História Imagine Hansol - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Topp Dogg
Personagens A-Tom, B-Joo, Gohn, Hansol, Hojoon, Jenissi, Kidoh, Nakta, Personagens Originais, P-Goon, Sangdo, Seogoong, Xero, Yano
Tags A-tom, B-joo, Gohn, Hansol, Jenissi, Kidoh, Nakta, P-goon, Sangdo, Seogoong, Topp Dogg, Xero, Yano
Visualizações 23
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ^_^

Capítulo 3 - A segurança deles em primeiro lugar


Fanfic / Fanfiction Imagine Hansol - Capítulo 3 - A segurança deles em primeiro lugar

Acordei em um lugar totalmente diferente, não tinha árvores, nem animais, era tudo branco, eu estava deitada em um lugar macio, tinha cabos no meu braço e eu estava dolorida.

Onde eu to? Cadê meus irmãos? E minha Omma?

Comecei a chorar lembrando do que aquele homem fez, uma caixa começou a apitar e minhas orelhas doíam por causa do barulho, logo entram pessoas como aquele homem e me olham.

???: Ela acordou. - falou um deles.

???: Como se sente? - perguntou a mim que ainda chorava.

S/N: Onde S/N esta? Por que trouxeram S/N pra cá? Cadê os irmãos da S/N? E a Omma? S/N quer ir embora. - disse triste.

???: Calma, te trouxeram pra cá por ter sido baleada, não sei onde estão seus irmãos e nem sua Omma. - falou uma moça.

???: Você não pode ir embora ainda, esta se recuperando.

S/N: S/N não quer ficar aqui, S/N quer ver seus irmãos e a Omma. - me levantei e comecei a tirar aqueles cabos do meu braço.

???: Se acalme, você não pode sair. - disse rapidamente tentando se aproximar.

S/N: SAIAM!!! S/N VAI EMBORA!!! - pulei a janela e comecei a correr.

Onde estou? Quero voltar pra casa.

Eu chorava e corria, tinha pessoas pra todo lado e me olhavam estranho, depois de correr muito, vi que tinha pessoas correndo atrás de mim, então usei toda minha velocidade pra ir o mais longe possível, mas reconheci o Hansol no meio de umas pessoas.

S/N: HANSOL!!! - o chamei chorando e ele me olhou.

HA: S/N? O que faz aqui? E assim? - disse se aproximando.

S/N: S-S/N e-estava c-com a-a...f-família d-dela...m-mas u-um h-homem... - tentei falar, mas estava chorando e soluçando muito.

HA: Calma, o que aconteceu? - disse me olhando preocupado.

Como minha Omma me olhou antes de ir atrás do som daquele homem.

S/N: A-a O-Omma...e-ele m-matou a-a O-Omma d-da S-S/N...d-depois d-deu u-um t-tiro e-em S-S/N q-que t-tentou o m-matar p-por t-ter m-matado a-a O-Omma... - chorei mais ainda e ele me abraçou.

HA: Calma, você esta bem? Esta doendo? - assenti. - Vamos pro hospital.

S/N: S-S/N n-não q-quer i-ir, S-S/N q-quer v-ver s-seus i-irmãos. -falei soluçando.

HA: Eles estão lá onde te encontrei a primeira vez? - assenti. - Eu te levo.

S/N: O-obrigada H-Hansol. - ele sorriu.

HA: Vamos. - assenti. - Mas antes, vista a minha blusa. - ele tirou a tal blusa e me deu.

Vesti a blusa dele e ele me levou até um daqueles carros que os homens usam pra andar na floresta. Algumas horas andando de carro e chegamos a floresta.

HA: Quer que eu vá com você? - assenti. - Onde é?

S/N: Segui S/N. - ele assentiu e sai do seu carro.

Andei pela floresta até o lugar afastado onde eu e meus irmãos ficávamos com nossa Omma, eles estavam lá famintos por terem ficado sozinhos e estavam machucados.

Alguém deve ter tentado os pegar, assim como a Omma.

S/N: Vocês estão bem? - perguntei correndo até eles que pularam em mim quando me viram. - Quanto tempo eu fiquei longe? - recebi alguns miados como resposta.

Eu entendo o que eles falam, pois passei muitos anos da minha vida com eles.

Eles me perguntaram onde estava a Omma e eu fiquei triste de novo.

S/N: A-a O-Omma...e-ela... - não sabia o que falar pra eles.

HA: Conta pra eles o que aconteceu, eles vão conseguir superar, assim como você também vai. - fez carinho em minhas orelhas.

Respirei fundo tomando coragem pra falar.

S/N: A Omma morreu. - eles me olharam tristes e assustados. - O homem mal matou ela. - comecei a chorar e eles também.

Eles estavam mais do que só tristes, ela era Omma de sangue deles, se eu já estou triste, imagina eles.

Eles me perguntaram como iam ser as coisas agora que não temos mais a Omma pra cuidar de nós.

S/N: E-eu v-vou c-cuidar s-se v-vocês...c-como a-a O-Omma f-fez a-antes d-de m-morrer. - ele se deitam no meu colo chorando.

HA: Você vai cuidar deles dois? Sozinha? - perguntou e eu assenti. - Como? Logo eles estarão grandes e será mais difícil.

S/N: Você tem alguma ideia melhor? Eu não vou largar eles aqui. - falei determinada.

Eu não vou largar meus irmãos assim, nunca.

HA: Eu pensei em levar eles pra um zoológico e deixar eles cuidarem deles. - neguei rapidamente.

S/N: Eu não confio nas pessoas. - falei acariciando meus irmãos que agora dormiam depois de ter chorado bastante.

HA: Não confia em mim? - perguntou triste.

S/N: Você não é como eles. - sequei as lágrimas. - Você não entende. - coloquei meus irmãos no lugar onde eles dormem.

HA: Você podia vir morar na casa perto da minha, eu falarei com a polícia pra deixar você ficar com seus irmãos lá, eu te ajudaria a cuidar deles, aqui não é seguro, nem pra você, nem pra eles. - falou me seguindo enquanto eu ia atrás de comida pra eles.

S/N: Não seria seguro pra eles ficar perto de tantas pessoas. - falei ficando brava. - Saia, eu vou pegar comida pra eles e preciso ser silenciosa. - tirei sua blusa e sai correndo atrás de uma gazela.


Notas Finais


Vcs querem dar nomes aos irmãos dela?
Tomara q tenham gostado
Obg por ler
Amo vcs❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...