História I'm stronger (Jikook) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Colegial, Jikook, Jinmin, Namin, Namjin, Sope, Taegi, Taeyoonseok, Vhope, Vmim
Visualizações 40
Palavras 1.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mas um capítulo aí vamos nós...Boa leitura.

Capítulo 2 - Capítulo II


Ao perceber que se ficasse ali parado não iria mudar nada em sua vida, Jimin resolveu sair dali para ir tomar um banho rápido, para ver se tirava do rosto o semblante de zumbi.

Depois de sair do banho com a toalha errolada na cintura, foi para o quarto e se olhou no espelho.

- Não tá bom, mas também não tá ruim Jimin.

Disse enquanto dava meia volta para ir ao guarda roupa pegar uma roupa qualquer.

Saiu do quarto para ir a cozinha com o objetivo de fazer o café para os moradores daquela casa. Esperou chegar no cômodo de baixo e não encontrar ninguém por ser apenas seis da manhã, mas se enganou totalmente.

- Chan o que faz aqui? - Perguntou ao Park do meio enquanto falhava em uma tentativa de ficar bravo com irmão mais novo.

- A Hyung apenas jogando. - Disse o mais novo com uma olheiras um pouco escura para uma criança.

- Desde que horas você está jogando? - Questionou desconfiado.

- Acho que eu nem dormi. - Disse ao olhar o pequeno relógio que se encontrava na parede da cozinha. - Desculpa Hyung.

Jimin deu de ombros, o irmão não era tão ruim assim, com essa idade Jinyoung poderia se considerado o verdadeiro demônio, se considerava adulto e queria fazer um pouco de tudo.

- Você e o Beak vão se ver ainda hoje. - Disse para o menor, sabendo que era com ele que jogava. - Vocês passam muito tempo juntos, você gosta dele?

Jimin quiz rir do rosto do irmão que ficou muito vermelho.

- Hyung! - Exclamou o pequeno desligando o videogame. - Ele é meu melhor amigo.

Jimin levantou os braços em rendição. Observou o irmão ainda um pouco bravo subir as escadas correndo.

- Daqui a pouco o café vai estar pronto. - Gritou, enquanto começava a preparar o café.

Após estar quase acabando o preparo da comida escutou uns grunhidos estranhos, não procurou muito para saber que estava perto. Na verdade bastou só olhar para o lado.

- Hyung? Tudo bem? - Perguntou agora o Park mais novo da sala.

- Pareço bem para você! - Jimin que se aproximava devagar lentamente se afastou, com os olhos um pouco arregalados. - Jimin desculpa.

Sempre isso...Pensou.

- Sem problemas Hyung, o que houve? Quer conversar? - Disse o menor.

- Os idiotas brigaram. - Disse Jinyoung suspirando. - Mark e Jackson não percebem que se brigam me afeta, e o pior é que nenhum dos dois me disse o que aconteceu. Passei a noite em claro tentando pensar no que fazer.

Jimin estendeu o a xícara que tinha café e suspirou.

- Hyung, eu não entendo de relacionamento, ainda mais com duas pessoas...- O garoto pensava bem nas palavras antes de falar ao irmão. - Mas o que posso dizer é que o amor de vocês é muito intenso, e vai se resolver.

- Disso eu sei, mas esse amor está oscilando, e não pode acontecer. - Disse o Park mas velho ao terminar o café. - Vou fazer algo. - Comentou limpando o rosto. - Ou mato eles.

Jimin apenas riu do irmão, logo terminou o café, deixando tudo pronto para que quando os pais levantassem estivesse tudo mais prático possível.

Ele se sentou na sala e observou as coisas acontecerem, se esquecendo até mesmo de comer. Viu Jinyoung saindo as pressas com o material da faculdade, observou o pequeno irmão descer as escadas e ir comer, ele sim já estava pronto e com a roupa do uniforme.

Não tenho mais o que fazer aqui...pensou foi em direção ao seu quarto, e pegou o celular e saiu.

Saiu de casa e atravessou a rua até chegar do outro lado. Entrou na casa sem precisar bater era basicamente uma rotina normal ele ir até ali.

- Min! - Chamou o Park enquanto subia as escadas em direção a um quarto, com a porta verde, entrou sem bater como de costume.

- Jimin o que 'tá fazendo aqui? - Disse um pouco sonolento.

- Preciso de motivos para visitar meu melhor amigo. - Disse soltando uma pequena risada, e se sentando na cama ao lado do amigo.

- Não precisava vir, pequeno. - O silêncio voltou a predominar o local.

- Ansioso para voltar às aulas? - Perguntou baixinho.

O pequeno ouviu um suspiro longo antes de escutar a resposta.

- Não, para mim tanto faz. - Respondeu talvez um pouco rude na visão de qualquer um, mas não para Park Jimin que era uma boa pessoa demais para esse mundo, e já estava acostumado com esse jeito de ser tratado pelas pessoas.

Jimin apenas concordou com a cabeça, mesmo que o outro não pudesse ver.

Depois de um tempo em silêncio Taemin finalmente levantou. Dessa vez tratou de dar atenção ao amigo, que foi ali só por ele.

Já marcavam exatamente onze e dez da manhã e Jimin ainda se encontrava na casa do amigo, que insistia em ficar no celular rindo de algo enquanto trocava mensagens com alguém que o Park nem fazia questão de saber.

Qualquer pessoas já teria ido embora, talvez por amor próprio, ou também para ter o mínimo de respeito próprio também. Mas não Jimin ele estava ali para qualquer um que quisesse ou precisasse, a qualquer hora.

- Em Taeminie. - Disse o pequeno brincando com os dedos, o outro teve dessa vez a decência de desviar o olho do celular. - Eu vou embora agora, a gente se encontra na escola?

- Pode ser Bolinho. - Respondeu Taemin simplesmente voltando a prestar a atenção no que estava concentrado antes.

Jimin apenas saiu pela porta ele sempre se sentia frustrado mas sempre tentava se manter de pé.

Ao chegar em casa ao contrário do que esperava, estava apenas seu irmão falando ao celular, provavelmente com seu melhor amigo...e seus pais na cozinha. Tinha medo de passar por lá, mas se deu a coragem de que não ia dar nada de errado.

- Oi Jimin, 'tava no LeMin? - Perguntou a mãe, enquanto terminava de mexer em algo na panela.

- Sim Omma. - Disse simplesmente. - Bom dia Appa.

- Jimin. - O pai balançou a cabeça.

Jimin sentiu o cheiro da comida, e como não havia tomado café sua barriga fez um barulho muito alto. O mais novo ali na cozinha se sentiu envergonhado no mesmo instante.

- E por isso que as pessoas lhe dizem que você está gordo. - Disse o pai, fazendo Jimin se acuar no canto. - Você só sabe comer.

- Desculpa Appa. - Se desculpou saindo da cozinha. A culpa não era nem um pouco sua porém ele se sentia na necessidade de pedir.

Jimin percebeu que já era hora de ir se arrumar para ir para o tão tenebroso primeiro dia. Como era o primeiro dia e havia muitas coisas a ser feita, o dia ia ter aula só em meio período.

Quando se deu por sim o caçula da família estava saindo de casa com a sua mochila nas costas indo em direção ao ônibus amarelo.

Percebeu que já era suas hora de ir para a escola.

- Vamos Park você consegue. - Encorajou a si mesmo enquanto subia as escadas para trocar de roupa e ir para a escola.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...