História I'M YOURS ( Jungkook ) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Yugyeom
Tags Bts, Drama, Interativa, Jeon Jungkook, Jungkook, Kim Taehyung, Romance
Visualizações 141
Palavras 1.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessu, me perdoem pela demora e pela falta de criatividade.
Não desistam de mim <3
Beijinhos <3

Capítulo 8 - Aceitação


Point Of View From: S/n

 

Alguns meses se passaram e meu relacionamento com Jungkook ia bem, hoje ele iria conhecer minha avó e meu tio, e eu ainda não tinha falado com Taehyung que eu estava namorando. Recebi Jungkook e o levei para sala, avisei minha avó e meu tio que ele havia chegado, o garoto ficou todo encolhido no sofá bege, sentei ao lado dele e segurei suas mãos tentando tranquiliza-lo.

- Jungkook-ah! – Minha avó apareceu na sala com um sorriso enorme nos lábios.

- Olá vovó, como tem estado? – Jugkook se levantou e apertou as mãos da minha avó.

- Vou bem. Fico feliz por ter vindo, essa garota aqui não parava de dizer que viria nos visitar. – Minha vó se sentou ao meu lado.

- Quando o tio Jin vem? – Perguntei a minha avó que deu de ombros.

- Aquele muleque nunca diz a hora que vai vir para casa. – Minha avó disse por fim.

- Esperamos ele ou não? – Perguntei mais uma vez, estava com fome e não queria que eles esperassem mais por causa do meu tio.

- Vamos comer, depois seu tio come. – Minha avó retirou o pano que cobria as comidas na mesa de centro da sala.

Conversávamos enquanto comíamos, minha avó estava mais interessada em saber mais sobre Jungkook e a família dele, que ao contrário do meu tio não perguntou se ele era rico ou se a família dele tinha alguma herança, ela só perguntou coisas mais simplistas como que faculdade iria fazer e se a família dele apoiava.

- Bom vovó, estou aqui para te fazer um pedido. – Jungkook limpou a boca com o guardanapo que tinha ali e segurou uma de minhas mãos.

- Diga querido. – Minha avó sorriu para que ele prosseguisse.

- Já faz uns meses em que pedi a sua neta em namoro, mas queria oficialmente pedir para senhora. Sei que parece ser meio clichê esse tipo de coisa, mas queria fazer a coisa certa. – Jungkook dizia calmo.

- Oh! Nem precisa continuar, vocês têm a minha benção! – Minha avó continuou com o sorriso no rosto, ela gosta tanto dele que não sabe mais não sorrir.

- Obrigado vovó, prometo que vou cuidar bem dela! – Jungkook me abraça de lado.

- Vou me retirar, ser de idade é muito cansativo. – A mais velha da um risinho sem graça e logo vai para o quarto.

- Qualquer coisa me chama vovó. – Falei alto.

- Me ajude a limpar aqui! – Pedi ao Jungkook e logo fui pegando as vasilhas vazias e levando para pia, ele me ajudou a pegar o restante das coisas e levar para a cozinha, guardei o que sobrou e lavei a pouca louça ali.

Levei Jungkook até meu quarto e me deitei na cama seguida por Jungkook, senti seus braços envolverem minha cintura e seu olhar sobre mim.

- O que foi? – Olhei para ele e acariciei seu rosto.

- Como estamos de férias, semana que vem vamos fazer uma viagem com os meninos. Obviamente também vão as namoradas de alguns dele, então não vai ser a única garota a ir. – Ele me abraçou mais forte o que fez com que ele puxasse meu corpo para mais perto de si.

- Tudo bem coelhinho. – Segurei seu rosto e deixei um selar em sua bochecha,

Permanecemos em silêncio e encarando um ao outro, estava contente por finalmente ter ele ao meu lado e pelo sentimento ser mútuo, era algo que realmente valia a pena.

- Agora só faltam seus pais. – Disse quebrando o silêncio.

- Vou falar com eles. – Ele sorriu sem mostrar os dentes.

E novamente o silêncio atacou, peguei meu celular que estava no bolso da calça e vi que tinha algumas mensagens, respondi as primeiras que tinham e logo fui para o chat de Taehyung.

“ Quando poderemos sair de novo? É cedo para dizer que sinto saudades? // Kim Taehyung “

Vi o olhar de Jungkook sobre o celular com uma cara feia, achei fofo, mas se eu risse, a coisa poderia ficar feia.

- Não vai responder ele? – Jungkook disse me encarando com a cara fechada.

- Quer que eu responda? – Perguntei olhando para o celular.

- Preciso responder? – Continuou com a carranca no que eu chamo de rosto.

Bloqueei o celular e fui dar toda minha atenção para um coelhinho irritado, Jungkook não resistia aos meus beijinhos e foi o que eu fiz para me redimir, logo o mais alto não estava mais com a cara emburrada, senti suas mãos quentes em meu rosto e um selar em meus lábios o que instintivamente fez com que um sorriso brotasse de meus lábios, Jungkook selou nossos lábios novamente e num ato rápido pediu passagem e eu cedi, inicialmente era um beijo calmo que logo se tornou um beijo quente. As mãos de Jungkook pararam em minha cintura fazendo com que meu corpo ficasse sobre o dele, ambos ficaram sem fôlego parando o beijo, seus lábios logo pararam em meu pescoço depositando selares, tal ato fez com que meu corpo se arrepiasse, suas mãos subiram até o cardigã que eu usava o abaixando, deixando meus ombros a mostra com a regata branca de alças finas, Jungkook se sentou comigo em seu colo e desceu os beijos até meus ombros nus, seus beijos foram acompanhados a suas mãos que abaixavam as alças da minha regata junto com meu sutiã, estava me sentindo amada, mas ainda sim estava insegura.

- Jungkook... – Falei em um suspiro baixinho.

- Diga princesa. – Continuou com os selares em meu pescoço.

- Eu não estou pronta... – Falei cabisbaixa.

- Tudo bem amor. – Jungkook olhou em meus olhos e sorriu, ele colocou uma mexa de cabelo atrás de minha orelha e deixou um selar em meus lábios.

- Obrigada por entender coelhinho. – Foi minha vez de deixar um selar em seus olhos.

- Mas tem um probleminha... – Disse sem graça.

- O-O que foi? – Perguntei preocupada, imagina se ele não quiser mais e procurar por outra?

- Aqui em baixo. – Jungkook riu sem graça.

Ah, o probleminha dele certamente foi minha culpa, não me contive em dar uma risadinha e esconder meu rosto em seu ombro.

- Desculpa. – Falei envergonhada.

- Está tudo bem, só preciso resolver isso. – Senti seus braços me envolverem.

Não queria rir de verdade, acho que fomos longe demais e acabou resultando nisso, irão ter muitas oportunidades e temos muito tempo para isso. Pobre Jungkook.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...