História Im Sorry Bae - STRAY KIDS - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, G-Friend, Pristin, Stray Kids, TWICE
Visualizações 21
Palavras 1.170
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Festa, Ficção Científica, LGBT, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEEEEEWYYY KIIIDS

TUDOPOM COM VCS MENINAS ????

❤️❤️❤️❤️

Capítulo 1 - New life - Cap. 1


Ao ouvir as marteladas finais do juiz , senti um profundo alívio , mesmo sendo meu pai que havia acabado de ser preso, porém com uma justa causa, meu pai estava  horrivelmente bêbado, e como eu sei disso ??! Pois eu estava no local. 

FlashBack On

Já fazia horas que meu pai havia saído para beber em plena quarta-feira, minha mãe estava preocupada , mesmo que seja normal ele chegar às altas horas da noite, porém as mesma estava com um pressentimento ruim. 

Mãe: Filha alguma coisa aconteceu- disse a mesma andando de um lado para o outro.

S/N: Mãe, Ele normalmente chega às altas horas da noite - disse dando de ombros para a situação.

Mãe: Não filha, vamos lá , coloque um casaco- minha mãe disse apressada. Eu apenas concordei , coloquei um casaco e sai junto com ela.

Saímos de lá , chamamos um táxi e chegamos no bar que ele frequenta quase todos os dias, porém estava diferente havia uma multidão formando um círculo. Quando eu e minha mãe conseguimos ter visão do que estava acontecendo, entramos em um transe, meu pai estava brigando com o dono do bar, a socos e chutes , e ninguém se pronunciava, minha Omma começou a berrar 

Mãe: S/P PARE COM ISSO, ALGUÉM CHAMA A POLÍCIA SEPAREM ESSES DOIS POR FAVOOOR -  ela estava desesperada, nunca a vi assim, a mesma sempre foi tão plena e doce. Tomei a iniciativa e liguei para a polícia. Levei minha mãe para a calçada, ela não conseguia ver o que estava acontecendo, ela soluçava e chorava. Em um momento toda aquela multidão se desfez e tivemos a visão, meu pai havia enfiado um caco de vidro no abdômen do dono da bar , todos se desesperaram e ligaram para a ambulância. Alguns minutos levaram o dono do bar para o hospital e meu pai para a delegacia.

FlashBack Off

Após o juiz ter decretado 5 anos de prisão, saímos com dificuldade pois estava cheio de Repórteres e câmeras , pelo fato de que minha mãe é uma design de moda conhecida na Coreia do Sul, enfim varias perguntas direcionadas a minha  como “ Seu marido sempre foi assim?” , “ Ele já te agrediu?”  E coisas do tipo . Entramos no carro e minha mãe deixou uma lágrima cair e a abracei forte. 

Dia Seguinte

Entrei na escola como em dia normal , porém todos estavam me olhando com cara de desprezo, e eu sei porquê, nessa escola eu só tenho um amigo o Lucas ( Nct) ele sempre me protegeu e tals, porém ele não veio hoje então eu tenho que me virar sozinha, estava a caminho da sala até que a Tzuyu e aqueles projetos de bitchs ,no caso as amigas dela, me pararam 

Tzuyu: Ora , ora , ora se não temos uma órfã aqui-  ela começou a rir assim como os outros 

S/N: 1º eu não sou órfã, porque eu tenho minha mãe e 2º cuida da sua vida que é uma merda e deixa a minha em paz -  A encarei por uns 10 segundos e entrei para sala, só escutei “ OOOOOOOOH” dei uma leve risada, e o professor entra e da sua aula. 

Quebra de tempo

Voltei da escola e fui falar com a minha mãe que estava em seu escritório. 

S/N: Oiii Omma - disse fofa 

Mãe: Oi filha - pude notar sua tristeza - então amor nos vamos ter que nos mudar para Seoul , recebi uma ótima oportunidade de emprego e precisamos mudar ok?! 

S/N : Tudo bem , eu só preciso falar com o Lucas ok? -perguntei e logo após ela faz um gesto indicando “sim”. Corro para o meu quarto e ligo para o Luquinhas 

Ligação On 

S/N: OIIII LUQUINHA DAS QUEBRADAS

Lucas : PARA DE GRITAR SATANÁS 

S/N: Aaaiiin tá bom, olha tenho um bagulho sério pra te contar 

Lucas : Fala logo disgraça, tô assistindo minha novela 

S/N: Aaa blz , a novela é mais importante que eu - fiz um drama básico de todo dia - Enfim eu vou para Seoul com a minha mamis 

Lucas : COMO É QUE É TU VAI ME DEIXAR SOZINHO NAQUELE INFERNO, digo escola 

S/N: AAIII AMOR DESCULPA, Num posso fazer nada minha mãe recebeu uma ótima oferta de emprego e ela tá muito mal 

Lucas : Entendo , mas então se arruma que a gente vai passar o dia todo se divertindo, eeehh 

S/N: EEEEEEBAAAAH SOVERTE - disse e se despedimos e desligamos 

Ligação Off

Fui tomar um banho topster, sai coloquei uma calça preta rasgada, um cropped , vans , ajeitei o cabelo e fiz uma make básica( Bb cream, pó, rímel, batom ) mandei o mensagem pro Lucas e ele já estava vindo 

Quebra de tempo

Eu e LUQUINHA DAS QUEBRADAS nos divertimos muito, cinema, boliche, piscina de bolinhas e muitaaaa comida e depois nos despedimos super tristes. 

Nesse momento eu já cheguei em Seoul viemos de carro, e estou procurando uma loja de conveniência, comprar Lamém. Ando mais um pouco e achei uma, GLÓRIA A DEUS, paguei  meu lamém e esquentei na loja mesmo , já em casa não tem quase nada, esquentei e me sentei , olhei pra fora e vi um garoto super fofo, ele comprou também um lamém e sentou ao meu lado e se pronunciou

XXX: Vc é nova na cidade não é? - disse com um sorriso super fofo, que deixaram a mostra seu aparelho 

S/N: Sim , como vc sabe ??? - disse um pouco confusa 

XXX: Eu moro na frente da sua casa e eu te vi saindo , depois bateu uma fome e fui até a loja de conveniência e você ainda estava procurando kkkk- E ele começou a rir , fiquei envergonhada e meti um monte de macarrão na minha boca e esqueci que estava quente 

S/N: Quente quente quente - disse dando pulinhos olha para o garota e ele tava rindo de mim, mas olha que audácia 

XXX: Então vou me apresentar já que vc não se pronuncia, sou Yang JeongIn e sou de 2001 , prazer 

S/N: Meu nome é Ah S/N e sou de 2000 muito prazer - disse sorrindo por ser sua Noona 

JeongIn: Aaaa num creio , vc é muita Noona - disse colocando a mão no peito como se estivesse chocado, ri , ri muito com o ato do mesmo. - Onde vc vai estudar 

S/N: No colégio Xxxx-xxxx 

JeongIn: Aaa sério eu estudo lá ,se quiser amanhã eu te levo e te apresento aos meu amigos

S/N: Se não for incomodo 

JeongIn: Que isso, magina 

Fiquei um tempo conversando com o JeongIn e cara já peguei intimidade , eu com ele e ele comigo , a criatura me chama de anão de jardim, vê se pode , eu como não ia ficar de fora , o chamei de recém-nascido, porque convenhamos o JeongIn é muito inocente. Peguei o número dele e fui para casa, cansadíssima minha mãe já havia dormido 

 

 

Continua ....


Notas Finais


Oooooooooo então gente foi isso mesmo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...