História Imagine - Don't fall in Love - Is a Mistake (BTS- Jin) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, G-Friend, TWICE
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Mina, Park Jimin (Jimin), Yerin
Tags Bangtan, Bts Jin, Btshot, Gravidez, Gravidez Na Adolescência, Jin, Jin(bts), Seokjin
Visualizações 20
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nossa quanta inspiração..
Infires.. Kkkk
Tô até com medo quando acabar.
Boa leitura.
(Capítulos sujeitos a mudanças)

Capítulo 4 - MyLifeIsOver


Fanfic / Fanfiction Imagine - Don't fall in Love - Is a Mistake (BTS- Jin) - Capítulo 4 - MyLifeIsOver

S/n on

Passei o resto das aulas lá, de cabeça baixa com minhas lagrimas escorrendo. Milhões de coisas se passando na minha mente. 

Antes do sinal tocar, pego minha bolsa e vou pra sombra de uma árvore no local marcado. Escuto o sinal. Não demora muito e ouço uma buzina. O olho. 

Levanto e ele abre a porta do carona pra mim.

- Pra onde está me levando? – pergunto antes de entrar no automóvel.

- Como pra onde... Pra uma clínica. Anda entra Logo! – ele diz.

Entro e fico calada.

- Só um exame de sangue vai dizer se está realmente grávida. – ele diz.

Permaneço calada todo o trajeto. Percebendo algumas olhadas que ele estava me dando. 

Chegamos ao local.

Ele abre a porta pra mim. 

Entramos na clínica.

Me sento em uma poltrona depois de resolver as coisas no balcão. 

Se estiver realmente, realmente grávida.. O que vai ser de mim? O que meu Appa dirá..

- Senhorita? Venha.

A enfermeira me chama, me levando a uma salinha.

- Vai doer? – pergunto amedrontada.

- Só vou tirar um pouco de sangue. – ela diz e retira o sangue. 

- Pronto. Pode esperar lá. Resultado sai daqui a pouco. 

Agradeço a enfermeira e volto pra poltrona. 

O vejo encostado a uma pilastra. 

Me sento sem dizer uma palavra e permaneço assim.

-*Quebra de Tempo*-

- Wong S/n – a recepcionista me chama. 

- Então esse é seu nome. – ele diz.

Reviro os olhos, vou pra saída enquanto ele pega o envelope e faz o pagamento. 

O espero, o céu começou a escurecer. Ele aparece e entramos no carro. 

Dirigiu até a parte mais alta da cidade. Um lugar que tem uma vista linda. Se o momento não fosse tão inoportuno até pararia para admirar as belas luzes da cidade de Gwacheon.

Olhamos pro envelope ficando em silêncio.

Ele pega.

E começa abrir.

Vejo ele concentrado lendo.

Ele rir.

Isso é bom? Não estou grávida...

Ele me olha. 

Para de sentir meu desespero e diz logo. Aishh...  O olho.

Ele abre me mostrando o papel.

- Positivo. – ele diz.

Tento raciocinar.

Abro a porta do carro.

S/n off

Jin on

Ela me olha e encara o papel, abre a porta do carro e sai. 

Parecia imóvel olhando pro nada. 

Saio do carro.

Quando estou prestes a ir até ela, a mesma corre em direção a ponta da montanha. Não penso duas vezes e corro em sua direção antes que chegue a ponta, puxando ela nós  fazendo cair, me jogo no chão deixando seu corpo sobre o meu. Bato as costa no chão íngreme. Ignoro a dor nas costas.

Encaro, seus olhos marejados em lágrimas.

- TÁ MALUCA? – grito a sacudindo.

- Me deixa, me solta... – ela chora.

Não largo seus ombros.

- Se matar? É essa sua solução? – pergunto a encarando. 

Ela olha pro nada.

- Você tem razão. – ela diz tentando se levantar, solto. – Não é uma solução. Eu vou abortar! – Ela diz pensativa.

Pisco os olhos duas vezes.

- TÁ MALUCA! – repito – Essa criança não é só sua pra você tomar essa decisão. 

- Que CRIANÇA SEOKJIN? É só um feto, sem cérebro... 

Ela suspira, se afasta e senta em uma pedra.

- O que adianta... Meu Appa vai me matar mesmo! – ela diz voltando a chorar.

Me aproximo e ajoelho em sua frente.

- Você não fez essa criança sozinha, E não precisa passar por tudo isso só. Vamos enfrentar seu Appa juntos, eu te prometo. – digo limpando suas lágrimas.

Jin off

S/n On

 

O encaro por alguns segundos.

A pergunta que ronda minha cabeça: Porquê se importa SeokJin? ...

Voltamos pro carro.

Peço que me deixe um pouco afastado da casa. 

Fiquei olhando pro envelope aberto do enxame todo o trajeto, sem dizer uma palavra.

Percebo o carro estacionar. Saio do carro deixando o envelope sobre o banco.

- Deixa as férias começar que contarei ao Appa. – digo simples. 

- OK! Contarei aos meus pais hoje. – ele diz e eu aceno.

Caminho até em casa.

Entro e vou direto pro meu quarto. Me jogo na cama e desabo em choro. 

continua...


Notas Finais


Obrigado se leu até aqui.
🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...