1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine Deidara: será que eu te amo? >
  3. Punição

História Imagine Deidara: será que eu te amo? - Capítulo 41


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem ❤🔥

Capítulo 41 - Punição


Fanfic / Fanfiction Imagine Deidara: será que eu te amo? - Capítulo 41 - Punição

S/N ON

Como o Deishin e a Diane estão na academia, junto com os outros quatro, então resolvi tirar um tempo pra mim

Konan: - s/n, quer treinar a Hana comigo e a Rin? Ela quer aprender a lutar e desenvolver a kekkei genkai dela, você seria de grande ajuda.

- Claro vamos lá - senti alguém me puxar, me virei e era o Deidara

Deidara: - desculpa Konan, mas eu vou precisar da S/n agora

Konan: - é? - ela sorriu maliciosamente - tudo bem então, mas quando puder aparece lá s/n - ela começou a se desintegrar em papel

- Wakatê Konan. - ela sumiu - e então, vai precisar de mim pra quê?  - me virei pro Deidara

Deidara: - lembra da punição que eu ia te dar hm? - ele sorriu maliciosamente e eu tive um pânico interno - o Deishin e a Diane não estão aqui pra você me dar uma desculpa esfarrapada, e temos tempo de sobra até eles chegarem 

Ele me levou até o quarto, me bateu na porta e percebi que ele trancou a mesma, e me beijou ferozmente, ele puxou minha roupa de baixo e jogou num canto qualquer do quarto, colou nossos corpos e ainda no beijo me jogou na cama e subiu em cima de mim

Deidara: - Essa blusa tá me atrapalhando de uma tal forma hm, temos que concertar isso - ele sorriu divertido, eu sinceramente tenho muito medo de quando ele sorri assim no meio das transas

- O que você vai fazer?!

Deidara: - guarda esse pânico pra outra hora, você vai precisar bastante - ele mordeu meu lóbulo da orelha e foi descendo beijos no meu pescoço

- O-O que você pretende Dei? - falei aproveitando os beijos doces, que por enquanto são doces

Deidara: - Tudo em seu tempo, devia olhar suas mãos amor - ele sorriu 

- Nani? - olhei pras minhas mãos e estão algemadas e ele se levantou e tirou a camisa - Deidara você vai aonde? - perguntei tentando arrebentar a algema, mas era inútil - porque essas algemas não quebram?

Deidara: - quer ser solta sendo que eu nem comecei? - ele fechou todas as aberturas pra luz e apagou a luz, agora não consigo ver ele

- Deidara onde você tá?! - chamei ele e tentei me soltar

"Fukugan" - lembrei e tentei ativar, mas nada acontecia

O que tá acontecendo? Porque não consigo ativar meu doujutsu?

- *chicotada na barriga* AAAAH - gritei, mas não sei se é de prazer ou de dor

Deidara: - sabe porque não consegue tirar essas algemas e nem ativar o seu doujutsu? - ele deu outra chicotada 

- AAAAH Não! - gemi de dor e prazer ao mesmo tempo

Deidara: - são algemas de chakra, elas vão controlar seu chakra, e você pode colocar toda a sua força, mas elas não vão se quebrar por nada, são vão sair quando eu tirar - ele deu três chicotadas, uma na perna direita, uma na barriga e a outra próxima a bunda 

- AAAAAAHHH DEIDARAAA - me contorci na cama de dor e prazer

Deidara: - deve tá sendo uma visão tão  prazerosa hm

 Senti a cama afundar do meu lado esquerdo e senti uma coisa gelada na minha pele, é gelo

Deidara: - como eu sou muito gentil, vou aliviar um pouco da dor das chicotadas

- Já acabou a tortura?

Deidara: - aah S/n - senti ele se aproximar do meu ouvido - nós nem começamos, isso não foi nem a introdução

"O que ele pretende fazer?" - Me perguntei em pânico

Senti ele se levantar

- Onde você vai?!

Deidara: - não precisa se desesperar minha querida, eu não vou sair do quarto - escutei ele abrir uma gaveta e tirar algo e voltou a se aproximar - seja uma boa menina e abra a boca - ele falou sensualmente

Não tenho escolha mesmo, abri. Ele colocou o pau dele dentro

Deidara: - chupe bem gostoso 

Comecei a chupar meio devagar, estou sem as mãos então tava mais difícil, ele com certeza percebeu e começou a estocar e segurou minha cabeça pra não ir pra trás, engasguei com a velocidade e o tamanho, está tocando na minha garganta, mas me acostumei depois

Deidara: - AAAAHHH - ele gemeu rouco - s-sua boca é m-maravilhosa ooohh - senti eu ficar mais molhada do que antes

Ele gozou na minha boca e tirou o pau de dentro, derramando um pouco na cama

Deidara: - engula tudinho amor, tudinho hm - senti ele falar próximo a mim e engoli - gostou do seu leitinho gatinha? - senti ele próximo a mim e tirou meu sutiã e começou a fazer movimentos de sucção com uma mão e com a própria boca, enquanto a outra foi na minha intimidade e começou a fazer movimentos circulares rápidos

- Awn D-Deidara... n-não me tortura as-assim - falei me contorcendo na cama 

Deidara: - vai me jogar dentro do rio ainda? - ele deu um tapa na minha perna - vai?hm

- N-não - falei entre gemidos de prazer

Gozei nos dedos dele e ele tirou de lá e ouvi barulhos de quem está chupando 

Deidara: - seu gosto é ótimo hm. Será que eu deveria te torturar um pouco mais?

Não consigo responder uma palavra sequer disso. Percebi que ele pegou uma coisa

Deidara: - escolha, 1 ou 2?

- O que é esse um e dois?

Deidara: - eu não vou falar, escolhe logo

- Só se você me falar o que é

Deidara: - se você não escolher, eu mesmo farei isso, e se eu escolher, eu não vou ser gentil 

- O ___ - falei aflita, não consigo enxergar nada e não sei o que é

Deidara: - ótima escolha hm - meu pai, o que é, quando ele fala isso eu me ferro

O que ele vai fazer?

- Deidara...

Deidara: - mas eu vou ter que tirar essas algemas... - senti ele se levantar e ir dar passos até que a luz é ligada, ele retornou com uma chave na mão, foi até as algemas e destrancou , tirei meus pulsos latejarem de dor - seja uma boa menina e fique de quatro, senão eu mesmo vou te colocar

Me virei e fiquei de quatro, ele segurou meus dois seios com as bocas das mesmas chupando e mordendo eles, e penetrou anal com força e rapidez, assim como os choques dos nossos corpos

- AAWN! - gritei de prazer tanto pelas estocadas, tanto pelas sucções das mãos dele nos meus seios

Deidara: - AWN t-tão apertado... - ele gemeu rouco 

Depois de mais umas poucas estocadas gozamos, e ele me colocou em cima dele, segurou minha cintura e começou a estocar loucamente dessa vez na minha intimidade

- aaawwnn Deidara... g-grande... huumm - apertei meus olhos e mordi os lábios

Deidara: - huumm... q-que delícia awn oh! - ele apertou os olhos e acelerou ainda mais

a cama rangia com as fortes estocadas dele, até que gozei no pau dele, minhas pernas estão doloridas

Deidara: - eu não terminei ainda, fique paradinha - ele falou respirando ofegante

Tem mais? Minha intimidade tá dormente

Ele me colocou em cima do colo dele e me encostou na parede da cama, colando nossos corpos suados e coloquei meus braços em volta do pescoço dele

Deidara: - já está cansada? - ele sorriu maliciosamente - uma pena que eu ainda vou te foder mais ainda

- Eu só te joguei dentro do rio...

Deidara: - me deixou encharcado, ficou rindo da minha cara e eu quase peguei um resfriado depois hm, o que tem de demais nisso? - ele perguntou ironicamente 

- M... - ele estocou com força e senti todo o membro dele entrar - aawn *estoca* awn *estoca *estoca*.... (e assim vai)

Ele me beijou de língua e continuou estocando sem parar, comecei a arranhar as costas dele por causa do prazer e ele apertou minha cintura.

Depois de mais algumas gozamos e finalmente ele me deixou deitar

- Eu... nunca mais... te jogo dentro... de um rio! - falei ofegante e cansada, e sem sentir minhas pernas

Deidara: - aprendeu a lição então hm - ele sorriu e eu olhei pra ele com cara de bosta

"Sério isso Deidara?"

- Agora eu preciso me vestir, Deidara pega minhas roupas, que eu não vou conseguir andar agora

Deidara: - tá - ele se levantou, pegou minhas roupas e me ajudou a me vestir, e depois ele se vestiu

Nos ajeitamos na cama e dormimos de tão exaustos que estávamos

 

 


Notas Finais


E aí? Foi pesado? falem pra mim aí kkkkk
Espero que tenham gostado, até o próximo meus amores ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...