1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine BTS-War of hormone. >
  3. Explicações.

História Imagine BTS-War of hormone. - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Hey Cupcakes aqui vai mais um capítulo,nos vemos lá embaixo...

Capítulo 26 - Explicações.


\\ Candy //
Passei quase a manhã inteira resmungando comigo mesma sobre Taehyung e sobre por quê diabos ele poderia ter ficado chateado,ainda mais porque praticamente a mesma coisa que eu disse sobre ele eu disse também sobre Jimin e Jungkook,eu não entendia porquê ele havia ficado tão sentido com o meu comentário,Jihyo estava toda aérea e alegrinha a manhã inteira o que me fez estranhar já que ela normalmente não era a pessoa mais bem humorado do mundo pela manhã,Hannah foi treinar sozinha e Jihyo sumiu assim que chegamos na empresa,eu me dirigi até minha sala organizando meu notebook e tudo que eu precisava para trabalhar,eu já estava equalizando e lidando com as músicas para o próximo álbum,além de estar organizando uma música que daria de presente a pedido de uma amiga de um outro grupo que faria um solo no próximo álbum,ela havia me mandado uma letra base e eu havia rearranjado tudo para ela,estava trabalhando nisso quando senti um cutucão de leve em meu ombro,como eu trabalhava usando fones eu raramente ouvia quando alguém chegava,virei curiosa e por momento me assustei dando de cara com Taehyung parado as minhas costas de braços cruzados.
-A quanto tempo está aí?-questionei curiosa enquanto retirava os fones da cabeça colocando de lado do notebook.
-Algum tempo mas não queria te atrapalhar.-ele confessou dando de ombros,dei uma leve risada.
-Fui eu que te chamei,não tem como você me atrapalhar.-comentei e ele se sentou no pequeno sofá que existia na minha sala,era um pequeno estúdio que servia para que eu fizesse as músicas e também para treinar canto e rap,o sofá normalmente era só um enfeite e o que eu normalmente usava era a cadeira acolchoada que ficava de frente para a mesa,as únicas pessoas que usavam aquele sofá eram as meninas quando vinham me atazanar ou quando eu tinha que mostrar algo a elas,observei em silêncio pensando sobre isso e ele olhou curioso.
-O que foi?-questionou sem conseguir se segurar,eu sorri de leve dando de ombros.
-Acho que você é a primeira pessoa além das meninas e nossos managers a entrar aqui.-comentei simplesmente,dei de ombros sem me importar.-Então...Eu te chamei aqui porque quero que me explique algumas coisas.-disse girando na minha cadeira.
-Como o que?-ele perguntou parecendo mais calmo do que eu esperava que estivesse.
-Como o motivo de ter ficado bravo comigo,se foi pelo que eu disse eu entendo menos ainda porque disse a mesma coisa sobre Jungkook e Jimin.-expliquei cruzando os braços sobre o peito enquanto parava a cadeira de frente para ele.
-Você as vezes me impressiona com sua lerdeza.-ele disse parecendo realmente impressionado,olhei chocada na sua direção.
-Olha,eu não te chamei aqui para ouvir isso.-afirmei emburrada e ele deu uma risada de escárnio.
-Você me chamou aqui e agora vai me ouvir.-afirmou ele sério enquanto cruzava os braços.-Sabe porque eu fiquei bravo?Exatamente pelo que você disse,não me importo com como você vê Jimin ou Jungkook ou qualquer um dos meninos mas não quero que você me veja como um garoto,não quero ouvir você dizendo que me vê como um dongsaeng,eu sou seu oppa e é assim que quero ser visto.-ele me disse calmamente,eu o observava em silêncio enquanto ele falava.
-Então foi porque eu nao te chamei de oppa?-questionei incrédula,ele revirou os olhos.
-Viu?É nesses momentos que sua lerdeza me impressiona.-ele anunciou e eu olhei brava na sua direção.
-Então seja claro,o que diabos você está falando?-pedi irritada,ele revirou os olhos e se ergueu vindo até mim,colocou uma não em cada braço da minha cadeira empurrando até que estivesse com a cadeira encostada na mesa atrás de mim,inclinou o corpo para frente até que seu rosto estivesse um palmo a frente do meu rosto.
-Eu estou dizendo que não quero você me vendo como uma criança,não me importo com os outros mas você não,eu quero que me veja como um homem do mesmo jeito que eu te vejo como mulher.-disse num tom baixo que tornava sua voz ainda mais rouca e profunda me fazendo engolir em seco,estava quase me fundindo na cadeira tentando me afastar o máximo que podia dele mas a cadeira impedia que eu fosse mais.-Ao invés de te ouvir soltando piadinhas sobre eu ser infantil ou coisas do tipo eu quero te ouvir gemendo meu nome bem alto para que todos possam ouvir.-sussurrou em minha orelha e eu me encolhi com seu hálito quente ali, combinado com sua voz grossa um arrepio subiu pelo meu corpo.
-Taehyung.-reclamei baixo empurrando seu peito com as mãos mas ele mal se moveu,ele era mais forte que eu e eu não tinha forças no momento,seu nariz traçou um caminho da minha orelha até o pescoço onde ele deixou uma leve mordida me fazendo fechar os olhos com todos os pelos do meu corpo arrepiados,meu coração batia como um louco,uma das suas mãos tocou minha coxa subindo deslizando ela para a parte interna das minhas coxas,ele deu um chupão no fim do meu pescoço que me fez soltar um leve suspiro,eu tinha passado a maior parte do meu tempo sendo trainee e nunca havia namorado,eu não tinha ideia do que estava sentindo agora e não tinha controle sobre o meu corpo conforme Taehyung usava os lábios para beijar a pele nua do meu pescoço e colo,ele subiu seu rosto até que estivesse a minha frente novamente,eu abri os olhos com os lábios entreabertos vendo nossos olhos se encontrarem,seus olhos pareciam diferentes,seu olhar tinha um desejo contido que fazia algo em mim enlouquecer,o sorriso que ele deu não parecia em nada com os sorrisos infantis quadrados que ele dava normalmente,sua mão veio até meu rosto e me puxou em direção a si,a próxima coisa que senti foram seus lábios contra os meus,tomei um susto ao notar o que estava acontecendo e tentei afastar ele de mim mas em resposta seu braço passou pela minha cintura me puxando para perto de si,ele caiu sentado provavelmente no sofá e me levou junto,fechei os olhos passando as mãos pelos seus cabelos levemente longos quando senti sua língua entrar em contato com a minha,sua mão que segurava minha cintura fez cada uma das minhas pernas ir para um lado do seu quadril me fazendo sentar em seu colo,uma das suas mãos apertou minha coxa enquanto a outra segurava minha nuca direcionando o beijo,passei as unhas levemente na sua nuca ele suspirou entre o beijo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado...
Até mais Cupcakes!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...