1. Spirit Fanfics >
  2. I'm Dirty - Columbine >
  3. Amigos

História I'm Dirty - Columbine - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Amigos


Fanfic / Fanfiction I'm Dirty - Columbine - Capítulo 3 - Amigos

Columbine High School

Agosto de 1998

O céu ardia pelo sol que estava exposto.

Pequenas partes das paredes da escola eram iluminadas pelo sol que se manifestou naquela manhã gelada passando pelas frestas de portas e janelas do local. Mesmo estando com um intenso sol lá fora, sentia-se o ar gélido querer dominar o seu corpo de aparência frágil.

Os alunos de Columbine estavam agitados como se estivessem apressados para que algo ocorresse logo.

- Charlie disse que vai adiar a festa dele para sábado, já que os pais dele irão viajar. - comentou um garoto

O motivo pelos jovens estarem agitados é por causa de uma festa. Que porcaria.

- Logo sábado chega, quando vermos já é sábado. Estou animada para causar nessa festa. - retrucou uma garota alegre pegando algo em seu armário

Os corredores ficaram vazios, e Jazmin apareceu perdida novamente por eles. Sua aula agora seria educação física, e só Satan sabe o quanto a jovem odeia educação física. A preguiça de tirar os piercings por obrigação, e ter que suar o tempo todo a deixava cansada só de pensar.

Jazmin decidiu faltar a essa aula, e ficar no banheiro por todo o tempo lendo um livro ou só escutando música.

- Que se foda. Eu não vou me trancar aqui dentro. - disse a si mesma

A escola estava silenciosa. Jazmin saiu de dentro do local e se dirigiu ao pátio para fumar cigarro.

Os pássaros voam e o sol estava partindo.

Não havia nuvens no céu e apenas o silêncio tomava o lugar.

- Eu falei que nos veríamos de novo. - disse sorrindo uma garota loira. Aquela garota loira que estava com as bochechas coradas, mas que agora dava a se ver que as bochechas dela são rosas mesmo.

- Sim, você falou. - riu Jazmin sem jeito olhando o chão

- Qual é? Está cabulando aula? - perguntou a jovem sentando encima de um muro frente a Jazmin. - Sim, não curto educação física. O papo de tirar os piercings me deixa comovida - disse tragando o cigarro

Era quase hora do almoço, e as garotas estavam sentadas em dupla na aula de alemão olhando fixamente para a torre de lápis que fizeram.

- Sabe, seu sotaque americano até que é normal, e pelo o que sei você é alemã, certo? - perguntou a loira sem tirar os olhos da torre.

- Sim, sou alemã, treinei bastante meu inglês para vir para cá, eu sei falar em russo também então, às vezes, puxo o sotaque russo nas palavras, mas estou trabalhando nisso. Acho que o pessoal daqui não é muito tolerável. - respondeu Jazmin consciente dos problemáticos americanos do ensino médio.

- Você aprendeu dois idiomas e seu jeito de falar não é estranho como o da professora. - Falou Robyn fazendo com que Jazmin não consiga segurar o riso

O dia estava bonito lá fora, e Jazmin estava aliviada por perceber que não houve nenhum problema, até agora. Ela se sentira bem nesse colégio novo.

†††

Já era hora do almoço, e Jazmin foi com sua colega até a área de alimentação. Compraram refrigerante e algum salgado que pudessem dividir.

O refeitório estava lotado de alunos barulhentos. Era normal e estressante.

- Vou te apresentar aos meus amigos, eles vão curtir você, não se desespere - riu Robyn como se estivesse lendo a expressão fácil de Jazmin.

Andaram rapidamente passando por algumas mesas cheias de pessoas intoleráveis até algumas toleráveis.

- Oi, essa é a russa nazista que eu comentei. - disse Robyn com a expressão séria. - Seria melhor alemã comunista, Robyn. - retrucou Jazmin fazendo a loira rir. - Mas isso não faz sentindo, garota.

- Russa nazista, faz? Nada faz sentido, Robyn. - a loira olhou Jazmin e riu. - realmente, nada faz sentido aqui.

Havia três garotos na mesa a frente de Jazmin e Robyn, olhando as mesmas com expressões inexplicáveis. - vocês estão bem? Robyn, por favor não diga que você realmente colocou seu plano em prática de drogar algum novato para ele ser seu amigo - disse um deles rindo enquanto se levanta da cadeira e segurava os ombros da loira. - Cala a boca, Brooks, eu não faria isso com ela. - riu Robyn

A expressão de Jazmin estava seria olhando para o fundo do refeitório, perdida.

- Ei? Dmitriev, você está bem? - perguntou a loira tirando a garota dos pensamentos. - Sim, me desculpa eu sou estava pensando em irrelevâncias. - pare de usar palavras difíceis, isso faz eu me sentir inferior. - comentou o garoto Brooks

Brooks tinha cabelos escuros e ondulados, dependendo da luz seus olhos ficavam escuros e às vezes claros.

Os garotos que estara com ele tinham cabelos claros, um tinha o cabelo curto, mas não tão curto, e eram loiros, seu maxilar era comprido e o garoto era branco como a neve. O outro garoto tinha o cabelo castanho claro e olhos verdes, sua pele branca parecia morta.

Os americanos possuem essa aparência estranha de parecerem mortos, mas os russos parecem mais ainda.

- Talvez você seja inferior - retrucou um deles. - Ah, Eric, que se dane você com esse papo de superioridade - falou Brooks com a expressão séria. - Bem, já que Eric alegra nosso dia, vou apresentar meus amigos. Esse é Dylan Klebold, Eric Harris e Brooks Brown. - Falou Robyn sorrindo forçadamente.

Jazmin sorria de canto para os meninos sem dizer uma palavra, e se senta na mesa com o grupo.

Tudo estava ocorrendo bem, até que alguém impede de que seu dia continue bom.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...