História I'm not a sad girl (EM REVISÃO) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Colegial, Drama, Efeito Borboleta, Escolhas, Revelaçoes, Romance, Sad Girl
Visualizações 52
Palavras 1.426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Self Inserction, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Voltei né.... Pfv não me matem!! Eu realmente fiquei muito ocupada e essas coisas....
Pelo menos, estou de volta agr!!! <3

AVISO: Amanhã começará a revisão, fiquem atentos....

Capítulo 12 - Surpresa


Três dias se passaram, e eu tô uma bagunça!

Desde do dia que eu tive aquele sonho horrível, não paro de ter dores de cabeça de tonturas, eu nem fui para escola esses últimos 2 dias. Pior que eu nem contei pra Maya e para Alex porque...

Mas hoje eu tenho que ir! Até por que hoje é meu aniversário... Que merda! Já tô vendo o povo tacando ovo em mim, do jeito que conheço a Gabi ela vai tacar é purpurina em mim isso sim! Do jeito que ela é doida...

Bom me levanto da cama e vou direto ao banheiro, faço minhas higienes matinais e vou tomar um banho...
O banho gelado refresca meu corpo e minha mente, eu fiquei me lembrando do meu sonho e flashbacks passavam na minha cabeça do dia do acidente, como eu queria que ele estivesse aqui... Ele é o único que eu realmente me apaixonei, o único homem que vou amar pelo o resto da minha vida... O Max é...

Kaylen: Ele incrível... -Falo suspirando calma.

???: Quem? -De repente, vejo uma pessoa no banheiro do outro lado box.

Kaylen: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHH!!!!!!!!!!!!! -Grito que nem uma hiena com dor, a outra pessoa grita junto. Quando paro de gritar, desembaço o vidro e vejo quem era. -Maya sua idiota! O que você tá fazendo aqui?!

Maya: Ai muié me assustou! Vim ver se você ainda não morreu.

Kaylen: Que?

Maya: FAZ 3 DIAS QUE VOCÊ NÃO VAI PARA A ESCOLA E NEM ME RESPONDE AS MENSAGENS!!! -Ela grita brava. -Alex e eu estávamos preocupadas com você! Ih Ih, e você tem que para a escola hoje!  É o seu aniversário. Alias, parabéns amiga veía....

Kaylen: Obrigada... Eu vou! É por isso que estou tomando banho, agora, SAI DO MEU BANHEIRO! -Grito com ela.

Maya: Ai tá bom não precisa gritar! -Ela sai do banheiro -Pelo menos depilou aquela moita! -Ouço-a gritar do quarto.

Kaylen: MAYA!! -Grito e ela começa a rir.

.

.

.

Saio do banheiro e me deparo com Maya de pernas pro ar na minha cama brincando com meu globo de neve que nem uma matuta. Rosno brava até que ela perceba que eu tava vendo aquela arrumação.

Maya: Oi! Oi! Oi! -Ela quase cai da cama e quase derruba meu globo. -Diculpa...

Kaylen: Sai, sai! Tenho que me arrumar rápido, alias, cadê minha mãe? Você viu ela?

Maya: Não acho que saiu, a porta tava trancada, e como perdi a cópia da chave, pulei a janela do seu quarto.

Kaylen: De novo Maya?! Você poderia ter se machucado!

Maya: Poderia mermo, ainda bem que tinha essa sua cama aqui por que se não...

Kaylen: Pera, VOCÊ PULOU DA JANELA DO TELHADO?! -Falo surpresa e espantada.

Maya: Foi ué...

Kaylen: Por quê? Poderia ter se machucado feio, por que não pulou a do quarto ou a da cozinha??

Maya: Preguiça...

Kaylen: Maya, você não tem limites... -Falo abrindo meu armário procurando uma roupa. -Que roupa devo vestir? -Pergunto indecisa fuçando meu armário.

Maya: Ai calma deixa eu escolher. -Se levanta e me empurra.

Kaylen: Não vai fazer merda... -Sentia medo do que Maya ia escolher.

Maya: Calma muler, eu sei das coisas. -Rio da maneira de Maya falar.

.

.

.

Maya escolheu uma roupa muito esquisita para mim, nem eu sabia que tinha um chapéu. Mas mesmo assim tava no estilo.

Maya: Agora pronto! Vamooooo!! -Maya sai correndo do quarto descendo de escada a abaixo, eu pegando minha bolsa tentava alcança-la. Subimos no ônibus e sentamos nas cadeiras do meio, por sorte pegamos uma cadeira. Então demos partida e rumo a escola!!!

Chegando lá, todo parecia normal, mas a Maya tava me seguindo até a minha sala, eu achei estranho e resolvi pergunta:

Kaylen: Sua sala é lá encima não?

Maya: Eu vou te acompanhar até sua sala.

Kaylen: Por que? Eu sei o caminho da minha sala.

Maya: Mas um estuprador pode te pegar e...e... E NÃO ME PERTURBA NÃO! SÓ ANDA. -Ela fica nervosa tento encontra uma desculpa.

Na esquina do corredor, acabamos no esbarrando em uma pessoa que acaba caindo no chão. Quando vimos quem era, resolvemos ajudar levantar rápido.

Alexis: Ai o resto da minhas costas... -Alex reclama de dor.

Kaylen: Desculpa a gente não te viu!

Maya: Quem manda andar com a cara enfiada no celular... -Maya sussurra bem baixinho mas dando para ouvir, Alex da o dedo e a língua pra ela e Maya faz o mesmo, meu Deus elas parecem crianças...

Maya olha pra roupa da Alex e começa a rir.

Alex: Que foi? -Alex começou olhar para baixo.

Maya: Quem foi que morreu? Tá toda de preto parecendo a viúva-negra, gótica das trevas! -Maya começa a manga da Alex.

Alex: Melhor parecer gótica das trevas do que uma maloqueira drogada. -Elas começam a discutir.

Kaylen: Chega! Eu ainda preciso ir para minha sala!

Alex: Espera eu ainda não te dei os parabéns. -Ela vem e me abraça. -Eu comprei o teu presente mas, não vai dá pra dar aqui, então eu te mostra só quando a gente for sair hoje a noite! Vocês tem que passar lá em casa. -Alex fala animada -IIIIIIHH! Você vai amar.

Kaylen: Vamos ver né...

Maya: Agora, bora para a tua sala. -Elas entrelaçam seus braços nos meus, me fazendo ficar no meio das duas.

Kaylen: Pera, por que vocês duas estão indo comigo? O que tá acontecendo?

Maya: Já falei para você calar a boca e continuar andando! -Fala séria.

Alex: Você vai ter uma surpresa.

.

.

.

Abro a porta da minha sala, e quase caio para trás...

TODO MUNDO: Surpresa!!!!! -Todos da minha sala, até meus professores, estavam lá e tudo estava enfeitado, alguns amigos das outras salas também estavam. E todos de uma vez vieram me abraçar e tava morrendo sufocada. 

Gabi: PARABÉÉÉNS menina bem plena!! -Ela me dá um beijo na bochecha.

Carol: Abaço! -Me abraça com suas mãos gordinhas.

Logo todos me abraçaram, comemos bolo e até que foi divertido. Fiquei emocionada.

Kaylen: Nossa cara... Eu nunca imaginei que iriam lembrar do meu aniversário.... Tipo, só me pegaram de surpresa. -Me emocionei.

Para melhor experiência: https://www.youtube.com/watch?v=_GgpFdj0zpw&t=861s

Angel também estava lá, ele vem até mim com uma caixinha de papel azul escuro brilhante e um laço amarelo. Ele me entrega a caixinha e me dá um beijo na bochecha.

Angel: Quero que abra só quando chegar casa, por favor? -Ele pega na minha mão.

Kaylen: Claro! É pesadinho tô curiosa. -Dou um sorriso sentido o peso do presente na minha outra mão. Eu o coloquei encima da mesa, ele pega minha outra mão e nos olhamos profundamente nos olhos do outro. Dou uma olhada atrás e vejo Alex fazendo gestos com a boca gritando: eu shippo! eu shippo!... Já Maya ficou com um bico feio de tédio.

Angel: E-Eu te acho muito b-bonita... A mais linda da escola. -Ele trava um pouco ao bonita. Ele estava sendo fofo.

Kaylen: Para de ser bobo... -Falo abaixando a cabeça.

Ficamos sorrindo que nem uns bobos e falando de assuntos aleatórios.... Percebo que uma outra pessoa entra na sala, era o Vicente, parecia mais perdido do que filho da puta em festa do dia das mães. Ele fala com Alice, eu tento fazer uma leitura labial.

Vice: Que qui tá acontecendo? -Ele a cutuca.

Alice S: É o aniversário da Kaylen... -Ela não o olha e aponta para aonde eu estava, eu rapidamente desvio o olhar.

Angel Estava de mãos dadas comigo, eu não larguei a mão dele e nos sentamos num banquinho.

Angel: Posso passar a mão no seu rosto?

Kaylen: Pedido meio estranho, mas tá bom -Me viro para ele e coloco meu cabelo atrás da orelha, fecho meu olhos e sinto sua mão macia.

Angel: É tão macia....

Kaylen: É pó.

Angel: Eu acho que não... -Rio, me distraí sentindo um olhar sobre nós, isso não me tirou dos sentidos até eu sentir a respiração quente dele no meu rosto.... -Eu posso-

???: Parabéns Kaylen.

Nos afastamos rapidamente um do outro.

Kaylen: Obrigada Vice...

Angel estava vermelho de vergonha.

Angel: A-Acho que... Que eu vou beber um copo de água! -Ele sai correndo.

Vice: Meio lerdo, poderia ter te beijado de uma vez.

Kaylen: Cala sua boca.

Vice: Ahh, quantos anos tá fazendo?

Kaylen: 17....

Vice: Nova ainda. Poderia até-

Kaylen: Chega! Já tô cansada de ouvir suas bobagens! -Tento me levantar mas ele me puxa.

Vice: Me responde uma coisa, me responde com sinceridade. Gosta desse cara?

Kaylen: ...

A) NÃO

B) SIM

C) NÃO SEI...


Notas Finais


Roupa da Alexis: https://www.pinterest.pt/pin/696087686128227132/
Roupa da Maya: https://favim.com/image/726586/
Minha roupa: https://weheartit.com/entry/67690400

Fui terminar só agora!!
LEMBRANDO! Fiquem atentos a revisão amanhã.

Gudnnight!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...