História I'm Looking Through You - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Beatles
Personagens George Harrison, John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr
Tags Mclennon, Starrison
Visualizações 16
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura !!

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction I'm Looking Through You - Capítulo 1 - Capítulo 1


                            8 de Novembro de 1966


Chovia bastante lá fora, os quatro garotos de Liverpool estavam no estúdio tocando algumas músicas, já fazia um bom tempo que eles decidiram não fazer nenhum show,era difícil se apresentar com a euforia de fãs histéricas. Eles decidiram lançar apenas álbums e dar entrevistas,era algo muito ruim,os quatro adoravam fazer shows,mas era compreensível. Eles decidiram dar uma pausa e ir embora,Paul e John foram os únicos que permaneceram no estúdio. Depois que Brian fechou a porta,John foi até Paul e deu-lhe um beijo apaixonado.

— Enfim, a sós ! — Disse sorrindo. Paul levantou-se e deixou seu baixo no tripé,ele colocou algumas folhas onde rabiscava algumas ideias em cima do piano.

— Sabe John, estava pensando em contar ao George, Ringo e Brian que estávamos juntos já faz alguns anos. O quê você acha ?

— É uma ótima ideia,mas deveríamos pensar nisso com calma.— Disse.

— E por quê ? — Paul perguntou confuso.

— Bom, não quero que seja assim sabe,acho melhor fazermos algum jantar,ou dar uma festa para revelar.— Falou.

— Lembra quando nos conhecemos?

— Como poderia esquecer,você era só um adolescente Paullie.— Disse John rindo.

— Mesmo com tantas brigas,momentos tristes,finalmente estamos juntos.— Falou.

— Não se preocupe Paul,vamos ficar juntos pra sempre .

— Eu te amo muito John,nunca se esqueça disso.— Falou entrelaçando seus dedos com os do ruivo .

— Também te amo muito Paul.

MCcartney se levantou e foi até a janela,ele viu que a chuva já tinha parado,Paul pegou seu casaco.

— Bom,eu já vou! — Falou.

— Por que?

— Daqui a pouco é um longo dia e eu estou com sono, não quer ir comigo?— Perguntou parando na frente do ruivo.

— Não,eu vou tocar mais um pouco,preciso de ideias para um novo álbum.— Disse.

Paul assentiu e se inclinou dando um beijo em John. Ele pegou suas chaves e e saiu do estúdio,seu carro estava parado do outro lado da rua,ali não tinha muito movimento, principalmente pela manhã. Paul entrou no carro e colocou seu sobretudo no banco ao lado,ele deu partida e ligou o rádio. Eram 04:56 da manhã,nesse horário só passavam propagandas. Paul desligou o rádio e parou em uma rua deserta,uma moça estava no acostamento acenando,ele abriu a porta e ela entrou,a mulher estava toda ensopada,Paul pegou seu casaco e colocou em volta dela,que retribuiu sorrindo. MCcartney deu partida,os dois permaneceram em silêncio, não havia muita iluminação na rua.

— Qual é o seu nome? — Perguntou

— Rita.

A Mulher ligou o rádio e mudou de várias estações até deixar em uma música dos Beatles,Paul olhou para ela e depositar a voltou a olhar para a estrada,o sol estava prestes a nascer. A Mulher deu mais uma olhada em Paul e levou um susto,ela não conseguiu acreditar que estava com um Beatle no carro. Rita tirou o cinto e pulou em cima de Paul gritando,o carro perdeu o controle,a mulher se sentou no banco assustada,Paul tentava voltar a direção,mas o carro estava desgovernado,Rita colocou o cinto e começou a gritar novamente,o sinal fechou e um carro entrou a direita,o carro de Paul bateu no outro e capotou três vezes batendo na árvore violentamente.

                           (...)


                            09 de Novembro de 1966

John acordou assustado, Brian o chacoalhava desesperado. Ele sentou-se olhando em volta,George e Ringo estavam em um canto,eles estavam com os olhos vermelhos,parecia que estavam chorando já faz um tempo.

— O que aconteceu?Cadê o Paul? — Perguntou sem entender nada .

— Vá se arrumar John, nós precisamos falar com você.— Disse.

— Brian...cadê o Paul?

— Faça o que eu te pedi !!

John se levantou e foi até os fundos onde tinha um banheiro,ele escovou os dentes e se arrumou rapidamente,ele voltou para a sala e viu Brian falando ao telefone. Quando o vi, Brian desligou o telefone e apontou para o sofá,John caminhou até ele e se sentou,de frente para ele estavam Ringo e George,no outro sofá.

— John,quero que se acalme e escute o que vou te dizer, O Paul sofreu um acidente de carro muito grave...

— O que? Como assim? Como ele está??— Perguntou desesperado.

— Infelizmente,ele não resistiu,Paul morreu no local.— Falou.

— Não, não pode ser . Brian, por favor, diz que isso é mentira . Por favor !!!! — Falou caindo no choro.

—Infelizmente é verdade!! Eu sinto muito John.

— A polícia já está indo para o local.— George falou limpando as lágrimas.

— Vamos pra lá então.

— Não John, não é assim. O IML já tirou o corpo de lá,levaram para o instituto médico legal.

— Então vamos pra lá,por favor Brian,eu quero ir ver ele,por favor .

— Está bem!

                               (...)

Ao Chegarem no IML, Brian pediu que os três ficassem em uma sala reservada esperando por ele . Ele não queria que ninguém soubesse do que houve, era até estranho nenhum jornalista ter visto Paul,muito menos apareceu no local. Já fazia um tempo que Brian tinha saído ninguém voltou para dar alguma notícia,Ringo e George estavam sentados tomando café. John estava em pé fumando seu quinto cigarro tamanho nervosismo, não conseguia acreditar que Paul estava morto,como ele poderia viver sem o amor de sua vida ? Como poderia continuar com a banda sem Paul? A porta se abriu e Brian entrou,ele estava chorando bastante.

— Eu... não quero....que vocês o vejam...daquele jeito.— Disse soluçando.

— Se vocês não querem ir,eu vou.— Falou John.

— Não! De jeito nenhum,vocês não sabem em que condições ele se encontra!!— Falou.

— Não estou te pedindo permissão Brian. —Falou. O Homem assentiu e levou os três,eles pararam em frente de uma enorme porta do necrotério. Brian olhou para os três, George e Ringo deram as mãos,John apagou seu cigarro e deu um passo para trás. Brian abriu a porta e eles entraram,ali estava apenas o legista,e sobre a mesa estava um pano branco,cobrindo o corpo de Paul. Eles se aproximaram,Brian fez um sinal e o legista puxou a coberta delicadamente, George começou a chorar e Ringo cobrou os olhos, Paul estava ali,todo desfigurado,sua cabeça tinha sido decepada,parte do seu crânio estava esmagado,haviam hematomas por todo o corpo,eles ouviram um estrondo ao fundo,os quatro se assustaram quando viram John caído ao chão,ele tinha desmaiado.


Notas Finais


Trailer da fanfic :


https://youtu.be/7TqHAwxduyI


Até o próximo capítulo!!?? 🤩🤗😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...