História Imagine EXO Lay (Hiatus) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Lay
Tags Baby
Visualizações 37
Palavras 1.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi Flores, mais um capitulo saindo do forno, eu espero que vocês gostem! Boa Leitura.

Capítulo 12 - O Valor


Fanfic / Fanfiction Imagine EXO Lay (Hiatus) - Capítulo 12 - O Valor

Depois que eu sair do carro eu vou até a emissora, assim que eu chego comprimento a todos formalmente. E quando eu chego ao camarim vou me arrumar. Em pouco tempo eu me transformo na minha personagem. Ando até o Set de filmagem e quando todos os atores chegaram, nós começamos a gravar as cenas.

O dia foi um pouco puxado porque tinham muitas cenas que foram gravadas fora às tomadas que gravamos antes, mas era muito divertido, finalmente eu tinha pegado um pouco da essência da personagem. Ela é uma pessoa muito perversa, humilhar as pessoas, torturas para ela era apenas um passa-tempo, ou seja, ela não é uma pessoa, mas é a própria maldade.

Agora eu estava no camarim tirando toda a maquiagem da minha personagem.

- Pequena agora eu sou que estou com medo de você. – comenta o D.O. Terminando de tirar a sua maquiagem.

- Porque Sunbae? – pergunto um pouco confusa.

- Porque você está se saindo uma bela vilã. – responde o D.O. Sorrindo.

- Obrigada Sunbae eu tive um bom professor. – comento sorrindo.

Nós conversamos um pouco mais, ele foi me dando mais algumas dicas. Alguns minutos depois eu estava saindo da emissora, eu pego o meu celular e os fones de ouvidos dou play que logo começa a tocar SHINee – Everbody e com isso eu vou até ponto de ônibus.

Então foi nesse momento que eu resolvi passar na S.M. Para conversar com o Yixing e foi o que eu fiz, assim que ônibus chegou e eu subo.

Enquanto eu estava no transporte eu mando uma mensagem para o mais velho perguntando se ele estava na empresa e ele rapidamente respondeu que sim. Não demoro muito eu chego à empresa e vou até portaria e dou o nome para recepcionista, como o Yixing havia deixado o nome na portaria ela liberou a minha passagem e eu vou até a sala de dança.

Estava difícil encontra o mais velho até que eu vejo uma moça andando nos corredores era a YoonA do Girls Generation.

- Com licencia. – pedi sorrindo.

- Sim. – responde a YoonA sorrindo.

- Desculpa atrapalhar a senhora, mas a senhora sabe onde o Lay está? – pergunto bem educadamente.

- Bem procure uma sala que a luz esteja apagada e o som ligado. – responde a YoonA me indicando o caminho das salas.

- Obrigada Senhora. – agradeço formalmente.

Após isso eu ando pelas salas de danças e encontro uma que a luz estava apagada e o som estava ligado.

- Lay. – chamo batendo na porta.

Não tenho resposta, mas eu entro na sala quando o som é desligado.

- Lay. – chamo novamente.

Nesse momento a porta foi fechada me fazendo gritar.

- Zhang se for você eu vou te matar. – comento um pouco irritada.

Nesse momento uma corrente de ar quente na minha nuca.

- Não se mata quem se ama. – sussurra o Yixing se aproximando.

Eu me viro para ele e começo a bater em seu peitoral levemente.

- Mais você, eu vou matar. – comento batendo novamente.

- Olha, para se não eu vou ter que fazer isso. – comenta o Yixing um pouco sério.

- Yixing dá para você acender a luz. – pedi parando de bater nele.

Eu escuto passos até o interruptor ele acende a luz, mas não todas as luzes ele deixa algumas apagadas.

- Agora que você pode me vê me diga que visita é essa? – pergunta o Yixing um pouco curioso.

- Eu preciso conversa com você sobre o assunto de mais cedo. – respondo um pouco séria.

- Nossa, eu tinha até esquecido. – comenta o Yixing se aproximando.

- Yixing, eu não acredito que você esqueceu? – pergunto um pouco séria.

- Baby, eu tive um dia cheio, mas bem vamos á conversa. – responde o Yixing indo até um sofá.

Ele se senta no sofá e bate na coxa.

- Venha cá. – pede o Yixing sorrindo.

Eu me aproximo dele e sento do seu lado.

- Oppa e se chegar alguém? – pergunto um pouco preocupada.

- Baby, ninguém vai entrar aqui, então relaxe e vamos conversa. – responde o Yixing colocando uma mecha do meu cabelo para trás da minha orelha.

- Bem, como você não se lembra mais cedo você me perguntou o que você é para mim. – comento respirando fundo.

- E você pensou o dia inteiro e esta pronta para me dá essa resposta? – pergunta o Yixing um pouco sério.

- Sim, mas lembre-se que você pediu a minha total sinceridade, mas eu quero te pedir que você apenas ouça e depois fale. – respondo olhando para baixo.

O mais velho se arruma no sofá ficando de lado.

- Ok! Baby você tem toda a minha atenção. – comenta o Yixing respirando fundo.

- Bem, eu realmente não sei o que você significa para mim. Porque quando eu penso em você, eu não vejo um algo que o represente. Mais ao seu lado eu me sinto bem desde o momento que te eu conheci. Sempre quando eu preciso você está ao meu lado seja do lado profissional ou pessoal do seu jeito e como pode você está do meu lado. Mesmo que fiquei um pouco confuso para você entender eu quero dizer que você é alguém importante para mim. – comento ainda olhando para baixo.

Nesse momento o mias velho fica em silêncio e após alguns minutos ele a mão sobre o cabelo e depois a leva sobre a nuca.

- Yixing diga alguma coisa. – pedi olhando para ele.

- Eu não tenho o que dizer. – comenta o Yixing um pouco sério.

- O que? – pergunto um pouco confusa.

- Não diga nada. – responde o Yixing se aproximando.

Nesse momento o mais velho dá um selinho e outro selinho, até virar vários selinhos são dados até acabar virando um beijo calmo, sem pressa alguma, com muita ternura e desejo envolvido. Ele pega na minha nuca e me traz para mais perto dele, eu mordo levemente o seu lábio inferior e ficamos naquele beijo por um tempo até que o terminamos com um selinho.

Eu não sei o motivo da sua pergunta, mas agora o Yixing sabe exatamente o que eu sinto por ele.


Notas Finais


Desculpem pelos erros ou por qualquer coisa.
Por hoje é só, até o próximo.
Beijinhos da Tiah e tchauzinho. >.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...