1. Spirit Fanfics >
  2. I'm Only Yours - Imagine Park Jimin >
  3. Capítulo 2

História I'm Only Yours - Imagine Park Jimin - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem do cap c:


boa leitura <3

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction I'm Only Yours - Imagine Park Jimin - Capítulo 2 - Capítulo 2

  Los Angeles, Califórnia (E.U.A)

Desci as escadas e fui até a cozinha e abri a enorme geladeira, e peguei o pudim que eu tinha comprado, fui para a sala e chamei minha irmã mas ela não respondeu, então sentei no sofá e comecei a comer meu pudim, meu celular piscou a tela devido a notificação que chegou.

Notificação.

"Oi"

Chat.

Jodie: Oi.

Sophie: Oie.

Jodie: Já tá pronta?

Sophie: Calma, a festa é só às 4:00 PM.

Jodie: Falta meia hora, é melhor vc se apressar.

Sophie: Meia hora é mais do que o suficiente. ;)

Jodie: Assim espero. Te vejo lá. Beijo.

Sophie: Beijo.

Desliguei meu celular e terminei de comer meu pudim, coloquei a louça na pia e subi para o meu quarto. Diana já havia saído.

Fui direto para o banheiro tomar um banho gelado e me arrumar, joguei as roupas no cesto de roupa, entrei no box e liguei o chuveiro, ensaboei todo meu corpo e lavei meu cabelo, me enxaguei e me enrolei na toalha. Abri o closet e optei por um camisa branca de manga curta, short jeans azul claro e uma sandália branca e, o principal, um biquíni das cores preto e branco. Aproveitei para usá-lo pela primeira vez já que tinha comprado há poucas semanas.

Me vesti rapidamente e passei um protetor solar, perfume, hidratante corporal e hidratante labial, e penteei meu cabelo e o deixei solto mesmo, não passei maquiagem já que iria sair de qualquer jeito na água da piscina. Peguei mais algumas roupas para o caso de eu ter que me trocar e coloquei na mochila, verifiquei o horário no meu celular e era 03:50 da tarde, corri para a sala com as mochilas nas costas, lá estava Diana. Passei em sua frente e ela percebeu.

- Aonde você vai? - quis saber, parando de digitar em seu celular.

- Para a casa de um amigo - falei, rapidamente indo na direção dela - Avisa para o pai que eu volto umas 06:00 da tarde.

- Tão tarde? E vocês vão fazer o que? - cruzou os braços erguendo uma sobrancelha.

- Ai, Diana. Só avisa, tá? Beijo, tchau - me despedi indo para a entrada e fechando a porta. Nem dei tempo para a Diana falar algo, afinal, eu sou a mais velha e ela querendo saber da minha vida, coisa que eu que tinha que estar perguntando, mas eu sou uma irmã muito boa e deixo passar.

Enfim, chamei um Uber e previ que daria uns 10 minutos para chegar na casa do Jimin, e assim eu chegaria bem na hora da festa, então eu paguei a corrida e o motorista me levou até meu destino.

[...]

Agradeci o motorista e toquei a campainha, o portão automático se abriu e logo fui atendida pelo dono da casa, nos cumprimentamos e ele me convidou para entrarmos em sua casa. Fomos para a área da piscina e lá estavam Jodie, Angela, Luka e Noah.

- Oi pessoal, já estão comendo sem mim? - falei vendo os pedaços faltando nas pizzas.

- Claro, se a gente não aproveitar logo você devora tudo - murmurou Luka de boca cheia, dei a língua me sentando, o garoto deu outra mordida na pizza fingindo não escutar. Os restantes acenaram sem dizer uma palavra.

- Não comecem vocês dois, hoje eu quero aproveitar esse final de semana em paz - ordenou Jimin lançando um olhar intimidador para nós dois, Luka deu de ombros e eu abri uma latinha de refrigerante despreocupada.

Ficamos lá, conversando, comendo e bebendo, rindo, em uma festinha só nossa, até que um jato de água espirrou em mim.

- Fala sério, Luka! - gritei brava. - Não é você que lava as minhas roupas!

- Graças a Deus - debochou enxugando o rosto com as mãos. Bufei torcendo minha blusa molhada.

- Luka... - repreendeu Jimin dando um tapa em sua nuca.

- Ei! - gritou acariciando o local e eu não pude conter um riso satisfeita com aquilo.

Enquanto eles estavam lá espirrando água um no outro e rindo, eu estava comendo um pedaço da pizza que alguém havia comprado, calmamente, naquele momento eu não estava muito animada para nadar, mesmo tendo aceitado o convite. Então fiquei alí sentada cerca de 5 minutos até que uma pessoa veio até mim, molhada mesmo.

- Você não vai entrar? - perguntou Jimin, jogando seu cabelo para trás com uma mão, e a outra se apoiava em sua cintura. Fiquei uns segundos o admirando quando voltei à mim.

- Eu acabei de comer, não vou poder agora - respondi colocando meu celular em cima da mesa.

- Não tem problema, eu já fiz isso muitas vezes e olha, eu ainda estou vivo - brincou com um sorriso no rosto. Ri baixinho e ele percebeu. - Tudo bem, eu vou considerar isso como um sim, então vou te ajudar.

- Desculpa, eu não vou poder... - ele me interrompeu antes que eu pudesse terminar de falar, me pegando no colo. - Jimin! - gritei assustada, tentei descer mas sem sucesso, quando me dei conta de que ele havia me levado para dentro da piscina. - Espera!

Tarde demais. Jimin havia me soltado e lá estava eu, encharcada, ainda vestida com minhas roupas. Passei as mãos em meus olhos tentando os enxugar, olhei para Jimin e ele estava na minha frente, rindo.

Saí da piscina furiosa, tirei as roupas encharcadas e fiquei somente com o biquíni, me virei para todos e pude ver Angela encostada na beira da piscina, Jodie e Noah tentando disfarçar o riso, Luka nadando despreocupado e Jimin me encarando. Senti um calafrio percorrer minha espinha pelo seu olhar, não liguei muito para aquilo e imaginei que fosse por conta da água gelada, e então entrei na piscina.

Mergulhei rapidamente e fui até a beira da piscina, me encostando nela, respirei fundo e fechei os olhos. Logo os abri me deparando com Jimin me observando atento, somente com sua cabeça para fora d'água, engoli em seco e virei meu rosto para o lado. Eu não sei o que deu nele hoje para estar me observando tanto desde manhã, desde que o confrontei, mas eu sempre fiz isso e ele deixou para lá, mas hoje ele parece estar diferente... Talvez você não acredite, mas, eu não tenho nenhum interesse nele, e imagino que ele também não tenha em mim, embora ele seja do tipo que fica com muitas meninas, tirando as do seu grupo, já que ele não acha certo ficar com amigas.

Mas enfim, voltando ao assunto...

Virei meu rosto para frente de novo e vi que Jimin estava vindo em minha direção. Ele parou em minha frente até ficar bem perto, meu coração começava a acelerar por conta da proximidade, já ele me olhava com os olhos brilhando, com seu rosto calmo. Continuei séria, mas por dentro eu estava nervosa.

- Você está brava? - quis saber erguendo uma sobrancelha, o deixando mais lindo.

O quê... Quando eu comecei a o achar lindo?!

- O que você acha? - cruzei os braços ainda séria.

- Desculpa, eu só queria que você desgrudasse do seu celular e se divertisse com a gente - suspirou colocando a mão no rosto.

- Tá... Mas por sua culpa eu vou ficar com congestão.

- Qualquer coisa eu cuido de você - ele sorriu docemente. Corei com sua frase.

Descruzei os braços e tentei ficar mais calma. Jimin aproximou sua mão e tocou em meu cabelo, o pondo para trás deixando meu pescoço à mostra, ele aproximou seu corpo mais perto do meu e apoiou um dos braços na beira da piscina. Eu coloquei minhas mãos em seu peito, o pressionando, senti sua respiração quente em meu rosto e seus olhos encarando os meus. Para minha surpresa, ele colocou uma das mãos em minha testa.

- Você está ficando mais quente, é melhor sair da água, não quero te ver doente - sussurrou tirando a mão da área. Por um momento eu achei que ele iria me beijar, mas para a minha sorte, não aconteceu nada.

- Tudo bem... - falei tentando o afastar de mim devagar, mas ele não saiu de perto. Pelo contrário, ele segurou meu queixo delicadamente e levantou meu rosto para que nós pudéssemos nos olhar melhor - eu sou mais baixa do que ele, só para deixar claro -, foi aí que eu senti meu coração bater mais forte e mais rápido e aquele calafrio que percorreu meu corpo voltar com tudo.

E então fomos interrompidos pela Angela nos chamando. Viramos nossos rostos na sua direção e ela parecia esperar explicações.

- E aí, o que está acontecendo com vocês dois?

- Nada, só estamos conversando - respondeu o loiro, simplista.

- Para mim isso parece duas pessoas querendo se beijar - eu corei violentamente. - Mas pra infelicidade de vocês, eu não vou deixar. Então podem ir se afastando e cada um para o seu canto - ordenou Angela nos separando e fazendo uma pose autoritária. - E aquela sua regra, de não ficar com suas amigas? - Jimin respirou profundamente.

- Eu não ia fazer nada com a Sophie. Como eu disse, estávamos só conversando.

- Sei... - falou o olhando desconfiada. Angela se virou para mim e semicerrou os olhos lançando um olhar que dizia "estou de olho em você" e eu me encolhi entendendo, ela deu uma última olhada em Jimin antes de dar meia volta e ir conversar com Jodie.

Saí da piscina imediatamente deixando o pessoal, fui até a mesa e peguei meu celular, verifiquei o horário, era 04:25 da tarde. Coloquei meu celular em cima da mesa e espirrei. Só faltava eu ficar resfriada.

- Droga... - falei para mim mesma. A luz do Sol que antes estava radiante, foi tomada por uma sombra à minha frente, me virei e me deparei com Jimin, sua estatura tapou minha visão do Sol.

- Eu te disse para sair da água logo.

- E eu fiz isso - retruquei.

- Não a tempo, agora você está resfriada - me repreendeu cruzando os braços. Ergui minha sobrancelha e também cruzei os braços. - O quê? Eu falei algo errado?

- Você está me dando bronca por ter pego um resfriado? Isso é sua culpa, você que me levou para a piscina.

- Tá, foi mal - levantou ambos os braços se fazendo de vítima. Fiquei em silêncio e me sentei, Jimin se sentou na cadeira ao lado. Ficamos ambos em silêncio observando o jardim dele e nossos amigos se divertindo na piscina.

[...]

Todos ajudamos Jimin a limpar a bagunça, depois de algum tempo Luka e Angela foram embora e Noah e Jodie ficaram, eu fiquei por lá já que minha roupa ainda estava molhada e eu teria que trocá-la pelas que eu tinha levado.

- Você trouxe alguma roupa extra? - perguntou Jodie de mãos dadas com o namorado.

- Claro, estou sempre preparada - respondi vitoriosa com a mochila na mão direita.

- Nunca te subestimei. Agora vê se ajuda ela a voltar para casa ou a partir de amanhã ou você pode se considerar um homem morto - ameaçou séria.

- Tá, tá... - ele falou não dando muita atenção para a ameaça dela. Sinceramente, acho que isso foi só um blefe para ele ficar com medo, nem eu acreditei nisso.

- Tchau, amiga - nos abraçamos, Noah acenou e eu acenei de volta e eles foram embora juntos, o portão se abriu e depois de segundos se fechou.

Fiquei com Jimin e ele me convidou para entrar em sua casa, eu aceitei e fomos direto para dentro.


Notas Finais


obrigada por ler :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...