História Imagine Chanyeol- My Little Sister - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias 24K, ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, Jay Park, K.A.R.D, Lu Han, Monsta X, Stray Kids, TWICE, WINNER
Personagens B.M, Baekhyun, BamBam, Bang Chan, Chaeyoung, Changsun, Chanyeol, Chen, Cory, D.O, DaeIl, Dahyun, D-Lite (Daesung), Eunwoo, G-Dragon, Han Ji-sung, Hongseob, Hui, Hwang Hyun-jin, Hyung Won, I'M, J.Seph, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeonguk, Jihyo, Jinhong, Jinjin, Jinwoo, Jinyoung, Jisoo, Jiwoo, Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Kai, Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Seung-min, Kim Taehyung (V), Kim Woo-jin, Kisu, Kris Wu, Lay, Lee Felix, Lee Min-ho, Lee Seunghoon, Lisa, Lu Han, Mark, Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Mina, Mino, MJ, Momo, Moonbin, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rocky, Rosé, Sana, Sanha, Sehun, Seo Chang-bin, SeokJun, Seungri, Show Nu, Somin, Suho, SungOh, T.O.P, Taeyang, Tao, Tzuyu, Won Ho, Xiumin, Yang Jeong-in, Youngjae, Yugyeom
Tags Chanyeol, Exo, Park Chanyeol
Visualizações 521
Palavras 2.269
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura amores😽📚

Capítulo 7 - Não tão lúcido


Fanfic / Fanfiction Imagine Chanyeol- My Little Sister - Capítulo 7 - Não tão lúcido


Anteriormente...

Jennie: Vem aqui, preciso de mostrar algo.

Chanyeol on

Me levanto e a mesma segura em minha mão me levando para o andar de cima.

Passamos por um corredor, onde havia várias portas. Paramos em frente a uma delas, a garota, com a mão livre, girou a maçaneta e entrou em um quarto, creio que deve ser seu.

Chanyeol: O que quer me mostrar Jennie?

Jennie: Ai oppa, você não tem ideia do tanto que eu esperei por esse momento.

A mesma falou me empurrando na cama. Ela subiu em meu colo e começou rebolar fazendo um eu arfar. Segurei em suas coxas e fiquei alisando-as.

Jennie: Oppa, eu sempre via você com aquelas garotas ao seu redor, já vi você ficando com alguma delas e desejei que eu tivesse esse momento com você, só que bem melhor.

Chanyeol: E vai ter...- falei sussurrando em seu ouvido logo em seguida mordendo o lóbulo de sua orelha.

Deitei-a sobre a cama, ficando por cima da mesma, apoiando meus braços um de cada lado de sua cabeça. Beijei seu pescoço, deixando mordidas e chupões por essa região. A mesma soltava arfares a medida com que eu fazia isso.

Chanyeol off

(S/n) on

Acordei no meio da noite, novamente, tendo o mesmo pesadelo, o incrivel de tudo isso, é que ele nunca muda, é sempre o mesmo pesadelo.

(S/n): Aish (S/n), esquece isso. Já passou, agora você tem uma nova família.- eu repetia isso diversas vezes para mim.

Olhei para o relógio que marcava exatamente 12:45 p.m

Me levantei de minha cama, fui até o closet e vesti um moletom. Abri a grande porta de vidro e sai na varanda. Respirei fundo, fazendo com que eu relaxasse e acalmasse.

Como estava frio, minhas pernas que estavam cobertas apenas no começo delas, pelo fino tecido do pijama, se arrepiaram por completo.

(S/n): Sinto saudades da minha família biológica. Como eu queria lembrar do rosto de cada um, mas por mais que eu tente, é praticamente impossivel!- falei, e assim que terminei a frase soltei um suspiro.

xXx: Falando sozinha?

Me virei e vi minha omma, encostada na grande porta de vidro

(S/n): Omma?! Desculpa por acorda-la.

CL: Não me acordou, as vezes eu levanto para tomar um copo d'água, então passei pela porta do seu quarto e ouvi você conversando.- apenas dei um sorriso forçado e acenei com a cabeça- Aconteceu algo? Não esta gostando de morar aqui?

(S/n): Não, não, eu estou amando morar aqui, é só um pesadelo que eu tenho praticamente todas as noites.

CL: Pesadelo? Que tipo de pesadelo?

(S/n): O dia do acidente com minha família biológica.

CL: E isso te incomoda?

(S/n): Não. Quero dizer, mais ou menos. O fato de eu não conseguir enchergar o rosto dos meus familiares, me tras agonia.

CL: Entendo! Deve ser muito triste perder pessoas que você ama muito.

(S/n): Bom... Eu não passei muito tempo com eles, os perdi muito nova, apenas com 4 anos de idade, mas, ao lembrar que não os tive presente durante todo esse trageto da minha vida, me faz sentir falta de algo que eu tive por tão pouco tempo- parei por um breve momento- Desculpe falar isso pra você...- minha omma me interrompe.

CL: Esta tudo bem minha filha. As vezes desabafar é bom, então se precisar, eu vou estar aqui. Mas não fique triste, eu vou ser a mãe a qual você sempre sonhou em ter- ela falou me dando um abraço reconfortante, me trazendo certa segurança.

(S/n): Mesmo?- falei separando o abraço.

CL: Claro. Além de mãe e filha, somos amigas também.

(S/n): Obrigada!- a abracei novamente.

CL: Bom filhota, se me der licença, eu tenho que voltar a dormir, quando fico muito tempo fora da cama seu pai acorda com um enjoou.- ela disse e eu ri.

(S/n): Ta bom omma. Boa noite.

CL: Boa noite minha filha- ela falou saindo do meu quarto.

Continuei olhando e contemplando a luz da Lua e das estrelas que iluminavam a cidade.

Fiquei por muito tempo pensando, até que me veio em mente o Chanyeol.

(S/n): Será que o orelhudo já chegou?- falei caminhando para fora do meu quarto e indo pro quarto dele.

Abro a porta e o mesmo não se encontrava.

(S/n): Credo, que festa demorada heim!- falei e voltei para o meu quarto.

Deitei em minha cama e peguei no sono.

[...]

(S/n) off

Chanyeol on

Jennie gemia meu nome em algo e bom som, enquanto eu a estocava com certa força.

Gotas de suor desciam de nossas testas, e a nossa respiração totalmente ofegante, fazia com que o momento ficasse cada vez mais gostoso.

Jennie: Oh d-daddy- gemeu alto ao acertar seu ponto fraco.

Continuei fazendo meu trabalho até sentir o liquido quente e branco da Jennie, melecar todo o meu membro. Dei uma ultima estocada forte e funda na mesma, fazendo a mesma revirar os olhos de prazer. Cai ao seu lado na cama, satisfeito.

Nossas respirações, estavam fora do controle, olhavamos um para o outro com sorrisos nos rostos e brilhantes gotas de suor.

Jennie: Imaginava que você era bom de cama oppa, mas não tanto assim- falou assim que controlou a respiração.

Chanyeol: Que bom que gostou.

Jennie: Vamos tomar um banho?- ela falou apontando para a porta do banheiro que ficava em seu quarto

Chanyeol: Claro.

Eu e ela nos levantamos e fomos até o banheiro. Entramos no box e ela ligou o chuveiro na água morna. Nos colocamos em baixo na água com uma temperatura muito boa. 

Rocei meu membro duro e ereto em seu bumbum, fazendo a mesma soltar um leve gemido.

Tomei um banho junto de Jennie. Confesso que teve alguns beijos e mãos bobas, mas, nada de mais.

[...]

Uns minutos depois saimos do banheiro e vestimos nossas roupas voltando para a festa, como se nada tivesse acontecido.

Me sentei na mesa com meus amigos e eles me olharam desconfiados.

Sehun: Foi fazer um tuor pela China e voltou só agora?

Chanyeol: Não. Jennie estava apenas me mostrando a casa.

Ztao: Nem vem Chanyeol, a casa da Jennie nem é tão grande assim e mesmo que fosse, não demoraria todo esse tempo.

Chanyeol: Nem exagera. Eu sai daqui com ela umas 11:10 p.m

Suho: Chanyeol, são 1:30 da manhã

Chanyeol: Ouu sim.

Kai: Fala a verdade, você e Jennie estavam dando uma foda era?

 Chanyeol: Tava, e dai?

Kris Wu: Meu Deus, ô o fogo no rabo.

Chanyeol: Aff- revirei os olhos- Deveriam fazer o mesmo.

Xiumin: Eu heim.

Chanyeol: "Eu heim", falou o cara que vive dando fugidinha com as mina do colégio.

Xiumin: É, mas eu as conheço.

Chen: Não exagera Xiumin.

Chanyeol: Enfim... Cadê o Luhan?

BaekHyun: Saiu com uma mina pela festa tem uns 10 minutos.- falou passando os olhos por toda a festa a procura de Luhan.

Chanyeol: Ta vendo, eu não sou o único.

BaekHyun: É sim, olha ele vindo ali.

Luhan: Nossa Chanyeol, voltou foi? Achei que você tinha dado o pé ou a Jennie tinha te matado- falou se sentando.

D.O: Tava fazendo o que?

Luhan: A mina queria conversar comigo.

Lay: Mas vocês SÓ conversaram?- deu enfase no "só"

Luhan: Rolou um beijinho, nada demais... Mais e ai Chany, foi bom.

Chanyeol: É, foi- falei sem o menor interesse.- Ou, bora ali no open bar beber umas?

BaekHyun: Bora.

Todos nós, sem exessão, nos levantamos e fomos até o Open Bar. Cada um pediu sua bebida desejada e começamos a beber.

[...]

Não havia se passado nem 20 minutos, e nós já estavamos bebâdos. O único que não estava, era o Xiumin hyung.

Ele nos encarava de uma meneira indiferente, como se já soubesse que tudo que estamos fazendo aqui, ia sobrar pra ele. E bom, não é bem a primeira vez que isso acontece.

Flashback on

Eu e os meninos estavamos muito bebâdos, menos Xiumin hyung e o Suho. Os dois estavam sentados junto com duas garotas, olhando nosso vergonhoso estado.

Xiumin: Ok galera, já bebeu demais, vamos embora- falou se levantando- Kai, para de chorar pela menina, e larga essa garrafa.

Kai: Não dá Hyung, ela me deixou.

Xiumin: Deus me dê paciência- falou pegando a garrafa da mão do Kai e a jogando no lixo mais próximo.

Suho e Xiumin, nos separaram em dois carros, nos levaram em casa de depois tiveram que voltar pra deixar os outros carros em cada casa de seu respectivo dono.

Flashback off

Xiumin: Vamos embora, galera. Obrigada Jennie!

Jennie: Por nada Xiumin, espero que vocês venham na próxima vez.

Xiumin: Vamos vir sim.

Xiumin colocou cinco no carro e os deixou em casa, depois passou em na festa denovo pra pegar o resto do pessoal e logo em seguida voltou novamente pra deixar os carros em nossas casas.

~~Em casa~~

Fiquei um bom tempo tentando abrir a porta de casa, até que finalmente consegui.

Chanyeol off

(S/n) on

Me levantei, com a garganta seca, estava morta de cede. Sai da minha cama e ao meu pé ter contato com o chão gelado, subiu um "choque" sobre meu corpo.

Sai do meu quarto e desci as escadas. Fui até a cozinha e abri a geladeira pegando uma garrafa e um copo de vidro. Despejei o liquido gelado no copo, me apoiei no balcão e comecei a beber.

Estava tudo muito bem, até que ouvi passos vindo em direção a cozinha, meu coração que antes estava calmo, batia muito forte e meu corpo gelou.

Até que finalmente o "suspeito" apareceu... 

Era o Chanyeol

(S/n): Orelhudo? O que faz aqui tão tarde da noite.- falei bebendo um gole de água

Chanyeol: Maninha, você não tem ideia do tanto que meu pau tá doendo- fez uma expressão de dor.

A água que eu bebia, desceu goela abaixo assim que o mesmo disse aquilo.

(S/n): O que tá acontecendo com você?- falei caminhando até o mesmo e de longe pude sentir o cheiro de bebida em sua boca- Nossa, você tá bebâdo. Aff, vem, vou dar um banho em você.

Subi as escadas com Chanyeol e fui no banheiro do quarto do mesmo.

Liguei a banheira pra que enchesse na água gelada, enquanto a mesma enchia o ajudei a se despir.

Tirei sua camiseta e tive a visão do abdomem definido do meu irmão, me fazendo ficar um pouco corada, depois tirei sua calça o deixando só de box.

Esperei por mais alguns minutos até a banheira se encher até a metade.

(S/n): Vem.

O mesmo entrou na banheira e se arrepiou por completo.

Chanyeol: Caralho, tá gelada porra- falou em um tom alto

(S/n): Fala baixo idiota, se a omma ou o appa ouvir, você ta fudido.

O mesmo me puxou pra dentro da banheira.

(S/n): Porque fez isso?

Chanyeol: Nunca mais me chame de idiota, irmãnzinha- sussurrou rouco em meu ouvido.

Sai da banheira, tirei o pijama que estava usando ficando apenas de lingerie... Eu estava perto do meu irmão? Sim, mas ele está bebâdo demais pra lembrar disso. Eu podia sentir o olhar de Chanyeol sobre mim. Me enrolei na toalha com rapidez e peguei minhas roupas molhadas que estavm no chão.

(S/n): Fica quieto ai, eu já volto.

Sai do banheiro do Chanyeol e fui pro meu quarto. Coloquei as roupas molhadas no cesto de roupa suja do meu banheiro, logo em seguida indo pro meu quarto e vestindo um pijama.

Voltei pro banheiro do Chanyeol e o vi com a cabeça encostada na quina da banheira, com os olhos fechados e com a boca entre-aberta. Caminhei até o mesmo e o chamei.

(S/n): Chanyeol, acorda.

Chanyeol: Não dormindo- falou se abrir os olhos.

(S/n): Ah é? Ótimo, sai daí então.

Puxei ele pelo braço e ele saiu da banheira, o enrolei na toalha e o levei até o closet.

Peguei um box preta e uma calça de moletom cinza.

(S/n): Toma, veste.- falei entregando as roupas a ele

Sai do closet e o esperei vestir. Dentro de alguns miseros segundos o mesmo saiu do closet.

(S/n): Vem, deita na cama e dorme.

Ele deitou na cama e eu o cobri.

Me levantei e fui caminhando até a porta.

Chanyeol: (S/n).- falou com a voz embargada

(S/n): O que é?

Chanyeol: Dorme comigo?

(S/n): O-oque?- gaguejei

Chanyeol: Dorme comigo. Por favor.

(S/n): O-ok.

Deitei ao lado dele na cama me cobrindo com o cobertor. O mesmo abraçou minha cintura e colocou sua cabeça na curvatura de meu pescoço.

Chanyeol: Obrigado por cuidar de mim, irmãnzinha.

É... Ele tá muito bebâdo.

Em minutos, acabei pegando no sono.

(S/n) off

Chanyeol on

~~Dia Seguinte~~

Eu acordei com uma mega dor de cabeça. Olhei pro lado e vi minha irmã dormindo. 

"Ai mano, será que?..."- pensei desesperado- "Acho que não"

Me levantei e fui até a cozinha e não vi meus pais. Havia um papel em cima do balcão, peguei o mesmo e comecei a ler

"Bom dia! Eu e o seu appa viemos até o mercado fazer compras. Deixei uma torta pronta no forno para vocês tomarem café.

Beijos

Ass: Omma"

Deixei o papel em cima do balcão e revirei os olhos.

(S/n): O que foi orelhudo?- falou encostada na quina da entrada da cozinha

Chanyeol: Nada!... Vem cá, o que aconteceu ontem.

(S/n): Já era de se esperar que você não lembrasse.

Chanyeol: Me lembrar do que?

(S/n): Ontem você foi na festa da sua amiga, chegou bem tarde em casa!- ela deu uma breve pausa como se estivesse pensando no resto da historia- Ah, quando chegou, assim que me viu você disse assim ô: "Maninha, você não tem ideia do tanto que meu pau ta doendo"- ela falou rindo- Depois eu tive que dar um banho em você, ai quando eu estava saindo do quarto você pediu pra que eu dormisse contigo e tem mais, você ainda disse: "Obrigado por cuidar de mim maninha"- novamente ela riu

Chanyeol: Aish! Não ri (S/n)- fiz uma careta- Eu não estava lúcido.

(S/n): Por isso mesmo foi mais engraçado ainda.

Chanyeol: Pirralha- revirei os olhos

(S/n): Cadê a omma e o appa?

Chanyeol: Sairam pra fazer compras.

(S/n): Eu tô com fome.

Chanyeol: Tem torta de frango, vem logo comer.

Ela se sentou na mesma e começamos a comer a torta.

(S/n): Que delicia!- falei e vi Chanyeol revirar os olhos- Vem cá, porque você age como um idiota todas as vezes que eu falo algo?

Chanyeol: Você acha coisas simples extremamente interessantes.

(S/n): Pra você é fácil falar, já que teve tudo engregue na sua mão de bandeja- falei com os olhos cheios de lágrimas me levando da cadeira e indo direto pro meu quarto.




Continua...





Notas Finais


Espero que tenham gostado💗💗💗

Desculpem os erros e palavras sem sentido

Beijos e fiquem com Deus amores💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...