História Imagine EXO - Nova staff - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Exo, Imagine Exo
Visualizações 464
Palavras 949
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello pessoas, bom, vim pedir desculpas por esse capitulo sem sal, mas é o capitulo de "transição" para o final! Isso mesmo estamos no penúltimo capitulo e prometo a vocês não demorar para postar o último okay?
Obrigada pelos 302 favoritos e 221 comentários! Não esperava que batêssemos essa meta, omg! Desculpe-me os erros ortográficos.

EU POSTEI DOIS DOS LONGS E DEIXAREI OS LINKS NAS NOTAS FINAIS, OKAY?

Agora sem mais delongas, boa leitura.

Capítulo 27 - Seguindo em frente


Fanfic / Fanfiction Imagine EXO - Nova staff - Capítulo 27 - Seguindo em frente

_ Precisamos conversar Chanyeol!

_ Não temos nada para conversar Sehun.

_ Temos sim, desde a discussão lá embaixo até a situação de (s/n), pois sei que mesmo com todas revelações você deve estar confuso.

_ Eu não quero saber mais nada sobre (s/n). _ falei.

 

—Chanyeol, você está escutando o que você está falando? Agora você quer colocar a culpa na (s/n)? Porque se você estiver fazendo isso, você está errando feio, pois ela foi umas das maiores vítimas de tudo isso. — falou irritado.

—Te dou 5 minutos Sehun. — dei espaço para ele entrar.

—Eu sei que é difícil, mas eu peço que me perdoe, eu sei que poderia ter contado antes, mas... —o interrompi.

— Não Sehun, eu  não estou bravo com você, mas estou mais chateado com a (s/n). E, não, eu não estou culpando ela, mas acho que ela deveria ter me dito sobre isso, não acha? Ela não poderia me contar os problemas que o Kai estava causando a ela? Nós poderíamos ter resolvido juntos e evitado tudo isso, mas não, ela quis guardar tudo para si!

— Você sabe que ela têm os motivos dela Chanyeol! —Sehun respirou pesado— Ela apenas queria te proteger e tentar sustentar sua amizade com Kai. Porque sim, eu tenho certeza que ela queria lhe contar tudo, mas tinha medo. Medo de estragar sua amizade com Kai. Tudo que ela queria era evitar esse clima pesado que está pairando sobre todos nós no momento.

— Mas, custava se despedir Sehun? — uma lágrima solitária escorreu por minha bochecha.

—Hyung, não deve estar sendo fácil para ela também. — Sehun me abraçou.

       — (s/n)

Desde o dia em que me mudei não vi mais Sehun, mas pelo que sei, o comeback está se aproximando e nessa época os meninos não têm tempo nem para respirar direito. Entretanto, naquela noite em especial havia recebido uma mensagem dele avisando que viria me ver as 22:30 que era a hora em que eu chegava da faculdade.

Esses dias tem passado muito rápido e apesar de toda tristeza tenho tentando me focar nos estudos. As noites na faculdade geralmente passam num estalo de dedos, mas naquele dia em especial parece que os ponteiros não queriam se mover, pois o tempo não passava. Logo hoje que queria ir para casa cedo para ver Sehun, porque querendo ou não acabei me apegando a ele.

(...)

Intermináveis horas se passaram e eu cheguei em casa, tomei um banho para relaxar, coloquei meu pijama e comi meu miojo enquanto esperava pelo Sehun, que não tardou a chegar.

— Oi abelhinha. — sorriu ao ver meu pijama de abelhas.

— Oi Hun.

— Como tem ido o novo emprego?— sentou-se ao meu lado no sofá.

—Bem, todos lá são bem legais e sinto que poderei crescer profissionalmente lá.

— Fico feliz que está se adaptando bem.

—Eu tenho outra escolha? — coloquei mais miojo na boca.

— Bom, pelos meus cálculos acho que não.

— Como vão as coisas na empresa? Os meninos estão bem? Tem comido direito?

— Sim, mas aconteceram algumas coisas e acho que deveria te contar. — me fitou serio.

—O que aconteceu Sehun?

—O Chanyeol descobriu sobre tudo.

— Sobre tudo? Ele descobriu onde eu estou? — perguntei preocupada.

— Não, mas ele descobriu sobre a perseguição do Kai, ele descobriu que foi o Kai que postou o vídeo, ele descobriu tudo o que você escondeu dele por todo esse tempo...

— Ele deve estar me odiando agora. — joguei minha cabeça para trás.

— Calma abelhinha, ele não te odeia. Na verdade pelo contrário, e ele só está magoado.

—Espero que um dia me perdoe, mas tudo isso foi preciso.

— Eu não concordo, mas respeito sua decisão. Até porque nada disso cabe a mim decidir.

— Obrigada por ser um ótimo amigo.

— Eu que agradeço por ser perdoado e por ser alguém que você confia. —me abraçou. —Bom (s/n), eu já vou indo, até porque já é tarde e amanhã teremos o primeiro stage do comeback.

— Boa sorte Hun, fight.

—Obrigada abelhinha. — me deu um beijo.

Sim, um beijo, mas foi só um selinho. Mas, ainda sim, fiquei surpresa.

— Para fortalecer a amizade. — riu.

— Se você diz. —ri também.

— Quando as promoções acabarem eu irei vir correndo para cá e nós vamos sair, okay?

— Tudo bem senhor Oh. — fiz graça.

— Se prepare senhora (s/n).

Então ele foi embora e eu fiquei sozinha novamente naquele apartamento enorme.

      — Sehun

Estava voltando para o dormitório, ou melhor, inferno. Sim, esses dias ficar lá têm sido insuportável! As indiretas, olhares atravessados e pressão das promoções que aproximam tem me tirado o sono. O clima ainda é tenso entre eu, Kai e Chanyeol. Na verdade, nenhum dos membros falam mais direito com o Kai e ele parece não se importar, o que me deixa mais triste e ver a que ponto ele chegou. Às vezes me sinto até culpado, mas eu não podia fingir que não sabia de nada, aquela mentira estava me corroendo por dentro.

Mas, estamos todos tentando seguir em frente, cada um de seu jeito, mas estamos. Chanyeol voltou a compor e sempre que está para baixo eu, Baekhyun e Chen tentamos o animar e o levamos para jogar vídeo game, ver um filme ou até mesmo sair de casa. Esses dias Xiumin, Suho e Lay o levaram a um stipper club e, sinceramente ele está menos deprimido, mas está longe de ser o antigo Chanyeol...

(s/n) está fugindo dele, mas será que conseguira evita-lo sempre? Eu realmente quero que eles se resolvam como adultos um dia.

 

Continua... 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...