1. Spirit Fanfics >
  2. I'm Right Here For You >
  3. Me carregar

História I'm Right Here For You - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Bom dia
Eu que fiz essa edit em cima de outra edit...é assim mais ou menos que o Yoongi estava...agora ele tá bem pior...

Capítulo 12 - Me carregar


Fanfic / Fanfiction I'm Right Here For You - Capítulo 12 - Me carregar

‡Taehyung‡

Eu escutava atentamente todos os planos até memorizar tudo, toda a planta do prédio eu havia decorado, todos os guardas e suas posições e todo o meu pessoal e suas posições. Eu sabia de tudo, estava com tudo na ponta da língua e claro na minha mente.

Esperamos o dia inteiro nos preparando para aquela operação, o dia inteiro treinado. Eu reaprendi a usar todas as armas e pedi que as guardassem no local combinado. Assim que eu entrasse naquela sala eu poderia matar cada um deles, mas não podia fazer isso assim que chegasse porque Gospel poderia matar Yoongi.

Eu estava no local onde haviam dispostos os alvos e encarava cada um deles furioso, atirei no centro dos alvos em todos os casos, repeti tudo até conseguir. Eu mataria cada um que tocassem em Yoongi, cada sim deles eu mataria lentamente, deixaria sangrar até morrer e Hoseok...Hoseok eu juro por Deus que iria matar ele rapidamente pelo bem da minha sanidade.

Me sentei no banco e apoiei meu rosto nas mãos, não conseguia esquecer o sorriso dele e a risada, cada momento nosso me mostrou lados meus que eu considerava apagados, deletados da minha mente. Eles voltarem e tudo parecia certo quando estava com ele.

Eu só queria poder abraçar ele para o resto da eternidade e qualquer um que entrasse no meu caminho eu mataria.

Senti uma mão em meu ombro e me virei vendi Penny olhando para os alvos.

- Vai dar tudo certo... – Ela sorriu docemente para mim e eu olhei para ela, sabia que estava com uma expressão triste – Eu sei que ele deve estar machucado mas...

- Não fale isso, eu não quero acreditar que permiti as coisas chegarem a esse ponto... – Senti um nó na garganta e não soube o que fazer, que porra estava acontecendo comigo?

- Ei...ele vai ficar bem...nós vamos ficar bem – Ela se sentou ao meu lado e me abraçou – Depois a gente tortura o Hoseok, planejei isso minha vida inteira.

- Ah eu pensei em tanta coisa... podíamos arrancar as tripas deles lentamente – Olhei para ela.

- Meu Deus Taehyung...não quero nem ver o cadáver dele depois – Ela sorriu de lado e bagunçou meus cabelos.

- Você esta melhor...

- Uma amiga minha me ajudou...eu terminei com a minha namorada... – Ela falou em um tom triste.

- Eu sinto muito...você vai...

- Não precisa falar, eu sei – Ela sorriu para mim e se levantou – Agora vamos acabar com a raça deles...

- Com todo prazer – Senti uma satisfação e uma raiva me consumirem ao mesmo tempo e me levantei.

Ela abriu mais ainda seu sorriso e foi andando até a porta, segui ela até lá e com um sorriso malicioso no rosto e fomos andando onde estavam reunidos o restante da equipe.

- Sabem o que fazer não sabem? – Disse Penny – Sigam o plano de início ao fim sem hesitar...

- Sim senhora – Disseram eles em coro.

- Quem aí tá afim de acabar com a raça de uns idiotas? – Digo sorrindo.

Vi olhares e sorrisos cúmplices atravessarem a equipe e eles começaram a se movimentar indo cada uma para o seu destino, agora era a hora e eu precisava manter a calma...respirar fundo...e matar algumas pessoas, só isso.

Olhei para Penny e ela sorriu saindo atrás de uma de suas amigas indo para a sua posição. Eu somente voltei para casa e fiquei no meu quarto esperando eles chegarem para me buscar. Foi fácil atrair eles para cá e como são muito previsíveis fizeram exatamente o que eu havia indiretamente obrigado eles a fazerem.

Tive que me conter para não sorrir enquanto sentia eles pagarem na minha nuca e me apagarem, estavam cavando sua própria cova e isso era prazeroso demais, isso me dava um prazer enorme...

Eu apaguei e em segundos acordei já sentado em uma cadeira dentro de uma sala. Honestamente eu estava com um certo medo de perder, mas só consegui encarar Hoseok na minha frente, imaginei aquela cara horrenda dele coberta de sangue e segurei um sorriso.

- Bom dia Taehyung... – Ele ainda sorria como se tivesse controle da situação.

Olhei em volta fingindo não saber onde estava e me balancei na cadeira, eu estava amarrado pelados braços na cadeira, mas ainda podia usar meus pés...idiotas. Olhei para ele com uma expressão confusa.

- O que fizeram com Yoongi? – Realmente estava irritado...eu ia voar nesse desgraçado na primeira oportunidade...

- Nada...talvez o Jungkook tenha feito umas coisinhas...mas foram coisas muito íntimas sabe? – Ele abriu mais ainda o sorriso e eu senti um nojo incrível por ele, eu mataria Jungkook...Ah eu vou amar ele por ter tocado em Yoongi.

- O que ele fez? – Me fiz de idiota olhando para ele irritado.

- Ele fez a mesma coisa que você naquele carro...foi muito prazeroso olhar aquela cena... – Hoseok olhou para mim – Vamos começar logo com isso...

- Começar com... – Ele saiu de perto de mim e eu vi Jungkook na frente de Yoongi.

Ele estava vendado e todo machucado, seu rosto estava cortado, os lábios cortados, as roupas sujas de sangue, hematomas por todo a parte e cortes também. Vi marcas em seu pescoço de chupões e senti uma raiva me consumir e queria avançarem Jungkook.

Ele me olhou enquanto ficava atrás de Yoongi e eu vi o quão desesperado e assustado ele estava, isso cortou meu coração.

- ME SOLTA! – Gritei irritado e olhei para Yoongi e Hoseok, ele deu um beijo e eu senti meu corpo tremer de raiva.

Yoongi estremeceu e mordeu os lábios cortados provavelmente segurando um gemido, eu queria entrar naquela merda...por que demoravam tanto?

Vi Hoseok entrar na sala e e parar um pouco longe de Yoongi.

- Você não perde tempo Jungkook – Vi Yoongi ficar aflito ao ouvir a voz de Hoseok.

- Nem vem, você fez isso com ele por anos – Disse Jungkook se afastando um pouco e colocando a mão em cima da cabeça de Yoongi.

- isso é verdade – Os dois sorriram – Vamos começar logo.

- PAREM COM ISSO AGORA! – Gritei em um tom desesperado enquanto via Hoseok socar o estômago de Yoongi e ele gritou assustado. Sem nem esperar ele socou o rosto de Yoongi enquanto segurava a camisa dele.

Hoseok soltou a camisa de Yoongi e desprendeu ele da cadeira sorrindo de uma forma satisfeita, ele jogou Yoongi no chão e ele se encolheu no chão no mesmo momento em que um chute lhe foi direcionado no estômago novamente, ele gemeu alto e se encolheu ao máximo tentando amenizar a dor.

Hoseok se levantou e tirou a camisa de Yoongi e se afastou indo até a mesa e pegando um cinto, eu não aguentava mais ver aquela cena e mal tinha começado, eu sabia disso.

Ele bateu com a cinta em Yoongi arrancando um grito desesperado dele. Hoseok bateu nele mais algumas vezes e assim que se afastou percebi que o mesmo chorava enquanto tremia no chão.

Hoseok deu uma risada rouca e agarrou a perna de Yoongi o arrastando até o centro da sala. Eu ouvi Yoongi gritar novamente, assim que Hoseok bateu nele outra vez com a cinta Yoongi se contorceu no chão gritando em desespero.

Ele se sentou em cima de Yoongi enquanto tampava a boca e o nariz de Yoongi o deixando sem respirar, eu memorizei todas as coisas que ele estava fazendo com Yoongi, repetiria tudo novamente...

Comecei a gritar o nome de Hoseok vendo que Yoongi estava ficando sem ar, ele soltou o rosto dele dando um curto intervalo de tempo agarrando o pescoço de Yoongi com força. Ele agarrou os braços de Hoseok desesperado tentando respirar e eu senti uma raiva me consumir por dentro.

Comecei a tentar me soltar da cadeira e gritei o nome de Hoseok novamente enquanto ele levantava Yoongi pelo pescoço e o jogava contra uma mesa cheia de vidros e lâminas espalhadas, o sangue logo começou a manchar o móvel.

Hoseok empurrou a mesa para o lado indo até Yoongi com um sorriso sádico no rosto e pegou uma lâmina em cima da mesa, involuntariamente uma lágrima caiu em meu rosto enquanto Hoseok arrastava a faca na mesa causando um som irritante.

Ele foi até Yoongi e enfiou a faca perto do quadril de Yoongi, eu gritei para ele parar enquanto Yoongi soluçava e gritava no chão. A dor em sua voz me fez querer chorar por não poder fazer com que ela parasse, eu queria tanto o tocar...

Sangue começou a sair da ferida enquanto Hoseok arrastava Yoongi sobre os cacos de vidro criando um rastro enorme de sangue por onde ele passava. Ele foi até uma mesa e pegou uma arma engatilhando a mesma, meu coração bateu mais forte e eu congelei, ele não faria isso...faria?

Yoongi se encolheu enquanto Hoseok passava a arma por toda a extensão do corpo dele. Ele apertou o gatilho e sorriu ao ver Yoongi dar um sobressalto e gemer. Gritei novamente enquanto Hoseok engatilhada a arma e apertava o gatilho sobre a testa de Yoongi, nada acontecia...

Hoseok tirou a venda de Yoongi e ele olhou para o teto sem saber o que estava acontecendo, ele se virou soltando um gemido e olhou para mim, eu vi o brilho em seus olhos se perderem enquanto ele gemia e manchava o chão de sangue.

Ele olhou para mim e sorriu de leve enquanto fechava os olhos e apagava. Hoseok olhou para mim e percebeu que eu sorria abertamente. Jungkook olhou para Yoongi no chão e eu comecei a rir.

Jungkook s levantou junto de Hoseok e foram até a sala, ele agarrou o meu pescoço enquanto Jungkook ficava no canto da sala. Eu me mexi par ao lado e Hoseok me seguiu com uma expressão irritada no rosto.

- Admita a derrota... – Disse ele em um tom alto.

- Isso seria uma mentira... – Ouvi um som de tiro passar por perto de mim e a porta foi arrombada.

Penny apareceu atirando nas pernas de Hoseok e de Jungkook enquanto nós demais atirava na testa. Ele olhou para mim ofegante e arrastou os dois que estavam gemendo no chão para fora da sala.

Eu cuidaria de Yoongi, e somente isso. No momento me levantei correndo e fui até a sala. Peguei Yoongi no colo e o coloquei em meus braços enquanto sentia lágrimas caírem por meu rosto.

Ele estava tão machucado, a pele branquinha dele estava em tons de roxo e vermelho, suas costas estavam destruídas enquanto aquele rosto dele...o rosto lindo dele estava quase em pedaços. Senti uma raiva me consumir e olhei para a ferida na barriga de Yoongi, pressionei a ferida após retirar a faca até parar de sangrar.

Foi rápido e quando parou de sangrar eu me levantei com Yoongi no colo, fui até a parte de fora da sala e vi o pandemônio que estava. Simplesmente ignorei enquanto Penny chegava perto de mim e me seguia atirando em todos enquanto outras pessoas se juntavam ao nosso grupo.

Passamos fazendo uma limpa nos corredores do prédio, outras pessoas haviam sido resgatadas e eu só conseguia pensar em Yoongi, ao olhar para ele meu coração pareceu se quebrar em mais de trezentos pedaços, assim percebi que nunca conseguiria me casar com Hanna, eu tinha que armar outro plano contra isso.


Notas Finais


Então meu povo, vou contar como eu fiz pra escrever esse capítulo.
Meu PC bateu as botas e se recusa a conectar na internet, triste.
Então fui no da minha mãe e imprimi o capítulo que descrevia a cena de tortura do Yoongi, assim eu transcrevi toda ela na visão do Taehyung e depois pisquei os papéis pra minha mãe(ou o meu pai) não lerem.
E essa foi a história kkk
Espero que estejam gostando...
Beijinhos da autora Penny.

Lil_meown obrigada por sempre comentar e me apoiar, escrevo essa fic pra você...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...