História Imagine Finn Wolfhard - Um amor que demora - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Dustin Henderson, Eleven (Onze), Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Will Byers
Tags Adolescente, Finn Wolfhard, Romance
Visualizações 60
Palavras 530
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - A comemoração


Assim que cheguei lá fui falar oi pra Mary, pro Erick, e pro Nick, e depois liguei pra minha mãe pra ver se tava tudo bem lá em casa.

S/n- Então mãe, tá tudo bem aí em casa?

Caroline- Sim filha, e com vocês aí?

S/n- Bem também...então mãe...

Caroline- Aí JESUS, lá vem...

S/n- Calma mãe, eu tive uma ideia em relação ao João.

Caroline- Hã?

S/n- Eu dou um jeito de me encontrar com ele, aí a gente chama a polí...

Caroline- Já pode ir parando por aí, você acha que é tão fácil assim filha? Eu também queria que fosse, mas a polícia daqui não tem nada a ver com essa história, vamos esperar, tá bom!?

S/n- Tá bom...boa noite mãe.

Caroline- Boa noite.

Desliguei o telefone e dou de cara com o Finn saindo do banheiro do quarto dele.

S/n- Aí JESUS!!

Finn- O que foi?

S/n- Põe uma blusa por favor.

Finn- Hum, porque?

S/n- Finn, nem começa...kkk.

Finn- Tá bom, eu coloco...kkk.

Gente do céu, o Finn nunca tinha feito isso, sei que foi pouca coisa, mas eu também sei que ele não colocou a blusa de propósito...confesso que não foi tão ruim assim.

Paro de pensar quando o Finn me chama.

Finn- O que você quer comer?

S/n- Pizza!!

Finn- Ok! Vou pedir, de que sabor?

S/n- Frango com catupiry!!

Finn- Ok! Kkk.

 

...Quebra de tempo...

Despois de alguns minutos, a pizza chegou e eu já fui correndo abrir a porta, e me deparo com o João com roupa de entregador de pizza.

S/n- O que...o que...você tá fazendo aqui?

João- Eu vou esquecer o passado e te deixar em paz, pra sempre.

S/n- Porque? Quero dizer, não que isso seja ruim...,mas queria saber porque...

João- Depois de anos, eu finalmente reencontrei meu irmão, agora ele é padre, e ele me ensinou um monte de coisas, ele tá morando aqui...então...eu vou morar com ele, e vou tentar voltar pra escola...me desculpa por tudo de ruim que eu te fiz...

S/n- Uau...é... claro, tudo bem!

João- Ah, toma a pizza...e são 40 dolares.

S/n- Ah, sim...toma, e obrigada.

Finn- O que???? O que que ele tá fazendo aqui?

João- Eu posso conversar com você?

Finn- Hã?

S/n- Tudo bem Finn, pode ir...eu vou arrumar a mesa enquanto isso.

Eles ficaram lá fora uns 5 minutos, e depois o Finn entrou, de boca aberta.

Finn- É sério isso que ele disse?

S/n- Pra mim sim...eu também tô chocada..., mas a gente tem que comemorar né!?

Finn- Ah sim, claro!! Porque você não chama seus pais pra gente comemorar?

S/n- Sim sim!! Vou ligar pra eles.

Finn- Depois eu peço pro meu pai perguntar pro amigo dele da polícia, investigar esse caso.

S/n- Ok! – Disso isso e dou beijo dele.

Finn- Hi hi, fiquei muito mais feliz agr. – Ele se vira e pergunta se eu quero andar nas costas dele(Que nem cavalinho que a gente faz com os amigos no BRASIL)

S/n- Aí JESUS! Só não me deixa cair, viu! Kkk.

Finn- Jamais, eu nunca vou deixar uma pedra preciosa cair no chão.

S/n- Nhaa, te amoooooo.

Finn- Eu que te amoooooo.

S/n- Kkk.

Finn- Kkk.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...