História Imagine BTS - Kim Taehyung ft. Luhan (Segunda Temporada) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lu Han (Luhan), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Luhan, Segunda Temporada, Taehyung
Visualizações 19
Palavras 1.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura 💜

Capítulo 3 - O Espetáculo


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS - Kim Taehyung ft. Luhan (Segunda Temporada) - Capítulo 3 - O Espetáculo

⊰᯽ S/N On

⊰᯽ Casa - 05:30pm


Marina - A gente ia sair hoje, mas por causa dessa bobagem ele disse que não tava a fim de fazer nada - falou enquanto eu prestava atenção em suas palavras. Nós estávamos chegando em minha casa, depois dela ter me acompanhado até a escola do Dae que se encontrava no meu braço, brincando com os fios do meu cabelo.

S/N - Não acha que ele tem se mostrado muito infantil nos últimos dias? Da forma mais desagradável - opinei e coloquei o meu filho no chão, para poder procurar a minha chave, que por sorte eu me recordava onde havia deixado, ao mesmo tempo que deixei a Marina pensativa, ela estava muito incerta  quanto ao seu relacionamento

S/N - Tae, cheguei! - entramos na casa e, o maior não respondeu, mas eu sabia que estava ali, ele havia saído mais cedo e parecia muito cansado, então deduzi que estivesse dormindo

Dae - Mamãe, quando vamos? - se referiu ao espetáculo

S/N - Mais tarde, não vai demorar muito não... Você me espera aqui Marina? Eu volto já

Marina - Tudo bem - falou se deitando no sofá, sendo assim, chamei o Dae para que me acompanhasse para tomar o seu banho, o menor aparentemente se movimentou e brincou bastante na escola, pois estava um pouco suado e nem se quer protestou. Logo depois, já limpo e arrumado, o ajudei a descer as escadas, para que se distraísse com a TV, até dar a hora de sairmos - pra onde vocês vão?

S/N - Espetáculo de ballet - respondi, o Dae nem ao menos me interrompeu, ficou apenas ligado em nossa conversa, já que ele não é tão próximo da Marina

Marina - Ballet? - confirmei, tentei deixar a situação o mais natural possível, senti seu olhar sobre mim mas não correspondi, não queria iniciar nenhum assunto do tipo - então... Espero que se divirtam - finalmente a olhei ao ouvir aquilo e lhe dei um sorriso

S/N - Obrigada, eu também espero

Tae - Boa noite... Ah oi Marina - surgiu na escada com o cabelo assanhado e uma expressão de alguém que passou horas dormindo, eu estava vendo claramente o Yoongi na minha frente

Dae - O cabelo dele - falou rindo, o Tae percebeu, e se aproximou bagunçando o cabelo do menor como vingança

Marina -  Bom, eu tô de saída, eu só queria te contar o que aconteceu mesmo - se levantou do sofá consertando a roupa que acabou abarrotando

S/N - Não quer ficar pra jantar? - ela negou, então me levantei para acompanhá-la até a porta, mas assim que abri, por coincidência dei de cara com o Luhan e com o Jin que estavam chegando, eu não esperava por eles, então foi uma surpresa, não sei se agradável ou não, já que a Marina ainda tem sentimentos pelo Luhan, mesmo que não admita.

Luhan - Marina! Nossa, você tá fugindo de mim? Nunca mais te vi - ele abriu os braços ansioso para o abraço que ela retribuiu de forma fria

Marina - Oi Jin! Você tá bem? - o maior se assustou, a Marina nunca o tratou daquela forma, mas agiu de uma forma natural, até ela lhe dar um abraço apertado que me fez sentir vergonha em seu lugar, não acreditada no que estava presenciando

Jin - O-oi Marina... Bem... É... Ah, S/N! - lhe dei atenção e o maior se aproximou, enquanto a Marina ia embora perseguida pelo olhar do Luhan - o Jimin, ele ainda tá na empresa, então ele vai direto pra o teatro e encontrar vocês lá

S/N - Ah... Tudo bem - abri a porta para que os dois entrassem e assim fizeram - vocês não estão unidos demais não?

Luhan - Isso te incomoda?

S/N - Muito, você vai desvirtuar o Jin - fechei a porta

Dae - Tio Luhan! Tio Jin! - fez um esforço para descer com rapidez do sofá, o que me assustou por um momento, mas felizmente ele conseguiu descer e dar um abraço triplo no dois. Enquanto isso, notei o Tae, encostado na divisão sala/cozinha mexendo em seu celular e me aproximei

S/N - Como meu amor tá? - o abracei pela cintura - tô tão feliz que você conseguiu descansar

Tae - É, mas eu estaria melhor se você tivesse descansado comigo - colocou o meu cabelo atrás da orelha - tem trabalhado muito esses dias - apenas que lhe respondi com um sorriso, não sabia o que dizer em relação a isso, já que ele estava certo, mas eu não sentia que precisava de um descanso

S/N - Tae... O que você queria me dizer mais cedo? - ele pensou um pouco enquanto olhava em meu olhos antes de responder

Tae - Era isso... Você tá trabalhando demais

S/N - Ah...

Dae - Mamãe, olha isso - me chamou então tratei de lhe dar atenção, e logo vi o Jin fazendo seu contorcionismo

S/N - Nossa que legal, mas será que ele consegue se fizermos cócegas? - dei a idéia e imediatamente o Dae começou, enquanto o Luhan observava rindo e o Jin caia no chão tentando impedir o pequeno - já está na hora de irmos - falei para o Tae

Tae - Nossa, eu nem me arrumei

S/N - Mas você já tá bem, só precisa... - consertei seu cabelo, o penteando com os dedos - pronto, você é lindo de qualquer jeito

Tae - Ata - sorriu, mas não se convenceu - eu juro que me arrumo muito rápido - ele se afastou subindo as escadas, então fui para o sofá e tentei entrar nas brincadeiras que os meninos estavam fazendo, mas depois de poucos minutos o Tae voltou e todos nós saímos. 

O Daehyun estava ansioso, ele sempre gostou de dança, mas esse gosto pelo ballet era novo para mim, mas não fiquei surpresa, creio que a maioria das crianças ao presenciar tal espetáculo se apaixone.

Depois de darmos uma carona a nossas visitas até o apartamento do Luhan, fomos direto para o teatro e com mais ou menos 20 minutos chegamos, logo vendo o Jimin bem em frente com os ingressos em mãos nos aguardando. 

Dae - Vamos mamãe vamos! - falava animado, ao passo que eu o tirava do banco de trás. O Jimin se aproximou e segurou a criança em seus braços

Jimin - Vamos entrar? - confirmei e então os três seguiram, deixei que fossem em minha frente, pois não estava com vontade de ficar ali, e estava cogitando os esperar do lado de fora

?? - Desculpe, os ingressos esgotaram - ouvi um casal ser dispensado na bilheteria

S/N - Vocês... - hesitei, mas logo continuei quando os vi me dar atenção - ... Podem usar o meu, mas eu só tenho um - falei decepcionada

Tae - S/N? O que está fazendo? - eu não notei que o Tae estava me esperando. Ao nos ver, o casal logo nos conheceu e cochichavam algo que pouco me importava por já saber o que era

S/N - Eu não vou assistir, prefiro esperar aqui - ele me olhou sem entender - então... Você querem ficar com o ingresso?

Tae - Ah... Podem ficar com o meu também - ele falou animado, como se fosse algo bom, algo que estivesse esperando

?? - Muito obrigada - falou a moça - ah e... Podemos tirar uma foto com vocês? 

S/N - O-ok... - eles sorriram e pegaram o celular que já estava preparado

?? - Obrigada novamente - demos um último aceno os vendo entrar

S/N - O que foi? - perguntei curiosa e ele me olhou com um leve sorriso, mas confuso por não entender a que me referia - parece mais feliz depois que desistimos de entrar

Tae - Ah... É que eu fiquei feliz... Sabe que eu menti sobre o que queria conversar - colocou as mãos nos bolsos - e agora nós podemos ter pelo menos umas duas horas a sós - aquilo me deixou aflita, o Tae não era de fazer muito suspense com as coisas, então tratei de enviar uma mensagem ao Jimin, avisando onde estaríamos e só ai caminhamos para a praça de frente para o teatro e nos sentamos para conversar enquanto contemplávamos a linda paisagem da cidade à noite.



Notas Finais


Obrigada por ler 😊
I Purple You 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...