História Imagine Hot - Jeon Jungkook - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Romance
Visualizações 145
Palavras 1.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi gente, eu queria avisar algo antes de começar o capítulo... É o seguinte, se conseguirmos 100 favoritos até o próximo capítulo, eu atualizarei DOIS dias por semana, parece legal né?
Bora favoritar??
Aproveitem a leitura.

Capítulo 11 - Capítulo 11


Jungkook e eu levamos mais ou menos uma hora para limpar toda a gordura que ficou na cozinha, após o pequeno incêndio que causei, e os pastéis queimados, deu pra aproveitar uns três no máximo. Sentamos no sofá barulhento e Jungkook me mostra fotos do novo apartamento.

-Eu amei Jungkook, ficou muito bonito! -Falo passando o dedo pela tela do celular.

-Que bom que gostou, pensei que ficaria brava por eu ter escolhido a decoração. 

-Não, por mim tudo bem, sério, ele é muito bonito. -Digo levantando do sofá. Jungkook me olha sério, por um instante.

-S/n... Sobre o beijo...

-Não se preocupe, não vai mais acontecer. -O corto, sem deixá-lo continuar.

-Sim, não seria bom para nosso casamento falso, creio que oque temos seja apenas algo físico.

Algo físico, é isso que ele acha. Na verdade, acho que é só isso mesmo, não podemos ter algo sentimental, jamais.

-Bom, já que esclarecemos isso, vou para casa, já não preciso mais me preocupar se Alyssa vai estar de prontidão na entrada. -Ele diz rindo.

-Ela não foi mais atrás de você? -Pergunto.

-Não, desde que ela soube do casamento. Isso foi ótimo, ela não é uma má pessoa, apenas era grudenta. -Diz ele pegando suas chaves no bolso e indo até a porta. -Nos vemos amanhã? -Pergunta ele.

-Talvez, ainda tenho que encaixotar algumas coisas. -Respondo.

-Também tenho... Nos vemos na segunda feira então, até. -Diz ele saindo pela porta do meu apartamento, acompanhado por mim. 

-Até... -Falo para Jungkook, que  vira as costas e vai embora.

Quando estou prestes a fechar a porta, Taehyung abre a sua, dando de cara comigo.

-Boa noite Taehyung. -Falo, e ele me olha com certo desprezo, e não entendo o porquê.

-Boa noite. -Diz ele, abrindo sua porta novamente.

-Eii! Por que está assim comigo? -Pergunto, e imediatamente Taehyung para perto da porta, me olhando como se o motivo fosse óbvio.

-Sério que você não sabe? Que interessante... Pois é notícia até de jornal.

Jornal? Notícia? Sobre oque ele esta falando?  Pergunto isso a ele.

-Ah, então é seu marido que está causando polêmicas. Imaginei que ele fosse riquinho. E... a propósito, parabéns. Tenha uma boa noite s/n. -E assim ele entra em seu apartamento. Me deixando confusa. Entro em casa e vou direto para o banho. Fico pensando no que Taehyung me disse, após tomar banho e deitar em minha cama. Pego um livro e tento esquecer de tudo.

                         ***

No domingo de manhã, saio cedo de casa e vou até a banca de jornal mais próxima. E chegando lá entendo oque Taehyung quis me disser. O casamento saiu no jornal, e esta sendo o assunto mais comentado do momento.

*Filha dos Parks está de casamento marcado com grande empresário, Jeon Jungkook.*

Eu já imaginava que Jungkook teria uma certa fama, mas nem tanto. Pego o jornal e ligo para ele. Ocupado. Que ótimo...  

Na segunda de manhã, chego a empresa e subo pelo elevador, entro na sala e Jungkook já está lá, segurando um jornal, aquele sobre nosso casamento. 

-Bom dia s/n... Já leu isso? -Diz ele me estendendo o jornal.

-Já, e confesso que fiquei meio chocada, eu pensava que seria algo discreto. -Sento em minha cadeira e pouso o jornal em cima da mesa.

-Mas qual seria a lógica de algo discreto...? -Pergunta ele.

-Não sei... Talvez até seja melhor assim. Tem razão. -Digo pegando o primeiro monte de papel a minha volta. 

-Desculpe por não te dar carona hoje. Eu estava atrasado. -Diz ele, colocando os óculos e lendo algo em algum papel.

-Não se preocupe, você não precisa me dar carona sempre.

-Tem razão, quando morarmos juntos já terei que te dar carona mesmo... -Diz ele sorrindo.

-Está se lamentando? 

-Não verdade não, será legal morar com você... Eu... Gosto da sua companhia. -Diz ele, olhando para mim.

Quando vou disser que também gosto, alguém entra na sala. Sem bater na porta.

-Olá! Bom dia para vocês. 

A mãe de Jungkook.

-Será que eu poderia falar com você um minutinho s/n? -Pergunta ela.

-C-claro. -Respondo me levantando e indo até ela. Saímos da sala e ela fecha a porta.

-S/n, querida, eu trouxe algumas amostras de tecido para você. -Diz ela mexendo em sua bolsa de marca.

-Amostras de tecido? 

-Sim querida, para o seu vestido. Oque achou? -Diz ela me entregando as amostras.

Passo os olhos por elas, sem dar muita importância. Até que vejo um tecido de renda com flores. Maravilhoso, com certeza daria o vestido dos sonhos.

-Achei muito bonito este, mas... Eu não deveria cuidar disso sozinha senhora Jeon? 

-Ah querida, eu só quis ajudar, mas se você preferir escolher sozinha... Está tudo bem.

Poxa s/n, deixou a mulher magoada, custa compreender que é o casamento do filho dela?

-Não, está tudo bem, eu só quis dizer para a senhora que eu vou pagar por ele, então não precisava se preocupar.

-Ah, que isso, você não precisa se preocupar com isso, amanhã mesmo podemos ir tirar as medidas, você ficará tão linda... Tudo será perfeito. -Diz ela guardando as amostras e me dando um abraço. -Até amanhã meu bem. 

A senhora Jeon vai embora e eu entro na sala, ao entrar levo um susto ao ver Jin conversando com Jungkook. Mas como que eu não vi ele entrar? 

Disfarço meu constrangimento por não bater na porta e sento em minha cadeira, voltando a trabalhar.

-Bom, era isso, vou voltar ao meu trabalho. -Fala Jin para Jungkook.

No caminho para a porta, ele para e olha para mim.

-Meus parabéns s/n. Será um lindo casamento. -Fala Jin saindo da sala.

-Oque isso significa? -Pergunto para Jungkook. 

-Significa que meu sócio, Jin, está horrívelmente bravo comigo, por não querer me casar com a irmãzinha querida dele e ter escolhido você, a quem ele estava de olho.

                    ***

Após a informação inesperada, conversamos um pouco mais e conto a Jungkook sobre o vestido, o qual a mãe dele estava toda impolgada.

-É bem a cara da mamãe, eu fico triste e com a consciência pesada por mentir para ela, pois ela acha que o casamento é pra valer 

-Imagino a decepção dela quando descobrir.... -Sou interrompida pelo telefone tocando. Chamada para Jungkook. Ele atende e logo depois desliga e se levanta.

-Tenho uma reunião agora, me espere quando for sair, te levarei em casa.

-Obrigada.

Jungkook sai da sala e eu volto a trabalhar, mas com a cabeça girando com todos os problemas e mentiras. E ainda por cima a descoberta de que Alyssa é a irmã de Jin, e que... Ele estava de olho em mim.

                     ***







Notas Finais


Bom gente, é isso... Não esqueçam de favoritar e comentar. Bjos de luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...