História I'M (br)OK(en) - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias IKON
Personagens B.I, Bobby, Chanwoo, Donghyuk, Jinhwan, Junhoe, Personagens Originais, Yunhyeong
Tags Bobby, Bullying, Chan, Chanwoo, Donghyuk, Hanbin, Ikon, Jay, Jinhwan, Jiwon, June, Junhoe, Song, Yunhyeong
Visualizações 20
Palavras 695
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - Twenty Six


Fanfic / Fanfiction I'M (br)OK(en) - Capítulo 27 - Twenty Six

P.O.V Junhoe


Ouço atentamente explicação de Yoonmi e Jinhwan enquanto seguro a mão dela fortemente, ficando óbvio o meu medo de perdê-la novamente.


— Então tudo foi uma vingança? — pergunto


— Sim. — os dois respondem


– Então… — tento falar mas sou interrompido por Yoonmi


— Então, June, como eu "morri", preciso ir morar em outro lugar, mudar de nome, telefone e tudo mais. — ela diz


— Se mudar? — pergunto assustado — Você vai embora? Não, M.I…


— Eu quero que você me prometa que vai ajudar toda e qualquer pessoa que passar pelo mesmo que Jay e eu passamos. — ela pede


— Mas M.I, você precisa ficar, vamos construir nossa família, lembra?


— Eu preciso ir, June. — ela segura minhas mãos — Mas eu vou voltar, e se você ainda quiser, vamos construir a nossa família.


— M.I… — começo a chorar — Por favor…


— Até mais, June. — ela solta minhas mãos e vai embora junto com Jinhwan


Eu continuei chorando, apenas observando eles se afastarem mais e mais da minha casa. Eu perdi o amor da minha vida… E é tudo culpa minha.


{…}


Ouço baterem na porta e corro para a abrí-la na esperança de ser Yoonmi, voltando para mim... Mas era a polícia.


— Koo Junhoe? — ele pergunta me mostrando o distintivo


— Sim, sou eu.


— Você e seus amigos estão presos, acusados de praticar bullying contra Park Yoonmi e induzí-la a cometer suicídio. — ele diz


— Mas, eu… — tento falar mas ele prende minhas mãos com a algema e me leva para dentro do carro


Chegamos até a delegacia, logo depois de Song, B.I e DK.


— Vamos interrogá-los separadamente, Koo Junhoe venha primeiro. — um homem diz me puxando para dentro de uma sala


— Diga tudo o que sabe sobre o suicídio de Park Yoonmi. — o homem diz se sentando à minha frente — Quero que diga toda a verdade, pois tenho filmagens de lugares que você ao menos imagina que foi filmado.


— É tudo culpa minha... — falo — Eu nunca quis magoá-la, na verdade nunca quis magoar ninguém, mas os outros três garotos lá fora, me tirariam do grupo se eu não fizesse. Sei que pode parecer besteira mas, eu... batalhei muito para entrar nesse grupo… Eu acabei me apaixonando pela Park Yoonmi, mas a deixei morrer mesmo assim… É tudo culpa minha…


— Não é o que dizem as filmagens, Junhoe. — ele fala


— O quê? — pergunto sem entender


— Veja com seus próprios olhos. — ele liga a tv e os vídeos começam a passar


Estava tudo na tv, tudo gravado, cada pedacinho de quando eu ajudei a Yoonmi, estava lá.


— O dia em que impediu sua irmã de continuar batendo na Yoonmi, dentro da escola, está gravado. O dia em que chamou o diretor para o terraço da escola, está gravado. O dia em que a espancaram perto do restaurante, e você a ajudou, está gravado. O dia que tentaram afogá-la na piscina, você alertou seu pai, que alertou a polícia e no fim, a salvou de um afogamento, está gravado. — ele fala enquanto lágrimas continuam a descer pelo meu rosto — O dia em que a trancaram num depósito, você foi até lá, mesmo machucado e a levou para o hospital, está gravado. E no dia em que ela não aguentou mais, você estava lá, implorou para ela não o fazer… Está gravado, Junhoe, está tudo gravado, por isso, você está livre.


— Livre? — pergunto


— Apenas seus amigos ficarão aqui, um por alguns meses, outro por alguns anos e o outros por muitos anos.


— Eu…


— Está tudo bem, você foi forte, Junhoe. Park Yoonmi estaria orgulhosa de você. — ele toca no meu ombro e tira minha algema — Pode ir.


Eu saio sem dizer mais nada e olho para Song que gritava e se debatia para não o colocarem dentro da prisão. Enquanto DK e B.I estavam calmos e aceitaram tudo sem reclamar, eles sorriram para mim, DK sussurou "Você fez bem, June." e B.I sussurou um "Bom trabalho." Eu apenas sorri de volta e então saí.


Estava livre do Song, de toda aquela pressão, de tudo o que me fazia mal. Mas infelizmente, Yoonmi não estava aqui para ver tudo isso.


Notas Finais


Desculpem a demora, o app em que guardo os capítulos está com problema. Sorry ;-;

Estou com tanta pena de terminar I'M (br)OK(en), vocês não tem ideia...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...