História I'm Crazy? (JHope Hoseok) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Visualizações 25
Palavras 572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá voltei :) Bom diaaa😍

Capítulo 8 - Início parte 5


Fanfic / Fanfiction I'm Crazy? (JHope Hoseok) - Capítulo 8 - Início parte 5

ANTES: "(Seokjin) —Acho que ela esta hipnotizada kkk Sou tão belo assim (s/n)? 

(S/n) —Hã? Que? Eu? É..ee não! -Não acredito que gaguejei.- —É que eu só não queria estar aqui só isso.

(Seokjin) —Não se preocupe eu estou aqui só para te ajudar digamos que serei seu conselheiro ok? 

(S/n) —Okay!"

 

Já se passaram vários meses desde a primeira consulta de (s/n) e Seokjin, nos primeiros meses o estado de (s/n) só pioravam... Ela via, ouvia e sentia coisas que não existiam ao menos para as outras pessoas mas para ela era totalmente real, e isso começou a atormenta-la ela estava horrível chegou a parar em uma clinica para se recuperar, um hospício melhor falando, porém conforme o tempo foi passando e as consultas que ela foi tendo com seu psicólogo e depois dos remédios que tomava ela foi melhorando até que os surtos que tinha pararam de vez...

*Um dia atras*

Já era manhã (s/n) acabará de acordar e não acreditava no que estava vendo....

Lá estava ele em sua frente com aqueles cabelos escuros, cabelos tão negros quanto carvão que com a iluminação que vinha da janela de seu quarto formava a cena mais calma e tranquila misturada com agitação e desespero que ela poderia sentir naquele momento, tudo foi real o bastante para que ela pudesse sentir o teu toque, o teu cheiro e não foi um sonho como os outro.

(s/n) —O que? não é possível! -Digo com o rosto molhado pelas lágrimas- Você está mesmo aqui?

(??) —Sim pequena sou eu! -Ele disse se aproximando de mim e me abraçando-

(s/n) —Hobi como senti sua falta. -Eu chorava como uma criança-

(Hoseok) —Eu também sinto sua falta (s/n).

Então Hoseok começou a desaparecer entre os braços de (s/n). Em desespero e suplica ela começa a  gritar e pedir para que ele ficasse porém não adiantava, ela poderia implorar o quanto quisesse que ele não iria voltar.                                                                                  Suas suplicas foram interrompidas pelo estrondo que a porta de seu quarto fez ao ser quebra por seus pais na tentativa de abri-la porém seu choro continuava.

(s/p) —O que está havendo (s/n)? -Ele disse já preocupado-

(s/n) —Ele foi embora, ele sumiu de novo! -Dizia entre os soluços-

(s/m) —Ele quem? Alguém esteve aqui (s/n)? Quem estava aqui? -Ela disse já desesperada-

(s/n) —Ele mãe! O Hoseok estava aqui, eu o vi na minha frente!

(s/p) —Isso de novo não minha filha.

(s/m) —Calma foi só mais um sonho.

(s/n) —Não eu tenho certeza foi real! -Disse gritando-

(s/p) —Não grite assim. Sua mãe esta certa foi só outro sonho que você teve, nada de mais, nada de real. Apenas um sonho a droga de um sonho que está acabando com você!

(s/n) —Para com isso. eu sei que foi real e nada do que disserem vai me convencer ao contrário!

(s/p) —Pare você, se não terá que ir para o hospício outra vez e eu não quero que isso aconteça.

            Nesse momento (s/n) ficou tão desesperada e desnorteada que começou a gritar e quebrar tudo o que via em sua frente dizendo que não voltaria àquele lugar nem que a matassem, mas ela estava errada, nada acalmava a garota, ela destruiu tudo bastante coisas de seu quarto até que seu psicólogo e psiquiatra chegaram depois de sua mãe ter ligado para eles, como a garota não se acalmava eles a sedaram. A garota se acalmou e logo apagou...


Notas Finais


Gente se estiverem gostando comentem para eu saber! bjus Xau 💖👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...