História ~Imagine Crossfire~ - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags A Trilogia Crossfire, Minha Inspiração
Visualizações 8
Palavras 1.123
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Geeent quem e vivo sempre aparece né perdão da demora mais agora vai com tudo


espero que curtam deixem as sugestões e comentários

Capítulo 14 - Flores de sangue


Fanfic / Fanfiction ~Imagine Crossfire~ - Capítulo 14 - Flores de sangue

 

Liza e eu estamos paradas olhando o cartão, estamos assustadas pois como ele entrou ali? Vamos até nossas quartos e está tudo lá tudo normal, imediatamente Lisa liga para seu pai para avisar do ocorrido.

 

Enquanto eu ligo para o chaveiro para pedir um serviço urgente. Lisa diz que a mãe dela vem para nos ver, pois o pai de Lisa não está na cidade.

 

[...]


 

Tomei banho e estou sentada no sofá com vestido até o pé, Lisa estava no chuveiro e o chaveiro trocando nossa fechadura e instalando mais uma só pra ter certeza.

 

Meu apê está uma bagunça o chaveiro e seu assistente não param de me encarar chega ser desagradável, Lisa saí do quarto com um macaquinho cor gelo e toalha a na cabeça, os dois inconvenientes só param de olhar quando a Lia mãe de Lisa chega, nunca iria me acostumar com a minha grande ídolo tão perto de mim.

 

- Olá meninas, o que aconteceu? - Diz ela ao se sentar ao lado de minha amiga do peito.

 

- Mãe chegamos em casa e encontramos aquelas rosas ali Oh com tinta jogada em cima- disse Lisa apontando o jarro perto da porta.

 

Ela levanto e foi até a jarra e puxou o cartão por baixo de um punhado de tinta vermelha, se aproximou de mim com um tom misterioso. Eu e Lisa impacientes para saber o que estava escrito, ela em silêncio sentou novamente e começou a ler.

 

“ Você acha que o que você faz vai ficar assim, Lisa você vai pagar pelo que me fez da próxima vez eu vou jogar e seu sangue pra sua amiga Eva receber

Ps:. Você não sabe quem sou mais vai descobrir.

Eva você é meu vicio…”

 

Eu e Lisa ficamos em choque pois é a primeira vez que ele se direciona a outra pessoa, justo Lisa que era tão boa pra mim. Meu emocional bem abalado se aflora e começo a chorar desesperada.

 

- Calma amiga nada vai acontecer comigo, eu jamais ficaria com medo e isso que ele quer te por medo- Diz minha melhor amiga.

 

- Não seria melhor se vc fosse pra casa dos seus pais no Brasil, e se afaste de Lisa por uns tempos?- Diz a Lia.

 

- E acho que o melhor agora, na-nao quero que se machuque Lisa vc e tudu pra mim te amo de verdade se algo te acontecer não me perdoarei.- Digo secando as lágrimas.

 

- Mãe você não pode falar essas coisas, ela é minha melhor amiga me fez ser melhor, por isso saí da sua empresa você não pensa antes de falar, Eva você não sairá daqui eu vou mostrar pra aquele idiota como assustar uma garota - Diz ela aos berros.

 

- Eu não quero que ele te machuque!? - Digo Abraçada em Lisa.

 

- Foi idiota eu sei filha mas o medo dela e o mesmo que o meu, desculpe Eva por ser tão insensível.- Lia pega o celular e disca.- Querido nossas meninas sofreram ameaças diretas, só que Lisa foi citada precisamos fazer alguma coisa… ok querido vou dizer adeus.

 

- Mãe? - Liza diz meio confusa.

 

- Filha seu pai está vindo da viagem e vai conversar com os advogados para tomar medidas urgentes amanhã jantaremos e falaremos sobre a questão.

 

Lisa leva sua mãe até o elevador e volta em prantos, nunca tinha visto ela tão abalada afinal ela era a forte da dupla.

 

- Que foi linda o que ouve? - Digo enquanto ela se deita no meu colo.

 

- Não me deixa amiga, sem você eu me perco, e além de perdida vou ficar gorda.- diz ela mesmo triste ainda faz piada.

 

- Eu só iria pra te proteger minha linda- Ela me corta.

 

- Não suportaria eu não sei o que seria de mim- Lisa deixa cair uma lágrima.

 

- Não vou sair daqui nunca você é minha piranha preferida - digo rindo.

 

[...]


 

Passamos a noite limpando a bagunça que os chaveiros fizeram, dormimos pouco e saímos atrasadas para o trabalho, mas felizmente não tínhamos clientes pela manhã.

Decido mandar um zap para Gideon para poder por ele a par da situação, ele me liga assim que começo a digitar.

 

- Olá minha linda que tal um almoço hoje?- Ele fala enquanto roda em sua cadeira.

 

- será ótimo tenho novidades, ontem não dormi legal enfim melhor ao vivo- digo meia chateada.

 

- Eva? O que aconteceu? Esquece te busco em meia hora.- Ele fala rápido - adeus.

 

Nem deu tempo de eu dizer nada ele desligou. Terminei meus afazeres e vi que já era a hora do meu almoço a recepção me liga e avisa que Gideon me espera no saguão, ligo para Lia e aviso que vou sair para almoçar.

 

Desço e o vejo, ele está lindo com seu corpo lindo vestido num conjunto de terno perfeito a gravata combinava com meus olhos, assim que ele me vê sorri. assim que me vê muda sua expressão.

 

- Amor o que houve você parece exausta? - diz ele enquanto alisa meu rosto.

 

- Muitas coisas, podemos falar durante um almoço? tô faminta - digo enquanto dou um beijinho no queixo dele.

 

[...]

 

Sentamos na nossa mesa preferida, e pegamos um vinho muito bom e falamos de coisas aleatórias e meio impaciente Gideon pergunta

 

- Amor o que você está enrolando pra me dizer?- Ele diz enquanto toma vinho.

 

- Simples minha casa e de Lisa foi invadida ontem - falo depressa pois tenho medo da sua reação. - achamos um buquê de flores coberto de tinta vermelha esse aqui.

 

Mostrei o cartao pra ele, ele nao diz nada apenas ler com atenção depois me olha serio, e depois continua lendo. Sua expressão não diz nada.

 

-Quando você ia me contar Eva? ele tava na sua casa? e se você estivesse sozinha hein? - ele diz com raiva.

 

- me perdoe amor estava muito assustada e ele ameaçou a Lisa, tou com medo- digo pegando na mão dele e ele aperta ela com carinho.

 

-Nada vai acontecer contigo eu não vou deixar, confia em mim. - sorrimos e continuamos nosso almoço.


 

[...]


 

Passaram alguns dias, mas nao tive notícias de Lucas e Cassidy, finalmente paz em 2 meses conquistei clientes novos e várias empresas começaram a me querer como advogada de frente, eu Gideon muito bem, Lisa e seu namorado bem também apesar de eles brigarem muito.

 

Matt era muito estranho estava sempre me olhando estranho, e sempre tentando afastar Lisa de mim e quando não conseguia gritava com ela e ela acabava na minha cama chorando. Ela estava apaixonada eu achava muito estranho com ele monopolizar as festas e controlar será que ele e confiavel?

 


 


[CONTINUA…………]


Notas Finais


geente e isso curtam e me sigam beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...