História Imagine BTS - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 113
Palavras 863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello my friends ♡
How are u?
Hoje estou trazendo um cap de DSG 🙇
Sinto que as coisas estão finalmente em andamento.
Boa leitura ☆

Capítulo 52 - Don't say goodbye pt 11


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS - Capítulo 52 - Don't say goodbye pt 11

Entrei dentro de casa e me joguei no sofá, estava cansada, me acomodei nele e acabei pegando no sono. Apenas acordei a hora que eu senti alguém mexendo em mim. Abri os meus olhos lentamente e me deparei com a minha mãe. Quantas horas eu havia dormido?
-S/n, levanta.
-Por que? -Perguntei sentando no sofá um pouco sonolenta.
-Vai tomar banho, vamos jantar fora. -Disse indo para o seu quarto.
Suspirei e fui tomar um banho e me arrumar. Por que justo hoje eles querem sair? Simplesmente não estava no pique.
 Assim que eu terminei o meu banho, eu me enrolei na toalha e fui a passos longos para o meu quarto. Abri o meu guarda-roupa e encarei aqueles vestidos que fazia séculos que eu não usava. Peguei um vestido curto, preto todo rendado e com flores azuis. Era formal, e se íamos jantar fora provavelmente era algum lugar chique. Vesti ele e fui procurar um sapato. Encarei o primeiro salto baixo preto que eu tinha e vesti ele. Procurei por um colar, um par de brincos, uma pulseira e um anel para colocar também. Peguei o mais simples.
Me encarei no espelho e sequei o cabelo, deixei ele solto mesmo, apenas peguei alguns fiozinhos e amarrei para trás. Olhei para as minhas maquiagens e fiz algo bem discreto, só para dizer para a minha mãe que eu passei para ela não ficar falando depois.
-Está pronta querida? -Ela pareceu no quarto e me olhou feliz. -Está linda!
-Obrigada... -Disse me encarando no espelho mais uma vez. -Alias, por quê vamos jantar fora?
-Negócios s/n. -Ela disse saindo do quarto para evitar qualquer discussão.
Suspirei e peguei o meu celular, logo indo para a sala.
/Quebra de tempo/
Chegamos em um restaurante bem chique, que eu até estranhei. Será que vamos ter que passar a noite lavando pratos? Ou os chefes dos meus pais estavam bem felizes e pagaram eles bem de mais? Caminhamos até a porta e uma moça levou a gente para alguma mesa que provavelmente foi reservada com antecedência.
Chegando lá havia um casal bem chique e acompanhado estava um garoto mais ou menos da minha idade. Encarei os meus pais e eles riram.
-Relaxa filha, não é nada do que você está pensando. -Meu pai cochichou para mim.
Suspirei aliviada e cumprimentei eles, logo sentando na mesa.
Eles conversaram sobre trabalhos, as vezes falavam sobre o Brasil, depois foram só fofocas e piadas ridículas vindo dos homens. A única coisa que me animou foi a comida, que estava maravilhoso. E a única coisa ruim dali, era a minúscula quantidade que vinha. Assim que eu comi e fiquei satisfeita eu pedi licença e me retirei da mesa, claro que avisei os meus pais que estava indo lá fora tomar um ar fresco.
Antes de ir para o imenso jardim que tinha lá fora, eu fui no banheiro. Assim que eu usei o banheiro e abri a porta para sair eu dei de cara com Jeon que estava saindo do banheiro masculino que ficava de frente com o feminino. Nos encaramos por um bom tempo antes da gente se cumprimentar.
Jeon estava incrivelmente lindo no terno preto de gravata vermelha. Seu cabelo estava um pouco bagunçado e ele me olhava curioso. Saí um pouco da realidade assim que ele perguntou o que eu fazia aqui.
-Jantar de negócios, acho.
-Ah, estou na mesma. -Ele falou rindo.
Sorri para ele.
-Estou indo lá fora, quer ir? -Perguntei mais por querer um companhia do que por educação.
-Estava pensando na mesma coisa.
A gente andou até lá fora e sentamos em um banco que tinha em frente a uma pequena fonte.
-Nunca imaginei que te veria vestida assim. -Ele comentou rindo.
-Aish... Não ria. -Fiz biquinho. -Fazia séculos que eu não usava roupas assim, nem eu conseguia me ver vestida tão formal.
Kook sorriu.
-Você fica bonita assim
Ele me elogiou e eu senti uma sensação entranha dentro de mim.
-Obrigada... Você também fica bonito vestido assim.
-Ah, mas eu fico bonito de qualquer jeito. -Ele falou como se isso fosse óbvio.
Quero dizer, na verdade era. Jeon era bonito de mais, podia colocar a pior roupa nele que ele continuaria bonito.
-Você realmente não tem jeito. -Comentei bagunçando o seu cabelo mais ainda.
Ele sorriu e não evitou o meu toque. Assim que eu tirei a minha mão de seus cabelos eu fiquei imaginando quando eu fosse embora. Encarei ele e me senti um pouco mal. Sabia que eu iria sentir falta dos meus amigos e dele. Por algum motivo, sentia que ele era o que mais iria me fazer falta.

-Para de me olhar assim, até parece que nunca me viu. -Comentou rindo.
Sorri para ele, logo sentindo essa situação ridícula.
-Isso realmente não tem solução. -Comentei
Kook ficou sério e logo percebeu do que eu estava falando.
-Você ainda tem tempo para pensar em algo. -Ele disse baixo, encarando agora a pequena fonte.
Suspirei e olhei para a fonte também. Apoiei a minha cabeça em seu ombro e ele passou o seu braço por trás segurando a minha cintura e chegando mais perto de mim para eu ficar mais acomodada.

Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...