História Imagine BTS - Capítulo 51


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 197
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooi amorzinhos, como vocês estão?
Sei que prometi que ia postar mais um (a última vez que eu postei) e acabei não postando. Desculpinha, acho que vocês já devem estar acostumado com isso aisbias
Boa leitura;

Capítulo 51 - My wish pt 7


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS - Capítulo 51 - My wish pt 7

Vi que era mensagem de Jimin e ri ao ver que ele tinha alterado o nome do contato dele. Ri mais ainda ao ver a mensagem que ele tinha enviado através do meu celular.
S/n: Eu e você juntos tentando algo. O que você acha?
Jimin amorzinho♡: Eu acho que a gente deveria tentar.
S/n: Deveríamos mesmo?

Entrei na onde para ver no que dava.
Jimin amorzinho♡: E você ainda pergunta? Aish... Eu não te entendo, primeiro fala que quer, agora fica nessa incerteza.
S/n: Eu? Ai Jimin, o que eu faço com você? Kkkk
Jimin amorzinho♡: Quer saber mesmo o que você tem que fazer comigo?
S/n: Deixa quieto kkkk

No fundo eu queria saber o que ele ia falar, mas eu tinha medo de me iludir. Sabia que tudo isso não passava de uma brincadeira, mas era complicado.
Jimin amorzinho♡: Você que sabe.
S/n: Aliás, que nome é esse que você deixou no contato?
Jimin amorzinho♡: Eu deixei? Foi você que salvou assim, eu sei que você me ama.
S/n: Aish, que garoto convencido.

Jimin riu como resposta. Não cheguei a visualizar, eu estava com sono e com o corpo ruim. Já era de madrugada e eu precisava dormir um pouco.
Eu havia apagado e acordei só 13horas da tarde com um barulho no portão. Me levantei provavelmente parecendo um leão e fui ver quem era.
-Credo, passou a noite em claro?
-s/a... Isso é lá hora?
-É sim, abre logo aqui.
Suspirei e abri o portão para ela.
-Tranca ai, vou fazer a minha higiene.
Assim que eu fiz tudo que eu tinha que fazer eu fui sentei na mesa para tomar café.
-Eai, vai me contar o que rolou?
-Vai me dizer que você veio aqui só por causa disso?
-Claro, você acha que eu iria aguentar? Trouxe as minhas coisas para a gente ir para a faculdade juntas.
-Não crie expectativas. -Disse lembrando das coisas.
-Solta logo.
-Ele tentou me ensinar basquete, jogamos juntos, ele me emprestou a blusa de frio dele, pulamos o muro da faculdade porquê ele esqueceu de avisar que ia ficar até mais tarde e ele me levou até em casa.
-Anw, que fofo. Mas não rolou mais nada.
-Ele mexeu no meu celular no meio do jogo, quando vc tinha saído aquela hora. Ai a hora que eu cheguei eu fui ver o que era e... -Mostrei para ela.
-Ai meu Deus, ele está tão na sua!
-Não me iluda s/a. -Ri
-Para de se fazer de lerda, está na cara que ele está dando em cima de você.
-Não consigo acreditar nisso! Menina, você tinha que ver, ele jogou de regata, mostrando aqueles  braços definidos, o abdômen dele, dava para ver um pouco já que ele estava soado. Não muito, claro.
-Até parece que você foi dar uma volta no paraíso ontem. -S/a riu.
-Devo ter ido mesmo.
A tarde se passou desse jeito jogando conversa fora, eu estava um pouco nervosa de ir na faculdade e ter que devolver a blusa na frente de alguma pessoas.
-Você já está pronta s/a? -Perguntei enquanto abria a porta.
-Quase. -Ela gritou do outro lado.
Meu celular começou a tocar e eu vi que era o Jimin.
Senti o meu coração bater mais rápido, não estava me sentido tão bem. Respirei fundo e atendi.
-Alô? Jimin?
Senti s/a se aproximar e colocar o seu ouvido perto do telefone, apenas fiz uma careta e tentei afastar, mas foi em vão.
-Oi s/n, como você está?
-Estou bem e você?
-Também, viu... Eu não vou para a faculdade hoje, então não precisa levar a minha blusa.
-Ah, ok. Então amanhã eu levo.
-Obrigado.
-Sem problemas, então... Até.
-Até mais.

Desliguei o celular e respirei fundo, a voz dele estava tão próxima.
-Você devia ter colocado no viva-voz. -S/a reclamou
-E perder a oportunidade de ouvir a voz dele de perto?
-Aish... sua pervertida.
-Ei, não distorce as coisas.
Ela riu e começou a sair de casa. Peguei e deixei a sua blusa em cima do sofá e sai também trancando a casa.
Chegando na porta da faculdade eu e s/n fomos barradas por uma garota. Ela me parecia familiar, acho que era Sook, a garota do curso de medicina.
-Quem você pensa que é? -Ela disse cruzando os braços.
-Oi? -Não estava entendo nada.
-Você acha que eu não vi você para cima do Jimin com gracinha?
Agora fazia sentido, ela devia ser louca por ele. Isso só ia me trazer dor de cabeça.
-Somos apenas amigos. -Disse entediada.
Ela riu sinica e arqueou a sobrancelha antes de começar a me ofender.

Notas Finais


Gostaram? Eu espero que sim!
Desculpem a demora, sério!
Vejo vocês nos comentários ou no próximo capítulo ~~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...