História I'm not a girl - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Eren Jaeger, Grisha Yeager, Jean Kirschtein, Kenny Ackerman, Kuchel Ackerman, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Personagens Originais
Tags Ereri, Mpreg, Omegaverse, Shingeki No Kyojin, Yaoi
Visualizações 243
Palavras 687
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Uma putiane chamada Mikasa


Fanfic / Fanfiction I'm not a girl - Capítulo 13 - Uma putiane chamada Mikasa

Não tinham muitos clientes no restaurante naquele horário, apenas um senhor bebendo chá e uma mulher com seu filho pequeno, Kuchel estava servindo café para a mulher quando viu a porta do restaurante ser aberta.

Kuchel- Okaerinasa-... Mikasa?

Mikasa, Annie e um outro cara entraram no restaurante.

Mikasa- Irilia está aqui?

Kuchel- N-não, ela ainda não veio comer.

Mikasa- vou esperá-la.

Então os três se sentaram em uma mesa afastada, por que será que Kuchel estava com aquela sensação de "Vai dar merda"?

Uns 5 minutos se passaram, Levi ainda não tinha chegado, Kuchel foi até a mesa de Mikasa com uma garrafa de café.

Kuchel- A-Aceitam?

Mikasa- Não.

Annie- Tô de boa.

Samuel- Não, valeu.

Kuchel- certo...

Mikasa- Você avisou a ela que estamos aqui?

Kuchel- N-Não, ela não levou o celul-

Mikasa ficou de pé e agarrou o braço de Kuchel no alto, fazendo ela largar o café.

Mikasa- Você tá achando que nós temos todo o tempo do mundo?! Arrume um jeito de trazer aquela garota aqui porque temos mais o que fazer!

Kuchel- Mikasa! Que falta de respeito é essa com a sua tia?!

Mikasa então apertou o pulso de Kuchel, a mesma grunhiu ao sentir a força da sobrinha, Annie deu um meio sorriso e Samuel permaneceu sério.

Mikasa- Falta de respeito é você que não sabe controlar sua única filha! Por que ela e o Eren ficaram de papinho ontem a noite toda?!

Kuchel- Mikasa, você tá machucando o meu braço!

Mikasa- RESPONDA A MINHA PERGUNTA!

Levi- NÃO ENCOSTA NA MINHA MÃE!!!

Levi já chegou no restaurante indo até as duas, ele agarrou o braço de Mikasa forçando a mesma a soltar Kuchel, que logo se afastou de Mikasa.

Mikasa não gostou nem um pouco de Levi agarrá-la assim, então ela retirou seu braço da mão dele e, com força, deu um soco no rosto dele que fez um pequeno corte na bochecha.

( Briguinha de puxar cabelo? Meu cú! )

Kuchel- IRILIA!

Levi não ia perder a oportunidade de revidar, justamente nessa hora, a porta do restaurante abriu e Eren entrou com um sorriso, que se desfez ao ver Levi dar um MURRO na cara de Mikasa, mas então viu Samuel se levantar da mesa e agarrar Levi pela camisa e erguer seu punho, mas Eren foi mais rápido e conseguiu separá-los, empurrando Samuel de perto de Levi.

Eren- PAREM! QUE PORRA VOCÊ PENSA QUE TÁ FAZENDO?!

Samuel ainda tentava se soltar de Eren, o único jeito que encontrou foi tentar bater nele também, mas quem disse que Eren desaprendeu os golpes da escola? Ele desviou do soco e chutou Samuel na parede, Annie correu até Mikasa e ficou ao lado da amiga.

Eren- Eu não quero saber quem começou ou o motivo por ter começado, Mikasa! Vai embora daqui! Esse é o local de trabalho da sua tia! Que falta de respeito é essa?!

Mikasa o olhou sem esboçar arrependimento, então ele empinou aquele nariz de Michael Jackson e saiu do restaurante com Annie e Samuel. Eren se virou e viu os clientes com os olhos arregalados.

Eren- Perdoem por isso, eu pago a conta de vocês, não reclamem do atendimento, onegai.

Velho- Reclamar? Eu adorei! Mais chá por favor?

Garçonete- Eh... s-sim senhor.

Mulher- Não precisa pagar, senhor, nós vimos tudo, ninguém aqui teve culpa, aqueles adolescentes que começaram.

Eren- Obrigado por entender.

Kuchel- Irilia, minha filha, você está bem?

Eren olhou para trás e viu Kuchel segurando gentilmente o rosto de "Irilia" para ver a ferida.

Levi- Tô melhor que ela.

Kuchel- Mas o seu rosto está... - Disse com a voz chorosa.

Levi- Mamãe, é só um corte, não vou morrer por causa disso. - Respondeu segurando as mãos dela e dando um beijo nas mesmas.

Kuchel-... Minha garota - Disse secando as poucas lágrimas - É melhor eu limpar a bagunça.

Levi- Eu ajudo você.

Eren- Eu vou ajudar também.

Kuchel- Obrigada vocês dois pelo que fizeram, mas não precisa.

Levi- Mas vou ajudar mesmo assim, sabe do meu TOC por limpeza.

Kuchel- Hihi.

Eren- Eu vou ajudar também, já tô aqui né.

Kuchel- Arigato.


Notas Finais


NUSS COMO EU ODEIO ESSE RESTO MAL ABORTADO DE DESGRAÇA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...