dormir, porque ele se importa tanto comigo ninguém tirando Simon e a Scarlett se importa desta certa forma comigo estranho...

Começei a cantarolar uma música que veio na minha cabeça

Panic Room

Hell rising

( Inferno se erguendo)

Hair creeping

( Cabelo se arrepiado)

I'm ready for the worst

(Estou pronta para o pior)

So scary

(Tão assustador)

Pale face

( Pele pálida)...

Parei de cantar quando ouvi um barulho de vidro se quebrando

Calsei meus chinelos as pressas e sai pela porta do meu quarto e quando cheguei no corredor corri para as escadas e praticamente pulei pelos degraus quando chego na sala me deparo com Amélia tentando acertar o Simon com copos vasos etc...

Simon_ chega eu nao vou gritar com você a tarde da noite só sabia que está des-si-di-do elas vão morar comigo é ponto.

Amélia_ Simon são minhas filhas seu diota

Simon_ más você nao as trata como se fosse suas filhas

Amélia _ filho da .....

Antes dela terminar sua frase eu a interrompi

_voces ainda estão brigando?

Amélia_ cala a merda dessa sua boca

Simon_ Amélia com que direito vc fala isso, você que deveria se calar. Simon disse começando a se irritar

Amélia_ e tudo culpa SUA Poppy, se você morrer seria melhor

Simon_ Quem deve morrer e você , olha oque você tá fazendo arruinado o futuro da suas filhas e o resto da sua miserável vida , oque minhas irmãs te fizeram para você ser assim . Elas vão morar comigo eu VOU tomar a guarda delas de você eu vou ah se vou.

Amélia_ NAO VAI SEU IMBECIL

Eu tampei os ouvidos e subi as escadas correndo entrei no meu quarto e deitei sobre minha cama.

[•••]

2:00 AM

A chuva começou a cair me fazendo ter mais dificuldade para dormir os barulho dos trovões ecoavam por todo quarto, eu me revirava na cama mas nao conseguia dormir então cansei meus pes descalços e caminhei até a janela e a fechei começo a observar a chuva caindo . Depois de um tempo meus olhos se pesam, vou em direção da minha cama lentamente e me deito, cubro meu corpo com o tecido grosso e quente e fecho os olhos

6:00 AM

Acordo com o despertador tocando o desligo e me levanto a porta do meu quarto se abre vejo Scarlett entrando ainda com seu pijama azul com bolinhas brancas e seus curtos cabelos prendido em um coque mal feito no topo da sua cabeça

Scarlett_ Bom dia

_ bom dia oque e isso ( digo curiosa au ver umas sacolas em suas mãos)

Scarlett_ ah já ia me esquecendo logo depois que você ligou para o Simon ele veio para cidade e estava na casa de um amigo e então ele me chamou para comprarmos algumas roupas descentes pois o frio esta chegando então eu escolhi suas roupas,e eu acho melhor você escolher alguma dessas roupas para você ir a escola hoje ok?

_ok valeu

Scarlett_ por nada. Quando ela saiu separei uma toalha e fui tomar meu banho. Entro no banheiro retiro minha roupa e entro no box abro o registro, a água começa a passear pelo meu corpo me fazendo dar um gêmido de dor quando a mesma. se encontra com meus novos machucados, UAU! a água tá quente nao creio e pelo visto o Simon por perto vai fazer aquela mulher entrar nos trilhos.

Termino meu banho me enrolo na toalha e e volto para o meu quarto e fecho a porta sento na cama e abro uma das sacolas e coloco a roupa sobre a cama e faço isso com as outras 3 que estavam ali, no fim escolhi uma calça jeans clara uma blusa branca e por cima uma espécie de casaco de frio branca um cachecol branco uma bota que ia até meus joelhos  que ganhei tambem é por cima de meus cabelos soltos e secos uma touca daquelas que ficavam caidinha branca me olhei no espelho e... nada mão

Scarlett_ nossa ficou gata

_ aí que susto garota

Scarlett_ cadê o : obrigada irmãzinha pelo elogio você também está linda

_ obrigada pela elogio Scarlett você está linda . Disse rindo ela trajava uma calça jeans clara  uma blusa de mangas compridas de lã e um tênis baixo branco,seus cabelos estavam preso em um coque

Scarlett_ só falta uma coisa. Disse levanto um batom e um sorriso sapeca forma em seu rosto

_ Ah nao nem pensar maquiar nao

Scarlett_ vai por favor eu nao exagero . Fez cara de cachorro pidal

_ tá bom (sentei na minha cama ela vem ate mim) ela pinta meus lábios com um batom vermelho e depois deixa minhas bochechas rosadas

Scarlett_ pronto está linda

Me olho no espelho e gosto de como estou

_ obrigada mas agora vamos estamos atrasadas

Nos déssemos e me deparei com Simon com um sorriso no rosto

Simon_ bom dia

_ oque faz aqui?

Simon_ vou levá-las para a escola hoje ok?

Scarlett_ Ok obrigada então vamos. Saímos de casa e entramos no carro do Simon no caminho da escola íamos conversando e rindo isso era tudo muito novo para mim

Simon_ poppy eu vou a levar no médico amanhã tudo bem?

_ pra que?

Simon _*suspiro* você sabe a mãe quer dizer Amélia te batia e vai que você tem alguma emorraguia sei lá

_ Simon eu tô bem tá?

Simon_ você nao está é mesmo se nao estiver sentindo nada eu quero ver se por dentro você tá bem eu me preocupo ( ele corou)

Scarlett_ ooow que fofo

Simon _ cala a boca

Começo a rir que nem uma louca

Assim que chegamos na escola nos três descemos do carro

Simon _ boa aula meninas . Ele deu um beijo na testa de ambas e foi embora , entramos na escola eu fui para minha sala e Scarlett para a dela ao entrar na sala Alexy é rosalya estavam conversando animadamente

_ oi gente

Rosa_ Oiii

Alexy_ oiii que look e esse. Disse levantando e me gira

Rosa_ esse look e lindo eu A-DO-REI

_ seus loucos fanáticos em roupas

Alexy _ Noss maguo . Ele fez carinha triste e eu e a rosa rimos

Rosa_ sou fanática em roupas com muito orgulho meu bem

_ ok rainha das lojas de roupas

Rosa_ Mas de quem você ganhou esse look bafo?

Alexy_ e esse sorriso no rosto aí você tá muito animada oque você fez com o a poppy?

_ é essa make básica mais continua sendo uma make quem fez?

Eles fizeram tanta pergunta é nem me deram tempo de falar alguma coisa

_ calma gente a roupa meu irmão junto a minha irmã compraram a make minha irmã insisto para fazer e o sorriso Alexy e porque vocês são engraçado pronto chega de perguntas

Rosa _ ata mas é...

Castiel_ o- oi poppy podíamos conversar um pouco

_ e claro,gente já volto

Eu e castiel caminhamos em silêncio até o jardim

Castiel_ você tá bem digo bem mesmo

Disse acariciando minhas bochechas

_ Castiel eu estou bem o meu irmão me defendeu como meu pai fazia deixando aquela mulher encurralada eu nao vou precisar mais olhar na cara dela eu tô feliz você o Simon e a Scarlett estão me apoiando e agora eu posso ser eu mesma.... Castiel obrigada.

Ele apenas me abraçou um abraço caloroso e reconfortante nos soltamos e ele me encarou

Castiel_ vamos entrar logo pois agora teremos aula da nossa bela professora de ciências (disse sarcástico)

_ nossa meu dia tinha começado tão bem

_ kkkk vamos garotinha

Caminhamos até os corredores e adentrarmos a sala sentamos em nossos lugares esperando a "bruxa "chegar

A professora falava algumas coisas e explicava mas eu estava observando a chuva cair novamente o sinal soou indicado que agora seria o intervalo pois tivemos 3 horários de ciências, a professora teria hoje dois horários como de costume mas o professor faraise nao compareceu ela o substituio ou seja quase três horas com a bruxa

Eu rosa ,Alexy , e castiel vamos passar o intervalo junto caminhamos ate o refeitório e nos sentamos em uma mesa no fundo castiel ainda nao avia chegado então fomos pegar nossos lanches

Alexy_ e então poppy oque o boy estava querendo falar com você?

_ Boy coisa nenhuma e eram coisas pessoais

Rosa e Alexy _ Hum coisas pessoais

Revirei os olhos

_ afff

Olhei em direção a porta e vi Castiel caminhar em nossa direção acompanhado por um garoto alto com os cabelos platinados e suas pontas esverdeadas suas vestias eram num estilo peculiar ele usava um calça preta com botões brancos e um casaco nos tons de verde e azul com vários botões na sua lateral um sapato um tanto que formal seus olhos eram bicolores um de seus olhos era âmbar uma cor amarelada e o outro possuía a cor azul clara , ele avia mesmo uma beleza facinante fui despertada dos meus pensamentos por os gritos eufóricos da rosa

Rosa_ LYS-FOFO

??_ oi rosa

Castiel e o rapaz sentaram em nossa mesa

Castiel_ Poppy esse é o meu amigo Lysandre

_ ola Lysandre

Lysandre_ Olá prazer em conhecê-la? ...

_ poppy

Lysandre_ poppy ( ele pegou em minha mão gentilmente e a beijou e castiel revirou os olhos)

Castiel_ Pó lysandre você parece uma garota

_ ele só está sendo Gentil você deveria aprender mais com seu amigo

Disse e Alexy e Rosa caíram na gargalhada

Enquanto conversávamos eu me curvei para tras e vi Ambre e suas "amigas "cochichando e rindo olhando para mim, oque será que essa garota tá aprontando?

Rosa_ Poppy você me ouviu

_ perdão rosa poderia repetir

Rosa_ Que tal irmos no shopping no final de semana?

_ O-ok eu vou ver se posso

O sinal bateu e fomos para a quadra pois seria aula de educação física eu e a Rosa entrámos no vestuário feminino para nós trocarmos e eu continuava com aquele uniforme apertado, quando nos saímos do vestuário vários meninos mais velhos estavam lá caminhei ate o professor para lhe fazer uma pergunta

_ professor a aula vai ser com a turma do terceiro ano?

Boris_ sim agora vai se alongar pois a aula vai ser puxada

Rosa_ Poppy você nao tem ideia como esses meninos mais velhos sao chatos

_imagino

Caminhamos ate o meio da quadra quando ouvimos o apito do professor Boris

Boris_ Gente hoje a aula vai ser diferente as meninas vão começar jogando Vôlei e depois os meninos vao jogar basquete

Uma garota que se nao me engano se chama Kim retrucou

Kim_ mas professor nos sempre votamos e escolher se jogamos futebol vôlei ou basquete por que hoje esta sendo diferente? Perguntou sem ânimo

Boris_ Porque uma de suas colegas reclamou com a direção que as escolhas feitas por vocês estavam sendo os esportes mas brutos e que nao estavam a deixando a vontade nao e mesmo senhorita Ambre.

Disse olhando com raiva para a Ambre que tinha um sorriso cínico no rosto

Ambre_ Sim vocês só sabem jogar futebol e basquete isso é coisa de menino eu odeio esporte então tive que escolher vôlei, e melhor que parece um menino suado jogando futebol

Kim_ nós nao temos culpa se você nao aguenta nada guria

Ambre_ e eu nao tenho culpa se você é a "Kim sapata .Jogou essa com seu tom debochado e suas amiguinhas começaram a rir

Boris_ calma meninas só essa aula sera assim a próxima voltaremos a nossa rotina, agora vão para os seus lugares

No meio do jogo a Ambre começou a nos empurrar

Rosa_ Ambre você e seu time estao roubando nos empurrando

Ambre_ Ah cala a boca

A Rosa ia pular no pescoço dela se o professor nao estivese chegado para dar uma bronca na Ambre

Boris_ Ambre por favor concentre-se no jogo , meninas continuem

Ambre soltou um pequeno grunhido irritado e voltamos a jogar.

O jogo acabou e eu fui para o vestuário para me trocar e tomar um banho

Rosa_ Poppy você quer que eu te espere?

_ Nao precisa te encontro na sala

Logo em seguida a rosa saiu e eu fui para o chuveiro . Terminei o meu banho rápido e me enxuguei e pos minhas roupas quando estava indo para a quadra Ambre Charlotte e li estavam com bolas de basquete em suas mãos

Ambre_ cadê suas amiguinhas para te defender agoro pop

Disse debochada

_ oque você quer Ambre

Ambre_ te dar uma lição para você nunca mais entrar no meu caminho,

Ela fez um sinal para Charlotte e ela levanta sua a sua mão esquerda onde estava a bola li e Ambre fizeram as mesmas coisas quando elas iam me acerta fecho os olhos, sinto dois braços me envolver e me puxando para longe abri meus olhos e vi castiel me segurando, fúria era oque seus olhos representavam ele respirou fundo antes de começar a falar

Castiel_ Ambre vai ser a última vez que lhe peço para nao encomodar a Poppy entendeu

Ambre_ mais castizinho...

Castiel soltou um longo suspiro antes de interromper a Ambre

Castiel_ nao me chama assim garota aproveita que estou com paciência hoje,agora vaza

Ambre_ MAS ISSO NAO E JUSTO EU DEVERIA FICAR COM VOCÊ ESSSA VADIA CHEGOU DEPOIS E ACHA QUE ESTA PODENDO COM ESSE JEITO ESQUISITO

Gritou como uma criança mimada

Castiel_ AMBRE CHEGA SAI DAQUI AGORA ANTES QUE EU PERCA A CABEÇA

Ambre_ Grrrr

Ela bateu o pe e saiu com o rosto vermelho de raiva

_ O-obrigada

Castiel_ Não deixe ela pensar que tem poder sobre você , agora vamos se não conseguiremos entrar na sala Ele me puxou pelo braço ate a sala entramos na sala E assistimos as aulas finais.

A aula avia acabado de acabar eu Rosa e Alexy caminhavamos até o pátio eu permaneçia calada enquanto prestava atenção e achava engraçado o jeito que os dois conversam entusiasmados enquanto Alexy dava alguns pulinho e Rosa batia Palmas e o assunto obviamente era roupas, quando chegamos no pátio um arrepio correu pela minha espinha minha mãe estava no meio do pátio com os braços cruzados com sua tipica cara de desprezo parece que no frio ela usava roupas que nao tivesse decotes ou curtas ou seja usava roupas descentes ela usava uma calça jeans simples e uma fina blusa de frio verde, assim que me viu sua expressão mudou uma cara raivosa ela começou a caminhar na minha direção o meu coração desparou senti como se o oxigênio avia fugido de meus pulmões

Rosa_ Amiga você ta bem está pálida . Disse colocando a mão em minha testa

_S-sim vamos embora

Quando íamos sair Amélia me puxa com tudo para si cravando suas longas unhas em meu pulso

_ oque você ta fazendo aqui?

Amélia_ oque eu to fazendo aqui? Eu vim conversar com você poppy

_ podíamos conversar em casa

Amélia_ não.... Eu nao poderia esperar garota eu estou com vontade de mandar você para o fin do mundo o Simon vão levar você é a Charlotte embora mas você vai dizer para o mesmo que não quer

_ por que eu diria isso?

Amélia_ você apenas vai fazer oque eu mandar ou...

A interompi

_ ou oque vai me bater estou acostumada voce um monstro sabia? Você nao gosta da gente é quer que continuamos morando com você que espécie de pessoa você é

Amélia_ CALA A BOCA SUA INULTIO. Gritou nervosa e lançou um tapa em minha face minhas lágrimas começaram a descer sai correndo pude ouvir os risos , quando alcançei a rua parei de correr e só caminhei lentamente.

Eu vagava pelas ruas sem nem saber por onde andava eu estava ensopada pois a chuva caia forte sobre a cidade eu me sentei num passeio qualquer e soltei um suspiro porque? Porque ela quer que nós continuemos morando com ela eu queria tanto ir morar com meu irmão seria tudo melhor uma casa desente, roupas descentes é um irmão excelente seris uma vida melhor para ambas Scarlett e eu. Fui dispertada dos meus pensamentos quando ouso uma buzina de moto me levanto assustada olho para a pessoa que tirou o capacete e se levantou da moto

Castiel_ Poppy oque você tá fazendo aqui você está toda molhada eu vi sua mãe na escola e achei estranho

_ ela não e minha mãe aquela mulher cruel fria idiota não é minha mãe. Minhas lágrimas ainda encistiam em cair

Castiel_ Ei calma você tem que ser forte

_ Eu tô tentando mas é difícil ser forte o tempo todo. Minha voz saiu em um sussurro

Castiel_ sobe. Disse fazendo um breve carinho no meu rosto eu subi meio que reluntente

_ me leva para casa por favor

Castiel_ tem certeza?

_ tenho

Eu subi na sua moto logo depois dele e encostei minha Cabeça na suas costas e fecho os olhos envolvo meus braços em volta da sua cintura e ele começou a pilotar a moto até minha casa

Pensei que meus sonhos se realizaria


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...