História Beautiful Girl- Jay Park - Capítulo 57


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park
Tags Aomg, Jay Jay, Jay Park, Loco, Park Jaebeom, Park Jaebum, Simon, Zico
Visualizações 2.211
Palavras 2.194
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Link nas notas finais!

Capítulo 57 - Show animado - Part. 2


Fanfic / Fanfiction Beautiful Girl- Jay Park - Capítulo 57 - Show animado - Part. 2

S/n POV on

Acordei no dia seguinte por volta das 18:00, e fiquei admirando Jay dormindo. Nunca me cansava de vê-lo dormir, ele fica tão fofo

Pouco tempo depois, me levantei devagar para não acorda-lo, peguei meu notebook e fui para cozinha preparar algo para nós comermos. Enquanto preparava alguns sanduíches, eu pesquisei sobre o show que Jay havia feito para Calvin Klein, e muitos vídeos gravados por pessoas que estavam no evento apareceram, principalmente no momento em que ele cantava Mommae. E vendo um dos vídeos(link1), uma coisa me chamou atenção, muita atenção eu diria. Eu voltei o vídeo novamente para ter certeza do que meus olhos estavam vendo.

Estava tão concentrada, que não percebi que Jay já tinha acordado, e que estava me espiando na cozinha

-Não acredito nisso Jay Park- sussurrei colocando a mão na boca, e logo em seguida comecei a rir

-Não acredita em que amor?- Ele disse me assustando

-Aí Jay, que susto, não vi que você estava ai- Disse colocando uma mão sobre os seios

-Quando assusta assim, é porque tá fazendo coisa errada...tá vendo pornô aí?- Disse ele rindo me abraçando por trás

-Não ne Jay, e as pessoas também se assustam quando certas pessoas, aparecem do nada- Disse tentando fazer cara de brava

-Então o que você está vendo aí?- Disse ele apoiando seu queixo em meu ombro

-Estou vendo alguns vídeos do seu show- Disse a ele

-AH, vou ver com você tambem- Disse ele me soltando e puxando um banco para se sentar à meu lado

Voltei o tal vídeo novamente, para mostrar a ele. E quando estava próximo de chegar nos minutos em que mostrava um certo volume na calça dele, eu apontei para tela

-Pretende atenção em voce Jay- Disse rindo

-Ok- Ele também riu

E então começou a aparecer no vídeo, o momento certo, e eu então apontei para ele. Jay gargalhou com suas bochechas um pouco coradas, virando seu rosto para o lado contrário a mim.

-Não acredito nisso Jay Park- Disse ele me imitando, rindo e olhando para mim

-Estava animado esse show ne amor- Disse rindo

-Filmaram isso cara- Ele disse apontando para a tela- Pensei que por não estar tão duro, daria para sair do palco antes que ficasse duro de vez e aparecesse, mas pelo visto, mesmo meio mole ainda, deu pra ver- Disse ele rindo

-Nessas horas é complicado ter um pau desse tamanho ne- Disse rindo

-Acho que nunca vou me acostumar com você falando pau- Disse ele gargalhando- E ter um pau desse tamanho nunca será problema, até porque você adora ele- Disse Jay sorrindo maliciosamente

Eu concordei acenando com a cabeça e sorrindo de forma também maliciosa.

-E no que você estava pensando para ter ficado daquela forma?- Disse o encarando

-Em você nua na minha cama- Disse ele colocando sua mão em minha coxa- Em nós naquele ensaio, e depois dançando no palco- Disse se aproximando de minha orelha- Pensando em quanto tempo, estou sem ter voce- Disse ele apertando minha coxa

-Nós podemos resolver isso agora meu amor -Disse olhando-o e passando minha mão sobre seu membro. 

Pude perceber que ele vestia apenas a calça, nada de cueca 

-Você sempre resolve, amor- Disse ele fechando os olhos ao sentir minha mão tocar em seu membro por debaixo da calça agora

-Gosta disso Jay?- Disse chegando mais perto dele para beijar e mordiscar seu pescoço, sem parar de acariciar seu membro

-Amo...amo cada sensação que você provoca em mim- Disse ele mordendo seu lábio em seguida, ao sentir eu dar uma leve apertada em seu membro, e morder sua orelha

-Também gosto das sensações que você causa em mim- Disse lambendo sua orelha- Neste exato momento, mesmo sem você me tocar, eu já estou excitada- Disse em seu ouvido, apertando seu membro novamente, e pude sentir-lo pulsar

-Você também já está excitada jagiya?- Ele disse com os olhos entre abertos, subindo sua mão por minha coxa novamente, dando uma leve apertada na parte próxima a minha intimidade

-Muito- sussurrei em seu ouvido, e novamente senti seu membro pulsar- Não é só você que sofre por não transarmos Jay- Disse abaixando a parte da frente de sua calça, iniciando movimentos de cima para baixo em seu membro- Sinto falta do seu corpo- Disse dando algumas mordidas em seu pescoço- Falta de você me tocando, como só você sabe tocar-disse apertando a cabeça de seu membro, sentindo pulsar em minha mão. 

Jay mordeu forte seu lábio inferior

-Vamos para a sala, preciso tocar você da forma certa- Disse ele sorrindo de forma maliciosa, se levantando e parando ao meu lado

Só a visão do membro ereto de Jay, já fez minha intimidade pulsar. Para me provocar, ele guarda seu membro novamente dentro da calça, formando um grande volume nela. Me levantei e fui caminhando até a sala. Caminhei empinando um pouco a bunda, para que sua beirada aparecesse por debaixo da blusa. Quando chegamos próximo ao sofá, Jay agarra minha cintura. Eu vestia apenas uma de suas blusas, e minha calcinha

-Acho que já falei o quanto você é gostosa- Disse ele segurando minha cintura com uma mão, e descendo a outra para minha bunda- Mas você a cada dia parece estar ainda mais gostosa S/n- Disse ele apertando minha bunda

-Mais gostosa Jay Jay?- perguntei de forma um pouco manhosa, levando minha mão para trás, para acariciar o membro dele

-Muito S/n...não tenha dúvidas disso- Disse ele apertando minha bunda com um pouco mais de força- Me chame de Jay Jay e eu não respondo mais por mim- Disse ele subindo suas mãos para os meus seios, colando ainda mais nossos corpos.

A essa altura, meus mamilos já estavam rígidos, então Jay os acariciou, dando leves apertadas e puxadas, ainda sobre a blusa

-Você também é muito gostoso Jay, uma delicia- Disse retirando minha mão, e passando a roçar minha bunda em seu membro

Ele enfiou sua mão por debaixo da minha blusa, e massageou meus seios. Eu continuava mexendo meu quadril, rebolando e fazendo movimentos de vai-e-vem em seu membro. Jay retirou sua mão e pediu para que eu lambesse seu indicador, logo eu o lambi. Jay voltou sua mão para debaixo da minha blusa, e fez movimentos circulares com seu dedo molhado sobre meu mamilo. Seu dedo, agora molhado, deslizava com maior facilidade. Aquilo fez minha intimidade pulsar forte

-Aw Jay Jay- gemi manhosa

Descendo uma de suas mãos para minha intimidade ele disse

-Geme manhosa para mim de novo, minha gostosa- Disse ele acariciando minha intimidade de forma lenta e provocante

-Aw Jay Jay- gemi manhosa

-AH S/n, que delícia fazer isso com você- Disse ele ainda acariciando um mamilo com uma mão e minha intimidade com a outra, passando também a distribuir beijos e mordidas por meu pescoço

-Aooh Jay- gemi um pouco mais alto, ao sentir ele apertar um pouco mais forte meu mamilo.

Continuava rebolando em seu membro, mas agora eu acompanhava os movimentos de sua mão em minha intimidade. Ele parou de acariciar minha intimidade, levou seu dedo indicador até minha boca, e eu o lambi. Retirou sua outra mão de meu seio, repetiu o ato, e eu o lambi também. Jay enfiou suas duas mãos por baixo da minha blusa, e em meus mamilos, ele fazia movimentos circulares com seus dedos molhados e escorregadios. Meu corpo se estremeceu e pude sentir minha intimidade ficar bastante húmida

-Aaaor Jay- gemi alto, e agarrei a lateral de sua coxa

-Esta gostando jagiya?- Ele sussurrou em meu ouvido, e mordeu minha orelha em seguida

-Isso é bom demais- Disse movendo meu quadril de forma quase involuntária por causa da grande excitação que eu sentia

Ele continuou por mais algum tempo, acariciando meus dois mamilos ao mesmo tempo, arrancando gemidos, hora altos, hora manhosos. Jay desceu uma de suas mãos para minha intimidade, mas agora por dentro da calcinha

-A S/n, você está tão molhadinha- Ele sussurou em meu ouvido, e pude sentir seu membro pulsar em minha bunda

Jay iniciou lentos movimentos na húmida entrada da minha intimidade, mas logo subiu seu dedo para meu clitóris, onde fazia lentos e suaves movimentos para me provocar. E em momento algum, ele parou de acariciar meus seios. Aquilo já estava fazendo minha intimidade doer de tanta excitação. Estava doendo, mas confesso que estava uma delicia

-Awn Jay- gemi alto ao sentir um de seus dedos entrar em minha intimidade

Logo ele introduziu mais um dedo e já iniciou movimentos rápidos. A palma de sua mão, batia em meu clitóris, aumentando ainda mais minha sensação de prazer

-Aaawn meu deus- Eu gemi alto

Ele não parou seus rápidos movimentos. Eu cravava minhas unhas em sua coxa.

-Jay, eu quero que você me foda- Falei manhosa

Jay me virou de frente para ele, e sorriu maliciosamente para mim,eu também sorri maliciosamente para ele. Eu o puxei para um beijo, um beijo quente, tão quente que poderia até mesmo soltar faíscas. Enquanto nos beijavamos, enfiei minha mão dentro da calça de Jay, segurei seu membro, e o coloquei para fora. Iniciei uma rápida masturbação. Ele apertava com força minha bunda. Parei de beija-lo, e o olhei nos olhos. Sorrimos um para o outro, com certa perversão. Ainda o masturbando, iniciei uma trilha de beijos, começando por seu pescoço, passando por seu abdómen e chegando em seu membro. Depositei uma beijinho na cabeça de seu membro, e pude sentir todo seu corpo se arrepiar. Em seguida eu lambi toda sua extensão. Seu corpo inteiro se estremeceu

-Aw S/n- Ele gemeu baixinho

Abocanhei seu membro, iniciando um maravilhoso oral, sugando e chupando o que cabia na boca, e masturbando o resto com minha mão.

-Que boquinha maravilhosa S/n- Ele gemeu um pouco mais alto

Ficamos ali por algum tempo, até que ele se inclinou sobre mim, e me fez levantar. Se abaixou levantando junto minha calcinha. Ao se levantar, pôs suas mãos em minha bunda, e deu impulso para que eu pulasse em em seu colo. Pulei e entrelacei minhas pernas em sua cintura. Ele ainda segurava em minha bunda, onde dava leves apertadas e alguns tapas. Jay nos conduziu para o sofá, onde nos sentamos. Fiquei sentada sobra seu membro, então comecei a rebolar enquanto iniciava outro beijo quente. Minha intimidade nua roçava em seu membro também nu. Estava maravilhoso

Parando nosso beijo, Jay segurou seu membro, para que eu fosse penetrada. Sentei sobre ele devagar, sentindo-o ocupar cada espaço da minha intimidade. Logo estava cavalgando rapido sobre seu membro. Subia e descia de maneira frenética. Um sempre olhando nos olhos do outro de forma intensa. Jay sorriu para mim, e eu também sorri para ele. Agarrando minha minha cintura, ele a forçou para baixo, fazendo todo seu membro entrar em minha intimidade

-Aaaaah Jay- gemi alto, ao sentir seu membro tocar em meu ponto G

Voltei a cavalgar da mesma forma que antes. Jay apertava minha bunda.

-Aaaaaoh isso S/n- Ele gemeu e deu um tapa em minha bunda

-Aw Jay- gemi ao sentir seu tapa

-Quero ver seus seios- Disse ele colocando as mãos na barra da minha blusa, e a puxando para cima

Parei meus movimentos, terminei de tirar minha blusa, e continuei a cavalgar. Pude ver Jay admirar meus seios, que subiam e desciam no mesmo ritmo da minha cavalgada. Ele agarrou um dos meus mamilos, e deu leves apertadas nele, levando sua boca em seguida, e o mordiscando. Aquilo fez meu orgasmo ficar ainda mais próximo. Comecei a cavalgar ainda mais rápido e forte, fazendo minha bunda bater nas pernas de Jay.

-Aooh Jay- Eu gemi ainda mais alto que antes

Perdi minhas forças e o controle dos meus movimentos, meu corpo inteiro estremeceu de maneira forte. Meu corpo caiu sobre o dele, e meu rosto caiu sobre seu ombro. Eu estava tendo um dos melhores orgasmos que já tive com Jay. Ele ainda não havia chegado a seu ápice . Então, ainda com meu corpo tremendo e sensível por causa do orgasmo, ele começou a me penetrar de forma forte e rápida. Isso me fez endireitar novamente em seu corpo, gemendo ainda mais alto, por sentir meu prazer ser prolongado

-Aaaar S/n- Ele gemeu alto, agarrando minha cintura e afundando seu rosto em meus seios, ao gozar

Nós ficamos naquela posição até recuperamos nossas respirações. Quando Jay tirou seu membro de mim, meu corpo estremeceu um pouco, por minha intimidade ainda estar sensível

-Isso foi incrivelmente gostoso- Disse ele me dando um selinho

-Concordo plenamente- Disse mordendo seu lábio inferior

-Não faça isso, a menos que esteja pronta para o segundo round- Disse ele rindo

-E quem disse que não estou?- Disse olhando profundamente em seus olhos

-Você está falando sério?- Ele disse sorrindo maliciosamente

Não respondi, apenas comecei a rebolar sobre seu membro, e distribuir alguns beijinhos por seu pescoço

-Você ainda me deixa louco S/n- Ele disse baixinho

Mordi novamente seu lábio inferior

-Aliás, já deixou- Disse ele

Jay me segurou e nos virou, me deixando no sofá e ficando entre minhas pernas.

Transamos mais uma vez, e depois fomos tomar banho para comer.

Comemos e conversamos até tarde assistindo TV. Dormimos no sofá mesmo.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...