1. Spirit Fanfics >
  2. I'm looking at your eyes. >
  3. Does not heal with pills.

História I'm looking at your eyes. - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


(musicas do capítulo: raising hell da kesha , tá na playlist oficial da fic).

boa leitura pra vocês, cambada!!!
:)

Capítulo 6 - Does not heal with pills.


Fanfic / Fanfiction I'm looking at your eyes. - Capítulo 6 - Does not heal with pills.

22 de julho de 1987, 13:05

malibu, los Angeles

 

Acordei com minha cabeça latejando sem parar, perfeito: ressaca.

-parabéns cherlotte! primeiro dia em LA já enche a cara, que entrada triunfal- falei baixo comigo mesma, não queria chamara atenção no...-pera.

eu não sabia ande eu estava.

olhei ao redor e vi que estava num sofá luxuoso no canto de um quarto enorme com varias pessoas dormindo em lugares aleatórios, no chão, na cama, e até nas cadeiras.

eu ri baixo com aquilo.

me levantei calmamente sem atropelar ninguém, percebi que estava só com o vestido e descalça com a minha bolça, que subitamente apareceu comigo no sofá. abri ela e vi um pequena caderneta, era minha agenda de telefones vou ligar pra amy. só precisava acha um telefone.

sai do quarto é vi que estava no segundo andar, comecei a descer a escadas.

-você acordou. 

olhei pra traz , era ele, dessa vez ele tinha prendido seu cabelo num coque, estava sem camisa e com uma calça jeans preta com unas correntes, como uma que se não me engano era uma jack daniel's.

-pois é, a ressaca é terrivel-ele confirmou rindo-que horas são?

falei me aproximando

-da ultima vez que vi, era uma hora da tarde- falou se aproximando também- e.. qual o seu nome? o axl só te chama de garota te..

-cherlotte, meu nome é cherlotte-esse duff me paga, e axl consequentemente-e você conhece o axl?

-axl? se eu conheço, aquela ruiva me persegue-falou rindo, e merda, o sorriso dele era perfeito- trabalho com ele, morena

-primeiro, você trabalha com ele? e segundo, me chamou de morena?

ele riu.

-sou o guitarrista solo dos guns-ele respondeu, e depois se agachou e me olhou nos olhos, o que me deu um arrepio da cabeças aos pés- se você não gosta, eu não chamo. 

o encarei por um minuto, e acabei com o silencio.

-então você e o tal de slash?

-eu mesmo

-foi bom te conhecer.. e que agora eu tenho que ir.. achar as minha coisas

-uma pena moren..cherlotte, te vejo depois

-pode me chamar de cher- ri da confusão do 'moreno'-até slash

 

 

Fiquei perambulando a casa caçando meu blazer e minha bota, achei depois de alguns minutos, foi ao banheiro colocar minha cara no lugar, entrei é vi uma garota vomitando com uma amiga socorrendo ela, que nos primeiros minutos elas não me perceberam.

-cherlotte, amiga?

ah não.

-ce ta aqui ainda mana-eu num tava acreditando-virou enfermeira foi

-ah não maluca, essa é a iggy, iggy jones- apontou pra garota agachada vomitando

-oi ch...- ela não conseguia terminar tinha voltado vomitar, fiz cara de nojo

-oi

-ela tem um voz perfeita, e o irmão dela toca contra baixo e ela disse que topa ser da banda- mad falou, dando alguns saltinhos

-serio? meu deus que perfeito!

-pqp é festa no banheiro- uma mulher de cabelos pretos e lábios vermelhos entrou no banheiro

-e a noiva do axl, erin- mad sussurrou no meu ouvido, olhem bem pra ela não parecia ser uma mulher confiável

-o axl que você deu um amasso ontem?-não medi o peso de minhas palavras, o devo dizer, o tom de minhas palavras, erin ouviu e partiu pra cima da mad, iggy que parou imediatamente ao ouvir os tapas e xingamento da erin contra a mad.-merda- eu e iggy dissemos em uníssono segurei a madison pela barriga e a levei para fora do banheiro, enquanto a iggy segurava a tal da erin

-droga cher, droga...-mad murmurou enquanto trazia de volta o folego

-consegui acalma ela-iggy disse saindo do banheiro

-você disse oque?-mad perguntou ajeitando o vestido

-que a cherlotte estava zoando com a mad, aquela vadia tinha que aparecer! nem deu tempo de nos conhecermos melhor cher

-temos tanta intimidade assim?-falei fazendo um careta

-ah desculpe-a loira falou envergonhada

-eu tava brincando-gargalhei- pode me chamar de cher

nos rimos juntas

-podemos sair agora-sugeriu iggy-agora não vai rol..-foi interrompida por duff com só o rosto na porta, e quando me viu saiu correndo, ele não iria me escapar, sai correndo atrás dele, déssemos as escada loucamente, as pessoas olhavam sem entender, uma delas era o steven, e logo depois o izzy, não tive tempo de dizer um "oi" , duff pensava que iria me escapar, ele estava encurralado, logo após a porta estava a piscina ele não tinha escolha, era se render ou pular na..o desgraçado não podia fazer isso, eu estava chegando atrás, mas estava rápido demais, e cai na piscina junto ao garoto punk, ele me segurava na cintura e gargalhava

-não é uma piscina que vai mudar nossa conversa duff-gritava e ria da nossa situação

-a não ?-não, você me deu um droga estranha seu filho da..

- não me venha me xingar, eu ofereci e você aceitou, nada novo não é?- eu já usava drogas antes, e não me orgulhava muito mas era uma realidade minha e da amy, há alguns anos

-não- respondi

-então pronto- sorriu e fez uma cara pouco caso- e além do mas depois daquilo tudo eu pedi pra que slash te levasse pra aquele quarto

-da próxima vez me avisa a merda que acontece- olhei sorrindo pra ele 

-ta bom -eu tenho que ir- disse saindo da piscina

-já?-o loiro perguntou

-"Já?", eu to aqui desde ontem, eu ainda tenho vida-disse rindo

ele riu.

sai da piscina, totalmente encharcada, aonde minha vida iria parar com as merdas do duff?entrei na casa rapidamente para ver que horas eram, e faltavam 10 minutos para as três, como todos da festa estavam lá comecei procurar as meninas tinha que sair dali o mas rápido, tinha ainda muita coisa pra fazer, no canto da escada vi a iggy com um loiro igual a ela supôs que era seu irmão de quem a mad tinha falado, e foi até lá 

-oi-falei-oi cher- ela falou entusiasmada- esse é meu irmão evan

-eai cherlotte- o loiro me olhou com um olhar divertido, talvez estivesse bêbado-eai-respondei sem dar brecha- e verdade que você toca baixo?

-ah sim é verdade-respondeu enquanto passava a mão pelo seu cabelo- eu e iggy sempre gostamos de rock..e aprendemos a tocar instrumentos diferentes, eu mais do que ela porque..ela na verdade canta muito bem então fomos uma banda de dois 

era fofo ver dois irmãos se interessados pelo mesmos caminho, me vi ali ao lado da amy ,eu na guitarra e ela cantado, enfim-serio, que incrível! bem que vocês poderiam entrar na banda que eu to formando-falei procurando o masso de cigarro na bolça e acedendo

-serio?-evan perguntou incrédulo-claro ate porque eu é mad não podemos ter uma banda de duas guitarras eles riram -é verdade- riu iggy

 

 

 

Depois de uns minutos me despedi de axl, steven, izzy 

-o role no raibow ainda ta de pé?-a girafa me olhou e perguntou com cara de cachorro 

-não seja pidão, vou ver se eu tenho espaço na agenda pra você- ele me olhou debochado como se estivesse ofendido e riu depois me dando um selar na testa-claro que vou

olhei pro lado é vi slash como se estivesse esperando um abraço, mas com a cabeça coberta com o cabelo cacheado e um cigarro solto na boca.

-até mais?-ele me perguntou, entrei nos seus braços 

-até mais-sorri, e comecei a andar, foi estrado dizer ate mais, parecia ser que tivesse deixado algo pra trás, entrei no carro, e demos partida.

estávamos com quatro membros na banda, de certa forma era um avanço, um belo avanço. deitei a cabeça no encosto do banco.

-minha cabeça ainda ta doendo, maldita ressaca- resmunguei

-toma unas pílulas quando chegar, melhora bastante- mad me aconselhou

-ressaca não se cura com pílulas madison- evan falou com um sorriso, estava chapado

-ah não-murmurou iggy

olhei sem entender.

-e sim com mais cerveja!-completou

todos gargalharam com seu comentário maluco

 

 

Já estávamos perto de casa, quando a policia nos parou pedindo a documentação do carro, evan deu.

-ok, gostaria de pedir que o senhor se retirasse do carro para o teste do bafómetro, por favor?-o policial pediu

-a claro- evan disse antes de tirar o sinto e olhar desacreditado para nos.

 -ferrou-mad falou baixo

 


Notas Finais


jesus cristo esse episodio me levou tempo espero que vocês gostem, estou aceitando sugestões para os próximos, já da pra sentir o rumo que a cherlotte ta levando as coisas, quero trazer um pensamento diferente sobre essa história, ok? já que vou demorar um pouquinho a mas, por conta da escola tenho que estudar etc, não se esqueçam de votar na serie e comentar ajuda muito a produzir mas, conto com vocês, até mais.

:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...