História Imagine - Quem você escolheria? - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jimin, Jungkook
Visualizações 50
Palavras 948
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo saindo. Espero que gostem. Beijos...

Capítulo 9 - Amigo da mamãe


Acordo com Daniel me chamando, abro os olhos e ele está com aqueles olhinho e sorriso sapeka.

Dan: Bom dia mamãe

Porque você dormiu aqui?

- Bom dia filho, a mamãe só queria dormir com o bebê dela.

Dan: Eu tive uma ideia.

- Qual foi?

Dan: A gente podia ir almoçar no shopping, quero brincar e passear.

- Hummm, não sei filho.

(Tenho medo de encontrarmos o pai dele) *Penso*

Dan: Por favor mamãe. Hoje é domingo.

- Tudo bem, vãos tomar banho.

Sei banho no pequeno, tomei o meu banho. Tomamos café, nos arrumamos e fomos.

Chegando lá fomos comprar umas coisas e passeamos.

Levei para brincar, nunca vi ele tão animado.

Dan: Mamãe estou com sede.

- Vou comprar uma agua. Mas por favor não sai daqui. Promete?

Dan: Sim mamãe. Ficarei aqui.

- Já volto.

DANIEL ON

Eu estava esperando minha mãe quando minha bola foi para longe. (E agora? Eu vou pegar ou não?) *penso*

Se eu for ela vai me brigar por ter saído do lugar, mas se eu for. Ela vai brigar porque eu perdi a bola que ela acabará de comprar.

Então decido ir até lá.

??? Cuidado pequeno

Dan: Desculpa senhor *olhei assustado enquanto pegava minha bola*

??? Você está sozinho? Cadê sua mãe?

Dan: Foi comprar água e já volta.

??? Quer jogar comigo?

Dan: Mas o senhor já é grande.

??? *sorri* Mas posso fazer companhia até sua mãe chegar.

Dan: Então vamos.

DANIEL OFF

S/N ON

Voltei ao local que deixei Daniel e ele não estava, fiquei Desesperada a sua procura .

- Daniel filho

Dan: Mamãe estou aqui.

Chego até ele e vejo que tem alguém com ele.

(Não pode ser) *penso*

- Jungkook?

S/N?

Dan: Vocês se conhecem?

- Sim filho, ele é um amigo da mamãe. *falo nervosa*

Dan: Mas senhora nunca falou para mim.

Jk: É que eu conheci a sua mãe a muito tempo.

- Vem filho, vamos almoçar. Está na hora.

Dan: Moço o senhor vem com a gente?

- Filho, não. Ele deve ter coisa melhor para fazer

Jk: Na verdade não tenho, vou sim com vocês.

*sorri debochado*

Dan: Oba!

- *o fuzilo com o olhar* Estão vamos.

Fomos almoçar, fizemos nossos pedidos e JK não parava de olhar para Daniel. Os olhos dele estavam até marejados.

Dan: Moço, como é seu nome?

Jk: Jungkook pequeno.

Dan: Minha mãe nunca me falou de você.

-*ele me olha com olhar de interrogação* Filho, não fique fazendo tantas perguntas. Isso é feio.

Jk: Não, tudo bem.

Eu também quero conhecê-lo melhor.

Dan: Desde quando vocês se conhecem?

Jk: Conheci sua mãe a 5 anos.

Dan: Então você conheceu meu pai?

*olho para JK com olhar de negativa, estava com medo de ele falar a verdade*

Jk: Sim, conheci.

Dan: Como ele é?

Jk: Ele parece muito com você e ia adorar te conhecer.

- Já chega *bato na mesa*

Já deu esse assunto.

Os dois se calaram e nossos pedidos chegaram. Eles continuaram conversando e brincando.

E eu só queria sumir dali com meu filho.

(Que pesadelo)

Acabamos o almoço e chamo Daniel para irmos embora.

Mas ele tem a brilhante ideia de chamar o JK para ir lá para casa.

Ele pediu tanto, mas tanto que eu não pude negar.

Fomos para casa e eles foram jogar vídeo game.

Ele estava sendo tão carinhoso com o Daniel, mas eu não confio nele.

Ele fazia várias perguntas para o menor, eles estavam se dando super bem.

Então fui fazer o jantar.

- Meninos o jantar está pronto.

Dan: Estamos indo

Jk: Está muito cheirosa.

- Obrigada *falo seco*

Podem comer, eu não estou com muita fome. Vou tomar um banho.

Dan: Tudo bem mamãe *fala me dando um beijo),*

Vou tomar banho e quando volto vejo aquilo me doeu de certa forma.

Vejo JK com o Daniel dormindo em seus braços.

Jk: Acho que ele está muito cansado.

- Tudo bem, pode me dar ele que eu o coloco na cama.

Jk: Me fala aonde é, que eu mesmo coloco. Vai que ele acorda.

- Tudo bem, é na segunda porta a esquerda.

Ele foi para o quarto e eu fui para a sala assistir um filme.

Quando vejo JK se sentando ao meu lado.

Jk: Podemos conversar?

- Não temos nada para conversar.

Você já acabou com o seu teatrinho e agora pode ir embora.

Jk: Que teatro?

- O de bom pai.

Jk: Olha, você sabe que se eu não fui pai. Não foi escolha minha, já que fazem menos de 24 horas que eu descobri que tinha um filho.

- *Eu não queria discutir, mas... *

E por mim tinha continuado sem saber.

Jk: Está na cara que ele sente falta de um pai. Você não sabe o quanto eu quis contar que EU sou o pai dele.

- Eu te proibo Jungkook, te proibo de falar qualquer coisa.

Jk: Então vai continuar com isso?

- Vou, nem que eu tenha que largar minha carreia e ir embora com o meu filho.

Jk: Você está louca?

Se vice fizer isso eu vou a justiça, em busca dos meus direitos como pai.

-*dou uma risada sarcástica*

Cara, não ouse. Eu tenho dinheiro pra contratar os melhores advogados do mundo. Você nunca teria a guarda do meu filho.

Jk: Você sabe que eu também tenho dinheiro para isso, não seja patética.

Se você me odeia, não transfira isso para a criança.

Ele não tem culpa dos nossos erros.

- NOSSO ERROS? A gente estava bem JK, eu estava apaixonada e feliz.

Você estragou tudo, você apenas VOCÊ.

Você é suas manias de apenas usar as garotas que se apaixonam por você. *lágrimas escorriam pelo meu rosto*

Jk: Ah tá, é você é Santa?

E o Jimin?

- O que é que tem ele?

Jk: *sorri sarcástico* Ah vem me dizer que não estava rolando nada.

- Você está louco, claro que não.

Depois que ficamos a primeira vez, eu não fiquei com mais ninguém.

Jk: Não foi o que eu vi.

- Quer saber, se você não acredita em mim o problema é seu.

Agora por favor, sai da minha casa.

Jk: Quero que me deixe ver meu filho.

Eu imploro.

- Não sei JK, eu estou de cabeça quente. Preciso pesar.

Entro em contato.

Jk: Tudo bem, não quero mais discutir.

Vou indo, boa noite.

Ele sai e meu fico ali chorando até adormecer. 


Notas Finais


Será que esses dois vão se entender?
Boatos que alguém do passado está voltando. Porque nós gostamos é de treta.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...