1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine Fanboy >
  3. Oliver Queen

História Imagine Fanboy - Capítulo 6


Escrita por: Sour_Coffee

Notas do Autor


Desculpe‐me por ter sumido assim do nada. Tive alguns problemas para fazer a parte dois do capítulo do Lucius e estava sem ideias para novo capítulos porém finalmente sai dessa tempestade e irei voltar com os capítulos, dito isso divirtam-se!

Capítulo 6 - Oliver Queen


Os seus olhos ardiam, não conseguia respirar direito por conta da fumaça. Mas nada importava, Laurel podia estar ao seu lado muita mas destruída que você, mas pouco importava seu meio-irmão estava morto logo a sua frente.

Com as últimas forças fechou os seus olhos e os limpou com a sua manga e foi para fora da C.N.R.I. ou o que tinha sobrado dela. Pegou o seu carro e foi em direção ao Grupo Merlyn Global. Enquanto tentava sair dos Glades viu muitas pessoas desoladas ou machucadas, mas o pior de tudo foi quando viu uma garotinha quase que da mesma idade da sua filha, abraçando o corpo morto do que parecia ser seu pai. Ficou imaginando (S/f) fazendo isso com o seu corpo ou o de Oliver, vago pensamento que o deu mas força para continuar o trajeto. 

Um toque abafado vindo do seu celular chamou sua atenção, antes de pegar o aparelho mediano, estacionou o carro e atendeu.

— Pai? Você está bem?.... – A voz chorosa de sua filha o fez soltar todos os sentimentos que tentou esquecer. Com os olhos lacrimejando e a mão trampando a boca suspirou e respondeu a pequena garota de seis anos. 

— Sim estou meu amor.... Onde você está? Papai vai ir buscar você querida. — Ouviu sua filha soltar o ar pesadamente. Mas acompanhado disso um barulho muito alto foi ouvido pela ligação. — (S/f)?! Você está aí?! 

— Papai.... A minha perna.... Tá doendo muito.... – Seu mundo desabou, ligou o carro novamente e apartou o acelerado sem desligar a ligação.

— Onde você está amor? O que tem perto de você? – Manter a calma estava se tornando difícil naquela situação, havia perdido o Tommy, não perderia sua filha também.

— Estou no nosso antigo prédio, acho que estou no.... Segundo andar.... – A voz dela não saia mas, ouviu apenas pessoas gritando enquanto o prédio desaba.

Viu uma pequena silhueta escura abaixada, o lugar mal iluminado não o permitiu saber quem era ou o que estava em seu braços. Perguntou quem era a pessoa e se ela havia visto uma garotinha de cabelos (C/c) com uma roupa vermelha. 

— (B/n).... Eu sinto... muito.... Eu tentei mas já era tarde.... – Reconheceu a voz de imediato, o capuz sobre a cabeça e as flechas ao lado do seu corpo denunciava ainda mas quem era. Não teve reação, apenas andou em direção do seu companheiro, caindo de joelhos quando viu quem estava em seus braços. As lágrimas desceram descontroladamente, logo abraçou o corpo de sua filha, as imagens da garotinha dos Glades abraçando o corpo morto de seu pai voltaram a sua mente, mas aquela não era a situação e sim ao contrário. Os braços fortes de Oliver abraçaram o seu corpo e o de sua filha, agora morta em seus braços. 




Notas Finais


Eu voltei a ver Arrow a um tempo, e terminei a primeira temporada a dois dias e chorei um pouco com a morte do Tommy, então pensei em fazer esse capítulo e pedir desculpas por sumir.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...